Textos na Categoria 'Trabalho Espiritual'

De Que Depende O Desejo De Estudar A Cabalá?

laitman_563Pergunta: De que depende o desejo de estudar a sabedoria da Cabalá?

Resposta: A aspiração em direção ao Criador depende do Reshimo (um registro informativo espiritual) que é revelado em uma pessoa. Essas não são apenas questões sobre o sentido da vida e sua inutilidade, porque suas respostas podem ser puramente corporais.

Uma questão premente surge em uma pessoa sobre a essência da existência acima apenas se preenchendo. Não importa para mim como eu vivo, de que maneira me preencho, o que tenho e quando minha vida terminará. É importante para mim entender seu significado interior! De onde veio e por que me foi dado? O que é esse fenômeno da vida? O que isso representa?

Quando essa questão surge em uma pessoa, ela realmente precisa descobrir o propósito da criação. Isto é, o próprio Criador não é claro. No entanto, se o projeto, o pensamento com o qual tudo foi criado: “Com que finalidade? Por quê? Para quê? Como? Por quem?”, atrai uma pessoa, ela chega ao estudo da Cabalá e permanece nela.

No entanto, se ela foi acidentalmente atraída para a Cabalá por outras questões que são menos focadas no sentido interno da vida, ela sai. Portanto, está escrito que mil pessoas entram em um quarto escuro e apenas uma permanece e sai para a Luz.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/04/19

Alegria: O Resultado Das Boas Ações

laitman_285.04Pergunta: Como o conceito de alegria se revela na Cabalá? Por exemplo, fé é amor, doação. E a alegria?

Resposta: A alegria vem do fato de que eu posso executar a ação de doação. Como se diz: “A alegria é o reflexo de boas ações.”

Quando você realizar boas ações: dar, amar, abraçar, ajudar, avançar, você terá alegria.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/04/19

Prazer Da Conexão

laitman_942Pergunta: Existem muitos grupos de pessoas no mundo que gostam de se conectar. Qual é a diferença entre esses grupos e um grupo de Cabalistas?

Resposta: De fato, existem muitos grupos no mundo que se engajam em vários métodos de conexão e recebem grande prazer com isso. As pessoas fazem karaokê, dançando e cantando juntas, etc. É impressionante ver como elas gostam de ficar juntas.

Como podemos distinguir um grupo Cabalístico de pessoas de qualquer outro grupo que se conecta e recebe prazer da conexão?

O fato é que o objetivo dos grupos comuns é se divertir. Mas o objetivo da conexão em grupos Cabalistas é trazer contentamento ao Criador, e, na medida em que aspiram a isso, eles ascendem ao nível do Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo 20/01/19

Separado Do Criador

Laitman_112Pergunta: Se o prazer é uma forma de luz e a única fonte de luz é o Criador, como receber prazer pode estar desconectado da fonte?

Resposta: Este assim chamado “prazer desconectado da fonte” é o prazer não de dar, mas de receber. Em nosso mundo, todos os prazeres são assim.

Pergunta: Isso significa que se é prazer de doar, então não está desconectado da fonte, mas está conectado a ela? Toda a doçura vem daí?

Resposta: Sim, comida, sexo, família, riqueza, honra e conhecimento são todos prazeres do nosso mundo que recebemos à parte do Criador. Portanto, são todos transitórios, não permanecem, não podem ser eternos e todos terminam mal.

Da Lição de Cabalá em Russo 20/01/19

Quando O Egoísmo Entra Em Erupção

laitman_531.03Pergunta: A humildade é o mesmo que se depreciar? Existe uma diferença entre humildade e menosprezar a si mesmo?

Resposta: Humildade e humilhação não são as mesmas coisas. No entanto, é muito cedo para analisarmos isso. O principal para nós é sempre tentar receber o que está acontecendo como vindo de cima, do Criador, especialmente quando o egoísmo explode em mim e eu começo a ficar com raiva e expressar descontentamento.

Isso significa que uma pessoa se opõe ao Criador, essencialmente dizendo: “Estou insatisfeita com o seu governo”. Isso é um problema. Não há humildade; não há sentimento de que o Criador governa tudo, que “não há outro além Dele”.

