Textos na Categoria 'Percepção'

No Limiar De Uma Era “Pós-Egoísta”

laitman_928A humanidade quer saber onde está e para que vive, qual é o segredo da vida e o que será depois disso? De onde viemos quando nascemos neste mundo? Para onde vamos depois de morrer? Nós existimos apenas como animais que não sentem nada além da nossa existência biológica e material?

Os últimos desenvolvimentos em física, química, biologia e, em especial, mecânica quântica estão revelando novas formas de existência; estamos começando a descobrir mais níveis de complexidade em nosso mundo. Nosso mundo, aparentemente, tem muitas dimensões, uma dentro da outra, e contém uma multiplicidade de formas de vida, algumas ainda desconhecidas para nós.

Nós vivemos em um fragmento minúsculo da realidade, e é muito possível que essa realidade não seja real, mas sim gerada somente em nossa consciência muito limitada. Parece-nos apenas que existimos nos corpos físicos, num mundo grande, num imenso universo, mas, em essência, tudo isso é apenas uma representação dentro de nossas mentes. A física quântica já está encontrando evidências para isso.

Esse tipo de entendimento é principalmente importante para determinar a maneira como nos relacionamos com a vida. Basta ver o quão poderosamente a religião muda a visão de mundo de uma pessoa, quando ela acredita que vive neste mundo com a possibilidade de continuar a vida após a morte em algum outro mundo.

Uma visão particular de mundo pode reverter completamente as ideias sobre a vida, levando a guerras e conflitos, dividindo e unindo pessoas. Essa é a questão mais importante porque traz sentido para nossas vidas biológicas neste mundo e para o que está além dos limites desta vida, como nos parecem.

É por isso que é muito importante chegar a uma percepção correta da realidade. E aqui nos deparamos com a resistência do lado da religião e outras formas de práticas baseadas na fé, com a indecisão das pessoas e com as ciências.

Esse assunto é silenciado e coberto; não é agradável falar disso. Porque, se falarmos disso na abertura, haverá resistência, inverterá completamente a filosofia da vida para as pessoas, mudará a maneira como as pessoas se relacionam com a existência e o sentido da vida. E isso não é uma coisa fácil.

Até agora, a ciência apenas começou a adivinhar isso e os cientistas estão começando a falar um pouco sobre isso. É muito bom se as pessoas descobrem que o nosso mundo está realmente estruturado de forma extraordinariamente complexa e é apenas um dos muitos mundos, que podemos mudar a nós mesmos e passar de um mundo para o outro, e tudo o que é necessário é mudar nossa percepção, nossos órgãos sensoriais.

Quando nos movemos de um nível potencial e nos elevamos para outro, perdemos contato com essa vida material. Começamos a perceber a vida de forma completamente diferente: não limitada em cem anos, mas infinita no tempo e no espaço, acima de todas as limitações.

Se essa evidência aparecesse em todas as fontes de mídia de massa, isso atrairia muitos para o estudo da ciência da Cabalá, porque é especificamente a Cabalá que abre a cada pessoa a possibilidade de viajar entre os mundos.

A era do controle egoísta acabou. As pessoas mudaram e o já egoísmo não pode controlá-las. A programação egoísta se esgotou e, pouco a pouco, começamos a ser liberados do controle totalitário do ego, da nossa atitude consumista em relação à natureza. É por isso que nos sentimos menos limitados e começamos a sentir e supor que existe algo superior a nossa percepção egoísta do mundo.

Eu tenho muita esperança de que, em última análise, vamos revelar a verdade. Então todos mudarão: a religião, as práticas baseadas na fé e a maneira como as pessoas se relacionam com a vida.

De KabTV “Discussão sobre a Percepção da Realidade”, 26/12/16

Dinheiro, Poder E Percepção Da Realidade

Pergunta: Por que muito dinheiro e grande poder mudam a percepção de uma pessoa da realidade?

