Textos com a Tag 'antissemitismo'

Teoria Do Antissemitismo, Parte 8

laitman_963.1Os Judeus Sabem A Sua Missão?

Baal HaSulam, “O Arvut” (Garantia Mútua): Com essas palavras, entendemos claramente o que dissemos acima, sobre a Torá ser dada especificamente à nação israelense, porque é certo e inequívoco, que o objetivo da Criação está nos ombros de toda a raça humana, pretos, brancos ou amarelos, sem nenhuma diferença essencial.

O objetivo da criação é a conexão global. A completa dissolução de todas as nações umas nas outras deve ser tão forte e sem distorções, que o Criador, a força global do bem e do amor, será revelado nela.

Há apenas um objetivo, mas apenas um pequeno grupo que recebeu o método de correção pode levar a ele.

Pergunta: Que tipo de unidade é essa?

Resposta: Unidade é quando nos unimos em um sistema e nos tornamos semelhantes à natureza geral. Começamos a entender que a própria natureza é integral, se sustenta em todos os níveis, existe em plena interação com a força de amor, doação e apoio mútuo, como um único organismo.

Pergunta: Acontece que foi criada uma equipe combinada de todas as nações, que deveria implementar o método de correção entre si e depois repassá-lo a todas as nações. Os judeus que estavam sujeitos aos pogroms na Idade Média e na Alemanha nazista sabiam disso?

Resposta: Não, claro que não.

Pergunta: Por que a natureza pune as criaturas e quer, por um lado, o desenvolvimento consciente e, por outro lado, não dá às pessoas nenhum conhecimento sobre isso?

Resposta: Nós perdemos esse conhecimento. Nós o perdemos no momento do colapso do Segundo Templo.

O período desde o colapso do Segundo Templo até a época do ARI foi um estágio de desenvolvimento sombrio. Porém, a partir do século XVI, com o aparecimento do ARI e depois o Baal Shem Tov com todos os seus alunos, a Cabalá começou a florescer. Tornou-se possível explicar às pessoas qual é a missão do povo judeu. Mas até hoje, ninguém quer ouvir sobre isso.

Portanto, a força oposta da natureza agora está se manifestando: o imenso antissemitismo moderno. Ele não é de natureza religiosa, mas sim anti-Israel, anti-Estado. Mas isso é temporário.

Gradualmente, ele vai adquirir propriedades completamente diferentes: antijudaico, antissemitismo, sem qualquer adição. Agora, os antissemitas ainda estão se escondendo atrás de suas declarações contra o Estado, alegando que o Estado é apartheid. Mas logo todo o ódio voltará a aparecer.

De acordo com isso, precisamos explicar, em primeiro lugar aos judeus, que tudo isso está acontecendo porque não estamos cumprindo nossa missão histórica. Nada vai ajudar! Apenas voltar a ela!

Observação: Mas se você sair na rua hoje e perguntar às pessoas se elas sabem sobre sua missão de unir, dificilmente alguém saberá.

Minha Resposta: É isso que o nosso grupo Cabalístico deve fazer.

Pergunta: Os seis milhões de pessoas que morreram durante a era nazista sabiam dessa missão?

Resposta: Eles não sabiam e não deveriam saber.

Pergunta: Então, por que essa atitude da natureza para com eles?

Resposta: Para saber isso, é preciso entender a natureza. Então você verá por que isso está acontecendo. A natureza não brinca com pequenos estados e relacionamentos.

Os Cabalistas sabiam de antemão que isso iria acontecer. E hoje, assumimos que tudo pode acontecer novamente.

Observação: Se considerarmos o Criador como uma natureza insensível, tudo ficará claro.

Minha Resposta: O Criador é a lei absoluta da natureza. Não temos outra escolha senão explicar isso aos judeus através de qualquer meio de comunicação, por qualquer meio, sem olhar para inimigos ou haters.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Duas Tendências Na Vida Da Diáspora Judaica, Parte 2

laitman_749.01Antissemitismo – A Lei De Preservação Do Povo Judeu

Pergunta: O Cristianismo é uma religião na qual milhões de pessoas se converteram. Sempre se afirmou que especificamente os judeus evitavam isso. De repente, os próprios judeus começaram a se converter ao Cristianismo. Parece que todos deveriam estar felizes por finalmente entenderem quem é o verdadeiro Deus, o Messias. E aqui, temos o oposto

Por que as nações do mundo não estavam felizes por os judeus estarem se tornando cristãos?

