Textos na Categoria 'Zohar'

Dois Estados: Pequenez E Grandeza

528.02Pergunta: Rabi Nachman escreve que enquanto estudou O Livro do Zohar, ele chorou muito até que foi recompensado com sua compreensão. O que é esse estado de “choro”?

Resposta: Chorar representa o estado de pequenez (Katnut), quando uma pessoa lamenta não poder entender e ver mais para fazer um esforço ainda maior em se aproximar do Criador.

Pergunta: Além disso, ele escreve: “Embora eles (os discípulos de Rashbi) estivessem em conexão e união uns com os outros, essa conexão era temporária e era chamada de união do primeiro pilar, ou seja, uma única conexão. Então o rabino Shimon queria conectá-los com uma conexão dupla, para que essa conexão fosse forte e sólida”. Quais são esses dois tipos de conexão?

Resposta: Estamos falando da conexão entre as pessoas que estudam a Torá, que fala apenas de uni-las em um único sistema, uma única dezena, uma única alma.

O fato é que existe uma conexão direcionada apenas para conceder desejos, a chamada conexão da pequenez, um estado de pequenez (Katnut). E há uma conexão que inclui um estado de grandeza (Gadlut), fortes desejos egoístas de uma pessoa em um estado corrigido.

Está escrito no Zohar para Todos com os comentários do Baal HaSulam: Todos aqueles amigos que não se amam partem do mundo antes do tempo (Zohar para Todos, Ki Tissa 54). Todos os amigos do tempo do Rashbi tinham amor da alma e amor do espírito entre eles. O amor da alma significa amor no nível de pequenez (estado de pequenez). E o amor do espírito é o amor ao nível da grandeza (estado de grandeza).

É por isso que em sua geração, os segredos da Torá foram revelados. Rabi Shimon diria: “Todos os amigos que não se amam fazem com que se desviem do caminho certo”, porque eles não se desenvolveram para o estado de grande amor quando os desejos de receber também trabalham para doação.

Além disso, eles mancham a Torá, pois há amor, fraternidade e verdade na Torá.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Pequeno Segredo Dos Judeus

65Pergunta: A descoberta do Livro do Zohar e o fato de estarmos estudando-o indicam que um novo ciclo de desenvolvimento começou na humanidade?

Resposta: De acordo com a Cabalá, desde o final do século XX a humanidade entrou em um período especial em que é obrigada a mudar o paradigma de desenvolvimento da recepção à doação. Devemos implementar plenamente o princípio de “amar o próximo como a si mesmo”.

No entanto, não temos força nem desejo para isso. Somos guiados apenas pela necessidade de evitar o sofrimento. Se, junto com isso, abrirmos O Livro do Zohar, uma pessoa será capaz de mudar tanto que enquanto estiver em nosso mundo ela se sentirá como se estivesse no paraíso.

Hoje, há muitos comentários e explicações sobre este livro disponíveis em todos os idiomas. Existem cerca de dois milhões de pessoas em todo o mundo que estão estudando dentro do sistema dos centros internacionais de educação KabU. Portanto, temos a experiência de explicar a todos a essência do Livro do Zohar.

No passado, nos foi prometido um futuro brilhante e realmente seremos capazes de implementá-lo porque existe uma força na natureza que pode nos mudar. Os comunistas não sabiam disso, mas os judeus tinham isso como seu pequeno segredo. Hoje eles contam a todos sobre isso.

Chegou o momento em que a humanidade deve perceber que deve mudar a si mesma, caso contrário não tem futuro. Portanto, o Livro do Zohar agora foi revelado e podemos usá-lo. Tenho certeza que todos nós seremos felizes.

De KabTV, “Close-Up, Gene do Altruísmo”, 19/09/10

O Criador Não É Revelado No Egoísmo

207De acordo com a extensão dos Panim do grau, assim é a extensão de seus Achoraim. A instilação dos Achoraim é um chamado e um convite para instilar os Panim. É por isso que pela medida da ocultação dos Achoraim que eles alcançaram, eles sabiam a medida de revelação que estavam prestes a alcançar (Rabi Shimon bar Yochai, Zohar para Todos).

