Textos na Categoria 'Professor Espiritual'

Responsibilidade Por Cada Palavra

laitman_209Pergunta: Existe uma diferença entre um professor e um professor na Cabalá?

Resposta: Há um professor na Cabalá, e há também seus assistentes que ensinam certos aspectos da Cabalá. Mas, de qualquer forma, tudo vem de um professor que define a direção geral e o espírito de desenvolvimento. Seus assistentes o informam, mas cada um ensina separadamente.

Pergunta: Será que o professor se sente responsável por cada palavra que diz aos alunos?

Resposta: Absolutamente. Ele pode passar esse conhecimento apenas na medida em que acredita que é verdadeiro, e que o experimentou, e sofreu por ele. O conhecimento pertence a ele, o que significa que pagou por ele.

Da Lição de Cabalá em Russo 10/01/17

Existem Provas De Uma Realização Espiritual?

laitman_571.03Pergunta: Você tem algum tipo de prova de sua realização espiritual ou a realização de seus alunos?

Resposta: Quem pode garantir que um Cabalista entende o que aprendeu? Somente uma pessoa que está presente nas aulas pode determinar se o professor entende e está familiarizado com o que ensina.

Pergunta: Existem sinais externos que você pode usar para determinar se uma pessoa entende a sabedoria da Cabalá ou não?

Resposta: Nenhum! Baal HaSulam observa apenas sinais indiretos: um professor reconhecido que está ensinando de acordo com as verdadeiras fontes e não amarra os alunos a si mesmo. Não pode ser de outra forma.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/09/17

Anulação Do Aluno Perante O Professor

laitman_253Pergunta: O que é a anulação do aluno perante o professor?

Resposta: Para receber do professor, você deve se anular perante ele. Essa é uma condição necessária. O que significa se anular, não como na vida comum que não tem nada a ver com a espiritualidade, mas no que se relaciona com suas qualidades espirituais?

Você deve anulá-las, tornar-se zero, “entrar” no professor, e assim estará totalmente à disposição dele e ele irá criar o seu próximo estado espiritual a partir de você.

Quando uma mãe amamenta seu bebê, ele suga leite, recebendo seu sustento, graças ao qual vive. É o mesmo aqui: o discípulo deve receber seu sustento do professor e, portanto, é obrigado a se anular, abrir a boca e receber.

Pergunta: Você se lembra da primeira vez que teve que se anular perante o Rabash? Como isso foi expresso?

Resposta: Talvez tenha sido muito mais fácil para mim porque eu queria muito ter um professor que me dissesse tudo o que fosse possível. Além disso, o Rabash falava muito pouco e eu tinha que, de alguma forma, entender, adivinhar e extrair detalhes.

Mas, em princípio, você procura como pode tornar-se discreto ao lado dele, de modo que tudo o está nele se transfira automaticamente para você.

Pergunta: Foi difícil ou desejável para você?

Resposta: No início, era muito desejável. Eu não queria mais nada, só entrar na “caverna” dele e me sentar ao seu lado.

Depois, ficou mais difícil porque o egoísmo estava constantemente crescendo para se elevar acima dele, para alcançar tal aspereza do desejo egoísta de se anular e receber tudo o que o professor quer dar. Portanto, o egoísmo deve crescer constantemente, e a rejeição se torna cada vez mais forte.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/10/17

Passado E Presente

721.03Pergunta: Por que não podemos nos comunicar diretamente com o Criador? Por que precisamos de um intermediário, como o professor?

Resposta: Ele não é um intermediário. É o seu estado anterior. O fato é que a criação é um sistema quebrado, que começa a se corrigir como elos de uma cadeia contínua, desde os mínimos elementos, quase intactos, até os mais complexos.

Um elemento que existiu antes sempre passa todo o seu conhecimento, tudo que acumulou, todas as suas conexões, para o próximo elemento. E como somos elos nesta cadeia, estamos sempre conectados aos nossos professores e depois nos tornamos professores para a próxima geração.

Pergunta: Se o professor é meu estado anterior, quem é o meu estado futuro?

Resposta: O estado futuro é você até você avançar espiritualmente. Então são seus alunos, aqueles que devem continuar a correção após você, passando pelos níveis desse sistema quebrado. Eles o descobrem durante sua vida ou de alguma forma se conectam com você espiritualmente após a morte.

Da Lição de Cabalá em Russo, 10/01/17

Superar A Barreira Interna

Laitman_002Pergunta: Você esteve com seu professor Rabash por 12 anos. Depois de oito ou dez anos, você já sabia muito, escreveu livros. Você sentiu que não tinha mais nada a aprender com ele?

Resposta: Sim, havia estados como esse. Eles eram acompanhados por tensão interna e ressentimento.

Por exemplo, o professor explica, mas você já sabe que ouvir uma explicação não basta. De alguma forma, devemos superar a barreira interna potencial, mas você não pode superá-la. E, claro, há problemas. É aqui que você precisa se anular, e isso é contrário ao desejo.

Pergunta: O Rabash lhe dizia como ele teve que se anular perante o Baal HaSulam?

Resposta: Ele não dizia isso, mas mencionava ocasionalmente que era muito difícil para ele, porque é ainda mais difícil se anular perante seu pai.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/10/17

Estudante E Professor: Conexão Através Dos Mundos

laitman_919Pergunta: Um estudante permanece conectado com o professor depois da morte do professor?

