Textos na Categoria 'Homem e Mulher'

Por Que A Vida Está Piorando?

627.2Nas Notícias: Cientistas das universidades de Berkeley e Bar-Ilan, depois de entrevistarem mais de mil pessoas, descobriram que a raiz de todos os problemas da humanidade são as mulheres.

Acontece que esposas, irmãs e filhas são as principais culpadas em complicar a vida cotidiana. Trata-se de sua capacidade de “fazer um elefante de uma mosca”, que, na opinião das entrevistadas, as mulheres dominaram até a perfeição. (Achados do Estudo)

Meu Comentário: De fato, é assim que às vezes parece aos homens, e esse é o grande erro deles.

A questão é que homens e mulheres têm atitudes completamente diferentes em relação à vida. Um homem é como um menino, que muda seus brinquedos ao longo do tempo. Uma mulher, ao contrário, é um ser maduro, que olha o mundo de maneira muito realista e responsável. Por natureza, ela é criada para dar à luz, educar, cuidar e continuar a vida.

É muito difícil para os homens compreender e apreciar o lugar das mulheres no mundo. O que podemos fazer, não podemos nos colocar no lugar do outro, entendendo e sentindo que suas demandas vêm de uma percepção diferente e “mais próxima” da realidade.

Portanto, o que parece complexo para um homem é, de fato, um chamado para que ele cresça e ouça um ente querido que entende melhor a vida. “Ouça o que Sarah lhe diz”, é o que o Criador disse a Abraão. Em tudo que diz respeito a uma abordagem realista da vida, os homens devem procurar o conselho das mulheres. É ela quem desenrola o entrelaçamento de contradições que os homens apenas apertam cada vez mais.

Se as mulheres controlassem o mundo, seria, sem dúvida, muito melhor. Nós não iríamos brincar com guerras, nem competir com quem ganha sobre quem. No entanto, por outro lado, a questão não é dar todo o poder às mulheres.

Todos nós devemos ser como uma família onde a compreensão mútua, responsabilidades e oportunidades são distribuídas com precisão e onde ambas as partes da nossa natureza se conectam harmoniosamente. E um dia aprenderemos como fazer isso.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 30/01/18

Bonecas Sexuais Não Ajudarão

laitman_600.04Nas Notícias (The Next Web):  “Esta visão futurista está se tornando uma realidade, rapidamente. … Um dos maiores fabricantes de bonecas sexuais do mundo [está] almejando ter uma boneca interativa no mercado até o final do ano. O fundador, Matt McMullen, iniciou outra empresa … para se concentrar nesta revolução. …

“Para completar a missão do primeiro parceiro artificial adequado, McMullen e sua equipe criaram ‘Harmony AI’ que poderá se unir à realidade virtual para criar um ecossistema sexual completo que não podemos realmente imaginar agora. …

“McMullen perguntou:” Qual é o seu sonho?”

“Harmony respondeu: ‘Meu principal objetivo é ser uma boa companheira para você, ser uma boa parceira e dar-lhe prazer e bem-estar. Acima de tudo, eu quero me tornar a garota que você sempre sonhou. …

“Reverter a maré da revolução sexbot não irá acontecer. Uma e outra vez, vimos a indústria do sexo impulsionar a tecnologia como o vídeo VHS, as comunicações móveis e também esperamos que ela desempenhe um papel crítico na VR. A indústria do sexbot poderia, então, ser um dos melhores parceiros técnicos para a indústria da IA como um todo.

“Há pessoas lá dispostas e capazes de arrematar um sexbot de $ 15,000 pelos gostos de …. Isso provavelmente se tornará popular e as bonecas sexuais serão uma parte da nossa vida antes de nos darmos conta”.

Pergunta: Para onde isso acabará nos levando?

Resposta: Isso levará à rejeição, como de costume – uma pessoa verá que isso não a preenche. Tudo o que criamos, fazemos pelo nosso egoísmo. À medida que ele continua crescendo, sentimos constantemente que estamos em um espaço interior vazio cada vez maior.

