Armar Professores

Laitman_182.02Pergunta: O Senado da Flórida aprovou uma lei, apoiada pelo voto da maioria, permitindo que os professores portem armas. Aonde isso vai levar? E se um professor decidir começar a atirar?

Resposta: Nada pode ser feito sobre isso. Não há nada que possa substituir uma educação adequada. Poderíamos construir mais mil prisões, mas isso não ajudará. A única coisa eficaz é a educação, e ninguém está fazendo isso. É um problema universal.

Pergunta: O que tem que acontecer para que a necessidade de uma educação adequada perfure o coração como um estilhaço, forçando as pessoas a começar a fazer algo sobre isso?

Resposta: Apenas a compreensão de que sem a educação adequada, uma pessoa só traz o mal para si e para os outros. Isso tem que ser realizado de tal forma, levando em conta quanto sofrimento, dinheiro e tudo mais nos custa, que estaríamos prontos para sermos reeducados.

O primeiro requisito para a educação correta é o estudo da natureza humana. Temos que nos familiarizar com as pessoas através da mídia de massa, nas escolas, em todos os lugares.

Pergunta: Como podemos superar uma montanha de mal-entendidos?

Resposta: Este é o muro que está no caminho da humanidade. Mas não há como contornar isso.

Pergunta: O Criador pode de repente mudar o pensamento de uma pessoa?

Resposta: Ele não pode. Ele não tem o direito! Toda a criação seria sem sentido. Existe um método de correção dentro de você – aja de acordo. Se você não procura-lo por si mesmo, realiza-lo seriamente dentro de si mesmo e ajustar a si mesmo e a sociedade, você não alcançará o próximo nível educacional.

Uma pessoa tem que entender que, se não mudar, nem ela nem o mundo terão um bom futuro, e a vida será cheia de sofrimento para seus filhos e todos os outros.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 13/03/18

A Conexão Com O Criador Aniquila O Estresse

Laitman_107Pergunta: O mundo exterior coloca a pessoa moderna em um estado de estresse constante. Como você lida com isso?

Resposta: Eu não consigo imaginar o estresse constante porque eu conecto tudo o que ocorre ao Criador. Que tipo de estresse pode haver se estivermos em Seu poder, em Sua constante influência sobre nós? Não precisamos de nada mais além de relaxar e nadar com a corrente de Sua ação sobre nós.

Eu recomendo a leitura regular de artigos de Baal HaSulam e Rabash. Eles removerão rapidamente todo o estresse de você. Você entenderá que o mundo é governado por um poder benevolente e tudo o que precisamos é estar em constante conexão com ele, levar tudo ao Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo 07/01/18

Nova Vida # 990 – O Círculo Da Vida, Parte 1

Nova Vida # 990 – O Círculo Da Vida, Parte 1
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

Resumo

A sabedoria da Cabalá nos ensina como alcançar uma vida espiritual através da linguagem das raízes e ramos. O que acontece na raiz espiritual é copiado no ramo físico. O processo de desenvolvimento embrionário, por exemplo, é uma cópia do processo de concepção espiritual no qual há uma integração do poder de doação e do poder de recepção. Toda a vida é criada pela fusão desses dois poderes em um único corpo chamado alma.

De KabTV “Nova Vida # 990 – O Círculo Da Vida”, Parte 1, 03/04/18

Uma Alma Semelhante Ao Sistema Da Criação

laitman_254.01A alma comum que era una e conectada foi dividida em várias partes após a quebra; precisamos reunir e conectar essas partes para revelar o Criador através delas.

A diferença entre o vaso original e o reconstruído após a quebra é que a quebra revelou novas qualidades que antes não eram aparentes. É por causa delas que a alma se despedaçou e, através de sua correção, qualidades adicionais da Luz são reveladas contra esses desejos quebrados. Desta maneira nós examinamos a interioridade do Criador que criou esta alma e corrige com Sua Luz.

Se não fosse pela quebra e a correção, não sentiríamos mais do que o primeiro homem (Adão) sentiu antes do pecado, ou seja, apenas um estado de pequenez (Katnut) Nefesh/Ruach de Ruach. Após a quebra e a correção, nós revelamos a Luz completa de NRNHY, isto é, nos aderimos ao próprio Criador, alcançamos equivalência de forma com Ele, entendemos o Seu caminho e sabedoria embutidos na criação.

Portanto, é impossível evitar a quebra e a correção. O fim da correção é um ponto inicialmente incluído no plano de criação.

A alma tem que se corrigir de acordo com todo o sistema da criação que inclui em si todos os mundos de Adam Kadmon e ABYA. A alma é a parte mais interna de todo o sistema da criação, portanto, através da nossa correção ela deve adquirir a mesma forma que todos os mundos superiores, consistindo de três partes: extremidades-corpo-cabeça (Rosh-Toch-Sof), depois de três linhas, e um grande número de formas complexas.

