Textos na Categoria 'Israel'

Nova Vida # 659 – Unidade Entre Direita E Esquerda

Vida Nova # 659 – Unidade Entre Direita E Esquerda

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

A necessidade de definir a nós mesmos como membros das asas à direita ou à esquerda do mapa político faz parte do nosso desenvolvimento como seres humanos. Há uma luta constante em todo o mundo entre o os partidos de esquerda e direita. Não devemos destruir ambos os lados; temos de encontrar uma maneira de combinar e conectar os dois, sem deixar que qualquer dos lados controle o outro.

[172755]

De KabTV “Nova Vida # 659 – Unidade Entre Direita E Esquerda”, 15/12/15

OBS: Áudio/Vídeo em idioma inglês

icon for podpress Video: Reproduzir Agora | Download icon for podpress Audio: Reproduzir Agora | Download

Nova Vida # 657 – A Separação Entre Direita E Esquerda

Nova Vida # 657 – A Separação Entre Direita E Esquerda
Dr. Michael Laitman na conversação com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Existem duas forças na natureza: recepção e doação. A sabedoria da Cabalá é o método para o equilíbrio entre essas duas forças. Basicamente, existem duas regras gerais: “E amarás o teu amigo como a ti mesmo” (Levítico 19:18) e “O que é odioso para você, não faça ao seu amigo” (Shabat 31a).

De KabTV “Nova Vida # 657 – A Divisão Entre Direita E Esquerda”, 08/12/15

Nova Vida # 658 – Além Da Direita E Da Esquerda

Nova Vida # 658 – Além Da Direita E Da Esquerda
Dr. Michael Laitman na conversação com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Hoje, tanto a direita como a esquerda são abordagens capitalistas. Somente depois de aprender como o sistema da natureza é construído, como a esquerda e a direita estão integradas e como o equilíbrio entre elas desenvolve a vida, é que podemos prosperar.

De KabTV “Nova Vida # 658 – Além Da Direita E Da Esquerda”, 12/08/15

Nova Vida # 845 – Conexão E Sensação De Pertencer Ao Povo E À Nação

Nova Vida # 845 – Conexão E Sensação De Pertencer Ao Povo E À Nação
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Por que a ligação à terra de Israel diminuiu ao longo dos anos, como podemos aprender a viver juntos nela, apesar das crescentes divisões e separação, e qual é a identidade judaica que todos nós compartilhamos?

A tendência de se conectar não passa geneticamente de pai para filho. Portanto, os filhos e netos dos fundadores da nação diferem da geração anterior. A maneira de renovar a sensação de pertencer ao povo, à terra e à nação é através da explicação e de uma educação para a conexão.

De KabTV “Nova Vida # 845 – Conexão Sensação De Pertencer Ao Povo e À Nação”, 28/03/17

Epílogo Ao Dia Em Memória Do Holocausto, Parte 1

Laitman_006Talvez essas conclusões possam parecer impiedosas e até cruéis para alguém. O Dia em Memória do Holocausto provoca justamente uma série de emoções e dor nas pessoas. Mesmo assim, depois deste dia, vamos olhar para este fenômeno do ponto de vista de um cientista, que investiga as causas do Holocausto para que ele nunca aconteça novamente.

Nós estamos falando agora como biólogos estudando o corpo humano. Eles não pensam quão arrependidos estão por uma pessoa que está morrendo de um tumor cancerígeno que se espalha em seu corpo, mas discutem o fenômeno que ocorre entre as células dentro do corpo.

Afinal de contas, só olhando para esse fenômeno neste aspecto e descobrindo com precisão o que está acontecendo na natureza, sem adicionar nossas emoções aqui, é que seremos capazes de revelar a verdade objetiva.

Então podemos realmente fazer algo para mudar o futuro e evitar um novo Holocausto. No final, é natural que tudo o que aconteceu teve um motivo e não foi apenas um acidente. Portanto, precisamos descobrir como limpar a nós mesmos e ao mundo inteiro deste flagelo.

A sabedoria da Cabalá explica que toda a nossa vida procede de acordo com as leis da natureza. A natureza é equivalente à força superior, o Criador, e nós existimos dentro de suas leis. As ciências ordinárias deste mundo nos revelam as leis físicas.

Mas há outra ciência mais geral chamada Cabalá, que revela leis que existem em um nível superior, de onde todas as forças descem ao nosso mundo. Essas forças constroem uma rede de energia em nosso mundo, cujas leis são estudadas pelas ciências comuns.

A humanidade tem experimentado muitos eventos significativos ao longo de sua história: bons e trágicos. Portanto, vale a pena descobrir suas causas e efeitos, dependendo da nossa reação a eles. Então poderemos escolher a forma correta de comportamento em nosso mundo para o futuro.

A abordagem dos Cabalistas à história da humanidade é aprender através da análise desses eventos, como em um laboratório: onde estamos e em que mundo, isto é, em que sistema de forças?

Como eles nos afetam de acordo com a forma como mudamos de geração à geração? E como podemos responder a eles, a fim de nos proteger de tais acontecimentos trágicos que tivemos de suportar no passado.

Essa abordagem estritamente científica pode ser chamada insensível e até mesmo desumana. Mas estamos falando das leis da natureza sobre as quais queremos receber o mais puro conhecimento, não acrescentando nossa opinião subjetiva, para entender o que está acontecendo. E nossa atitude e emoções pessoais não devem distorcer a imagem de modo que possamos realmente descobrir que leis tomam curso e qual deve ser a nossa reação.