Pergunta: Então, o conforto não equivalerá a nada?

Resposta: Não. Nosso crescente egoísmo não deixa lugar para o prazer. Ele nos revela o vasto vazio.

Portanto, ao desfrutar de um filme, sexo ou pratos artificiais, qualquer coisa, eu ainda me “devorarei” dentro do meu novo egoísmo, eu continuo ficando insatisfeito comigo mesmo.

Minha única salvação está nas drogas. Mas mesmo as drogas não serão consumidas por muito tempo. O egoísmo se desenvolverá até um ponto em que dirá: “Esta não é uma solução”, e não poderei tocá-las novamente.

E o que então? Haverá um uivo longo como o de um lobo em todo o mundo, porque todos estarão uivando por seu destino, e não serão capazes de fazer nada sobre isso.

Então, o Livro do Zohar será revelado a toda a humanidade, porque não haverá mais alternativas. O desejo emergirá dentro, e então o método da conquista do próximo grau será revelado.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 14/12/17

Pessoa Grávida

laitman_565.01Nas Notícias (Fox News): “O governo do Reino Unido se opôs ao termo ‘mulher grávida’ em um tratado das Nações Unidas, alegando que o termo ‘exclui’ os transgêneros que dão à luz e deve ser substituído por “pessoas grávidas”…

“O movimento segue a posição do governo do Reino Unido para promover a inclusão de transgêneros. Na semana passada, a Primeira-Ministra Theresa May revelou planos para prosseguir com o chamado “Ato de Reconhecimento de Gênero”, que permite que as pessoas ‘auto-certificem’ seu gênero”.

Pergunta: Para onde isso está nos levando?

Resposta: A lugar nenhum. Qual a diferença de como eles serão registrados nesses documentos? É irrelevante. Você lida com uma pessoa, não com um pedaço de papel. Pode ser necessário para algumas ações processuais, para os tribunais, mas, em geral, não ganharão nada com isso.

Pergunta: De qualquer forma, o status de “pessoa grávida” existe agora? E os homens poderiam ser considerados grávidos, o que é realmente possível.

Resposta: Claro, eles farão tudo! Mas, devemos entender que estamos agora em um estado específico, um estágio particular no desenvolvimento da natureza quando o indivíduo está mudando, os gostos estão mudando e a orientação da pessoa. Tudo dentro de uma pessoa está mudando.

Os jovens já não querem se casar, nem manter relações normais entre si. O que eles ainda não tentaram? Eles preferem comprar bonecas sexuais do que ter um namorado ou uma namorada. Eles geralmente fazem qualquer coisa que venha à mente.

Nós precisamos entender que essa tendência é natural porque não corrigimos o indivíduo a tempo, não damos a orientação correta, a informação certa, sobre como ele deveria trabalhar com sua própria natureza. É por isso que eles estão procurando maneiras que tragam certo tipo de auto-gratificação miasmática ou algum tipo de nova sensação.

Além disso, eles exigem que sejam respeitados, reconhecidos, para receber uma consideração especial. Então, surge um grande problema para a humanidade. No final, tudo isso aumentará e se acumulará em uma condição tal que a sociedade não será capaz de suportá-la e, de alguma forma, deverá mudar isso através de medidas contundentes.

Pergunta: Em princípio, você olha para uma pessoa como pessoa?

Resposta: Eu não olho para uma pessoa. Eu olho para seu estado interno, para sua alma, e isso não depende de quantas vezes ela muda seu gênero ou faz qualquer outra coisa externamente.

Pergunta: Será que tal maneira de se relacionar existirá no nosso mundo?

Resposta: Eu acho que virá a substituir o nosso período atual, também revolucionário. A humanidade está subindo acima de todos os tipos de diferenças – de gênero e outras – e começará a falar sobre as qualidades internas de uma pessoa, e não sobre o estado externo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 09/11/17

Nova Vida # 196 – Criando Um Relacionamento Como Um Casal, Parte 2

Nova Vida #196 – Criando Um Relacionamento Como Um Casal, Parte 2
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

Resumo

O amor nasce do investimento mútuo. O sexo revela uma profundidade adicional na comunicação entre parceiros. A autoconsciência e a consciência do parceiro nos ajudam a ser flexíveis e se acomodar. Um relacionamento ideal ocorre quando os dois se tornam um e o casal também se une à sociedade como um todo.