Resposta: A conexão permanece. Se o aluno estiver no nível de realização, ele entende e mantém essa conexão. Dependendo do nível em que ele está, não há praticamente nenhuma diferença se o professor está fisicamente ao lado dele ou não.

Mas se for um professor regular, como um físico ou um matemático, não há conexão alguma. E aqui, no entanto, a conexão continua e não é diminuída pela morte do professor. Pelo contrário, fica ainda mais forte e mais intencional, pura, clara e brilhante.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/10/17

Transmissão De Informações Espirituais

laitman_243_01Pergunta: É correto dizer que o Criador ensina o aluno por meio do professor?

Resposta: Claro. Foi assim que começou com o primeiro Cabalista, Adão, através da série de Cabalistas descritos na Torá: Noé e todos os seus filhos, que realmente não são seus filhos, mas seus discípulos, até Abraão.

Além disso, desde Abraão através de outros Cabalistas: Isaque, Jacó, etc., que são chamados seus filhos e netos. Mas, na Cabalá, relacionamentos familiares significam almas relacionadas através da transmissão de informações espirituais.

Quando está escrito na Torá que alguém deu à luz a alguém, isso se refere a objetos espirituais (Partzufim) que dão à luz um ao outro, se multiplicam e se desenvolvem.

Pergunta: Então, Isaque não é o filho de Abraão, mas seu discípulo?

Resposta: Claro. Ele poderia ter tido 20 esposas e 100 crianças, e daí? Os discípulos é que são descritos na Torá.

Pergunta: Quando se diz “família de Abraão”, o que significa o termo “família”?

Resposta: É um estado espiritual: o desejo de Abraão, chamado Sara, de onde nasceu a alma chamada Isaque, a linha esquerda.

Da Lição de Cabalá em Russo 10/01/17

Obediência Ou Crítica?

laitman_530Observação: Você diz que é preciso obedecer a seu professor e ouvir seus conselhos sem qualquer crítica. Por outro lado, eu ouvi dizer que durante as lições essa crítica é importante e que a dúvida é inevitável no caminho. Além disso, isso ajuda os estudantes no seu avanço. Esclareça essa contradição.

Meu Comentário: Não há nenhuma contradição aqui. Por um lado, no nosso movimento para a frente, temos que obedecer completamente ao professor já que ele vê que devemos dar muitos passos à frente e não damos; não só podíamos cometer um erro, mas podíamos evitar o caminho.

Por outro lado, quando começamos a avançar seguindo a direção certa e o professor, podemos descobrir todas as nuances do nosso avanço. E isso é considerado normal. Naturalmente, todo estudo é baseado em perguntas e respostas.

Pergunta: E quanto às críticas?

Resposta: Como você pode criticar o Partzuf superior se você não está no nível dele? O professor tem suas próprias intenções e seus próprios planos sobre os quais você não conhece nada, porque ele está em um nível superior ao seu. Portanto, tudo o que lhe é revelado está escondido de você.

Pergunta: Se uma pessoa começa a nos criticar, ela pode ir a outro professor, um terceiro, um quarto e então perceber que a verdade está aqui e voltar?

Resposta: Geralmente, sim. Mas o professor pode não aceitá-la de volta. No entanto, se você voltar e for aceito, agarre-se a isso com força e comece a avançar.

Pergunta: Você diz para ouvir o professor em assuntos espirituais, não a vida corpórea. Mas meus amigos do grupo me dizem que, se eu quiser avançar espiritualmente, devo imitar meu professor em tudo. Esse é um costume na Cabala ou não?

Resposta: Isso é Hassidismo. Nenhum Cabalista exigiria que seus alunos o imitassem.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/09/17

A Conexão Entre Professor E Aluno

Laitman_721.01Pergunta: Um professor Cabalista escolhe seus próprios alunos ou o aluno vai atrás do professor e pede para ser ensinado?

Resposta: Nem um nem outro. O professor e o aluno são determinados desde cima. Eles são aproximados um do outro para que a relação seja estabelecida a uma certa distância. À medida que se envolvem com a conexão com o Criador, o aluno se aproxima do professor.

Pergunta: O Rabash veio e tomou você do seu primeiro professor Hillel?

Resposta: Sim, porque eu não podia deixar Hillel por mim mesmo. Não conseguia me afastar dele porque meu egoísmo recebeu prazer, respostas e realizações indescritíveis.

E com o Rabash, era o contrário. Ele se sentava e abria O Estudo das Dez Sefirot. Eu mal compreendia uma palavra. Rabash, eu e várias outras pessoas ficávamos sentados e líamos ao longo da lição. Aqui estávamos lidando com a atração da Luz superior de acordo com a nossa intenção. E com Hillel, eu simplesmente estava envolvido na obtenção de conhecimento.

Pergunta: Quais são as conexões entre um aluno e um professor?

Resposta: Existe uma conexão entre eles somente através do Criador, nada mais. Tudo se move através deles em prol da meta superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/10/17

Não Se Desconecte Do Criador

laitman_276.01Pergunta: Como um Cabalista analisa o que aconteceu com ele?

Resposta: O Cabalista deve justificar tudo o que aconteceu com ele durante os anos de vida. Tudo isso foi feito pelo Criador, não há outro além Dele, e Ele é apenas o Bom que faz o bem.

A partir deste momento, ele deve tentar estar conectado ao Criador em todas as suas ações, e em qualquer coisa que lhe suceda – melhor, pior, não importa o que – ele ainda não se separa do Criador.

Desconectar-se do Criador é o maior castigo do homem no mundo!

Da Lição de Cabalá em Russo 03/09/17