“Bem, o Criador controla tudo, não há outro além Dele, e eu sou contra Ele!” Esta é uma pura manifestação do egoísmo. Aqui, devemos tentar não anular o descontentamento de forma alguma, mas elevar-se acima dele: “Eu não quero que não esteja lá, senão vou descer a zero. Não! Eu vou me elevar acima disso e desta forma me tornarei mais alto que meu ego”.

É assim que precisamos tentar trabalhar. Eu não estou falando sobre mais. Mas é muito importante que comecemos a tratar a manifestação do egoísmo em nós dessa maneira. O mais importante é elevar-se acima de seu descontentamento.

Pergunta: E se eu sinto que não estou com raiva do Criador, mas de mim mesmo, do meu egoísmo. O que devo fazer?

Resposta: Se você está com raiva, você está insatisfeito com o Criador. Isso é tudo.

Em seguida, explore-se e decida o que fazer. Até que você esteja satisfeito com tudo o que acontece, você não se elevará acima do seu egoísmo e estará apenas no nível deste mundo.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/04/19

Como Usar Os Distúrbios Enviados Pelo Criador

Laitman_177.06Pergunta: Como alguém pode efetivamente usar perturbações, os chamados golpes, enviados pelo Criador?

Resposta: Com amor. Eu entendo que estes são, via de regra, sentimentos desagradáveis, mas devemos percebê-los intencionalmente.

Na medida em que conseguirmos nos relacionar com amor à manifestação do Criador em tudo o que nos rodeia, começaremos a sentir que a Sua atitude para com tudo vem somente do amor e que não há nada no mundo além do amor.

O que distorce o enorme campo do amor é apenas a nossa disparidade com esse campo. Portanto, se alguém precisa ser corrigido no mundo, é só você, e assim você sentirá o mundo inteiro como perfeito.

Da Lição de Cabalá em Russo 27/01/19

Sentimentos e Mecânica

laitman_276.04Pergunta: Mais uma vez nós abordamos o estudo do Prefácio à Sabedoria da Cabala (Pticha), mas em um novo nível, através dos sentimentos. Isso é tão interessante, tão profundo, que novamente sentimos falta dos detalhes técnicos.

Por que, quando começamos a fazer perguntas técnicas, isso nos afasta da percepção emocional em que entramos, nos tira disso?

Resposta: Isso acontece apenas no começo. Por exemplo, quando as pessoas aprendem a tocar um determinado instrumento musical, a princípio é preciso trabalhar na técnica. Elas têm que fazer exercícios e se acostumar com o instrumento.

Depois de dominarem o instrumento, é como se elas se unissem a ele e o instrumento começasse a expressar seus sentimentos, aqueles que elas não podem expressar. Eu pego um violino em minhas mãos e ele canta do jeito que eu nunca pude. Mas através do seu canto, através do seu anseio, através dos seus sons, eu sou capaz de me expressar.

É o mesmo aqui. Temos que aprender o instrumento primeiro. Nosso instrumento são os sentimentos, nada mais que sentimentos porque somos apenas desejo de desfrutar. Isto é o que o Criador criou em nós.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/04/19

Com Alegria

laitman_280.01Está escrito em O Livro do Zohar, VaYechi”, 116-117: “A Divindade está presente somente em um lugar completo, e não em um lugar deficiente ou em um lugar falho ou em um lugar de tristeza, mas em um lugar apropriado – um lugar de prazer”.

“Sirva ao Senhor com alegria; venha diante Dele com cânticos”. Não há serviço do Criador a menos que seja com alegria”.

Precisamos lembrar cuidadosamente essas palavras. Uma pessoa triste não pode revelar o Criador, não pode se conectar com amigos. É impossível. Somente na alegria ela pode alcançar conexão e unificação.

Tudo o que leva à união e ao preenchimento da luz em si, causa alegria. Também é necessário abordá-la com alegria. Afinal, “a alegria é um reflexo das boas ações”, a conexão na qual a luz vem e a preenche.