É bom quando as pessoas estão preocupadas com o Holocausto e expressam sua solidariedade com suas vítimas. Mas, infelizmente, isso não garante que no futuro ele não aconteça novamente. Portanto, nós precisamos estudar esse fenômeno minuciosamente e aprender a nos proteger dele no futuro.

Do artigo do Rabash “Aquele Que Endureceu Seu Coração”: Todo o ódio que as nações sentem em relação a Israel é somente porque ele é o povo do Criador, como nossos sábios disseram (Shabat, 89): “O que é o Monte Sinai? É que Sinaa [ódio] desceu aos adoradores de ídolos”.

EpilogueToTheHolocaustMemorialDay

Nós precisamos entender que esse ódio vem das forças divididas no sistema da alma comum, chamada de “primeiro homem”, Adam HaRishon. Uma parte, as pessoas do mundo, sofre e não pode fazer nada porque é o corpo em relação à outra parte da alma de Adão chamada cabeça (Li-Rosh) ou Isra-el.

Nova Vida # 844 – Emigrantes A Israel Não Sentem Que Fazem Parte

Nova Vida # 844 – Emigrantes A Israel Não Sentem Que Fazem Parte
Dr. Michael Laitman na conversação com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Por que cada judeu é atraído à correção e separação simultaneamente? Por que o sentimento de pertencer ao povo e à nação, que nos conecta, se desvanece e como podemos voltar a estar unidos?

Espiritualmente, não conseguimos reconstruir o povo judeu e, portanto, não somos atraídos à terra de Israel. O método para construir o povo, a terra e a nação é desconhecido para todos, exceto os Cabalistas.

De KabTV “Nova Vida # 844 -Emigrantes A Israel Não Sentem Que Fazem Parte”, 28/03/17

Dia Da Independência De Israel

Dr. Michael LaitmanEu estou muito feliz que a maior parte da minha vida tenha sido passada aqui, em Israel.

Eu estou feliz que depois de milhares de anos de exílio, meu povo existe como uma nação e como cidadãos em seu próprio país.

Eu estou feliz por nos tornarmos cada vez mais fortes a cada ano que passa, e que por causa da inveja de todos e pela raiva de nossos inimigos, estamos construindo um país que fica cada vez melhor.

Eu espero que possamos superar mais problemas que existem na nossa nação, que na sua maioria têm a ver com a unificação da nação em um todo.

Eu espero que no próximo ano, o ano do septuagésimo aniversário do nosso país, nós possamos cheguar a um estado em que realmente nos tornaremos “como um homem com um coração”, que foi mencionado no nascimento da nossa nação há 3000 anos.

Vamos nos certificar de que esse compromisso seja cumprido.

Boa sorte! E Feliz Aniversário!

O Ataque Terrorista Na Inglaterra

Laitman_155Pergunta: Recentemente, houve um grave ataque terrorista na Inglaterra, que assustou quase todo mundo em Londres e em toda a Inglaterra. Khalid Masud, que nasceu na Inglaterra e parece ser um inglês, cometeu o ataque. Ele matou três pessoas e feriu muitas pessoas.

Talvez por causa disso, a Grã-Bretanha mudou de repente sua atitude em relação a Israel para melhor?

Resposta: Nada mudará a atitude para com Israel! O ódio permanece o ódio. Externamente, ele pode se manifestar mais ou menos, mas é a lei da natureza e, portanto, não pode ser alterado.

Comentário: Mas esse terrorista nasceu lá, ele praticamente tornou-se inglês …

Resposta: Mesmo se ele se convertesse ao cristianismo, não importaria. Sua natureza com relação aos judeus permaneceu puramente odiosa, antissemita.

Comentário: Mas, em princípio, ele não matou judeus. Ele matou os cidadãos do país …

Resposta: Claro. Porque o Islã deve conquistar o mundo inteiro e repintá-lo de verde.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 27/04/17

Nova Vida # 843 – O Judaísmo É Racista?

Nova Vida # 843 – O Judaísmo É Racista?
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Os valores de amor e igualdade são o espírito do judaísmo e a raiz de nossa religião original que se desenvolveu durante o tempo do exílio.

O judaísmo é baseado no princípio do “ama teu amigo como a ti mesmo”, que é o princípio que temos que levar a toda a humanidade.

De KabTV “Nova Vida # 843 – O Judaísmo É Racista?” 21/03/17

O Dia Das Boas Ações

laitman_547_04Pergunta: O dia de unidade dos judeus é celebrado em Israel e é chamado de Dia das Boas Ações. Como você vê isso?

Resposta: Se superamos a nós mesmos para se mostrar apenas um dia ao ano, como se estivéssemos fazendo o bem aos outros, isso não levará a nada de bom e pode até piorar as coisas.

Nós devemos entender e perceber quão egoístas somos e até que ponto temos que nos transformar. Essa é a razão pela qual existe um método de correção, de reeducação de nós mesmos. Eu estou pronto para oferecê-lo e mostrar a todos o antigo método que temos desde os dias de Abraão.

Eu realmente espero que os judeus o escutem, que se unam e sejam um modelo para todo o mundo, e assim, o mundo inteiro se tornará pacífico.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 27/03/17