Quando elas se conectam, as diferenças não desaparecem porque “o amor cobre todas as transgressões”. A alma corrigida mantém todo o grande egoísmo dentro de si, todos os imensos desejos e contradições. Tudo o que existia antes é preservado, nada é apagado. Pelo contrário, as manifestações negativas nos ajudam a revelar a Luz, cuja vantagem é revelada na escuridão.

Há um grande trabalho pela frente; afinal, Adão não tinha cabeça, corpo e extremidades – havia simplesmente um corpo posicionado em um nível que estava cheio da Luz de Hassadim. Ele nasceu circuncidado como um anjo, no estado de pequenez (Katnut). Um bebê não tem inteligência e não pode ficar de pé, mas só pode deitar-se, isto é, sua cabeça está no mesmo nível do corpo.

E nós precisamos colocar essa alma quebrada em pé, na posição ereta de uma pessoa. Portanto, em nosso trabalho, selecionamos partes da alma que pertencem à cabeça e ao corpo e esclarecemos o papel de cada uma delas. Todas as partes da alma após a quebra já estão preparadas para a correção, mas temos que atrair a Luz superior, descobrir os locais de quebra e corrigi-los.

Aqueles que serão atraídos para o trabalho espiritual serão chamados de cabeça de Adão, a alma comum. E o resto são partes do corpo dele. É por isso que Israel, que significa “aqueles que anseiam diretamente ao Criador”, é chamado de “Minha cabeça” (Li-Rosh).

Escolhido para Trabalhar Sem Recompensa

As pessoas virtuosas são aquelas que trabalham em três linhas, estão na cabeça da alma e podem executar escrutínios e correções passando a Luz através de si mesmas para os desejos quebrados, para que eles sejam corrigidos, conectados e unidos a ela, criando assim um Partzuf completo.

Nós precisamos concordar em ser o povo virtuosoporque não há coerção na espiritualidade. Portanto, vamos receber golpes de cima até darmos o nosso consentimento para fazer este trabalho, e devemos concordar de todo o coração. Através dos golpes, começamos a entender o que é bom e o que é ruim para nós e, portanto, concordamos.

Ser um sumo sacerdote (Cohen) significa não receber nenhuma recompensa pelo seu trabalho: ele corrige o mundo inteiro e aproxima todos do Criador para que todos estejam conectados a Ele e cheios da Luz do infinito, e ele não recebe nada por isso. Isso é chamado de trabalho de um sumo sacerdote, Cohen.

O Cohen não tem nenhuma terra, nenhuma propriedade, apenas trabalho puro para o Criador, do qual nada é deixado para ele. Sua recompensa é apenas ter força para o trabalho, a fim de continuar trabalhando e dando contentamento ao Criador. Esta é a doação pura.

Cada pessoa no mundo em quem o Criador despertou uma centelha espiritual pertence ao povo virtuoso e deve trabalhar para a correção do mundo. Devido ao fato de nos conectarmos uns aos outros e chegarmos ao “Ama a teu próximo como a ti mesmo”, chegamos ao amor pelo Criador, e devemos puxar a humanidade depois de nós. Esta é nossa missão; afinal de contas, recebemos o desejo por esse trabalho e não há escolha – temos que realizar esse desejo.

O mundo está dividido naqueles a quem o Criador deu esse desejo e naqueles a quem Ele não o deu. Por que esse desejo nos é dado, não sabemos. Ficará claro depois, mas não será importante porque todos os que cumprem sua missão são absolutamente iguais – tudo se arredonda em um círculo e cada um atinge todos os graus até a altura de nosso antepassado Moisés. 1
Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá, 05/09/18, Escritos do Baal HaSulam, “A Garantia Mútua”, Item 28
1 minuto 3:30

No Pensamento Inicial

laitman_252Nós nunca podemos realmente unir nossos desejos e nossas intenções. Nós podemos nos conectar apenas com o Criador. Lá nos interconectamos e nos tornamos dez. É por isso que é necessário falar constantemente sobre a grandeza do Criador, sem a qual não completaremos a construção da dezena. Podemos falar incessantemente sobre a unidade, mas nada vai acontecer.

O fim da ação já deve ser colocado no pensamento inicial, isto é, em adesão com o Criador; portanto, deve estar envolvido no começo de cada ação. 1

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá, 05/10/18, Talmud Eser Sefirot, Parte 4, Capítulo 1, Item 5
1 minuto 35:20

Nova Vida # 983 – Sentir Os Outros

Nova Vida # 983 – Sentir Os Outros
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Nós somos criaturas sociais e o nosso futuro depende da nossa capacidade de construir relações mútuas onde todos sentem um sentimento de pertencimento. Famílias calorosas e conectadas dão o exemplo de como precisamos organizar o mundo inteiro. Ficamos inseguros, vazios, isolados e desconfiados quando estamos desconectados da família. O desafio educacional diante de nós é construir uma sociedade na qual todos se sintam como se estivessem em uma família calorosa e amorosa.