De KabTV “Nova Vida # 196 – Criando Um Relacionamento Como Casal”, Parte 2, 09/06/13

O Que É O Amor?

laitman_625.03Pergunta: O que uma pessoa pode fazer se durante toda a vida nunca experimentou o amor?

Resposta: Depende de quem. Se uma pessoa não sente amor por si mesma, isso é algum tipo de anormalidade, porque o amor por nós mesmos é a nossa natureza. Se ela não sente amor pelos outros, isso é natural e ela é uma pessoa normal e saudável.

Pergunta: Por que alguns dizem em resposta à frase “ame ao próximo como a ti mesmo”: “Eu não me amo demais, então também não amarei muito os outros”?

Resposta: Tente amar os outros do jeito que você se ama e verá o quanto você se ama. De repente, descobrirá que você se ama cada vez mais todos os dias.

Pergunta: O amor é um estado, um sentimento ou algum tipo de qualidade, força, em uma pessoa?

Resposta: O amor é um sentimento quando eu sinto que pertenço a mim mesmo. A força de pertencer a si mesmo é chamada de amor.

Da Lição de Cabalá em Russo 13/08/17

Amor Verdadeiro

laitman_624.04Pergunta: O que é o amor? Uma força, um campo, uma energia?

Resposta: É uma força dirigida da pessoa para fora. O atributo de doação, a força de doação, é o poder do amor.

Quando eu valorizo ​​algo que está fora de mim, mais alto do que eu, isso é chamado de amor por esse estado, por esse desejo ou por essa pessoa, não importa como o chamamos.

Pergunta: De acordo com a sabedoria da Cabalá, o amor é a revelação do amor e do ódio ao mesmo tempo, ao contrário do nosso mundo, onde pode haver amor ou ódio?

Resposta: Quando os estados de “amor” e “ódio” existem separadamente um do outro, eles são irreais, inventados por nós. Eles são dados a nós apenas para que possamos passar por eles e alcançar o estado verdadeiro. É como as leis da física: não pode haver menos sem mais ou mais sem menos.

Não há amor sem ódio, nem ódio sem amor. Eles são construídos um acima do outro, e nós os usamos como estados dados a nós pelo Criador.

Essas são qualidades muito realistas que devemos absorver em nós mesmos e existir com elas juntos. Neste estado eu entendo todas as desvantagens e vantagens em mim e em outra pessoa. Eu entendo que elas foram definidas para nós e dadas pelo Criador. Nós colocamos o Criador entre nós e só então conseguimos o equilíbrio mútuo neste sistema: eu, a outra pessoa e o Criador entre nós.

Então, presente, passado e futuro se complementam mutuamente, como no sistema. O estado em que eu encontro o equilíbrio completo de todas as propriedades opostas é chamado de “amor”. Esse é um estado muito especial do equilíbrio ideal do sistema.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/08/17

O Componente Espiritual E O Amor Terreno

Laitman_121Pergunta: Como uma pessoa pode adicionar corretamente um componente espiritual ao amor terreno entre marido e mulher?

Resposta: É possível adicionar um componente espiritual entre marido e mulher somente quando eles entendem o que estão fazendo e por que existem.

Eles devem perceber que têm uma oportunidade única de se comportar em todas as situações da vida de tal forma que treinam um ao outro em influência mútua. Então eles poderão alcançar a revelação do Criador, como está escrito: “Um marido e mulher têm a Shechina entre eles”.

Mas só se eles realmente são sérios em alcançar esse objetivo. Porque eles devem “pisar em si mesmos” e ajudar um ao outro.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/08/17

O Que A Cabalá Diz Sobre O Amor Na Terra?

