Textos com a Tag 'Humanidade'

Remédio Para A Humanidade

laitman_962.2Pergunta: Segundo a Organização Mundial da Saúde, sete milhões de pessoas morrem todos os anos devido à exposição a um ambiente ruim. São crianças menores de cinco anos e idosos que têm muitas doenças.

Por alguma razão, as pessoas não falam sobre isso, e hoje poucas se preocupam com isso. E todo mundo está falando do coronavírus. Parece-me até que há algum tipo de padrão duplo, como se alguém precisasse dele.

Resposta: Claro, existem padrões duplos. Em geral, olhamos para esse vírus de maneira estúpida. É a cura! Um remédio para a humanidade. Portanto, não se preocupe com o fato de que ele veio e pense em quando partirá. Pelo contrário.

Pergunta: Este remédio é para a mente humana? Afinal, muitos perguntam: “Como isso pode ser um remédio se as pessoas morrem?”

Resposta: Por que você acha que morrer não é bom?

Comentário:  Ninguém quer perder seus entes queridos.

Quando eu disse que estava pronto para morrer, o principal é que o planeta viva, que nossos filhos possam viver, eu recebi 1.000 mensagens: “Você pode morrer, deixe sua família morrer, mas não queremos morrer”.

Minha Resposta: Você pode entender as pessoas. Esse é um desejo natural, instintivo, mesquinho e egoísta.

Pergunta: Mas por que este medicamento está na forma de um coronavírus?

Resposta: É para a sociedade. Para que ela entenda o que precisa mudar.

E ela vai entender, mas será de uma maneira muito ruim. E se não entender, haverá guerra, uma guerra terrível.

Portanto, é melhor deixar esse vírus continuar. Gradualmente, ele purificará tudo: nós, nossos pensamentos, nossas almas. Eu tenho certeza de que tudo ficará bem.

De KabTV, “Encontros com Cabalá: Victoria Bonya”, 29/03/20

Um Final Feliz Para A Humanidade

laitman_629.1O coronavírus nos privou de confiança no futuro, ele está coberto de neblina. Não se sabe o que acontecerá comigo e com minha vida amanhã ou em um mês, o que acontecerá no trabalho e em casa.

Como alguém pode viver em um mundo tão imprevisível? Mas essa imprevisibilidade se deve ao fato de estarmos tentando abordar o novo mundo com velhos padrões egoístas, enquanto ele gradualmente aparece diante de nós como uma miragem no deserto.

Ele está cada vez mais perto, mas ainda não conseguimos vê-lo corretamente, porque ainda nos tratamos egoisticamente. Era como se estivéssemos andando por uma estrada e de repente entramos em uma cidade desconhecida, onde algumas relações estranhas entre os moradores são incompreensíveis para nós. O que nos surpreende é o que acontece lá.

É isso que estamos vendo agora. Não percebemos que entramos em uma nova era e a natureza exige que tenhamos relações completamente novas de acordo com a lei do ame ao próximo como a si mesmo, para a unificação das pessoas. Estamos perplexos com o que eles querem de nós, como filhos a quem a mãe diz: “Parem de brigar, sejam bons filhos! Por que vocês não podem brincar juntos?

Mas eu não posso, minha natureza exige conflitos e brigas o tempo todo; essa é a única maneira que sinto que isso é vida. E não importa o quanto minha mãe me reprove, eu não quero ouvir, e fujo e quero entrar na briga de novo. Esta é a humanidade de hoje.

Mas como alguém pode se convencer a mudar e curar de uma nova maneira? Afinal, assim que construirmos uma rede de comunicação entre nós com base em doação mútua, amor e unidade, veremos imediatamente onde estamos. De repente, nos encontramos em um mundo completamente diferente que não tínhamos percebido antes.

Assim, as crianças correm uma atrás da outra entre os adultos, sem prestar atenção neles, como se fossem móveis. As crianças têm suas próprias contas e os adultos apenas interferem nelas. De repente, as crianças crescem e compreendem que há um novo significado, novos relacionamentos, outro programa, um objetivo grande e elevado, que também vale a pena buscar. Este é o estado em que estamos hoje.

Este é um período muito importante e, embora se manifeste na forma de uma epidemia, não deve nos prejudicar. Eu acho que o coronavírus mudará radicalmente a humanidade.

