Meus Pensamentos No Twitter 30/06/20

Dr Michael Laitman Twitter

Se as pessoas avançarem para mudar o mundo empurrando propriedades à força (distribuindo dinheiro, etc.), isso será pior do que instituir o regime soviético. Qualquer mudança nas relações econômicas deve ser precedida pela disseminação do conhecimento sobre o propósito e o programa da natureza em relação ao desenvolvimento mundial.

Quando esse #coronavírus desaparecer, um vírus mais terrível tomará seu lugar. E assim avançaremos, estimulados por vírus. A maldade do ego está sendo revelada na forma do coronavírus. Devemos compensá-lo com bondade, cobrindo o ódio com amor. Até que o anjo da morte seja coberto pelo anjo da vida.

É melhor nos apressarmos e percebermos que não estamos em crise, mas em um novo estado de natureza e precisamos nos adaptar a ele. O mais rápido possível. Caso contrário, nossas fantasias sobre sair dela nos levarão à exaustão completa. É melhor ser realista sobre os acontecimentos atuais e reduzir a nada o que não for necessário …

Do Twitter, 30/06/20

“Quais Serão As Carreiras Ou Profissões Mais Lucrativas No Futuro?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Quais Serão As Carreiras Ou Profissões Futuras Mais Lucrativas?

Atualmente, nossa infraestrutura socioeconômica está passando por uma mudança fatal das indústrias de luxo e para uma ênfase maior no essencial da vida. Além disso, estamos caminhando para um futuro em que mais e mais empregos serão assumidos pela automação e pela IA.

Da mesma forma, olhando para o futuro, devemos antes de tudo perceber que as necessidades básicas das pessoas – comida, abrigo, roupas, educação e saúde – precisam ser atendidas, e as autoridades precisarão priorizar a satisfação das necessidades básicas das pessoas.

Surge a questão: depois de satisfeitas as necessidades básicas, em que as pessoas se engajam?

Com menos força de trabalho necessária devido à menor demanda de produtos de luxo e ao aumento da automação e da IA, juntamente com uma população humana que aumenta para números nunca antes vistos, um novo buraco aparece diante de nós que precisaremos preencher: em última análise, que profissões e carreiras serão necessárias, contributivas e benéficas para a sociedade rumo ao futuro?

Como nosso estilo de vida de competitividade materialista se transformará em estilos de vida muito mais calmos e equilibrados, com foco mais essencial, a fim de desenvolver sensações de felicidade, apoio e confiança em todas as sociedades, precisaremos dedicar grande parte de nosso tempo aprendendo e construindo uma atmosfera de conexão humana positiva.

Quando grandes quantidades de populações se engajarem regularmente no ensino, aprendizado e construção de laços sociais positivos – como suas novas carreiras ou profissões -, veremos novas sociedades bem conectadas florescerem.

As pessoas nessas sociedades desenvolverão sensibilidades elevadas às necessidades, vontades e sentimentos umas das outras, bem como à tendência destrutiva que se esconde dentro de cada pessoa de explorar outras pessoas em benefício próprio, e exercitarão a manutenção da unidade social e da solidariedade sobre os impulsos divisórios que constantemente coçam por dentro.

Há um espaço infinito para contribuir para uma sociedade que visa se conectar positivamente acima de seus impulsos divisivos. Todo o leque de habilidades e talentos das pessoas em oferta pode ser aplicado, desde que sirvam à criação de uma sociedade positiva.

No entanto, uma dose regular de aprender a sabedoria da conexão deve residir em um sistema como um pré-requisito para qualquer atividade para promover a conexão humana.

Aprender a sabedoria da conexão significa adquirir regularmente conhecimento sobre os vastos benefícios da conexão social positiva, além de envolver-se regularmente em experiências que aprimoram a conexão.

Nossas definições de “lucrativo” e “rentável” mudarão de acordo com o que valorizaríamos nesse estado: não as formas competitivo-individualistas de lucro, onde priorizamos a construção de nossos impérios pessoais sobre todos os demais, mas nós obteríamos lucro em termos de como todos obtêm considerável saúde, felicidade e confiança com a contribuição de todos para a construção de uma sociedade positivamente conectada.

Qual seria a carreira ou profissão mais lucrativa?

Seriam aquelas que atendem às necessidades da sociedade, seja para suprir as necessidades básicas das pessoas ou para contribuir para as necessidades mais profundas das pessoas por interação e satisfação mais significativas.

Quanto mais nos desenvolvemos, mais nos aproximamos da realização de nossa conexão natural e da necessidade de atualizá-la de maneira cada vez mais positiva.

Quanto mais trabalhamos para melhorar nossas conexões, mais nos transformaremos na descoberta de uma nova realidade harmoniosa.

Em uma situação em que as indústrias de luxo perdem importância e em que a automação e a IA assumirão muitos dos empregos atuais, os humanos precisarão trabalhar no que nos torna humanos: nossa necessidade de nos conectarmos positivamente.