Resposta: Muito dinheiro e grande poder, é claro, mudam uma pessoa, mas não sua percepção. Qualquer pessoa em nosso mundo percebe tudo de acordo com sua depravação. Por exemplo, um professor, um músico, um motorista, um político, etc., todos falam sobre o nosso mundo de uma forma completamente diferente, mas é tudo sobre o mesmo mundo egoísta. Não há nada de especial sobre ele.

Cabalistas falam apenas sobre a diferença de percepção no desejo de obter prazer para si mesmo, para agradar a si mesmo, e no desejo de doar, amalgamar-se em outros.

Pergunta: Será que isso significa que o dinheiro e o poder são simplesmente um tipo de desejo de obter prazer? Alguém quer dinheiro, outro quer poder.

Resposta: Claro. Comida, sexo, família, dinheiro, poder e conhecimento são todos os diferentes tipos de prazeres egoístas.

[204255]

Da Lição de Cabalá em russo 27/11/16

Material relacionado:
Quem Pode Ver A Verdadeira Realidade?
Tonalidades Da Percepção Da Realidade

Por Que Os Dinossauros Extinguiram-se?

Pergunta: Por que os dinossauros existiram por centenas de milhões de anos? Será que um cabalista sabe o que os fez extintos?

Resposta: Toda a vida inanimada, vegetativa, animal, e humana é gradualmente transformada em forma mais elevada. É por essa razão que as antigas samambaias e outras plantas tornaram-se extintas, como fizeram vários tipos de animais. Até mesmo minerais mudaram. De acordo com os pesquisadores, é possível dizer há quantos milhões de anos uma rocha particular existe. Tudo acontece naturalmente.

O mesmo vale para as pessoas. Basta olhar quão diferentes as pessoas que vivem hoje são daquelas que viveram cem ou mil anos atrás. Mesmo em sua aparência, para não mencionar o seu nível de consciência.

Se eu fosse ensinar Cabalá hoje da forma como Aristóteles e Platão escreveram sobre isso, alegando que a alma depende de quão profundamente uma pessoa respira, seria ridicularizado. Você pode imaginar o que os grandes pensadores do passado escreveram sobre isso ?! Com uma profunda inalação e exalação enchemos nossa alma. E eles realmente acreditavam que assim era a alma.

Hoje, essas grandes mentes de sua geração seriam parecidos com meninos parvos caso tivessem mantido-se no mesmo nível, porque o desenvolvimento constante do desejo desenvolve- nos. É por isso que não podemos comparar-nos com outras gerações.

[212230]

Da Lição de Cabalá em russo 19/3/17

Material relacionado:
A Causa Dos Desastres Naturais
Por Que Os Dinossauros Desapareceram?

O Mundo Está Dentro Ou Fora De Mim?

laitman_423.02Pergunta: Todo mundo sabe que O Livro do Zohar fala sobre a percepção da realidade de uma pessoa. Está escrito nele que “uma pessoa é um mundo pequeno”, ou seja, o mundo inteiro está dentro de uma pessoa. Se tudo está em mim, como pode ser que alguém de fora intervém na minha realidade e pode me prejudicar?

Resposta: Ele não existe fora de você. Ele está dentro de você.

Você está disposto de tal forma que existem qualidades e forças antagônicas dentro de você. No entanto, uma vez que você ainda não alcançou um estado de harmonia interior, em vez de ver toda a negatividade dentro de você como uma combinação interna ruim, oposição e antagonismo de qualidades e forças, você a vê de fora.

Tudo isso é para você se corrigir internamente. Você vê especificamente todas as falhas de fora, de modo que fica claro para você o que você deve corrigir dentro de si mesmo. Afinal, você não sente isso dentro de si mesmo.

Pergunta: Isto é, idealmente, seria bom sentir tudo isso dentro de mim?

Resposta: Se você pudesse corrigir isso dentro de si mesmo, você veria apenas uma luz branca simples, a qualidade do amor.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/02/17

6.000 Anos, 6.000 Níveis

laitman_214.jpgPergunta: Por que o nosso mundo existe há 6.000 anos? Qual é o significado desse número e por que o Criador limita o tempo de correção para nós se o tempo não existe?