Resposta: Não era uma questão de saber se estavam felizes ou não. Não depende do povo ou de seus governantes. Depende da força superior que tem um objetivo predeterminado. Se você avançar em direção a esse objetivo, tudo estará bem. E se você se desvia ou segue na direção oposta, naturalmente obtém esses rebotes.

Mesmo na época do exílio dos judeus da Espanha, a rainha Isabella disse aos judeus que a imploravam para não expulsá-los do país: “Por que você se dirige a mim? Você deve recorrer ao Criador! Ele faz tudo, não eu”.

Observação: Um grande sábio, próximo ao casal real, Don Yitzhak Abarbanel escreveu que a rainha Isabella disse: “O coração do rei está nas mãos do Senhor como correntes de água: onde quer que Ele queira, Ele o dirige”. E acrescentou: “Você acha que o que aconteceu com você vem de nós? O Senhor o colocou no coração do rei”.

Resposta: Quão baixo os judeus caíram para que a rainha espanhola lhes explique a Torá, que tudo está nas mãos do Criador e não nas mãos do rei!

Observação: Após cerca de 300.000 judeus serem exilados da Espanha, uma severa regressão começou.

Minha Resposta: Mais de 500 anos se passaram desde então, mas a Espanha nunca se recuperou. Costumava ser o país mais próspero.

Observação: Os países vizinhos que aceitaram os judeus disseram: “Obrigado por eles, rei Fernando”. Por que ele teve que expulsá-los?

Algo irracional aconteceu. Todos entendiam que não era necessário fazer isso porque toda a economia era administrada por judeus e administrada bem, a favor da própria elite. Por outro lado, eles já haviam se convertido ao Cristianismo e não havia problema. De repente, algo incompreensível acontece: algum tipo de lei é ativado.

Minha Resposta:  A lei suprema. A força superior. Se os judeus tivessem permanecido lá, teriam desaparecido completamente. Dessa maneira, despertando o ódio contra eles e perseguindo-os de um lugar para outro, foi possível preservar esse povo para levá-lo a um estado em que, em nosso tempo, eles já podem levar o mundo inteiro em direção à meta.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 29/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 7

laitman_592.03Por Que As Nações Do Mundo Não Gostam Dos Judeus?

Pergunta: Por que o método de conexão teve que ser transmitido por métodos agressivos através do ódio, pogroms, etc.?

In other words, the nations of the world have two purely polar relations to these people at the same time because they are not realizing their historical function.

Resposta: Se por muitos anos e todos os tipos de condições que se manifestam em um longo processo histórico, o grupo que Abraão criou ainda não quer se realizar, então todas as outras 70 nações do mundo começam a exigir dele sua incorporação.

Elas começam a sentir que podem alcançar um estado bom, gentil, até eterno, perfeito, e esse grupo as impede disso. E se elas não existissem neste mundo, uma vez que este grupo não está cumprindo seu objetivo, será bom para eles.

Veja o que está escrito pelos sábios das nações do mundo. Por um lado, eles acreditam que os judeus são especiais, o fermento para toda a humanidade. Por outro lado, eles odeiam judeus porque não conseguem se conectar com eles.

Em outras palavras, as nações do mundo têm duas relações puramente polares com esse povo ao mesmo tempo, porque ele não está realizando sua função histórica.

De KaBTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 6

laitman_263Nacionalidade ou Seleção Nacional?

Baal HaSulam, Matan Torah, “A Entrega da Torá”, Item 5: Primeiro precisamos entender por que a Torá foi dada especificamente à nação israelense e não a todos os povos do mundo igualmente. Será que, Deus proíba, o nacionalismo está envolvido aqui? Claro, apenas um louco pensaria isso.

Não existe algo como ser escolhido. As qualidades de doação total, amor, conexão e bondade são coletivamente chamadas de Criador. E as qualidades opostas são chamadas de criação.

Gradualmente, a criação deve alcançar a qualidade do Criador. Isto é, sem mudar por dentro, onde permanecem o mesmo ódio e oposição, ela deve se vestir por fora com a qualidade do Criador.

Pergunta: O objetivo deste processo é dar a uma das nações o método que ela deve transmitir a todos os demais povos?

Resposta: De fato, o método foi dado, não a uma nação, mas a um grupo de pessoas reunidas em representantes de todas as nações.

Pergunta: Então não era uma nação relacionada à mesma família?

