Textos na Categoria 'Oração e Intenção'

A Oração Que O Criador Ouve

arava-convention_931.01Uma pessoa não se volta automaticamente para o Criador assim que sente que não consegue lidar com alguma situação. Ela só cai em desespero, vai dormir ou chora de impotência.

Somente se houver amigos por perto que não estejam em uma descida e desespero como ela está, então seu apoio, junto com seu estado desesperado, formará nela um apelo correto ao Criador.

Só assim é possível. Uma pessoa sozinha nunca se voltará ao Criador, nem em um estado bom, nem em um estado ruim. Ela pode agradecer ou amaldiçoar o Criador, mas não será uma oração.

A oração verdadeira deve consistir de dez Sefirot como um vaso espiritual: as nove Sefirot superiores e Malchut. Portanto, ela deve ser impressionada por nove amigos e anexar sua Malchut obscura, sofredora e vazia a eles, e assim um apelo ao Criador nascerá nela.

Uma oração é um vaso espiritual no qual o HaVaYaH completo, as dez Sefirot, deve agir. Portanto, a pessoa não pode orar sozinha ou por si mesma; é simplesmente impossível.

A verdadeira oração, que o Criador ouve, só pode surgir quando a pessoa está incluída no grupo e recebe dos amigos suas intenções, impressões e apoio. Então, com sua falta e com o que ela recebe das primeiras nove Sefirot dos amigos, seu apoio e propriedades, ela pode se voltar ao Criador.

Afinal, ela não pode usar apenas seu estado ruim. Mas se ela se conecta com seus amigos, sua oração não é mais um mau pressentimento. O Criador não nos prejudica, mas nos dá a oportunidade de nos unirmos com os amigos e com Ele. Portanto, a oração só pode estar dentro da sociedade e ser sobre a sociedade.

É aqui que precisamos do Arvut, a garantia mútua. Se conseguirmos, tudo continuará bem.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá, 21/03/18, Escritos do Rabash, vol. 3, Artigo 877 “Três Orações”

Respostas Às Suas Perguntas, Parte 221

laitman_565.01Pergunta: O que é a alma?

Resposta: A alma é um desejo semelhante ao Criador, ou seja, um desejo com a intenção de doar e amar. Uma alma não existe em ninguém; uma alma só existe quando a criamos a partir do nosso egoísmo.

Pergunta: Recentemente surgiu em mim um desejo de orar apenas pelo propósito de agradecer por meio da leitura de Salmos; “Bendize, ó minha alma, ao Senhor” (Salmos 104:1) e “Louvai ao Senhor, ó minha alma” (Salmo 146:1) é tudo o que posso dizer em oração. Isso está correto?

Resposta: Olhe para os Salmos que eu encurtei no meu Twitter.

Para Aqueles Que Oram

232.1Pergunta do Facebook: De acordo com você, não há Deus. Se Deus não existe, a quem e para que as pessoas oram?

Resposta: Um deus que podemos imaginar e representar para nós mesmos não existe. Deus é a força de doação e amor que existe ao nosso redor, mas não sentimos. Nós precisamos descobrir isso dentro de nós, na medida em que nos tornemos iguais às suas características, então Deus existirá para nós.

Pergunta: O que é oração para você?

Resposta: Oração é um pedido ao Criador de que Ele o corrija e o faça semelhante a Ele mesmo, ou seja, doando e amando.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 23/11/17

Oração Para O Endereço Certo

232.1Oração é a minha última ação em relação ao Criador. Em resposta à oração, Ele fará uma correção. É por isso que tudo termina com a oração. Antes dela, precisamos preparar, descobrir exatamente o que estou pedindo, de que forma e para quem.

A oração inclui todos os pedidos que a criatura eleva ao Criador. Claro, isso não acontece de uma só vez. Não é expresso em palavras ou frases, mas é baseado em esclarecimentos, um após o outro, e pedidos de ajuda até chegarmos à oração perfeita.

O Criador é o HaVaYaH completo que existe no Mundo do Infinito e contém absolutamente tudo. Portanto, se quisermos obter algo daí, devemos fazer um pedido preciso, assim como em um computador: exatamente para qual endereço, que senha e comando usar, etc.

Esse pedido passa por todos os estágios e entra em Malchut do Mundo do Infinito, onde há infinitas possibilidades. Todos os Kelim e todas as Luzes estão lá desde o início, como está escrito, “o fim da ação reside no pensamento inicial”. Isto é, o estado completamente corrigido existe lá em todo seu esplendor.