Na vida cotidiana, acontece da mesma maneira; quando encontramos alguém que amamos, não choramos nem lamentamos. Somente se odiarmos e não pudermos suportar algo, lamentaremos e sofreremos. Portanto, verificar a exatidão de nossas ações é muito simples: existe alegria em nós?

Naturalmente, este não é o único critério, porque você pode cometer um crime e regozijar-se violentamente. Alegria, no entanto, é um sinal necessário do trabalho espiritual adequado. Se estou alegre, isso significa que já cumpri uma das condições para encontrar o caminho certo.

Boas ações causam alegria mesmo quando você não espera. Se eu ajudei um ser criado a avançar na correção, então deve haver alegria. Tal como acontece com o atrito de dois objetos, o calor invariavelmente surge, assim como a ação correta, corrigindo a criação, sempre acompanhada de alegria. Esta é uma consequência obrigatória.

Portanto, é necessário iniciar a ação de correção com alegria e, em seguida, verificar se ela realmente contribuiu para a correção por causar alegria. Isto é, a alegria deve estar tanto na entrada como na saída.

A mesma verificação é válida para um grupo, uma dezena. Nós sempre precisamos verificar se trabalhar com amigos nos deixa felizes. Está escrito que “a Torá traz alegria”. Se agimos em direção à correção, devemos ser felizes. A alegria irradiará de nossas boas ações.

É necessário tentar manter constantemente essa alegria interior de estar em um mundo bom, onde apenas o poder do Criador, o bem e o Criador do bem, governam. O Criador quer que todas as criaturas sejam alegres e felizes, e todas as falhas são o resultado de nossa preguiça, falta de vontade de fazer o nosso trabalho. Mas, na realidade, o mundo deveria estar cheio de alegria, calor e amor.

Da 7ª Lição da Convenção Mundial de Cabalá, “Segundo Dia” – 20/02/19, “Sirva ao Criador com Alegria”

O Efeito Da Inclusão Mútua

laitman_938.05Pergunta: Várias pessoas do nosso grupo estão indo para a Convenção em Israel. Nós passamos por muita coisa nesse período. Como podemos saber que elas transmitirão todas as nossas impressões e inspirações?

Resposta: Tenho certeza de que elas serão capazes de transmitir isso através da inclusão delas em nós. Além disso, a inspiração que elas receberão aqui vai extrair todas as suas mensagens deles. Tudo o que você deseja transmitir através deles irá fluir para nós.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/02/19

Para Que A Amargura Se Torne Doçura

Laitman_115Pergunta: O que determina se o sabor da ilusão material será amargo ou doce? Você pode controlá-lo?

Resposta: Ele só pode ser controlado pelo reconhecimento de que ele vem do alto, do Criador, e, portanto, qualquer amargura se torna doçura.

Embora, na realidade, não haja nada doce no universo. É mal, é amargura absoluta, sal absoluto, pimenta, ácido. No entanto, quando você começa a relacionar essas sensações ao Criador, elas ficam imbuídas de doçura.

Os mesmos estados amargos, salgados, azedos e outros semelhantes tornam-se imbuídos da doçura do Criador e tornam-se incrivelmente saborosos! Não há outra doçura assim.

A doçura do mundo superior consiste em dois opostos que se complementam mutuamente. É como no nosso mundo: digamos, há algo doce e azedo. Por exemplo, conhaque ou vodca é adicionado ao chocolate. Sem isso, é impossível, não vai funcionar. Deve haver algo assim ou você não sentirá o gosto.

Pergunta: Ou a doçura de receber o Oscar ou o Prêmio Nobel em nosso mundo?

Resposta: Não, esses são tipos completamente diferentes de doçura que são adicionados porque as pessoas sofrem. Afinal, elas ainda investem esforço.

Observação: Na verdade, quando recebi o Oscar de Israel, eu peguei a estatueta em minhas mãos e senti que todo o prazer estava partindo. Indo embora. Era como se eu nunca tivesse desejo por nada. Um momento e tudo desapareceu.

Meu Comentário: Sic transit gloria mundi! “Assim passa a glória do mundo!”

Da Lição de Cabalá em Russo 20/01/19