Todos acabamos na mesma condição e vamos começar a mudar gradualmente de ódio e competição mútuos para comunicação e apoio mútuos. Começaremos a nos relacionar com a vida e nosso mundo de forma global e integral, como a natureza nos ensina, e dessa forma essa história chegará a um final feliz para todos nós: nós mesmos e nossos filhos.

De KabTV “O Mundo”, , 12/03/20

No Limiar Da Renovação Da Humanidade

laitman_537Pergunta: Estudos comprovaram que até 60% do genoma humano é modificado por vírus. Isto é, o coronavírus é, de fato, o portador de estruturas muito próximas das proteínas de nossas células.

Existe uma hipótese de que a natureza, com a ajuda do coronavírus, esteja realizando uma reconstrução global da humanidade. Se sim, o que devemos nos tornar como humanidade?

Resposta: Eu não sei. Isso não me interessa. De acordo com o que a ciência da Cabalá diz, estamos na última geração, ou seja, estamos nos aproximando do estado em que teremos que nos elevar acima do egoísmo e começar a explorar propriedades, níveis, camadas da natureza superiores, onde estamos fora corpo.

Não existe matéria inanimada, vegetativa ou animada, não há nada além de nossa consciência. E todas as camadas anteriores da matéria desaparecerão de nossos sentimentos e deixarão de existir. Vamos chegar a um mundo onde existe apenas consciência.

Pergunta: Esta é a reconstrução da humanidade? Os seres humanos serão diferentes?

Resposta: Sim, uma nova humanidade. Esse estado é chamado de última geração. É por isso que estamos passando agora. Ele continuará por algum tempo até que os golpes da natureza e nossa interação correta com ela nos levem a um nível em que existiremos apenas em nossa consciência.

Pergunta: Isso significa que não haverá corpos, mas apenas a totalidade de todos os nossos desejos e pensamentos?

Resposta: Sim. Não haverá sensação de corpos, qualidades e forças corporais. Haverá apenas consciência. Será comum a todos e todos terão a sua. Como está escrito na Torá que “o espírito de Deus pairava”, mas ainda não há matéria.

Observação: Interessante. É semelhante aos vírus. Eu li que eles também vivem em colônias, têm consciência comum e se entendem. Podemos nos tornar um vírus modificado?

Meu Comentário: Podemos nos tornar as almas individuais que interagem dessa maneira, formando um sistema perfeito comum chamado “Adão”.

De KabTV, “O Coronavírus Está Mudando a Realidade”, 26/03/20

O Vaso Geral Da Humanidade

laitman_595.01Pergunta: Toda a humanidade precisa se conectar como um único vaso?

Resposta: Claro! Cada um de nós carrega dentro de si uma partícula do imenso vaso quebrado. Essa é a razão pela qual devemos reunir todas as partículas e alcançar um estado de adesão absoluta, de amor real.

Os primeiros a fazer isso são aqueles em que o ponto do coração despertou. Se o ponto no coração despertou em você, você já pode iniciar o processo de aproximação com outras pessoas nas quais o ponto no coração também despertou. Você verá como começará a revelar o vaso geral na conexão entre vocês.

Na medida em que você revelar o vaso geral, começará a revelar o preenchimento que vem da luz superior, da consciência e do sentimento de eternidade ou imortalidade, da entrada para uma dimensão totalmente nova. Está em seu alcance fazer isso. Você pode fazer isso agora, em nosso mundo. Só não pare.

Todas as pessoas no mundo que se envolvem nisso, cada uma à sua maneira única, se ajudam porque somos todas partículas do único vaso quebrado.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/02/20

Torcer Por Toda A Humanidade

laitman_294.1Baal HaSulam “Introdução ao Livro do Zohar” (Item 18): E não devemos refletir sobre o estado de outros seres no mundo, mas do homem, já que o homem é o centro da Criação, como será escrito abaixo (Item 39). E todas as outras criaturas não têm nenhum valor próprio, exceto na medida em que ajudam o homem a alcançar sua perfeição. Assim, elas se levantam e caem com ele sem nenhuma consideração de si mesmas.

Nenhum tipo de criação, nenhuma parte separada ou mesmo um indivíduo separado, é levado em consideração, mas apenas como participante da imagem integral geral. E se alguém viola isso, isso causa uma condição dolorosa de todo o sistema. E se a pessoa o coloca em equilíbrio, isso avalia sua contribuição útil ao sistema geral de natureza integral.