Resposta: Você está totalmente certo. O tempo e a distância não existem, e até mesmo nós não existimos na mesma forma em que percebemos a nós mesmos. Tudo está impresso em nossas sensações, nada mais.

Nossos sentimentos são classificados de tal forma que influências particulares são sentidas por nós como influências temporárias e outras como uma mudança no espaço que nos rodeia, mudanças dentro de nós mesmos e similares.

Essas influências são todas as forças que atuam sobre o desejo. Existem apenas dois componentes na criação: uma força chamada “Luz” e um desejo criado por ela. A influência da Luz sobre o desejo desperta todos os tipos de mudanças na sua forma.

Portanto, tudo o que nos parece existir neste mundo – incluindo tempo, movimento, distância e mudar a nós mesmos em relação ao ambiente – realmente está acontecendo dentro de nós, dentro do nosso desejo.

Existe algo além desse desejo? Não. Como eu sei disso? Porque eu sinto a mim mesmo apenas dentro desse desejo. E o resto? Todo o resto não existe; eu sinto todos eles dentro do meu desejo. Com exceção do desejo, não há nada em nós.

Portanto, nós podemos falar apenas do desejo e da influência da Luz nele. Isto é o que a sabedoria da Cabalá ensina. 6.000 anos são 6.000 níveis pelos quais o ego (o desejo) deve passar para se equivaler ao Criador.

Pergunta: O mundo pode existir por dezenas de milhares de anos mais?

Resposta: Você pode alcançar a equivalência com o Criador hoje e pode alcançá-la em mais dez mil anos.

Comentário: Mas você diz que restam 223 anos para a existência do mundo.

Resposta: Trata-se de níveis, e digo isso para dar à pessoa uma ideia sobre essa sequência dentro da qual ela existe.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/02/17

Existe Outra Criação?

laitman_928Pergunta: Existe outra criação? Em caso afirmativo, existe outro Criador lá?

Resposta: Não que nós saibamos (eu adiciono “nós” porque os Cabalistas falam apenas daquilo a que pertencemos ou o que nos pertence).

Atzmuto (o Criador) é completamente independente de nós e existem espaços e criações dispostos em um princípio diferente que não conhecemos e que não podemos saber porque somos criados apenas no desejo de receber. Mas isso deve nos levar à equivalência com o Criador, o que significa alcançar o que é Dele em relação a nós.

Isso é chamado de estágio final da correção. Mas depois disso, existem outros estados em que provavelmente continuaremos a nossa realização.

Da Lição de Cabalá em Russo 19/03/17

“Não Beberás Vinho”

3Torá, Deuteronômio, Tavo, 28:39: Plantarás vinhas, e cultivarás; porém não beberás vinho, nem colherás as uvas; porque o bicho as devorará.

Não haverá bênçãos em suas ações porque todas estão destinadas a satisfazer seu egoísmo.

Torá, Deuteronômio, Tavo, 28:40: Em todos os termos terás oliveiras; porém não te ungirás com azeite; porque a azeitona cairá da tua oliveira.

De acordo com a Torá esse azeite (óleo) é usado para iluminação, comida e higiene. Se você não tem a oportunidade de usar o azeite, então este é um problema muito grande, porque sob o petróleo se entende a Luz de Hochma. Sem a Luz de Hochma, você não consegue entender corretamente o que está acontecendo com você.

O desaparecimento do azeite além do desaparecimento dos grãos é o fim. O grão (pão) é a qualidade de Bina, doação. Vinho e azeite são a qualidade de Hochma, apenas em formas diferentes. Portanto, no mundo material, o desaparecimento de tudo isso leva uma pessoa a morte por fome. Na forma espiritual, você perde a conexão de MalchutBina e, depois disso, não tem mais a oportunidade de se corrigir.