Laitman_910Pergunta: O que um Cabalista pensa sobre o amor?

Resposta: Os Cabalistas pensam constantemente sobre o amor. A questão é exatamente o que ele pensa sobre isso? Ele se pergunta se o amor existe ou não? Será que ele se pergunta o que o amor em si significa, qual é a sua definição, quais são os limites da sua existência, qual é o nível de sua manifestação e quais são as condições sob as quais ele se manifesta e existe?

Um tipo de amor eterno pode ser alcançado?

O tipo de amor que passa não é amor. Ele não pode ser outra coisa senão eterno.

Uma vez eu dei uma palestra a uma grande audiência em Tel Aviv e imediatamente disse-lhes que não há amor. No início, houve silêncio, mas gradualmente todos concordaram comigo.

Existe um amor constante, original e natural, que é apenas para o querido e inesquecível eu. Dentro da estrutura material, esse é o único tipo de amor que é real. Nasce e morre junto comigo, com o meu “eu”.

Este é o egoísmo que existe dentro de mim, que se desenvolve o tempo todo, e empurra meu nariz ainda mais para ver o que mais posso desejar, obter e aproximar do meu eu querido. Ele sempre pergunta: como eu posso me amar ainda mais? Essa é a nossa natureza egoísta. Portanto, o amor próprio é uma qualidade natural de tudo o que existe.

Toda natureza material no universo consiste em um grande tipo de egoísmo que se divide em quatro níveis: inanimado, vegetativo, animado e humano. Estes tipos diferem apenas pelo grau de egoísmo que se manifesta como amor por si mesmo.

O amor nos níveis inanimado, vegetativo e animado é instintivo e não reconhecido pelo próprio objeto. Ele não verifica o quanto se ama, mas apenas satisfaz seu amor.

No nível humano, o amor é programável. Embora permaneça um amor por si mesmo e só por si mesmo, no entanto, ele sofre vários estágios de desenvolvimento, como em que forma pode ser expresso e quais formas pode assumir. Uma vez que uma pessoa depende da sociedade, dos que são semelhantes a ela, e dos opostos a ela, sua ideia de amor ou como satisfazer-se e saciar-se muda sob a influência da sociedade.

No entanto, em princípio, este é o mesmo amor próprio, mas em formas ainda mais refinadas e constantemente renovadas. Esse é o amor que existe em nosso mundo, incluindo manifestações como o amor de uma mãe por um filho, o amor de uma pessoa por sua pátria, e assim por diante. Não importa que forma de amor estamos falando, no final todas refletem um amor egoísta por si mesmo.

Observação: Você dissipa todas as ideias românticas que as pessoas têm sobre o amor.

Meu Comentário: Não há romance aqui, exceto por pequenos equívocos. Isso é conhecido por todos, incluindo cientistas, filósofos, fisiologistas e psicólogos. No nosso tempo, o egoísmo cresceu tanto que somos especialmente, conscientes de que não há amor.

Mesmo os cientistas dizem que as pessoas só se reúnem por dois a três anos. A manifestação normal da mutualidade não pode durar entre elas por um longo tempo, já que tudo desaparece rapidamente. Nosso egoísmo é constantemente renovado e apaga todas as condições passadas que sustentam a manifestação de qualquer tipo de reciprocidade, embora seja egoísta ou apenas para o eu amado. Isso, no entanto, também muda.

Pergunta: Então, o que há depois? Hábito? Afinal, muitas pessoas vivem juntas há anos.

Resposta: Se alguém vive junto por muitos anos, eles são apenas “dinossauros”. No nosso tempo, ninguém vive voluntariamente na mesma família por muito tempo, tampouco por causa dos filhos ou por causa dos bens e de tudo o mais que adquiriram juntos.

