Textos na Categoria 'Quora'

“O Que A Natureza Ensina Aos Seres Humanos?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:O Que A Natureza Ensina Aos Seres Humanos?

A natureza está nos levando a entender que somos partes de um único sistema interconectado e interdependente e que precisamos alcançar um nível mais alto de conexão mútua para descobrir a perfeição e a eternidade da natureza.

Todos somos egoístas por natureza. O que isso significa é que todos os nossos pensamentos e ações são motivados por um desejo de desfrutar à custa de qualquer coisa e qualquer pessoa ao nosso redor.

Como egoístas, cada um de nós percebe uma realidade estreita. Nos sentimos separados de outras pessoas e coisas, principalmente preocupados com nossos problemas pessoais, cada um em uma corrida constante por prazeres efêmeros.

Além disso, como egoístas, a maneira como nos conduzimos se choca cada vez mais com a maneira oposta pela qual a natureza se comporta.

Em contraste com a qualidade egoísta humana, a natureza visa conectar todos e tudo em um único todo harmonioso. Um todo harmonioso age de tal forma que cada parte recebe o que precisa para seu sustento e doa de acordo com sua capacidade para o benefício do todo, semelhante à maneira como as células e os órgãos de um corpo humano saudável funcionam.

Enquanto nossa qualidade egoísta colide cada vez mais com a qualidade altruísta da natureza, experimentamos cada vez mais golpes. Os golpes da natureza podem aparecer como pandemias globais, como estamos enfrentando agora com o coronavírus, além de inúmeras outras formas, de grandes desastres ecológicos a cada um de nossos sentimentos pessoais, onde depressão, ansiedade, estresse, solidão, vazio, falta de sentido, e outras sensações negativas estão nos afetando cada vez mais há muitos anos.

Qual é o propósito dos golpes que a natureza nos envia? O que a natureza está tentando nos ensinar através de todas as dores e problemas que ela nos envia?

É tudo para fazermos uma pausa por um momento e começar a contemplar nossa vida, seu propósito, por que estamos sofrendo e repensar a direção em que estamos indo.

Podemos então usar essa introspecção para nos elevar do nosso modo de existência egoísta atual, onde as causas de nossas dores estão ocultas, para um modo de existência mais conectado e altruísta, onde as razões de nossas dores são reveladas.

A sabedoria da Cabalá nos concede essa capacidade: descobrir as leis ocultas, conectadas e altruístas da natureza, e nos equilibrar com essas leis. Ao nos enviar golpes, a natureza nos ensina que precisamos revisar a maneira como vivemos nossas vidas, reconhecer a falência de tentar continuar vivendo egoisticamente como temos até hoje, e isso ao mudar nossas atitudes mútuas de egoísta para altruísta, onde, em vez de tentar nos beneficiarmos o tempo todo, tentamos beneficiar os outros, entramos em equilíbrio com a natureza, experimentando uma existência harmoniosa, íntegra e eterna.

“Como O Coronavirus Se Compara Às Pandemias Passadas?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Como O Coronavírus Se Compara Às Pandemias Passadas?

Hoje, a humanidade é muito mais interdependente do que nunca e, portanto, o impacto socioeconômico global do coronavírus difere significativamente das pandemias passadas.

Se as pandemias passadas na Europa e em outras partes do mundo não tiveram influência sobre outros continentes e nações, o caso do coronavírus é completamente diferente.

Hoje, estamos cultural, econômica e comercialmente unidos em todo o mundo.

Portanto, o coronavírus afeta a todos nós.

Ele se espalhou de uma parte do planeta para outra de forma relativamente rápida, e não temos como escapar dele, pois não podemos separar as conexões que estabelecemos.

Vemos, portanto, que a pandemia de coronavírus recebe atenção completamente diferente das pandemias passadas, uma vez que nunca estivemos tão conectados como hoje.

Além disso, enquanto muitos de nós em todo o mundo ficam em quarentena, instruídos a permanecer dentro de suas casas, vemos como não podemos nos separar. Tornou-se impossível imaginar como seria separar nossa conexão global.

