Textos na Categoria 'Percepção'

Até Que Todos Os Amigos Estejam No Meu Coração

laitman_962.6A transição é um período curto e difícil, porque exige que você deixe o lugar antigo, as condições especiais em que estamos localizados, nossas propriedades, e passe para novas qualidades. Isto é, somos obrigados a deixar as condições prévias, familiares e compreensíveis sob as quais já estabelecemos contato uns com os outros e criamos um Kli comum em uma determinada forma. De repente, nos encontramos em algum estado intermediário, incompreensível, desconhecido, instável e confuso, contendo várias condições novas e mutáveis, até chegarmos a um novo estágio.

Esse novo estado também é desconhecido, incompreensível e leva tempo para se estabilizar. Há pessoas que se adaptam facilmente a essas mudanças, enquanto outras têm grande dificuldade. Mas, de qualquer forma, o período de transição não é fácil para ninguém. Nosso nível básico é o animado. Um animal não gosta de mudar. Existe de acordo com sua natureza. No entanto, agora o nível humano está mudando em nós, e tais mudanças nos levam a experimentar constantemente novos sentimentos, confusão e contradições insolúveis.

Primeiro a pessoa precisa entender que o período de transição pertence ao nível humano e que sem essas mudanças, é impossível se tornar humano. Embora não seja fácil, os Cabalistas precisam passar por elas. Durante a transição, uma pessoa perde o autocontrole e não entende como e exatamente o que controlar, porque os parâmetros internos mudam e a percepção muda de acordo.

Além disso, a pessoa não entende onde está a mudança ou o que é certo ou errado. Existem condições que são muito difíceis de superar. A única solução nesta situação é concentrar-se mais na ação do que nos pensamentos: conectar-se mais fortemente com o grupo, os amigos. Você então se encontrará em um novo estado. Não há dúvida de que o próximo novo estado exige que tenhamos uma conexão maior com o grupo.

No mundo material, os períodos de transição duram bilhões de anos, mas em um nível espiritual essa transição leva alguns anos, acomodando várias mudanças enormes. Nós estamos nos movendo de um mundo para outro e nem mesmo uma vez, mas várias vezes. Vamos esperar que façamos essa transição com compreensão e que nos apoiemos uns aos outros, porque essa é a transição para um nível espiritual.1

O mundo inteiro deve ser percebido como o Kli espiritual de uma pessoa. Há amigos neste mundo que pensam da mesma maneira que eu e lutam pelo mesmo objetivo. Este é o meu apoio, minhas propriedades que são solidárias comigo. Mas há aqueles que ainda não foram corrigidos e eu preciso tentar aproximá-los de mim, corrigi-los e incluí-los em mim mesmo. Eu mesmo sou a parte mais flexível que posso dispor e, portanto, posso descer aos outros, absorver, abraçar, elevar e dar a forma correta à nossa conexão.

O mundo inteiro deve ser considerado como a minha alma, a qual eu me anexo gradualmente, círculo após círculo: do primeiro círculo, meu “eu”, depois meus amigos, a comunidade mundial do Bnei Baruch e depois o mundo inteiro.

O período de transição é o tempo do aprendizado sobre a própria alma, o Kli. O mundo inteiro é a minha alma e eu preciso gradualmente começar a ligá-lo, cuidar dele e incluí-lo. Este não é apenas o mundo exterior com muitas nações diferentes, a natureza inanimada, plantas, animais e outras galáxias. Essa imagem só aparece na minha imaginação. De fato, toda a realidade está dentro de mim e eu incluo o mundo inteiro.