Estamos falando da ocultação que temos que fazer em nosso egoísmo para corrigi-lo. A revelação acima da ocultação é como o Kli (vaso) espiritual funciona. Somente neste caso seremos capazes de receber a revelação do Criador nele.

Pergunta: O que está escondido de nós?

Resposta: Tudo está escondido de nós! No entanto, nos foi dado um estado muito interessante, que se o atingirmos gradualmente, revelaremos tudo. No entanto, revelaremos esse estado não em nossa recepção, mas nos desejos de doação. Portanto, há revelação na ocultação. Essas duas forças opostas, dois estados opostos, confundem as pessoas.

Pergunta: Uma pessoa, no entanto, revela o governo do Criador?

Resposta: Sim, mas ela não o revela em seus desejos egoístas, que são inerentes a ela, mas nos desejos altruístas que ela cria acima dos desejos egoístas. Portanto, o estado inicial é chamado de ocultação, e se torna uma revelação na ocultação.

Há uma grande diferença entre esses estados porque você não revela o Criador no egoísmo, mas no fato de que, graças ao seu trabalho especial com o ego, você constrói um sistema acima dele no qual revela o Criador, a qualidade de doação.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Linguagem Sob Medida Para A Alma

165A linguagem do Livro do Zohar é feita sob medida para a alma, apesar do fato de que uma pessoa não entende o que diz. Como, por exemplo, uma pessoa que entra em uma perfumaria, mesmo que não tenha tirado nada dela, ainda assim absorveu seu aroma agradável (Moshe Chaim Ephraim, Degel Machaneh Ephraim ).

No momento em que começamos a nos mover para a qualidade de doação em vez de recepção, para o altruísmo em vez do egoísmo, começamos a entender sobre o que o Livro do Zohar está falando e o que ele nos exorta a fazer. Portanto, seguimos facilmente suas recomendações e entendemos que O Livro do Zohar é uma instrução para corrigir e encher a alma.

Pergunta: Muitos sábios escrevem que uma pessoa que estuda O Livro do Zohar não entende nada, mas ao lê-lo atrai uma iluminação sobre si mesma que a transforma. Por que ele está organizado de tal maneira que uma pessoa o lê, mas não entende?

Resposta: Tente ler livros de adultos para uma criança, nem mesmo os complexos, mas os mais elementares, simples e cotidianos, e ela também não entenderá do que se trata porque não sabe o significado de suas palavras.

O método está no fato de que ao abrir O Livro do Zohar e começar a lê-lo, você anseia por uma conexão maior com seus amigos e através deles, supostamente, com o Criador, “supostamente” porque você não sabe o que está acontecendo. Mas todas essas inclinações, juntamente com O Livro do Zohar, começam a revelar o sistema interno do mundo dentro de você. Ao mesmo tempo, você obtém algum tipo de iluminação da luz superior, que o corrige. E desta forma você está adiantado.

Pergunta: Então você não recomenda ler O Livro do Zohar sozinho? Precisamos ler juntos?

Resposta: De preferência junto com pelo menos duas ou três pessoas.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Como Foi Escrito O Livro Do Zohar?

563Pergunta: Existe alguma diferença se um livro foi escrito por uma única pessoa como Baal HaSulam ou por dez pessoas como Rabi Shimon e seus alunos?

Resposta: Na Cabalá, ou uma pessoa escreve um livro sobre o que alcança, como o Baal HaSulam fez, ou um grupo de pessoas conectadas escreve um livro. Entre elas, existem vários estados nos quais elas começam a perceber o Criador de maneira diferente. Isso é o que elas descrevem.

Além disso, os estados pelos quais Rabi Shimon e seus alunos passaram entre si, eles descreveram na forma de viagens a alguns lugares terrestres. Mas, na verdade, eles não saíram da caverna em que estavam. Tudo aconteceu apenas em um lugar e em conexão entre eles.