“A Natureza É Uma Inteligência, Uma Forma De Mente?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:A Natureza É Uma Inteligência, Uma Forma De Mente?

A natureza é um pensamento.

Ela possui um plano para o desenvolvimento das naturezas inanimada, vegetativa, animada e humana, com começo e fim, e implementa esse plano de maneira determinante.

À medida que o plano se realiza, surgem todos os tipos de problemas, uma vez que as naturezas inanimada, vegetativa, animada e humana participam desse plano.

A natureza humana, que é a mais alta e mais qualitativa de todos os níveis da natureza, está sujeita a todos os tipos de flutuações e mudanças em ambas as direções.

Enquanto a natureza executa um plano completamente determinado, nós humanos temos livre-arbítrio dentro do plano.

Podemos mudar a nós mesmos para parecer ou contrastar com a natureza. Assim, podemos alterar o caminho do nosso desenvolvimento: lembrando a natureza, sentimos que ela é amável e agradável, e, ao contrário da natureza, sentimos que ela é sórdida e desagradável.

De uma maneira ou de outra, todos alcançaremos o mesmo estado final. No entanto, como chegaremos lá poderá ser através da implementação de nosso livre arbítrio ou deixando o plano da natureza se desdobrar em nossa direção sem a nossa participação no processo.

Em outras palavras, enquanto nosso destino final e nosso caminho são predeterminados, nós, como seres humanos nesse processo, temos a livre escolha de segmentar o processo, onde em cada segmento podemos sentir o desenvolvimento da natureza como mais gentil e agradável, ou mais severo e indesejável.

“Qual É O Grande Problema Do Novo Coronavírus, O COVID-19?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Qual É O Grande Problema Do Novo Coronavírus, o COVID-19?

O COVID-19 é especial porque toca a todos.

O coronavírus nos mostra a vastidão de nossa interconectividade e interdependência e até que ponto nossas infraestruturas essenciais são globalmente dependentes.

Os estoques estão caindo, as viagens aéreas são limitadas, as pessoas ficam trancadas em suas casas por quarentena e tudo isso se deve a um vírus minúsculo.

Mesmo antes de o COVID-19 ser chamado de pandemia, ele afetou mais de 100.000 pessoas em todo o mundo, ocorrendo em mais de 80 países e se tornando uma epidemia na China, Itália, Coréia do Sul e Irã. Alguns especialistas dizem que isso pode ser equiparado a uma guerra mundial.

O que importa, no entanto, é se podemos tirar conclusões precisas desse fenômeno em escala global.

Em primeiro lugar, precisamos entender que, diante da natureza e da ameaça comum, somos todos iguais.

Ao longo dos séculos, vários cientistas vêm levantando esse tópico, mas ninguém o aceita. Em segundo lugar, temos que perceber que, vivendo em sociedade, estamos todos em um barco sem escapatória.

Como nossa percepção é egoísta, através de uma lente que prioriza o benefício próprio acima de tudo, causamos um desequilíbrio no sistema interconectado e interdependente da natureza.

Compreender esse fenômeno e tomar as ações correspondentes nos levará a construir um novo modelo de relações humanas que se encaixe no sistema integral em que vivemos.

Se quisermos impedir a disseminação adicional do coronavírus, precisamos lavar não apenas as mãos – precisamos também “lavar” nossos pensamentos e intenções.

Quando começarmos a nos relacionar positivamente, criando um ambiente de apoio e encorajamento mútuos, criaremos um forte “sistema imunológico” capaz de interromper qualquer pandemia e teremos a capacidade de construir uma sociedade feliz, próspera, saudável e unificada.

“Quais São As Causas Do Novo Coronavírus?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Quais São As Causas Do Novo Coronavírus?

Além das muitas teorias das causas do coronavírus, em um nível mais profundo, precisamos entender que é uma reação da natureza à maneira pela qual temos conduzido nossas vidas.

A natureza está nos obrigando a perceber que estamos em um sistema integral.