Resposta: Acredita-se que existam 70 nações no mundo. Portanto, o método foi dado não a uma nação, para que as outras 69 nações permanecessem sem ele, mas a representantes de todas as nações reunidas daqueles que seguiram Abraão em sua inspiração interior.

Comentário: Mais tarde, eles se juntaram a um grande número de pessoas.

Minha Resposta: Qualquer um pode se juntar a eles. Tudo depende do desejo natural.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 7

laitman_592.03Por Que As Nações Do Mundo Não Gostam Dos Judeus?

Pergunta: Por que o método de conexão teve que ser transmitido por métodos agressivos através de ódio, pogroms, etc.?

Resposta: Se por muitos anos e todos os tipos de condições que se manifestam em um longo processo histórico, o grupo que Abraão criou ainda não quer se realizar, então todas as outras 70 nações do mundo começam a exigir deles sua incorporação.

Elas começam a sentir que podem alcançar um estado bom, gentil, até eterno, perfeito, e esse grupo impede isso para elas. E se eles não existirem neste mundo, uma vez que este grupo não está cumprindo seu objetivo, será bom para elas.

Veja o que está escrito pelos sábios das nações do mundo. Por um lado, eles acreditam que os judeus são especiais, o fermento para toda a humanidade. Por outro lado, eles odeiam os judeus porque não conseguem se conectar com eles.

Em outras palavras, as nações do mundo têm duas relações puramente polares com esse povo ao mesmo tempo, porque ele não está realizando sua função histórica.

Da KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 6

laitman_263Nacionalidade ou Seleção Nacional?

Baal HaSulam, Matan Torah, “A Entrega da Torah”, Item 5: Primeiro precisamos entender por que a Torah foi dada especificamente à nação israelense e não a todos os povos do mundo igualmente. Deus proíbe o nacionalismo envolvido aqui? Claro, apenas uma pessoa louca pensaria isso.

Não existe algo como ser escolhido. As qualidades de doação total, amor, conexão e bondade são coletivamente chamadas de Criador. E as qualidades opostas são chamadas de criação.

Gradualmente, a criação deve alcançar a qualidade do Criador. Isto é, sem mudar por dentro, onde permanecem o mesmo ódio e oposição, deve vestir-se do lado de fora com a qualidade do Criador.

Pergunta: O objetivo deste processo é dar a uma das nações a metodologia que elas devem transmitir a todos os demais povos?

Resposta: De fato, o método foi dado, não a uma nação, mas a um grupo de pessoas reunidas em representantes de todas as nações.

Pergunta: Então não era uma nação relacionada à mesma família?

Resposta: Acredita-se que existam 70 nações no mundo. Portanto, o método foi dado não a uma nação, para que as outras 69 nações permanecessem sem ele, mas a representantes de todas as nações reunidas daqueles que seguiram Abraão em sua inspiração interior.

Comentário: Mais tarde, eles se juntaram a um grande número de pessoas.

Minha Resposta: Qualquer pessoa pode se juntar a eles. Tudo depende do desejo natural.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 3

400A Fonte Do Bem E Do Mal

Pergunta: Por mil anos antes da destruição do Segundo Templo, os judeus, que têm o método de conexão, estavam nessa unidade com sucesso variado. Mas,

Gradualmente, eles a perderam, à medida que o egoísmo aumentou e quebrou sua unidade. As pessoas esqueceram o método que haviam adquirido e começaram a se odiar. De onde veio esse ódio?

Resposta: O ódio vem da natureza. Isso não depende de as pessoas saberem de onde elas vêm ou não.

Os judeus não entendem por que são judeus e o que é exigido deles. E as nações do mundo não entendem o que precisam dos judeus. Mas, internamente, as nações do mundo sentem que os judeus são a fonte de sua boa existência, e que não estão fornecendo isso a elas. Eles estão, de certa forma, roubando as nações do mundo.

Isto é especialmente evidente nos últimos tempos. Durante o século passado até hoje, os judeus se saíram bem em ciência, arte, cultura, finanças e indústria. E com isso eles aparentemente roubam de todas as nações do mundo.

Pergunta: O que significa “roubar”?

Resposta: Se eles tiveram sucesso, significa que ocupam o lugar de outra pessoa e ganham os bilhões que outros poderiam ter ganho.

Comentário: Mas eles fazem isso honestamente.