Pergunta: Se sou parte integrante da humanidade e não consigo romper essa conexão e a humanidade estiver doente, não importa o que eu faça, continuarei doente como parte do todo?

Resposta: Sim. É o que se diz nas fontes. Portanto, os grandes Cabalistas, enquanto dentro do sistema humano, oravam o tempo todo para que este sistema o equilibrasse, ainda sofrendo junto com ele. Eles sofreram ainda mais do que todas as outras pessoas. Baal HaSulam escreveu sobre isso no final da “Introdução ao Livro do Zohar”.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 15/03/20

O Coronavírus Está Limpando A Humanidade

laitman_962.2Pergunta: O coronavírus é uma governança individual ou geral do Criador?

Resposta: O coronavírus é a manifestação da governança geral do Criador, porque entramos em um estado de desenvolvimento chamado “a última geração”. Eu o esclareceria chamando-a de a última geração egoísta que deve subir do nível de desenvolvimento egoísta para o altruísta.

Pergunta: É dito que tudo no mundo acontece em benefício do homem. Você acha que o vírus veio em seu benefício?

Resposta: Eu sinto que o vírus é uma bênção que está limpando toda a humanidade. Nosso mundo estava como o inferno, e agora estamos passando pelo purgatório. O próximo passo é o paraíso, quando estivermos totalmente unidos um ao outro por meio de conexões gentis, que serão a forma final da existência humana.

Pergunta: Que mudanças internas o vírus provocou em sua vida?

Resposta: Ele causou a reestruturação da comunicação com meus alunos. Eu vejo como isso é para melhor. Agora estou conectado com eles de uma maneira mais igual.

Antes eu tinha de 300 a 400 estudantes de forma física e o resto era virtual. O vírus tornou todos os meus alunos virtuais. Agora estou falando com você do meu escritório e fico feliz em continuar conduzindo minhas lições dessa maneira pelos anos restantes. Que os alunos, dos quais existem milhões, me escutem através dos sistemas da Internet.

De KabTV, “O Coronavírus Está Mudando a Realidade”, 26/03/20

Coronavírus: Humanidade Perdida

laitman_294.4Pergunta: Haverá consequências espirituais do coronavírus? Agora a humanidade está sofrendo, com medo, e ainda não chegou a conclusões de longo alcance.

Resposta: O homem ainda está perdido: Onde vou trabalhar? Onde meus filhos estudarão? Como tudo isso se desenvolverá? Quanto tempo vou ficar em casa, etc.? E há muitas perguntas aqui: E a minha esposa, os filhos? Eu raramente os vejo, e agora finalmente conheço meus filhos e minha esposa também.

Isso não é fácil. Sentaremos juntos por mais alguns meses e, se não conduzirmos um trabalho educacional sério com a população, as famílias começarão a se separar.

Observação: Essas não são previsões muito boas.

Meu Comentário: O que podemos fazer? De fato, quando as pessoas se unem repentinamente em um espaço pequeno, elas gradualmente começam a mostrar diferentes lados do egoísmo. Não é fácil se dar bem.

Mas eu acho que vamos realizar todos os tipos de seminários e aulas, exibir tudo que for possível em nossos sites, e isso evitará um golpe.

Pergunta: Mas como as pessoas, enquanto em quarentena, não tentarão se matar?

Resposta: Pelo contrário, educaremos as pessoas para que a distância física entre nós leve a uma conexão interna, comovente e espiritual, e as pessoas sentirão o surgimento de uma nova força chamada Criador.

É dito na Torá: “Marido e mulher, e o Criador entre eles”. Dessa maneira, podemos descobrir o Criador mesmo entre marido e mulher. Tudo está entre nós.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá” da KabTV, 22/03/20

Vitória Sobre A Humanidade

laitman_587.03O coronavírus matou nossa criação egoísta e nos aproxima muito mais um do outro. Isso nos levou ao mesmo estado: todo mundo está sentado em casa, sem trabalho, e não sabemos o que acontecerá amanhã ou o que o dia trará.

Toda a humanidade, o mundo inteiro, bilhões de pessoas, estão em um único estado em relação ao presente e ao futuro.

O coronavírus coloca todos nós em uma comunidade, um sistema. Este não é apenas um vírus, mas um espírito especial que se enraíza em nossa mente e em nossos sentidos e cria uma confusão em nós. De repente, começamos a entender e sentir um ao outro, a sentir nossa proximidade. É fácil para nós visualizar qualquer condição que tenha acontecido com outras pessoas.