Quanto mais eles aumentavam sua conexão uns com os outros, mais alcançavam o Criador. E vice-versa, quanto mais se afastavam um do outro, menos sentiam o Criador. Esses escrutínios de aproximação e distanciamento entre si na dezena e de acordo com o Criador é o que eles registraram. E eles estão incluídos no Livro do Zohar .

Baal HaSulam escreveu que os alunos do Rashbi atingiram todos os 125 passos. Isso significa que eles revelaram todo o seu egoísmo original, elevaram-se acima dele em conexão um com o outro e sentiram a única força superior nessa conexão.

Assim, eles se tornaram semelhantes a ele como um homem com um coração e alcançaram o Criador em seu desejo comum.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Passe A Luz Para O Mundo

137O famoso Cabalista do século XVI, Ramak, escreveu no livro Ohr Yakar que as pessoas que estudam O Livro do Zohar despertam as forças das almas dos justos com a força de Moisés. Afinal, uma pessoa que estuda O Livro do Zohar está em conexão com a fonte da luz superior, com a força de doação e amor. Portanto, ela passa a luz superior através dela para todas as almas que estão abaixo dela.

Há um ponto em cada um de nós que o distingue dos outros. É neste ponto que ele é o único acima de todos os outros. É assim que cada um de nós passa a luz superior através dele para todas as outras almas.

Portanto, não precisamos mudar o mundo. Ao mudar a si mesmo, uma pessoa muda todos os outros porque está em conexão com eles.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Alcançando A Fonte Da Existência

527.04A sabedoria que a pessoa deve conhecer: conhecer e observar o segredo de seu Mestre… (Zohar para Todos, Cântico dos Cânticos, 482-483).

Pergunta: Que segredos tem o Criador?

Resposta: O Criador não tem segredos, todos os segredos estão em nós. Se nos conectarmos cada vez melhor, de modo que qualquer distância interior entre nós desapareça completamente, revelaremos o universo cada vez mais. É sobre isso que o Livro do Zohar fala.

Ela precisa… conhecer a si mesma, saber quem é, como foi criada, de onde vem e para onde vai, como o corpo é corrigido e como será julgada pelo Rei de Todos.

Por corpo queremos dizer o egoísmo de uma pessoa. E nosso corpo físico não pertence ao nível de um humano, mas ao nível de um animal.

O julgamento significa que uma pessoa deve chegar a um estado em que possa avaliar sobriamente suas ações, compreendê-las corretamente e julgar a si mesma.

Conhecer e observar o segredo da alma. O que é a alma dentro dela? De onde vem, e por que vem a este corpo, que é uma gota suja que está aqui hoje e amanhã na sepultura?

Uma pessoa deve alcançar a fonte de sua existência, de onde ela vem e para que ela está aqui.

Para conhecer o mundo em que se está, e para que o mundo será corrigido; para contemplar os sublimes segredos do Mundo Superior e conhecer o próprio Mestre. E ela observa tudo isso de dentro dos segredos da Torá.

Estas são as tarefas do Livro do Zohar.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22

Quem Moldará A Felicidade Para Nós?

65Pergunta: Uma parábola antiga diz que Deus moldou um homem de barro e ele tinha um pedaço não usado. “O que mais posso moldar para você?” Deus perguntou. “Molda-me a felicidade”, respondeu o homem. Deus não respondeu e apenas colocou o pedaço de barro restante na palma da mão do homem.

Onde está aquele pedaço de barro que uma pessoa pode usar para deixar de ser um animal e experimentar-se na perfeição e na eternidade?

Resposta: Está aqui. Ele só precisa ser visto.

Pergunta: Onde está essa linha? Onde está este ponto?

Resposta: Eu acho que este é o livro Cabalístico central O Livro do Zohar. Todos os outros materiais Cabalísiticos se reúnem em torno dele. Ele nos revela como alcançar a felicidade.