Se desobedecemos às leis deste sistema integral, sua lei básica de responsabilidade mútua que conecta todas as partes do sistema, o sistema responde com golpes.

Devemos tomar o coronavírus, bem como outros vírus que ainda não foram revelados, como sinais de nossa conexão incorreta um com o outro, onde cada um de nós pensa e se comporta egoisticamente, ou seja, considerando o benefício pessoal em detrimento dos outros.

Além disso, devemos aprender que existimos em um sistema integral da natureza, onde todas as partes estão interconectadas e são interdependentes, e que existe apenas uma força perturbadora em todo o sistema: o ser humano, com sua natureza egoísta.

Portanto, precisamos nos corrigir mudando nosso modo de conduta egoísta para um modo altruísta, que nos permitiria perceber positivamente a interconectividade e a interdependência da natureza.

A natureza, no entanto, nos forçará a melhorar nossos relacionamentos até que se tornem completamente positivos, com laços de consideração mútua, apoio, incentivo e responsabilidade se conectando entre todos nós. Quando isso acontecer, o coronavírus, bem como outros fenômenos negativos em nossas vidas, desaparecerão.

“Qual É O Papel Das Mulheres Na Sociedade Hoje?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Qual é o papel das mulheres na sociedade hoje?

Os pontos fortes das mulheres devem ser direcionados de tal maneira que, através da unidade feminina, elas possam contribuir para a prosperidade e felicidade da sociedade, unindo seus esforços na construção de um novo lar, confortável e acolhedor para a sociedade humana.

De acordo com a estrutura da natureza, a fêmea representa o desejo de receber enquanto o macho representa a intenção de dar.

Portanto, se as mulheres expressarem um desejo pela unidade da humanidade acima de todas as suas divisões, e se se unirem como uma força importante com esse desejo, incitarão os homens na direção da unidade.

Então, quando os homens receberem das mulheres um ímpeto tão forte para se unirem, eles trabalharão para atender a essas demandas, esforçando-se para se unir e equilibrar com a forma unificada da natureza que funciona com conexões altruístas entre todas as suas partes.

O mundo e a sociedade humana se transformarão no Céu na Terra, uma sociedade que funciona de acordo com a lei mais fundamental da natureza: “Ame seu próximo como a si mesmo”. Todos sentiremos como se compartilhássemos um lar comum, vivendo entre uma família amorosa gigante, em um tipo completamente novo e aprimorado de consciência das leis da natureza e do mundo em que existimos.

“Quem São Os Melhores Gerentes: Homens Ou Mulheres?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Quem São Os Melhores Gerentes: Homens Ou Mulheres?

Há um ditado que afirma que os homens mudam o mundo, enquanto as mulheres o melhoram.

As mulheres de fato organizam o planeta. A inclinação natural de uma mulher é tornar tudo tão calmo e confortável como se estivesse em casa.

O caso é diferente para os homens.

Os homens precisam de reconhecimento oficial de seu poder. É mais intrínseco para os homens ultrapassar fronteiras, induzir mudanças e às vezes se envolver em métodos extremos.

As mulheres, por via de regra, operam de forma diferente. Em termos do desejo feminino de estabilidade, as mulheres são mais adequadas para gerenciar o mundo. No entanto, se quisermos alcançar um desenvolvimento equilibrado e contínuo, homens e mulheres devem se envolver no gerenciamento.

O equilíbrio perfeito entre as duas abordagens diferentes pode ser observado em uma família, onde a esposa comanda de maneira indireta e o marido realiza os mandamentos. É o que é dito na Torá: “Tudo o que Sara lhe disser, faça o que ela diz” (Gênesis 21:12).

No que me diz respeito, eu colocaria as mulheres em todas as posições de liderança, mesmo nas forças armadas, exceto a execução dura do exército. No entanto, em nossas condições atuais, tudo depende das necessidades do ambiente. Se houver um entendimento de que, para um propósito específico, é preferível um gerente homem ou uma mulher, o ambiente traz essa necessidade de fruição.

