Textos na Categoria 'Homem e Mulher'

O Colapso Da Instituição Do Casamento

962.2Pergunta: Cada vez mais pessoas não querem se casar formalmente e, em muitos lugares, a união estável é considerada uma relação conjugal legal de fato. Curiosamente, de acordo com estatísticas relatadas em um estudo sobre o qual li, 70% dos homens que vivem em união estável se consideram solteiros e 90% das mulheres na mesma situação se consideram casadas. Como você pode explicar tal atitude oposta a esta situação?

Resposta: Eles querem pensar assim porque educamos homens e mulheres incorretamente. O homem não se sente responsável. É mais conveniente para ele. É mais fácil viver em uma união estável porque isso não o obriga a nada.

Mas também conhecemos outras estatísticas: as pessoas vivem juntas há muito tempo, se casam e depois de um tempo se divorciam. E isso acontece na esmagadora maioria dos casos. Se eles não tivessem se casado, teriam continuado a viver juntos.

O fato é que o homem não foi criado como uma máquina – eu moro com alguém. Isso o obriga ou não, ele se encerra em uma estrutura que o pressiona externamente e o comanda? Se isso o dominar, ele tentará escapar.

O homem foi criado para lutar pela liberdade. Se contra o quadro que o oprime e o obriga, ele não tiver uma compensação interna, que deveria ser dada a ele pela educação, ele fugirá, se divorciará, e não pensará que é necessário ser incluído neste quadro. Portanto, a instituição do casamento praticamente se exauriu hoje.

De KabTV, “Close-Up”, 11/08/09

Almas Masculina E Feminina

961.2Pergunta: O que significa aderir ao Criador e ao mesmo tempo ser Seu parceiro?

Resposta: Aderir ao Criador significa aderir a Ele em fusão completa, à equivalência completa, em plena consciência e compreensão. Sou independente e, ao mesmo tempo, precisamente por causa dessa independência, porque sou igual a Ele, aderi-me a Ele.

Ao mesmo tempo, eu represento a parte feminina, e o Criador representa a parte masculina. Todos nós juntos, homens e  mulheres, representamos a parte feminina em relação ao Criador.

Pergunta: Então as mulheres podem se orgulhar disso?

Resposta: A mulher é a essência da criação mais do que o homem e tem uma capacidade maior de revelar a natureza em relação à força superior. E no homem existe mais do Criador, mais independência na ação do que na mulher.

Portanto, em nosso mundo, estamos em um estado onde, em completude um com o outro, podemos alcançar tal manifestação de nossa natureza quando juntos formamos um único todo semelhante ao Criador.

Como resultado, todas as almas masculinas e femininas se unirão e se tornarão uma única alma, que é como uma alma feminina em relação ao Criador.

Pergunta: Os princípios masculino e feminino também existem dentro de uma pessoa?

Resposta: Claro. Em cada pessoa, tanto entre homens como entre mulheres, existem combinações diferentes. E a base masculina é sempre mais prevalente do que a feminina no grau de doação.

Ao mesmo tempo, em relação a uma pessoa, posso atuar como um princípio feminino e, em relação a outra pessoa, como um princípio masculino. Por exemplo, em relação ao superior, sou o princípio feminino, e em relação ao inferior, digamos, um estudante, sou o princípio masculino, e assim por diante. Todos esses são apenas estágios.

De KabTV,  “O Poder do Livro do Zohar ” # 19

Os Homens Darão À Luz?

961.2Comentário: Cientistas chineses em Xangai conduziram experimentos em ratos nos quais transplantaram úteros em machos e os fertilizaram, fazendo-os dar à luz. Como resultado, nasceram dez filhotes. Eles nasceram de cesariana, é claro.

Eles viveram até a idade adulta, foram capazes de se reproduzir e não enfrentaram nenhuma doença grave. Assim, foi criado um modelo animal de gravidez masculina em mamíferos. Existe tal fenômeno no mundo, mas é muito raro: cavalos-marinhos geram descendentes e assim por diante. Mas este é um caso raro. Agora eles provaram que, a grosso modo, os machos também podem dar à luz (Global Times , “Cientistas Chineses Ajudam Ratos Machos A Dar À Luz 10 Filhotes Saudáveis ​​Pela Primeira Vez”).

Pergunta: Agora estou interessado em saber a que eles estão aludindo em geral? Para que todos esses experimentos estão sendo conduzidos?