Toda pessoa deve dizer: “O mundo todo foi criado para mim”, e assim devo constantemente cuidar de corrigir o mundo e satisfazer suas necessidades. Em essência, eu vejo falhas não nos outros, mas em mim mesmo, e oro pela minha correção até que toda esta realidade esteja incluída dentro de mim, e eu a verei como as dez Sefirot do meu Kli espiritual.2

Ao mudar minhas propriedades, eu vejo como o mundo muda. O mundo é uma projeção das minhas propriedades. Parece-me apenas que existe fora de mim, mas, na verdade, é só dentro de mim, como se houvesse um projetor dentro de mim que projeta as minhas propriedades para fora na forma de uma imagem do mundo. Portanto, mudando minhas propriedades, eu posso mudar o mundo projetando um filme que vejo na minha frente.3

O grupo é dado a mim para que eu possa formar o meu mundo interior dentro dele, como se fosse a minha realidade externa, e começar a administrar ambos os mundos. Olhando para a realidade externa, eu me mudo desde dentro, e quando olho para minha realidade interna, sei o que precisa mudar desde fora.

O mundo exterior me é dado para que eu possa ver minhas propriedades internas com maior resolução, com mais detalhes. Devemos ser gratos pela oportunidade de ver o mundo fora de nós mesmos, porque isso nos dá um conhecimento muito preciso, amplo, profundo e rico. Se olhássemos para essas propriedades dentro de nós, não veríamos nada.

Nós mudamos as propriedades dentro de nós mesmos e realmente não entendemos como isso afeta tudo. Somente por mudanças no mundo externo é que a pessoa pode julgar a essência de suas mudanças internas. Corrigindo relacionamentos com amigos, eu corrijo minhas qualidades internas. Isso acontece até que todos os amigos estejam no meu coração e se transformem em dez Sefirot, que me são dadas a cada vez para sintonizar a percepção de uma realidade espiritual mais elevada.4

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 17/02/19, “Bnei Baruch como Estado de Transição”
1 Minuto 0:20
2 Minuto 7:20
3 Minuto 17:23
4 Minuto 23:40

Blitz De Dicas De Cabalá – 26/08/18

laitman_281.02Pergunta: Se o mundo inteiro está dentro de mim, quem sou eu?

Resposta: Esta é a questão mais difícil porque eu só posso entender, descobrir e interpretar isso quando alcançar minha correção completa, ou seja, o nível do Criador. Portanto, sentirei o que realmente sou: um pequeno ponto dentro do poder superior, dentro do Criador.

Pergunta: Quem são as outras pessoas no meu mundo, dentro de mim, se derivam das minhas características, da minha percepção? Elas realmente existem?

Resposta: Elas não existem em si mesmas. Eu as crio dentro de mim.

Pergunta: Quando eu mudar, deixarei de ser eu mesmo ou encontrarei a mim mesmo, meu futuro eu?

Resposta: Ao mudar a mim mesmo, encontro meu futuro eu.

Pergunta: O amor pelos outros é realmente amar partes de mim mesmo já que o mundo inteiro está dentro de mim, flui e vive apenas dentro do meu sentimento? Eu devo aprender a me amar de maneira diferente, em um sentido mais amplo?

Resposta: Você precisa sair do seu ego, transcendê-lo. Com sua ajuda, mas de maneira oposta, quando ele se torna um doador da propriedade receptora, ele se comunica e se conecta com os outros.

Pergunta: Como não confundir um anseio real por sentimentos espirituais com meu estado emocional e mental? Todos esses estados são transmitidos ao meu cérebro.

Resposta: No começo você ficará confuso, mas gradualmente começará a moldar tudo dentro de você. Isso começará a se transformar em imagens, dependências, condições e talvez até em gráficos. Gradualmente, esse método se tornará parte de você.

Pergunta: Meu desejo tem um poder especial? Posso corrigir e mudar algo pela força da minha vontade?

Resposta: Não, você não pode mudar nada com sua vontade. Somente através de sua conexão com os outros, somente por ações acima de seu egoísmo, você pode mudar sua natureza e aqueles ao seu redor.

Pergunta: Se todos os outros são partes de mim e tudo está dentro de mim, o que somos nós?

Resposta: Somos partes de um único desejo chamado Adão.