Uma pergunta que envolve a questão de homens ou mulheres serem melhores gerentes é: Podemos fazer com que o local de trabalho funcione como uma família perfeitamente equilibrada?

Seria complicado para as equipes mistas de hoje. Para fazer isso funcionar, precisamos de um grupo de pessoas sábias que entendam a natureza masculina e feminina e possam orientar as equipes em termos de como superar suas relações pessoais de gênero, para que elas não trabalhem como homens nem como mulheres, mas de acordo com a linha do meio para um objetivo comum.

A linha do meio é a cooperação mais eficaz e correta entre as forças masculina e feminina. Além disso, trabalhar na linha do meio não é uma execução única. É um processo contínuo em que precisamos trabalhar constantemente.

O grupo de pessoas precisaria de uma ou duas pessoas, ou melhor, de um casal designado que manterá constantemente o equilíbrio entre as abordagens masculina e feminina nas relações de grupo.

Perceber a natureza de homens e mulheres, ajustando-os em uma linha do meio perfeita, onde as mulheres permanecem mulheres e os homens permanecem homens, mas juntos se elevam acima de suas qualidades naturais, significa construir uma construção social equilibrada completamente nova.

Portanto, não precisamos medir se homens ou mulheres são melhores gerentes, mas devemos aprender a criar a linha do meio escolhendo uma combinação correta de nossas ações.

“Existe Cura Para O Câncer?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Existe Uma Cura Para O Câncer?

O corpo humano é um sistema completo e interconectado, operando de acordo com as leis integrais da natureza: toda célula consome apenas o necessário para seu funcionamento útil no sistema de tecidos e órgãos, e existe para sustentar o corpo inteiro. Se uma única célula começa a funcionar para se beneficiar sozinha, torna-se cancerígena.

O câncer é um corpo dentro do corpo. Devido ao enorme crescimento do seu “ego”, as células cancerígenas se separam das outras células do corpo, passam a vê-las como inimigas, como corpos estranhos que precisam ser atacados e devorados.

As células cancerígenas podem formar um tipo separado de sociedade dentro do corpo humano. Elas podem se comunicar e cooperar de maneira própria para escravizar células normais e criar metástases.

Elas não têm a sensação do organismo humano como um ambiente necessário para a sua existência e, portanto, o rejeitam e o destroem e, no pior cenário, morrem junto com o corpo devido à falta de habitat.

Então, chegamos a uma das questões prementes do nosso tempo: existe uma cura para o câncer?

Definitivamente. No entanto, está além do reino de um corpo humano individual separado.

A natureza como um todo opera de maneira semelhante a um único organismo.

Nos níveis inanimado, vegetativo e animado da natureza, cada um de seus elementos tem seu papel e contribuição dedicados a todo o sistema.

Nossa sociedade também consiste em “células” individuais, isto é, pessoas que são reunidas em diferentes estruturas sociais.

Infelizmente, diferentemente dos outros níveis da natureza, nós, humanos, temos uma atitude muito “cancerosa” um com o outro e com o ambiente em que vivemos.

Qual é o risco?

Assim que começamos a pensar apenas em nós mesmos, nosso sistema começa lentamente a ficar “impressionado” por nossos pensamentos e desejos egoístas.

Essa impressão se espalha por estruturas que influenciam outros níveis da natureza e nosso corpo físico.

Inconscientes da natureza como nosso lar, em uma corrida constante pelo prazer pessoal, como as células cancerígenas egoístas, nós humanos basicamente destruímos nosso ambiente comum para a existência, formando um tumor cancerígeno no corpo do planeta.

Quando o crescimento canceroso de uma atitude egoísta se espalha além de um certo limite, a humanidade começa a se consumir.

Qual é a maneira ideal de combater o câncer nos dois níveis: o corpo humano e a sociedade em geral?

O problema pode ser resolvido no nível da conexão mútua.

Estar inconsciente sobre nossas atitudes “cancerígenas” um com o outro nos priva da oportunidade de lidar com elas.