Hoje, nós temos a oportunidade; por favor, escolha o que quiser: vida ou morte, recompensa ou punição. Você investe, trabalha, mas como a sua intenção é para si mesmo e não em benefício dos outros, você acaba perdendo em tudo. E hoje a gente vê, que tanto o material quanto o espiritual desaparecem.

A humanidade chegou ao estado em que suspirará pesadamente, como sobre um abismo proferindo um grito misterioso: “A que estamos chegamos e para que precisamos disso?” Porque uma terrível depressão e desespero são pior do que a morte, você não pode morrer, mas também não pode viver.

Eu acho que esse é um bom estado. Só precisamos preparar uma resposta rápida com base no nosso amor pelas pessoas e mostrar-lhes uma maneira de sair dessa situação.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 14/12/16

O Universo Está Dentro De Uma Pessoa

laitman_739Pergunta: Por que o Criador criou tantas estrelas? Ou isso é apenas uma ilusão? Quais são os limites do universo?

Resposta: Há 60 anos, quando eu era estudante, aprendi que o universo não tem limites, que não foi criado e, pelo contrário, que apareceu há inúmeros anos atrás e que esse tempo também era infinito.

Hoje, os cientistas chegaram à conclusão de que tanto o universo quanto o tempo são limitados, mas essa informação não nos é útil. Estes são todos os tipos de hipóteses e nada mais. De repente, as galáxias foram descobertas em relação a eles; o espaço que descobrimos anteriormente se tornou um pequeno ponto e, portanto, o envolvimento em pesquisas como esta é totalmente inútil.

Astrônomos, cosmólogos e muitos outros cientistas estão envolvidos com cálculos matemáticos em relação ao sistema do universo. No entanto, eles não entendem ou sabem nada de sério sobre esse sistema.

Pergunta: Por que cada vez mais galáxias foram descobertas pelas pessoas? Como essa informação é útil?

Resposta: A informação nos dá o sentimento de um desejo que se expande constantemente e dentro do qual sentimos o mundo externo. Na “Introdução ao Livro do Zohar“, é dito que tudo o que sentimos fora de nós se encontra realmente dentro de nós. É assim que é organizado para que possamos entender a estrutura da criação que se encontra dentro de nós.

Eu não sinto o que se encontra dentro de mim. Em contraste, tudo o que se espalha para além de mim aparentemente “caiu” de mim. Portanto, já consigo discerni-lo e aprender com ele, porque está longe de mim e parece existir sem qualquer conexão comigo. Uma ilusão é criada para mim – que não é minha – e, portanto, posso me relacionar mais objetivamente do que se estivesse dentro de mim.

Pergunta: A descoberta de um universo infinito reflete o infinito que é descoberto dentro de mim?

Resposta: Certamente. Meu desejo interno de crescer revela o universo aparentemente em expansão.

Pergunta: Isso significa que um Cabalista pode olhar dentro de si mesmo e dizer: “Essa estrela é meu desejo”?

Resposta: Isso é precisamente exato; é exatamente assim que falamos sobre o sol, a lua, a Terra e todos os planetas no sistema solar. Por exemplo, um Cabalista pode descobrir uma “lua” dentro de si, que é a característica de Biná, a característica de doação que ilumina através da Ohr Hozer (Luz Refletida) do sol. O sol é a característica de Keter, e a Terra é a característica de Malchut. Não podemos determinar essas características dentro de nós porque tudo se encontrado fora de nós para que possamos determinar e aprender com eles, mas, de fato, estamos aprendendo sobre nós mesmos.

Pergunta: O que isso dá a uma pessoa? Afinal, as pessoas têm observado o sol e a lua há milhares de anos e não conseguiram determinar que esses corpos celestes encarnam as características de doação e recepção dentro delas.

Resposta: Elas não precisavam desse conhecimento e, portanto, não o entenderam, mas se as pessoas começarem a descobrir essas características dentro de si mesmas, discernirão – através da conexão com os objetos do sistema solar e espacial – que esses objetos realmente incorporam um tremendo número de desejos encontrados dentro delas.