À medida que mais e mais compromissos se iniciam nessa direção, os portões para um sentimento muito maior de felicidade e realização se abrirão para muito mais pessoas.

Imagem acima: “Uma Meta”, de Zenita Komad, 2015, extraído de “Interdependência: Como você depende de todos e todos de você”.

“Como Me Limpo Espiritualmente E Como Começo?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Como Me Limpo Espiritualmente E Como Começo?

O trabalho espiritual começa por aceitar as leis de sua própria correção.

Para fazer isso, é necessário:

  • Alcançar um entendimento de que subir acima do ego é de extrema importância e que
  • A conexão com os outros como um todo, de acordo com a regra “ame o seu próximo como a si mesmo”, é o objetivo espiritual mais elevado, e também que
  • Alcançar esse objetivo requer um ambiente favorável – apoio e incentivo
    às aspirações um do outro em alcançar o objetivo espiritual.

Depois de se estabelecer de tal maneira, você poderá fazer progresso espiritual.

O caminho espiritual está cheio de estados contraditórios – euforia em um momento, humildade no seguinte, subidas e descidas – às vezes nos sentimos como se não houvesse estados espirituais, desejos ou intenções diante de nós, mas se criarmos um ambiente que nos apoiará no caminho para o objetivo espiritual, acabamos sofrendo uma correção de todas essas qualidades egoístas, transformando-as em altruístas, como está escrito que “o amor cobrirá todas as transgressões”.

Submeter-se à correção espiritual significa converter nossas qualidades egoístas em qualidades altruístas.

Atingir esse estado significa descobrir a alma comum onde todos residem, com o amor se conectando entre todos nós.

Existe Um Sentido Da Vida Na Própria Vida?

Laitman_198Pergunta: A finitude da vida lhe confere um sentido especial? O sentido que está faltando na vida sem o medo da morte, a vida eterna?

Resposta: E qual é o sentido dessa vida? Que eu vou morrer como um animal e tudo vai acabar?

Comentário: Há algum tipo de nitidez nisso.

Minha Resposta: Que tipo de nitidez? O tipo marxista? “Viva pelo bem dos outros, e eles pelo bem dos outros, e assim tudo pelo bem de todos, e ninguém por você!” Pelo que? Este não é o sentido da vida.

Não pode haver sentido no que acaba. Não pode haver sentido para a vida na própria vida. Essa é uma filosofia materialista e primitiva, que acredita que não há nada além de matéria.

Quando não há resposta para a pergunta, você se satisfaz com isso, esquecendo-se de outras coisas, convencendo-se de que isso é verdade.

Pergunta: Se eu sou o desejo de receber prazer, que mais valor pode haver além de prazer, gozo?

Resposta: O fato é que receber prazer é o objetivo da vida material. Existe algo fora disso? Se uma pessoa não pensa sobre isso, ela simplesmente se envolve na busca do prazer. Certamente, é melhor aproveitar do que sofrer. Todo mundo vai concordar com isso. Mas isso não é sentido em si mesmo.

A natureza não nos criou para que simplesmente vivamos nossas vidas em silêncio, aproveitando os anos que nos foram atribuídos. Em nosso desenvolvimento, há um requisito pré-preparado: “Por quê?”

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/05/20

Eu Não Assusto Ninguém

Laitman_002Pergunta: Se a humanidade é um organismo único, por que o bastão da natureza recebe 98% do corpo e o cérebro, que é de apenas 2%, deve entender, perceber e mudar?

Resposta: Você me faz todo tipo de perguntas complicadas para evitar o trabalho espiritual e não fazer nada. Eu realmente não controlo o processo. Não venho a você como agente de publicidade ou vendedor e ofereço meu produto. Não bato na sua porta e digo: “Compre”. Se você quiser, compre, se não, então não.

Só estou lhe dizendo que o próximo golpe será pior e será muito em breve. E você praticamente concorda com isso.

Como faço para que isso não aconteça? Então você diz: “Por que devemos pagar um preço tão alto por isso e começar a fazer algo? Se houver um problema, vamos resolvê-lo”.

Mas por que é necessário levá-lo ao ponto em que há um problema? É disso que estou falando. Eu sou como você, apenas vendo o que vai ser ruim, não assustando você.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 03/05/20

Blitz De Dicas De Cabalá – 26/04/20, Parte 1

laitman_564Pergunta: Estamos todos conectados por laços invisíveis. Eu posso sentir os medos dos outros?

Resposta: Não há nada estranho. Tudo o que você sente neste mundo, você sente o que lhe pertence.

Pergunta: O que posso fazer sobre maus hábitos, como fumar? Como posso lutar com eles se sei que eles podem me matar? Serei capaz de alcançar algum nível espiritual com eles?

Resposta: Não sei até que ponto esses hábitos o matam. Se eles te incomodarem, então lute contra eles. Se não, você pode mantê-los. Eles não têm nada a ver com a Cabalá.

Pergunta: Todo o mal do mundo é um instrumento do Criador para alcançá-Lo?