Minha Resposta: não importa. Eu invejo um homem que ganhou sua renda honestamente, mas eu não a tenho.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Teoria Do Antissemitismo, Parte 1

laitman_750.01Antagonismo Dentro Do Povo Judeu

Comentário: Durante o curso do desenvolvimento humano, nunca houve uma nação que tenha sido submetida a maiores perseguições do que o povo de Israel. Algumas pessoas dizem que isso é irracional. Pelos seus materiais, vejo que isso, pelo contrário, é racional.

Minha Resposta: Super racional! É a lei da natureza.

Pergunta: Qual é a raiz desse ódio? Tanto quanto posso ver, ela está na própria criação.

Resposta: O homem foi criado como egoísta, mas recebeu um método para corrigir seu egoísmo. Ele é encontrado no povo de Israel, isto é, em um pequeno grupo de pessoas organizadas na Babilônia Antiga na época de Abraão, conforme descrito na Torá (Bíblia), por Flavius ​​Josephus, e em muitas outras fontes judaicas e não judaicas.

Nas mãos dos judeus há um método de unir os povos, elevando-se acima do egoísmo, atingindo o nível mais alto de conforto tanto na existência terrena quanto na não terrena. Isso significa que, mesmo durante a vida material, uma pessoa pode começar a sentir o próximo nível de existência e dissolver as fronteiras entre o mundo terrestre e o mundo superior.

Como tudo isso está embutido em nosso método, a sabedoria da Cabalá, os judeus tentaram implementá-lo, especialmente depois de deixar o Egito durante o tempo do Primeiro e Segundo Templos.

Isso aconteceu em uma luta constante entre eles. Afinal, havia grupos entre as pessoas que defendiam a implementação desse método de conexão e alcance de um nível espiritual, uma sensação do mundo superior neste mundo, e grupos que acreditavam que era impossível ou não necessário, porque, como eles pensavam, ainda existem outras oportunidades para uma existência confortável.

Assim, no povo de Israel, sempre houve uma grande oposição de opiniões até o ponto da guerra civil. Isso continuou até o exílio completo durante o período do Segundo Templo. Portanto, não havia necessidade de antissemitismo dos povos do mundo que não gostavam de judeus. Antes do advento das religiões cristã e muçulmana, elas eram praticamente inexistentes.

Pergunta: Então o ódio era entre os próprios judeus?

Resposta: Sim, havia muitas correntes diferentes dentro do povo.

Comentário: Por exemplo, durante o Império Romano, o povo foi dividido em saduceus e fariseus. Então a guerra dos macabeus estava em andamento não com os gregos, mas com os judeus que haviam adotado o helenismo.

Minha Resposta: Mesmo durante o período do Primeiro Templo, formaram-se grandes grupos de pessoas antagônicas.

Comentário: Além disso, não foram os egípcios que impediram os judeus de deixar o Egito, mas uma camada de judeus chamada “multidão mista” (Erev Rav).

Minha Resposta: Deve-se dizer que, embora durante as Cruzadas ou na Europa medieval houvesse pogroms e perseguições de judeus pelos povos vizinhos, a fonte disso veio do ódio entre grupos do próprio povo judeu.

Tudo isso é baseado no princípio espiritual. Entre o povo judeu, há aqueles que acreditam que os judeus devem cumprir sua função espiritual, ou seja, revelar o Criador neste mundo para si e para outros povos. E há quem diga: “Não, podemos existir como os outros. E nossa religião nos é dada para preencher em um nível normal e cotidiano”. É o que está acontecendo hoje.

Pergunta: Então, a disputa é sobre o que é escolhido por Deus? Tenho que cumprir alguns mandamentos externos e, por isso, terei paz e poder futuros sobre todos os povos, ou temos que nos unir e espalhar o método de conexão entre todo o povo?

Resposta: E com isso, por assim dizer, servi-los, tornar-se uma luz para outros povos. De fato, este é um grande trabalho, cuidar da correção do mundo inteiro.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Antissemitismo Nas Redes Sociais E Além

laitman_293Observação: Os judeus são um grupo de pessoas que se uniram em bases ideológicas e permaneceram nessa conexão.

Meu Comentário: Isso foi na antiga Babilônia, na época de Abraão. As pessoas achavam que queriam se unir porque, nesse movimento, podiam se encontrar, responder à pergunta sobre o sentido de sua existência.

Observação: No início, esse grupo se desenvolveu dentro de si. Então, de acordo com o plano da criação, como está escrito em todas as fontes, eles deveriam passar esse método para todas as nações.

Se, por alguma razão, eles não fizeram isso, outra lei foi ativada – a lei do antissemitismo, uma força contrária que separa as pessoas, a fim de uni-las à força mais tarde.