No entanto, se subirmos a um nível mais alto do que nossas relações e reações usuais, seremos capazes de ver uma imagem mais completa da realidade e, assim, resolver inúmeros problemas, incluindo o câncer, de forma abrangente.

De acordo com a sabedoria da Cabalá, quando entendemos nossa natureza egoísta e aplicamos esforços para superá-la através da construção de conexões positivas, entraremos em um novo nível de percepção da realidade.

Assim que as relações humanas se tornarem mútuas, gentis, benevolentes e todos nós nos unirmos em um sistema completo, o mundo ficará equilibrado e não haverá espaço para câncer em nenhum nível.

Está escrito: “E um lobo viverá com um cordeiro, e um leopardo se deitará com o cabrito; e um bezerro, um filhote de leão e um animal cevado andarão juntos, e uma criança pequena os guiará” (Isaías 11:6).

“Temos Destinos Predestinados?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Temos Destinos Predestinados?

De acordo com a sabedoria da Cabalá, tudo é predeterminado.

A natureza é uma rede de leis fixas que cascateia em série a partir de uma fonte, estendendo-se até este mais baixo dos mundos onde vivemos.

Nada acontece por acaso. Tudo acontece de acordo com as leis da natureza.

Nosso problema é que não conhecemos as leis da natureza. Não temos ideia do que acontecerá no próximo momento e nos comportamos de acordo.

No entanto, embora não tenhamos percepção das leis da natureza, precisamos alcançar um estado em que tudo seja percebido, compreendido, revelado e aberto, onde possamos ver claramente a imagem completa da natureza e como nada acontece por acaso.

O método para obter a imagem completa das leis da natureza é descrito nos textos Cabalísticos, muitos dos quais datam de milhares de anos.

Em termos de destino, é uma força motriz. Existe destino, mas não há acaso. O destino é geralmente em relação a uma situação, ou seja, se uma determinada situação irá ou não acontecer.

Se conhecemos as leis da natureza, o programa que administra nossas vidas, sabemos o que precisa emergir desse programa e que nada acontece por acaso.

Através do estudo da sabedoria da Cabalá, obtemos a compreensão e a sensação das leis fundamentais que atuam na realidade.

Quanto mais progredimos em nossa consciência da rede de forças que atuam na realidade, mais reconhecemos o sistema interconectado e interdependente que nos liga às nossas fundações. Na sabedoria da Cabalá, esse sistema é chamado de “Adam HaRishon“. Através de nossa crescente consciência desse sistema, alcançamos uma identificação crescente com a força causal que criou e sustenta toda a vida, que na Cabalá tem muitos nomes, incluindo “força superior”, “Criador”, “luz superior”, “natureza” e outros.

Quando o sistema de Adam HaRishon se revela, de acordo com a quantidade de sua revelação para nós, adquirimos conhecimento do passado, presente e futuro, pois tudo se funde em uma única imagem.

“Como Você Se Conhece?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:Como Você Se Conhece?

Em princípio, temos uma necessidade inata de nos conhecer, mas não é muito importante descobrir quem somos agora, porque, no nosso estado atual, temos nosso corpo animal com seus instintos pequenos e compactos.

Em outras palavras, em nosso mundo, temos desejos individuais por comida, sexo, abrigo e família, bem como desejos sociais por dinheiro, honra, controle e conhecimento e, essencialmente, todos esses desejos visam o benefício próprio.

Descobrimos quem realmente somos quando superamos a intenção de benefício próprio e, com a intenção de beneficiar os outros e o todo comum que todos compartilhamos, alcançamos as raízes de nossas almas.

Na sabedoria da Cabalá, submeter-se a cada mudança de intenção é chamado de “correção”, e o método da Cabalá nos guia a realizar essas correções até alcançarmos o estado final, eterno e perfeito existente chamado de “correção final” (Gmar Tikkun).

Ao embarcar nessa jornada dentro de nós mesmos e em conexão com os outros e a natureza, conhecemos nosso verdadeiro eu. Então descobrimos como somos entidades espirituais muito elevadas e precisamos apenas revelar que é esse o caso.