Se trabalharmos corretamente, nós nos juntamos a este sistema. Com base em nosso pedido, encontramos o lugar certo nele e extraímos o que precisamos dessa “memória” geral, onde os desejos e a Luz já existem em unidade. Isso nos influencia e nos promove para o estado que pedimos em nossa oração.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 25/01/18, Escritos do Baal HaSulam, “Carta 56”

O Criador Ouve A Oração De Todos

Laitman_153Pergunta: O que significa: “O Criador ouve a oração de todos”?

Resposta: O Criador é o sistema superior, o sistema de Bina, chamado Elokim.

Esse sistema escuta todos os nossos argumentos porque somos sua consequência. Nós vivemos dentro de Bina – não em sua altura, mas dentro dela – já que ela nos gera, cuida de nós e apoia nossa existência para que desejemos ser assim. Ela é completamente doadora e todos nós somos receptores. Foi assim que fomos criados.

Bina nos gera e cuida de nós, e gradualmente chegamos a um estado onde achamos que somos opostos a ela. Não nos importa que sejamos opostos a ela; nós sequer identificamos que isso é assim, mas uma aspiração para alcançar esse grau de Bina desperta em nós.

Essa aspiração é chamada de ponto no coração. Esse ponto nos desperta porque o grau de Bina sempre está funcionando em nós. Isso continua até que comecemos a nos voltar a ele, desejando aproximar-se dele. De repente, sentimos que ele é importante. Nós aspiramos a ele como se desejássemos voltar para casa, alcançar nossa fonte.

A que aspiramos? À raiz de nossa vida, o lugar onde ela se origina. Nós aspiramos a nossa fonte para encontrar respostas às perguntas – “De onde venho? Por que existo? Para que propósito?” – porque a raiz contém tudo. Não sabemos sobre o futuro, mas a raiz existe, sem dúvida.

Portanto, nós aspiramos à Bina, já que temos uma centelha a partir daí. Essa centelha nos conecta com o grau de Bina. Nosso desejo de receber está completamente no grau de Malchut, que Bina gerou.

É assim que existimos dentro de uma sensação interior entre dois mundos: entre o grau de Bina, o mundo superior e o grau de Malchut, o mundo inferior. Isso já está contido em nós. Agora, nosso trabalho é constantemente respeitar, despertar e desenvolver essa centelha. É o que fazemos com a ajuda do trabalho no grupo.

Da Lição Diária de Cabalá 05/12/17, “Trabalhando com Distúrbios”

Um Verdadeiro Pedido Ao Criador

laitman_239Parece-nos que um pedido ao Criador é um meio para corrigir o Kli, o vaso da alma, enquanto, como resultado do nosso trabalho, começamos a sentir que o pedido ao Criador é o próprio Kli e não um meio de corrigi-lo.

E se o meu apelo ao Criador, o desejo que eu suscito em relação a Ele, for verdadeiro, constante e crescente em sua incessante aspiração a Ele, eu sentirei esse pedido como uma correção completa.

Quais são as correções? É o aumento do desejo, não a resposta à oração para satisfazê-la. Aumentar o desejo pelo Criador já é o fim do trabalho. Assim, eu expresso minha atitude em relação a Ele. Eu recebo algo Dele? Pode ser que eu não receba nada. E o que devo receber se eu me voltar a Ele? Somente meu apelo ao Criador já existe em si mesmo – tudo. Não preciso de mais nada.

Se eu não ficar no Kli que recebe para si mesmo, então eu quero ter apenas um pedido ao Criador. E se em resposta eu não ouvir, não entender, não sentir, e não ver nada, você é bem-vindo; é ainda melhor! Então, no meu esforço, no poder da doação, eu sinto o quanto sou semelhante ao Criador.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 05/12/17, “Trabalhar com Distúrbios”,

Intenção E Ação

laitman_628.2Pergunta: É suficiente ter uma intenção para relacionamentos espirituais ou também precisamos de ações?

Resposta: Ações também são necessárias para relacionamentos espirituais. Afinal, se não há ações, isso significa que não existem relacionamentos. Se eu me relaciono com alguém com amor, quero mostrar-lhe que o amo através das minhas ações.

Da Lição de Cabalá em Russo 11/06/17

 

Enfrentando Uma Lei Absoluta Da Natureza

624.02Pergunta: O recebimento de prazer e benefícios materiais também deve ser feito com a intenção de agradar ao Criador ou isso só se aplica a questões espirituais?

Resposta: Em princípio, tudo o que nos acontece em nossas vidas, em cada segundo e com cada sensação, de preferência deve estar completamente conectado ao Criador.

Pergunta: Então, como é possível justificar as ações do Criador?

Resposta: Ele não precisa ser justificado! Eu simplesmente preciso entender que estou enfrentando uma lei absoluta da natureza. Se eu a sigo tanto quanto posso, recebo uma existência satisfatória e chamo isso de recompensa, mesmo que ninguém me recompense. Eu mesmo crio essa experiência. No entanto, se eu não aderir às condições em que existo, eu mesmo crio a punição para mim. Ninguém mais me castiga.