Pergunta: Se cada pessoa tem sua própria realidade, podemos combiná-las em uma realidade ao compartilharmos nossos sentimentos, sensações e diferenças nas percepções? Isso é suficiente?

Resposta: Não posso dizer como integrar diferentes realidades em uma única percepção. Eu não tenho palavras para descrever isso.

Da Lição em Russo, 26/08/18

Blitz de Dicas De Cabalá – 19/08/18

laitman_282.01Pergunta: Se o número de estados denota tempo, então quando eu caio, é o mesmo que retroceder no tempo, e quando eu subo, isso é avançar?

Resposta: Não necessariamente. Há uma descida para acelerar o movimento para frente. Nós só precisamos avaliar corretamente a qualidade do movimento, não seu valor vetorial ou quantitativo.

Pergunta: A energia da matéria espiritual e as forças do mundo físico estão em uma camada diferente paralela ao espiritual?

Resposta: As forças físicas são forças egoístas; portanto, não existem no mundo espiritual. É até impossível dizer que são paralelas às forças espirituais porque o nosso mundo não existe. Nosso mundo é chamado de mundo imaginário, um mundo que imaginamos.

Pergunta: Existem mundos intermediários, ou apenas um mundo espiritual e um mundo material?

Resposta: Não há mundos intermediários. Mas o mundo espiritual consiste em cinco níveis: Assia, Yetzira, Beria, Atzilut e Adam Kadmon, e Olam Ein Sof (o mundo do infinito) pelos quais devemos passar por todos os 125 níveis. Esses mundos diferem na qualidade da conexão entre as unidades, partes e elementos.

Pergunta: Se meu destino é feito pelo Criador, por que devo doar e muda-lo?

Resposta: O Criador criou você para que você mude a si mesmo! Você é obrigado a fazer isso.

Pergunta: Quando sentimos dor e sofrimento no mundo físico, isso significa que o Criador está nos educando através disso? Isso acontece quando não queremos nos corrigir?

Resposta: Certo! Sentimos dor quando não queremos nos educar e não queremos ser corrigidos!

Pergunta: Se eu obtenho todo o combustível através do sistema dos mundos de impureza, o que pode me tirar do controle do reino egoísta para o mundo espiritual?

Resposta: As mesmas forças espirituais podem nos expulsar do nível espiritual para que possamos entender melhor nossa situação.

Pergunta: O que significa ser como um professor Cabalista se ele já está na espiritualidade e eu ainda estou na materialidade?

Resposta: Para ajudá-lo, entendendo o que ele quer de você. Neste mundo, este é o principal trabalho de uma pessoa que tem um professor. Isso é melhor do que fazer qualquer outra ação e receber instruções.

Pergunta: Como eu desejo o avanço espiritual?

Resposta: Tornese integrado em um grupo. Somente se a pessoa está incluída em um grupo e avança junto com ele, pode avançar seriamente. Sem amigos, ela não terá forças para seguir em frente.

Pergunta: A alma se lembra de suas vidas anteriores quando está no mundo espiritual após a morte do corpo e pode influenciar sua correção?

Resposta: O que impede que ela faça correções durante a vida do corpo bestial? Não há limite para o estado da alma em relação a ela. Nada muda como resultado do apodrecimento do corpo bestial.

Da Lição de Cabalá em Russo 19/08/19

Como A Mente E O Sentimento Podem Existir Sem Um Corpo?

Laitman_511.01Pergunta: Como a mente e o sentimento podem existir sem um corpo físico? Quem sentirá o sentimento? Onde a mente nasce e onde reside?

Resposta: O sentimento não é um corpo. Nosso corpo é apenas uma substância que parece existir. Alguns movimentos e modificações são refletidos e nos sentimos vivos.

Na realidade, nós existimos no pensamento do Criador. Nada existe além deste pensamento. Todo o universo, tudo o que existe, é apenas um pensamento.

Fale com os astrônomos, pergunte aos astrofísicos e eles dirão o mesmo. Trabalhando com corpos celestes, eles sentem que isso é um plano, um pensamento.