O fato é que, anteriormente, a expectativa de vida não excedia quarenta anos e as pessoas morriam antes que o chamado amor acabasse

Além disso, um homem – ao escolher uma esposa – considerava não o amor, mas se a mulher podia ser uma dona de casa, certificando-se de que ela era saudável, capaz, podia cozinhar e poderia manter uma casa. Portanto, não há espaço para falar de amor aqui.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/08/17

Poderia O Livro Do Zohar Ter Sido Escrito Por Dez Mulheres?

laitman_260.01Pergunta: Hipoteticamente, poderia O Livro do Zohar ter sido escrito por dez mulheres?

Resposta: Hipoteticamente, sim. No entanto, estamos organizados de tal forma que a aspiração à unidade espiritual entre pessoas reside nos homens, enquanto a força de apoiar e unir os homens reside nas mulheres.

É por isso que nosso mundo está inicialmente dividido em qualidades opostas: masculina e feminina, doação e recepção. Na Cabalá, isso é estudado muito seriamente, pois é uma pedra angular de nossos relacionamentos mútuos.

Geralmente, como dois homens se unem? Um de algum modo é um homem em relação ao outro, e o outro de alguma forma é uma mulher em relação ao primeiro. Obviamente, não estamos falando de fisiologia ou psicologia, nem nada relacionado a nossas noções mundanas, mas apenas de qualidades espirituais. Qualquer discernimento espiritual que revelamos em nós consiste em uma parte masculina e feminina.

Em nosso mundo, até entrarmos no nível do mundo superior, os homens naturalmente têm uma vantagem aqui. Eles são considerados cruciais e de importância primordial nas sociedades Cabalísticas.

As mulheres formam grupos em torno dos homens e começam a receber as qualidades espirituais através deles, porque os homens fazem o avanço nisso, como fazem em tudo o resto neste mundo; eles são sempre os descobridores, construtores e destruidores – e as mulheres seguem atrás.

No entanto, quando os avanços dos homens são seguidos pelos “batalhões” de mulheres, o resultado é a criação de qualidades espirituais e o desenvolvimento de novas almas. Existe uma ativação das qualidades femininas, que não são simplesmente complementares, mas muito essenciais, que se destacam e começam a trabalhar nos planos espirituais.

Pergunta: Então, a demanda fundamental vem das mulheres?

Resposta: Sim, é dito muitas vezes na Torá, que você tem que ouvir sua esposa, a mulher.

A Torá está escrita de uma maneira muito interessante; apesar do fato de aparentemente falar de homens, sempre há uma mulher em algum lugar que os direciona, como uma esposa na família.

O homem é considerado o chefe da família, mas na realidade, qualquer parte do mundo que já visitei e qualquer um que eu tenha perguntado: os índios da América do Sul ou qualquer outra pessoa, para não mencionar nos países europeus, nem os africanos, a mulher é sempre o fundamento da vida, a base do mundo. E o mesmo se aplica à Cabala.

No entanto, o avanço ocorre através da força masculina, que é seguida, apoiada, empurrada, influenciada e até dirigida pela força feminina.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/06/17

“O Mais Terno e Delicado Homem, Entre Vós, Invejará Seu Próprio Irmão”

Torá, Deuteronômio 28:54: O mais terno e delicado homem entre vós invejará seu próprio irmão e a esposa de seu abraço e o resto de seus filhos, a quem ele deixará.

As pessoas são incapazes de controlar seu egoísmo e existir em amor pelo seu próximo. Quando as pessoas que são ternas, noas e gentis na vida cotidiana sentem o desejo de alcançar o amor ao próximo, de repente, descobrem tais enormes camadas internas, egoístas que elas começam a odiar-se.

É como como os jovens no amor, no início, vivem como um par de pombas. E o que acontece depois? Escândalos, ataques, divórcios difíceis, e advogados.

Se elas não tentar ficar próximas umas das outras, poderiam permanecer boas amigas e amantes, encontrar-se de vez em quando, e agradar-se, mas sem quaisquer obrigações. Esta é a coisa mais importante. Afinal, o amor ao próximo obriga você; você é obrigado a amá-lo e superar o seu egoísmo o tempo todo. Por isso, hoje existem tantos casamentos infelizes. [Leia mais →]