De KabTV “Nova Vida # 983 – Sentir os Outros”, 20/03/18

Meus Pensamentos No Twitter 18/05/18

Dr Michael Laitman TwitterFeliz Shavuot De Israel #shavuot #torá #Israel #sentido

Feliz Shavuot De Israel #shavuot #torá #israel

Mas só a recebemos depois que nós, o povo inteiro de Israel, proclamamos “em uma só voz” (Êxodo 24:3) que faremos como a lei determina.

Feliz #Shavuot!

#Shavuot tem uma mensagem especial para todos nós. Como todos os feriados #Judaicos, representa um estado em nosso desenvolvimento espiritual. O estado de Shavuot marca o ponto em que nos é dada a #Torá – a lei da vida.

Do Twitter 18/05/18

Feliz Shavuot Desde Israel

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página no Facebook Michael Laitman 17/05/18

A recepção da Torá é a recepção da Luz que conecta nossos corações como um só.

Continuando A Convenção Com Uma Subida

laitman_275Como exatamente é expresso o avanço espiritual? É em uma maior realização do Criador, na unidade de amigos, na compreensão dos ensinamentos da Cabalá, no crescimento de nossa força, ou, inversamente, na realização de nosso próprio desamparo e dependência? Se examinarmos isto mais de perto, fica claro que todo o nosso avanço depende somente da experiência da grandeza do Criador.

Conforme alcançarmos essa grandeza, ou melhor, a aumentarmos com a fé acima da razão, determinará todo o nosso avanço ao longo do caminho espiritual, nossa prontidão para direcionar todos os nossos esforços, pensamentos e desejos, cada um individualmente e todos juntos, para trazer contentamento ao Criador.

Não importa qual progresso ou compreensão foi recebido, quanto esforço foi exercido, ou quais obstáculos precisaram ser superados. Nossos cálculos devem ser realizados apenas em termos de como trazer contentamento ao Criador. Não há grandeza de mim como indivíduo, ou de um amigo ou professor – existe apenas a grandeza do Criador, que precisa ser ampliada, ampliada e experimentada na medida em que é mais importante do que o meu bem-estar. É isso que significa continuar a Convenção com uma subida.

A recente Convenção na América foi muito bem-sucedida porque uma tremenda importância do Criador foi revelada nela; ela governava todos os nossos esforços, pensamentos e desejos. Essa é a altura da Convenção.

Tudo é medido pelo aumento da importância do Criador entre nós, graças a quem nos distanciamos do ganho pessoal e nos movemos em benefício do grupo, na medida em que o valorizamos como um meio de doação ao Criador.

É por isso que continuar a Convenção com uma subida é verificar constantemente: será que alcançamos um nível maior de importância do Criador sem buscar benefício pessoal, mas apenas pelo desejo de trazer-Lhe contentamento?

Para continuar avançando, não precisamos esperar pela próxima Convenção, mas entre as Convenções precisamos tentar construir a grandeza do Criador entre nós, sem voltar a pedir por nós mesmos. 1

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 10/05/18, Lição sobre o tópico: “Continuando a Convenção com uma Subida”
1 minuto 0:25

Amor Por Amor

laitman_527.02Pergunta: O amor é o sentimento mais forte e pelo qual vale a pena viver. O que você acha disso?

Resposta: Eu concordo. Satisfaz a pessoa por um tempo.

Pergunta: Isso significa que o amor não pode ser um eterno sentido da vida?

Resposta: Claro que não. A vida acaba e o amor acaba. Hormônios mudam e o objeto do amor muda. Cada pessoa durante toda a vida pode ter muitas dessas paixões.

Pergunta: O amor é o maior prazer, acima de poder, dinheiro e assim por diante?

Resposta: Depende da pessoa. Algumas pessoas gostam de dinheiro, para outras o amor pelo amor prevalece, que é o amor pelos hormônios, algumas gostam de música e assim por diante. É uma questão da necessidade interior de uma pessoa.

Pergunta: Será que uma pessoa quer ser amada ainda mais do que quer amar?

Resposta: Em nosso mundo, satisfazer necessidades hormonais é chamado de amor. Tudo começa e termina dentro de uma pessoa. Não é sobre alguém externo. Se eu tenho algum tipo de necessidade hormonal em relação a essa pessoa externa, sinto-me atraído por ela e, se não tenho essa necessidade, não me sinto atraído.

Portanto, o amor no nível corpóreo não tem nada a ver com espiritualidade. Na Cabalá, o maior prazer é o amor pelo Criador.

Pergunta: Se, de acordo com a Cabalá, o sentido da vida está em alcançar o amor ao próximo, isso significa que o amor é o sentido da vida?

Resposta: Não. O sentido da vida está em alcançar sua raiz através do amor, isto é, em alcançar seu criador. E isso é alcançado através do amor ao próximo e do amor ao próximo ao amor pelo Criador.

Amar o Criador significa desfrutar do fato de que Ele lhe preenche.

Da Lição de Cabalá em Russo 28/01/18