A ciência da Cabalá diz o mesmo: a matéria não existe, nós a sentimos como resultado da percepção do pensamento.

Da Lição de Cabalá em Russo 07/10/18

Tudo É Resolvido No Nível Do Mundo Superior

laitman_939.02Pergunta: Se os outros são parte de mim, então mudando os outros estou mudando minhas partes externas?

Resposta: Claro. Mas, ao mesmo tempo, você não sente mais quem está mudando: eles ou você mesmo. Você começa a se conectar com os outros e acaba por ser um todo comum. O Criador conecta todos.

Pergunta: Agora estamos na lição e ainda há bilhões de pessoas no mundo que fazem coisas como trabalhar, dormir, brigar, etc. Nós não as sentimos, portanto, como tratamos isso?

Resposta: Você precisa gradualmente se acostumar com isso e, em seguida, a questão do tempo, o espaço multicamadas, e tudo o que acontece irão desaparecer. Você verá que isso não é nada e que tudo é resolvido em um nível completamente diferente.

Da Lição de Cabalá em Russo 02/09/18

Ao Mudar A Nós Mesmos, Mudamos Nosso Mundo

Laitman_715Pergunta: Se tudo está dentro de mim, existe alguma outra força que possa me afetar?

Resposta: De fora, o Criador afeta você com a Sua Luz, e nesta Luz, como se estivesse em uma tela branca, você descreve seu mundo com suas próprias qualidades.

Este mundo que você representa involuntariamente, você pode agora corrigir com sua vontade e retratá-lo de uma maneira diferente. Portanto, todos os tipos de problemas são apresentados a você nesta tela para que você se corrija e veja o mundo como bom.

Pergunta: Se o Criador também está dentro de mim, isso significa que há alguém que está fora de mim?

Resposta: Não, você imagina desse jeito. Nós precisamos encontrar um relacionamento muito simples: tanto quanto mudamos a nós mesmos, mudamos o nosso mundo.

Cada um de nós sente esse mundo à sua maneira. Há alguns pontos em que podemos nos comparar, mas há aqueles que nem podemos expressar.

Portanto, nossa tarefa é nos conectarmos uns com os outros para criar uma imagem completa do mundo que é composto de muitos bilhões de pessoas. Então, em nossa conexão, veremos o mundo do infinito.

Da Lição de Cabalá em Russo, 26/08/18

Perceber O Mundo Como Uma Manifestação Do Criador

laitman_603Pergunta: Os eventos espirituais e materiais são orquestrados antecipadamente e ocorrem como um cenário de vida pré-dirigido?

Resposta: Claro. É assim que eles se desenvolvem. Somos nós que os fazemos acontecer? O mundo aparece para nós em suas novas formas, e temos que aprender a entendê-los, alcançá-los, nos associar a eles e, como tal, progredir.

A cada momento você é presenteado com certa imagem do mundo, tem que se adaptar a ela, entendê-la, conectá-la e tentar torná-la melhor. A maneira como você entende o mundo circundante é o que determina seu avanço.

Em princípio, cada vez você deve ver o mundo como uma manifestação do Criador. Você pode imaginar o quanto precisamos ser imperfeitos para ver o mundo ao nosso redor tão cheio de coisas terríveis, depressão e terríveis tensões?

Pergunta: Digamos que algo nos é revelado. Qual deve ser minha primeira reação? Devo dizer “não há outro além Dele”?

Resposta: Primeiro você tem que entender que o Criador é a força superior que determina, age e preenche tudo. O que essa força está lhe mostrando é a perfeição, mas você distorce essa imagem ao grau de sua corrupção ao vê-la sem os “óculos”, através das lentes do seu egoísmo.

Pergunta: Então, eu tenho que justificar tudo?

Resposta: Não apenas justificar, mas ver e sentir essa perfeição. Você tem que aderir a Ele de tal maneira que através desta realização, através da correção da corrupção ao nível da perfeição, você se unirá com o Criador. De um lado da tela, você, e do outro, Ele.