Pergunta: Então, onde a humanidade conseguiu esse tipo de atitude em relação ao Criador?

Resposta: As pessoas inventaram tudo isso porque querem ver o Criador como um rei, como uma espécie de imagem divina.

Pergunta: Mas isso também não vem do Criador? Não significa que isso também é necessário para o nosso desenvolvimento?

Resposta: É necessário para o nosso desenvolvimento até que comecemos a entender que nada disso funciona. Olhe o que está acontecendo no mundo hoje, que tipo de aumento na religião! Esse já é o último impulso, já está desaparecendo, como quando um incêndio irrompeu antes de apagar.

Pergunta: Isso significa que não há ninguém para orar? Existe uma lei e devemos simplesmente segui-la?

Resposta: Quando você ora, ora para si mesmo. Isso provavelmente o ajuda. Mas quando você orar ao Criador, você deve pensar no que está pedindo e para quem está pedindo.

A oração é chamada de manifestação do desejo. Se você decide que precisa realizar seu desejo, isso significa que precisa organizar sua oração. Se você precisa apontar seu desejo para um objetivo específico, isso significa que você precisa orar sobre uma condição específica. Caso contrário, não há motivo para você orar. Para expressar seu desejo, você precisa coletar seus pensamentos, formular e organizá-lo, e assim poderá trabalhar com ele. Desta forma, a Luz superior poderá afetar o desejo de forma concentrada.

Da Lição em Russo, 21/05/2017

Para Quem Oramos?

laitman_562.01Pergunta: Se o Criador não existe no sentido interpretado pelas religiões e nós O criamos, para qual Criador dirigimos nossas orações?

Resposta: Para aquele que você cria, para aquele que você está se dirigindo.

Pergunta: Da Cabalá, eu ouço que, se você não orar pelo que precisa, está se prejudicando. Isso é verdade?

Resposta: Sim. Por um lado, se você pedir algo para si mesmo, você só se prejudica porque está exigindo uma realização egoísta. Mas, por outro lado, você é corrigido; tudo é perdoado, como uma criança pequena.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/03/17

Ódio Das Pessoas

laitman_236_02Pergunta do Facebook: Como o meu ódio das pessoas pode ser explicado?

Resposta: Essa é uma característica humana natural!

Não há necessidade de se alarmar com isso ou se desculpar por isso. Na sabedoria da Cabalá está simplesmente escrito: “Vá ao artesão que me fez” (Ta’anit 20b), Ele irá corrigir tudo. Dependendo do grau de desacordo com o que Ele fez com você, você deve recorrer a Ele. Não é culpa sua que o Criador tenha feito você assim, você precisa se dirigir a Ele, então Ele irá mudá-lo, e se você pedir para ser mudado para melhor, terá uma conexão com Ele.

Afinal, o Criador intencionalmente criou você como o mal, cheio de todos os tipos de corrupções. Se você pedir a Ele que o mude, peça apenas isso; é o que Ele fará. Ele foi criado para isso. Ele está esperando que você peça. Ele intencionalmente criou todo o mal em mim, de modo que eu pedirei para mudar tudo isso para melhor. Desta forma, uma conexão mútua é formada entre nós; compreensão, proximidade, objetivos comuns e trabalho comum são criados.

Pergunta: Você pode dar um exemplo de um pedido como esse?

Resposta: Suponha que eu adore roubar e fui pego muitas vezes. Eles me bateram e me colocaram na prisão, e cheguei à conclusão de que isso estava me causando mal.

Eu começo a pedir ao Criador que eu pare de roubar, e vejo que isso realmente não me ajuda. Penso na razão disso. É evidente para mim que não estou pedindo para ser melhor; em vez disso, estou pedindo que seja melhor para mim, e Ele não é tão útil com isso. Mas se eu pedir para ser verdadeiramente mudado na direção do bem, Ele me ajudará. Isto é, tudo depende do grau em que o meu pedido é “limpo”, o quão geral e separado é do meu egoísmo.

Pergunta: Quando eu peço que as coisas sejam melhores para mim, não há resposta, e quando peço para ser melhor, há uma resposta?

Resposta: Sim. Isso é assim porque quando eu peço que as coisas sejam melhores para mim, mas não pelo “roubo”; de fato, isso também é roubo. Ele não vai ajudar com isso. Quando eu pedir para ser transformado para ser melhor em meus relacionamentos com os outros, quando o roubar dos outros me machucar, tudo irá funcionar.

Em outras palavras, se eu odeio alguém, peço ao Criador que corrija essa característica em mim em sua característica oposta.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 03/07/17