Veja o que esse vírus fez, com que habilidade funciona. De uma só vez, em apenas algumas semanas, ele construiu uma nova humanidade fora de nós. É claro que ainda esperamos voltar ao passado, pensando que essa pandemia terminará, se não hoje, então amanhã.

Mas a quarentena pode durar mais alguns meses e, quando sairmos dela, nos encontraremos em um novo mundo, em uma nova humanidade, entre pessoas novas com uma mentalidade diferente, uma percepção diferente e uma atitude diferente.

Tudo será diferente.

Esse vírus vai nos lavar, limpar todas as coisas estúpidas de nossas cabeças, nos devolverá às nossas famílias. Ele nos ensinará a ficar em casa, em vez de nos apressarmos de um lugar para outro. Vamos nos acostumar com uma nova vida. Devemos agradecer ao vírus por fazer este trabalho.

Obviamente, vemos que o coronavírus traz morte e sofrimento. Mas na escala de toda a humanidade, está fazendo mudanças tão úteis na sociedade que antes pareciam possíveis apenas à custa de terríveis pancadas e guerras. Quando resumirmos as alterações feitas pelo vírus em nossas vidas, entenderemos que este é um mensageiro de cima.

Pela primeira vez na história, um pequeno vírus está fazendo essas mudanças simultaneamente em todo o mundo, em toda a humanidade. E fazendo isso, apesar de todo o nosso desenvolvimento moderno, comunicação global, entendimento e conhecimento. Mas veja como ele lidou com a gente. Em um instante, todos se renderam e aceitaram seus termos. Existe alguma outra força na natureza capaz de tais ações?

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 01/04/20, Lição sobre o Tópico “Pessach

Por Que Você Quer Viver Assim?

laitman_249.01A humanidade está em pânico total por causa do coronavírus, que nos obriga a interromper toda a produção, todo o comércio, paralisa e bloqueia países inteiros. Mas uma pessoa comum pensa primeiro em sua família, em seus filhos e em como alimentá-los amanhã. Ela está preocupada principalmente com a maneira de sobreviver. É por isso que o mundo concorda em congelar, como se dissesse: “Primeiro, cuidaremos da vida e, depois, restauraremos a indústria e a produção”.

Mas de que depende meu destino? Como ele pode ser influenciado? Como você pode garantir um bom futuro para si mesmo? Se soubéssemos as respostas para essas perguntas, provavelmente nos acalmaríamos um pouco.

Esta questão surge em todos porque somos principalmente animais. Existem apenas três níveis na natureza: inanimado, vegetativo e animado. E a espécie humana pertence ao nível animado, só que somos mais desenvolvidos. Portanto, antes de tudo, precisamos de comida, assim como os animais. Está escrito: “Se não há pão, não há Torá”. A comida é essencial para a vida.

Mas na situação com o coronavírus, a natureza aparentemente quer nos ensinar algo e nos faz uma pergunta de uma perspectiva diferente: “Com o que vocês querem viver? Apenas pelo instinto de autopreservação, como todas as outras espécies? Isso não basta”.

As espécies animais podem viver assim sem ter que se preocupar com mais nada. Mas nós, humanos, devemos começar a perguntar pelo que vivemos. E isso já é um problema.

Assim, o coronavírus vem como um remédio amargo e pergunta: “Para que vocês estão vivendo? Não se apressem em responder, pensem. E eu os ajudarei: cancelarei todas as atividades falsas que vocês criaram, que representam 90% de todas as suas ações. É 90% de tudo o que vocês produziram, venderam e jogaram fora, esgotando os recursos do nosso planeta. Vocês trabalharam um para o outro para poder vender e comprar o tempo todo, apenas para jogar fora no final”.

O planeta inteiro se tornou um aterro sanitário. Criamos um sistema que produz coisas para jogar fora, para que tenhamos algo a fazer. Não podemos existir sem trabalhar dessa maneira. Mas, de repente, o coronavírus vem e nos impede, para que não possamos mais correr para vender e comprar. Como se perguntasse: “E o que vocês farão agora? Pensem por que vocês estavam fazendo tudo isso e verão que não havia nenhum benefício nisso. Está na hora de vocês pensarem em outro tipo de vida, no seu significado, para que estão vivendo.