Pergunta: Isso quer dizer que dos bilhões de estrelas, cada uma delas é um desejo particular. Existe um nome para cada desejo como existe para cada estrela?

Resposta: Sim. Por exemplo, Hochma de Keter de Biná, é uma frase muito longa que determina com precisão o nome de um desejo particular.

Pergunta: Como um Cabalista descobre esses desejos dentro de si e o que faz com eles?

Resposta: Um Cabalista precisa fazer apenas uma coisa com os desejos: reuni-los e atribuí-los ao Criador. Ele não precisa trabalhar com todos os desejos separados. Nossa correção é muito simples. Não preciso mudar a mim mesmo nem os meus desejos, mas apenas a minha intenção ou a forma como uso a mim mesmo. Portanto, não presto atenção nos meus desejos; não importa para mim o que eles são. Em vez disso, apenas a minha intenção em relação ao Criador é importante e depende da importância que atribuo ao Criador dentro de mim. Portanto, o principal é desenvolver a imagem do Criador aos meus olhos.

Pergunta: O que significa que os desejos surgem e flutuam sozinhos e só depende de mim me relacionar com eles com a intenção correta?

Resposta: Sim, certamente. Mas isso já depende do grupo, do estudo, e o quão pronto você está para eles se elevarem e flutuarem dentro de você.

Da Lição de Cabalá em Russo, 19/03/17

Quão Real É A Nossa Realidade?

laitman_766.8Pergunta: Muitas vezes você fala sobre corrigir a percepção da realidade. Como minha percepção da realidade muda e como isso afetará minha vida?

Resposta: Quando estudamos a natureza, aprendemos que diferentes animais percebem a realidade de diferentes maneiras. Por exemplo, uma abelha percebe a realidade na forma de um panorama com múltiplos fragmentos como se não estivessem conectados entre si. Peixe e pássaros têm uma percepção completamente única da realidade.

Agora, estamos falando de visão, mas há animais que percebem o mundo através de ondas de calor, como as cobras. E os cães percebem o mundo principalmente através de cheiros, não através da visão, como as pessoas. Portanto, é óbvio que tudo é determinado pela percepção da realidade.

Parece-nos que vemos a realidade como ela é, mas como sabemos que isso é verdade? Na verdade, estamos apenas pegando algumas ondas de um número infinito de outras ondas. Se pudéssemos ver em um espectro diferente, veríamos uma imagem completamente diferente.

Em essência, a Cabalá explica que a realidade que vemos não existe. Se não estivéssemos atentos à imagem atual da realidade e a considerássemos inalterável ​​e objetiva, mas subíssemos acima das limitações dos órgãos corporais da percepção humana, perceberíamos a realidade fora de nossos corpos. Então poderíamos aprender sobre muitos fenômenos ao nosso redor que ainda não vemos e não percebemos.

Afinal, esses fenômenos nos influenciam mesmo quando não os percebemos. É por isso que não vemos o que vai acontecer amanhã e não entendemos por que algumas coisas acontecem. A vida nos dá perguntas o tempo todo e não temos respostas para elas porque não temos informações suficientes. Portanto, a percepção da realidade é a questão principal na sabedoria da Cabalá.

De “Respostas às Perguntas dos Principiantes” 24/07/17

Do Mundo Ilusório Ao Mundo Da Verdade

laitman_423.03Pergunta: Como ocorreu a transição do mundo espiritual invisível para o mundo corporal?

Resposta: Não há dúvida e não há corporeidade. Tudo ao nosso redor existe na nossa imaginação, apenas dentro de nós, em nossos sentimentos.

Tudo ao nosso redor é totalmente subjetivo porque nós existimos em certas coordenadas e sentimos tudo em relação a nós mesmos.

Pergunta: Por que o mundo ilusório em que vivemos e que só existe em nossa imaginação é terrível e o sofrimento de milhões é tão insuportável?

Resposta: Todo o sofrimento é para nos empurrar para cima, para um mundo melhor. Até desejarmos isso, estaremos aqui e sofreremos.

Da Lição de Cabalá em Russo 19/03/17