Resposta: Não vejo sentido nisso. Em qualquer caso, não resultará em nada de bom. Isso vai acabar com um resultado ruim. Porque o corpo masculino difere do corpo feminino em todas as células. Você entende? Cada célula!

Portanto, tirar um órgão de uma mulher e transplantá-lo para um homem é contra a natureza. Portanto, nunca terá um bom resultado no final. Em algum lugar ao longo do caminho, talvez não imediatamente, não na primeira, mas na segunda ou terceira geração, algo de ruim virá disso. Em qualquer caso, a natureza não tolerará qualquer perversão feita a ela.

Você está lidando com psicologia, o corpo todo, as terminações nervosas, cabeça, tórax, tudo. E como eles são amamentados?

Os mamilos também são transplantados? Que tal leite? Todo o corpo está envolvido!

Não estamos nem falando de psicologia. Como a Torá trata um homem e uma mulher de maneira diferente.

Comentário: Dois opostos que são forçados a viver juntos.

Minha Resposta: Eles têm que viver juntos, justamente porque são muito diferentes. E só assim eles podem se conectar, se unir e dar à luz as gerações seguintes.

Pergunta: Porque eles são tão diferentes e opostos, é por isso? E se não fossem opostos, eles não se conectariam?

Resposta: Não.

Pergunta: Qual é o propósito de conectar todos esses opostos, polos opostos, criaturas completamente diferentes? Por que eles precisam ser pressionados a ficar juntos se são tão diferentes?

Resposta: Para criarem um sistema entre si que se assemelhe ao Criador.

Pergunta: E neste caso é chamada de família real?

Resposta: Sim, “Um homem e uma mulher – e o Criador entre eles”.

Comentário: Então, licença maternidade para homem. Não é promissor, não importa o quanto ele queira.

Minha Resposta: Alguém realmente concordaria em se submeter a tal experimento? Isso é terrível!

Pergunta: Tal experimento. Então, tudo isso está acontecendo por uma questão de ciência, por uma questão de marcar alguma caixa?

Resposta: Claro. Não podemos nem imaginar que reestruturação psicológica e mental isso acarreta. Tudo muda, tudo.

Porque a maneira como a mulher pensa e a maneira como o homem pensa não são de forma alguma comparáveis ​​ou compatíveis. Somente na conexão voluntária acima deles, no desejo de se unir apesar de suas diferenças, eles começam a construir algo em comum. Amor, família e assim por diante, caso contrário, o modo como a vida produziu os seres, masculinos e femininos, os levou a criar sua prole dessa maneira particular, precisamente pelo fato de se apresentarem como extremamente opostos um ao outro.

Mesmo assim, eles se unem, criam descendentes e assim por diante. E veja como essa prole depende da conexão entre esses dois tipos. E quanto mais essas espécies são desenvolvidas, maior é a distância entre elas: psicológica, fisiológica e assim por diante.

Pergunta: Então, quanto mais desenvolvido um homem e uma mulher se tornam, mais complexa é a conexão?

Resposta: Claro. Não é como os ratos. É tudo muito, muito complexo e ainda não entendemos nada sobre isso.

Comentário: Portanto, não podemos derrotar a natureza. Queremos realmente derrotá-la, mas não podemos.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 08/07/21

A Diferença Entre Corpos Físicos E Espirituais

546.02Pergunta: Parece-nos que o mundo espiritual é algo sutil, quase imperceptível. Os sentimentos que surgem no mundo espiritual entre os chamados conceitos feminino e masculino são mais fortes ou mais fracos do que no mundo material?

Resposta: É muito mais forte em magnitude. Bilhões de vezes!

Portanto, ao ler as fontes primárias, não devemos visualizar o que está escrito nelas nas imagens do nosso mundo. Na espiritualidade, tudo é totalmente inverso, pois visa a satisfação e o deleite dos outros. Existe uma compreensão completamente diferente dos conceitos feminino e masculino.

Em nosso mundo, por corpos físicos – inanimados, vegetativos e animados – queremos dizer um objeto que ocupa um certo volume, tem um certo peso e alguns parâmetros físicos.

No mundo espiritual, um corpo significa um objeto espiritual que tem parâmetros espirituais correspondentemente e, em particular, o desejo de receber prazer.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 18

Esterilização Voluntária Não Ajudará

49.01Nas Notícias (The Guardian): “Vários estados indianos estão considerando a implementação de uma polêmica política de dois filhos e o incentivo à esterilização como meio de controle populacional.