Pergunta: E se eu vejo que não posso atribuir essa força a “não há outro além Dele”, que não posso justificá-la?

Resposta: Você tem a oportunidade de orar, pedir a Ele para corrigi-lo, para que você veja o mundo como perfeito.

Mas se você quiser isso para se sentir bem, não receberá nada. No entanto, se você quiser ver o mundo como perfeito, a fim de não amaldiçoar o Criador, porque isso lhe traz dor, você receberá. Você está pedindo ao Criador que lhe dê o poder de vê-Lo como Ele é: o bom que faz o bem.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/08/18

Tudo Está Contido Dentro De Uma Pessoa

laitman_929O Livro do Zohar, “Tazrya”: Todos os mundos, o Superior e o inferior, estão dentro do homem. Tudo o que é criado no mundo é para o bem do homem e tudo vive e se desenvolve por causa do homem.

Parece à pessoa que ela existe entre outras pessoas, animais, plantas e a natureza inanimada, incluindo o universo inteiro. De fato, todos esses níveis de desejo são apenas um desejo. É chamado de “humano”.

Tudo está dentro de cada um de nós: os mundos egoísta e altruísta, o Criador e toda a criação.

O humano é o desejo criado pelo Criador, que inclui tudo.

Nossa tarefa é nos tornarmos como o Criador, mudando a aplicação de nossas propriedades egoístas de receber para doar.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/08/18

O Que Significa Mudar O Mundo?

Laitman_509Pergunta: O que há de errado em querer “dobrar” o mundo todo a adequar-se a mim mesmo se o mundo estiver cheio de malícia e vícios?

Resposta: Eu entendo que você gostaria de mudar nosso mundo. Mas se fizer isso quebrando-o, você só terá alguns dos seus mundos menores e quebrados.

Você tem que mudar a si mesmo e, em vez do mundo atual, que lhe aparece em suas propriedades egoístas, você descobrirá outro mundo melhor e altruísta. Mudar o mundo é mudar suas propriedades, e você o verá de maneira diferente.

Você precisa entender que nós existimos em nosso desejo. Mudando seus desejos do estado mais baixo para o estado de doação e amor completos, isto é, o mundo do Infinito, podemos nos mover para frente e para trás ao longo da escada dos mundos espirituais. Tudo depende das nossas propriedades.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/08/18

Cada Cabalista Tem Seu Próprio Mundo?

laitman_209Pergunta: No mundo corpóreo, temos um quadro geral de sua percepção: o céu é azul, o sol é amarelo e assim por diante. Você diz que no mundo espiritual cada um verá sua própria imagem. Não há um quadro geral? Todos os Cabalistas tinham seu próprio mundo?

Resposta: Cada Cabalista está em seu próprio estado, mas o descreve aproximadamente da mesma maneira; eles têm uma chave. Eles se entendem.

Em qualquer grau espiritual, você sentirá o que sente com suas qualidades. Em nosso mundo, todos têm as mesmas qualidades – os cinco órgãos da percepção. No mundo espiritual, há também cinco órgãos sensoriais – Keter, Hochma, Bina, Zeir Anpin e Malchut – através dos quais você percebe, mas é você que percebe.

No mundo espiritual, todos estão em um nível diferente, porque existem numerosos graus: 125 básicos e cada um deles consiste em muitos subgraus.

Portanto, se você quer se igualar aos outros, você pega um livro Cabalístico e, estudando-o, começa a sentir o que o Cabalista que o escreveu sentiu.

Lendo, por exemplo, as obras do ARI ou O Talmud Eser Sefirot de Baal HaSulam, você sente o que eles sentiram quando descreveram isso. Além disso, você deve agir conforme descrito, com a tela no mesmo nível. No entanto, geralmente você está em outros níveis, então você tem mundos aparentemente diferentes.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/08/18