Vocês não podem construir um sistema que funcione como uma correia transportadora, onde todos produzem e produzem e produzem, apenas para que o último da fila jogue tudo fora, para que o sistema comece a produzir novamente e jogue fora no final. Não há necessidade de tal trabalho. A questão principal é para que vivemos? Até vocês responderem, sentem-se em casa e contemplem”.

Veja como a natureza, com amor e carinho, como um pai amoroso, quer que o filho pense na vida e aprenda. Se você está sentado agora e se preocupando apenas com o que comerá amanhã, vamos pensar mais globalmente. Afinal, você não é o único que está sentado lá sem saber o que fazer e percebendo que é exatamente disso que a humanidade precisa.

Portanto, não tenho medo deste vírus. Temos esperança. Se chegarmos a uma resposta sobre o que vivemos, continuaremos nossa existência. E se não conseguirmos encontrar a resposta para essa pergunta, não será necessário continuar. Afinal, eu devo continuar minha evolução como o ser humano que sou. Pensar no sentido da vida é uma qualidade especial dos seres humanos. E se eu vivo sem essa pergunta, apenas pelo bem da existência, minhas perguntas estão no nível animal.

De KabTV, “Nova Vida # 1214, Coronavirus. Como Lidar Com O Medo? ” 19/03/20

Cuide De Círculos Cada Vez Mais Amplos Da Humanidade

laitman_276.04O universo inteiro vem de um único ponto. Assim, o Criador, a força superior de doação, é revelado em relação aos seres criados. O Criador é o ponto central de toda a criação. A sabedoria da Cabalá emergiu de todas as realizações da força superior que o ser humano já alcançou. Se seguirmos o conselho dos Cabalistas, podemos alcançar as mesmas revelações. A Cabalá é uma sabedoria prática genuína que lida com a revelação do Criador.

Só podemos ver o que recebemos do Criador, e esta é a base de toda a nossa sabedoria. É assim que descobrimos o que nos impede de revelar o Criador: nosso egoísmo, o desejo de desfrutar, que nos limita. A princípio, não sentimos nenhum obstáculo no egoísmo. No entanto, quando tentamos reconhecer e sentir a força superior agindo sobre nós e sentir a barreira, a incapacidade de percebê-la com o coração e a mente, entendemos que a causa está na força egoísta, que resiste à revelação do Criador.

Mas, após a correção, a força do egoísmo passa de má, prejudicial e oculta para o oposto, para a força reveladora, e se torna nossa ajudante. Ao restringir esse egoísmo, cobri-lo com uma tela e elevar a luz refletida, podemos revelar o Criador sob essa luz: a qualidade de doação, amor e conexão – todas essas propriedades que não temos por natureza.

Assim, a força oculta se torna a força da revelação, a força da rejeição se torna a força da conexão, e nos encontramos diante do Criador. Ao mesmo tempo, descobrimos que nos tornamos semelhantes a Ele depois de todas as correções que recebemos. É assim que nossa conexão com o Criador é revelada. À medida que gradualmente atingimos os graus de perfeição, chegamos a conhecer o Criador, e de acordo com isso, sentimos que toda a luz, toda a alma comum, brilha em cada um de nós.

Portanto, a força de rejeição é necessária; afinal, é por isso que toda a revelação ocorre mais tarde. 1

Se tenho medo de cair, devo sempre cuidar dos modos de renovar nossa conexão. A força da inércia não funciona aqui. Assim que paro de fazer um esforço, paro imediatamente. Então, mesmo para permanecer no mesmo estado, tenho que pensar em renová-lo a cada segundo. Ainda mais se eu quiser fortalecer esse estado, devo procurar constantemente maneiras de acrescentar amor, conexão e despertar os outros para sentir um novo sabor, uma força adicional.

Temendo uma descida, continuo adicionando esforço e, a cada segundo, sinto um pouco mais de ar, mais gosto. É um sentimento muito importante que você constantemente adiciona e prova na adição. 2

Na medida em que penso no avanço do grupo, acelero meu avanço na espiritualidade. Expandindo cada vez mais meu vaso (Kli) espiritual e cuidando de círculos cada vez mais amplos até cobrir toda a humanidade, eu me movo cada vez mais rápido. Este é um sistema muito simples; o único problema é que o egoísmo não nos permite agir. 3

Da 5ª Lição da Convenção do Deserto 2020, Conexão ao Ponto Central
1 Minuto 0:20
2 Minuto 1:13:30
3 Minuto 1:42:05