Existem muitas manifestações de antissemitismo. Atualmente, isso é exibido ativamente nas mídias sociais; é anônimo e permanece impune. Você também pode ver isso nos comentários em seus vídeos. A natureza humana é má, e quando as pessoas também se incentivam, naturalmente toma um rumo diferente.

Meu Comentário: Eu nunca li esses comentários. Por que eu deveria estar absorvendo seu ódio? Eu já conheço a natureza humana. Eu sei que eles não têm nada de bom a dizer sobre ninguém além de si mesmos.

O antissemitismo está dentro deles. Não é deles, mas de cima. Essa é uma reação ao nosso comportamento incorreto, ao nosso fracasso em seguir o método de correção, ao fato de estarmos atrasados ​​em implementá-lo.

Na medida em que estamos atrasados ​​na correção e disseminação da metodologia, eles nos odeiam e, portanto, escrevem esses comentários. Na medida em que sou odiado por todos no mundo, vejo que estou fazendo meu trabalho corretamente.

Não me ofendo com eles. Eu acho que isso é meu! Aqui eu trabalho de dois lados. A reação deles a mim depende do meu comportamento, do meu sucesso em espalhar o método de correção para a humanidade. Se eles estão com tanta raiva de mim, significa que ainda não consigo lidar com minhas responsabilidades.

Pergunta: Esse tipo de reação do lado deles sugere que você ainda não pode explicar o método de maneira clara?

Resposta: Sim. Não é culpa deles. Eles reagem automaticamente, são controlados pela natureza. Então, eu olho para tudo com calma, não esperando nada mais deles.

Pelo contrário, é tudo natural e vem do Criador. Eu não relaciono isso a nenhuma pessoa, sempre relaciono diretamente ao Criador. Em outras palavras, tenho que me testar para ver se, de alguma forma, posso disseminar ainda mais esse método de correção, mostrar ao mundo que é necessário para todos e talvez eles mudem. Mas é improvável.

Observação: Eu dei especificamente um exemplo de antissemitismo na Internet para mostrar como o ódio pode se tornar global. Se antes, as pessoas estavam limitadas a pogroms em algumas aldeias, e isso nem se espalhava por todo o país, hoje, devido ao desenvolvimento da Internet, o ódio pode ser cultivado e crescer muito rapidamente.

Meu Comentário: É global, está em todos os continentes, em todas as nações.

Mas no final, venceremos a inércia judaica e nós, Cabalistas, seremos ouvidos. Talvez sob os golpes do destino que aguardam os judeus, mas eles cumprirão sua missão histórica.

De acordo com isso, na medida em que o mundo inteiro está agora encharcado de antissemitismo e se tornará ainda mais, a humanidade começará a entender e perceber esse método na mesma escala. Portanto, o mundo inteiro está se preparando para isso, mas ainda em um sentido negativo.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 22/07/19

Como Podemos Equilibrar A Sociedade? – Conversa Com O Prof. Stephen Bronner

O Cabalista Dr. Michael Laitman e o Prof. Stephen Bronner, co-diretor do Conselho Internacional de Diplomacia e Diálogo e autor de Um Rumor sobre os Judeus: Antissemitismo, Conspiração e Protocolos de Sião, buscam a maneira ideal de equilibrar a sociedade.

Duas forças operam a realidade: positiva e negativa. A força negativa é o ego humano em constante evolução – o desejo de desfrutar às custas dos outros. Ela se desenvolve naturalmente e, enquanto entra em erupção, causa crises e desintegração. A força positiva é de amor e doação, uma força altruísta. Torna-se revelada em conexões humanas positivas. Inconscientemente ansiamos pelo altruísmo, mas enfrentamos manifestações do ego ao nosso redor.

Como podemos nos livrar do nosso ego?

Não devemos nos livrar de nada. Tanto o altruísmo como o egoísmo, amor e ódio, são necessários para o nosso desenvolvimento. A humanidade tem que encontrar um equilíbrio consciente entre essas duas forças, e a sabedoria da Cabalá nos diz como.

Nós existimos sob as leis da natureza e, portanto, estamos sujeitos a elas. Portanto, se as pessoas criarem uma atitude de ódio e amor onde um cobre o outro (“o amor cobre todas as transgressões”), elas construirão uma estrutura que se encaixará no sistema integral da natureza e, de acordo com a equivalência da forma com a natureza, alcançarão equilíbrio perfeito e completo.