A partir do nível seguinte, o nível do Criador, devemos atrair a força que nos criou, nos conduziu através de todas as metamorfoses através de toda a história até nosso estado presente, e se manifestou em nós e causou esta questão desde dentro, para que possamos agora atrar esta força para nós mesmos e começarmos a nos elevar ao seu nível.

Mas o próprio homem deve dar o salto do nível animal para o nível do Criador. Em todos os outros níveis — inanimado, vegetativo e animal — subimos automaticamente. A natureza tem nos movido e evoluído constantemente. E agora devemos nos elevar.

É por isso que a Cabalá é revelada. É o instrumento com o qual devemos entrar na nova dimensão. Tornar-se igual ao Criador é nosso objetivo; portanto, uma pessoa é chamada de “Adão”, isto é, semelhante ao Criador. Somente alcançando isso, preencheremos todos os nossos vazios e nos tornaremos verdadeiramente felizes.

Esse pedaço de “barro” que o Criador colocou em nossas mãos é a Cabala como um método de alcançar a felicidade.

Pergunta: Em princípio, pode-se dizer que todo o desenvolvimento de uma pessoa e toda a sua vida visam realizar a futilidade e a insignificância de seus desejos?

Resposta: Mas todos esses desejos estão corretos. Pelo contrário, eles nos levam adiante. Nada precisa ser limpo. Tudo o que está dentro e fora de nós é especialmente criado para que possamos usá-lo corretamente e realizá-lo para alcançar o objetivo mais elevado.

Então descobriremos que em cada um de nós não há uma única má qualidade, nenhuma má qualidade. O Criador amassou “argila” em nós com todos os tipos de pequenas coisas dentro para que todos ocupassem o estado mais perfeito para si.

De KabTV “Close-Up, Resumindo”, 07/04/10

“O Que Significa O Nome Hebraico ‘Zohar’?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: O Que Significa O Nome Hebraico ‘Zohar‘?

Na sabedoria da Cabalá, “Zohar” refere-se ao esplendor superior, que também é chamado de “luz superior”, ou a luz da iluminação, compreensão, amor e participação, que é a totalidade. Quando esta luz desce sobre nós, ela nos dá uma sensação da força geral da natureza, também chamada de “o Criador”, que guia nosso desenvolvimento e que nos conduz ao propósito final da criação: um estado de eternidade e perfeição.

Ao atrair o esplendor superior sobre nós, enchemos nossas vidas com a sensação de que estamos dentro e pertencemos a uma grande força, o Criador. Essa força nos dá uma sensação de viver em um nível totalmente diferente, harmonioso e tranquilo.

O Livro do Zohar serve como um manual de instruções sobre como se conectar e revelar a força geral da natureza, o Criador. Quanto mais incorporamos e atraímos seu esplendor para nossas vidas, mais nos aproximamos da revelação do Criador enquanto estamos vivos neste mundo, até o ponto em que revelamos o Criador e retribuímos com o esplendor superior.

Baseado no programa “Estados Espirituais” com o Cabalista Dr. Michael Laitman e Michael Sanilevich em 15 de fevereiro de 2022. Escrito/editado por alunos do Cabalista Dr. Michael Laitman.

Um Mistério É Algo Que Não Nos Foi Revelado

219.01Pergunta: Os Cabalistas escrevem que O Livro do Zohar revela os segredos da Torá e é um comentário sobre todo o Tanach. Que segredos existem na Torá?

Resposta: Um segredo é algo que não conhecemos, algo que não nos foi revelado hoje. E se eu o estudar e revelar, o segredo se tornará realidade. Assim, um mistério não é algo místico, mas algo que me é desconhecido e está diante de mim como desejável para revelação.

Pergunta: Existem muitos desses segredos em nosso mundo?

Resposta: A única coisa que não conhecemos é a força superior que nos criou, nos contém e nos controla. É disso que trata o Livro do Zohar.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/02/22