Resposta: Claro. Todo o mal que existe no mundo é egoísmo, e o egoísmo foi criado precisamente pelo Criador.

Pergunta: Qual é a diferença entre responsabilidade e medo? Afinal, em geral, é a mesma coisa.

Resposta: Não, são duas coisas diferentes. Pergunte aos psicólogos e eles vão explicar como essas definições são diferentes.

Pergunta: A percepção de seus sentidos mudou nos níveis superiores de desenvolvimento espiritual? Se sim, então como? Você pode descrever seus sentidos, incluindo visual, auditivo e outros?

Resposta: Quando você atingir esses níveis, falaremos sobre isso para melhor orientá-lo.

Pergunta: Se eu penso há muito tempo que o Criador desenha uma imagem do mundo para mim e Ele governa tudo, um sentimento da natureza ilusória do mundo surge em mim e meu medo enfraquece. É um dispositivo Cabalístico ou psicologia?

Resposta: Qual é a diferença? Tudo isso é a mesma sensação, a mesma ciência. Não devemos dividir todas as ciências em condicionalmente diferentes. Isso tudo é ciência geral sobre o universo, sobre sua percepção e sobre como podemos encontrar sua única raiz comum.

Pergunta: O castigo realmente existe? Está presente no Criador?

Resposta: Não há castigo, existem simplesmente condições em que uma pessoa não é muito bem orientada. Portanto, parece que você está sendo punido. Mas na verdade você está sendo direcionado.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 26/04/20

O Que O Nome De Uma Pessoa Indica?

laitman_600.02Pergunta: Existem certos níveis de realização de nomes? Por exemplo, o nome do meu amigo é Emanuel. O que pode ser dito sobre esse nome?

Resposta: O nome Emanuel significa “Deus está conosco” em hebraico. É um nome muito antigo da Torá.

Pergunta: Um nome caracteriza uma pessoa?

Resposta: Não. Se soubéssemos a fonte da alma de um recém-nascido, poderíamos dar-lhe um nome de acordo com a fonte da alma, conforme descrito na Torá. Mas não sabemos, e por isso damos nomes arbitrários. Examinaremos isso no futuro.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 08/12/19

Nova Vida # 1239 – O Coronavírus E A Evolução Humana

Nova Vida # 1239 – O Coronavírus E A Evolução Humana
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi

A natureza cria os seres humanos como bons, mas nosso desejo egoísta de dominar os outros nos torna maus. As pessoas que dominam os outros são fortes e ricas e não têm apoio do poder integral encontrado na natureza. Elas não vão sobreviver. No mundo de amanhã, as pessoas que souberem superar seus egos, pensar nos outros e atrair a sociedade para a unidade serão consideradas fortes. A característica do amor é a mais importante para a sobrevivência, porque vivemos em um mundo global e integral. A conexão com o poder geral da natureza depende da doação de bondade aos outros. Uma pessoa que melhorou desta maneira, se sentirá como o rei do mundo.

De KabTV,  “Nova Vida # 1239 – O Coronavírus e a Evolução Humana”, 14/05/20

Meus Pensamentos No Twitter 29/06/20

Dr Michael Laitman TwitterNós olhamos o mundo através da razão do ego. O Criador nos criou deliberadamente no #egoísmo. Na fé acima da razão, elevamo-nos ao grau de doação, Bina, entrando na visão do Criador, Seu mundo, Sua percepção da realidade.
A fé acima da razão nos permite ver a realidade da maneira que o Criador a vê.

Do Twitter, 29/06/20

Sistema Rígido Cheio De Bondade

laitman_546.04Pergunta: A natureza é algo vivo, racional, com emoções, pensamentos, planos e a possibilidade de uma reação significativa ao nosso impacto?

Resposta: A natureza é um sistema rígido que consiste em partes inanimadas, vegetativas, animadas e humanas. Todas elas estão em um certo equilíbrio dinâmico. Se perturbamos esse equilíbrio com nossa influência egoísta, a natureza reage a isso na direção oposta, desviando-se como um pêndulo para o outro lado. É o que experimentamos hoje com o exemplo do coronavírus.

Agora, seremos atingidos por tais golpes que nos forçarão a nos conectar integralmente porque existimos em um estado de “última geração”. A última geração significa a última geração egoísta na qual o ego é corrigido. Nós devemos consertar isso.

Pergunta: Então todo o nosso sofrimento vem da natureza?

Resposta: Claro. Todo sofrimento vem do fato de você violar a integração da natureza, seu equilíbrio. Somente com a perda de equilíbrio na natureza que ocorre por sua culpa, você obtém uma reação, que você sente como dor, dificuldade e problemas.

O próprio homem é muito fraco. Você coloca um pouco de pressão nele, e ele já geme, chora e está pronto para fazer tudo o que deve ser feito. Assim, a natureza nos forçará a nos tornarmos partes boas, maduras e, o mais importante, gentis da natureza um para com o outro.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/05/20