“O estado de Uttar Pradesh, o estado mais populoso da Índia com uma população maior que o Brasil, anunciou um projeto de lei que proibiria qualquer pessoa com mais de dois filhos de benefícios, subsídios e empregos públicos. Depois que uma família tem dois filhos, também haverá incentivos se um dos pais for submetido à esterilização voluntária”.

Pergunta: Você acha que tais iniciativas são corretas?

Resposta: Não devemos esterilizar pessoas como animais. As pessoas precisam descobrir por si mesmas como regular o número de filhos que terão e por que o fazem.

Pergunta: Você está sugerindo um processo educacional sério?

Resposta: Nada funcionará sem isso, nem leis ou coerção, apenas criando uma estrutura de que uma família se orgulhe do fato de criar não um grande número de filhos, mas sim filhos especiais.

Pergunta: Essa revolução no pensamento deve ocorrer proporcionando-lhes educação?

Resposta: Claro! E isso vai acontecer de qualquer maneira. Do contrário, vejam que tipo de país é! Eu estive na Índia, na China e vi uma grande diferença entre as pessoas.

Pergunta: Isso deve ser realizado não por um projeto de lei sobre a limitação do número de filhos, mas por uma educação estruturada e constante?

Resposta: Sim.

Pergunta: É interessante que na Europa tudo é o contrário, eles têm que subsidiar as famílias para terem filhos. Ainda assim, em países como a África e a Índia, as famílias devem ser subsidiadas para ter menos filhos. Por que isso está acontecendo? Qual é essa maneira diferente de pensar nas pessoas?

Resposta: Tudo é baseado em crenças e princípios religiosos.

Pergunta: Por que uma pessoa altamente educada, digamos, com três ou quatro diplomas, quer menos filhos?

Resposta: Ela quer qualidade em vez de quantidade. Ela entende que o principal é a qualidade. Ela quer que seus descendentes sejam educados, entendam, saibam como, para que vivem, criem o ambiente certo ao seu redor e, por sua vez, coloquem seus filhos sob seus pés.

Pergunta: E se as pessoas voluntariamente tivessem muitos filhos e lhes dessem uma boa educação, isso é uma característica cultural? Eles fazem isso conscientemente? Você aceita isso?

Resposta: Claro.

Comentário: Nosso povo sempre teve muitos filhos.

Minha Resposta: Em primeiro lugar, era uma nação pequena. Em segundo lugar, um não substituiu o outro. As pessoas eram incentivadas a ter um grande número de filhos, mas cada pessoa, cada filho, pelo menos cada menino, tinha um professor que o educava. A família sempre se orgulhou de que seus filhos, filhos, via de regra, fossem educados. “Olha quantas páginas ele sabe de cor!” E assim por diante.

Ou seja, era como um ideal mais elevado, uma recompensa, uma aprovação. Todos aspiravam que um filho se tornasse um sábio.

Eles não têm isso lá.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 15/07/21

Família E O Estudo Da Cabalá

959Pergunta: É necessário que uma pessoa que está no caminho espiritual se case?

Resposta: É desejável para um homem. Não é necessário para uma mulher.

Pergunta: Como alguém entende que está com a pessoa certa na família? Isso se refere ao marido e à esposa.

Resposta: Essa é a pessoa que não interfere no seu trabalho espiritual, apoia você nisso, talvez até simpatize e participe.

Pergunta: Como um casal que começa a estudar a ciência Cabalística pode liberar o potencial de uma criança?

Resposta: Às vezes, falando sobre esses tópicos na frente de uma criança, dando a ela livros de nossa biblioteca na Internet e, assim, determinando se ela está interessada na Cabalá. Acho que algo vai interessá-la.

Pergunta: Então, uma criança, como um adulto, tem algum tipo de liberdade de escolha nisso?

Resposta: Claro. Afinal, ninguém a força.

Pergunta: Podemos aprender algo com uma criança em nosso desenvolvimento espiritual?

Resposta: Normalmente as crianças dão aos pais muitos exemplos. Então, os adultos têm essa oportunidade.

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 19/07/21

Baseado Em Uma Conexão Espiritual

549.01Pergunta: Como um homem e uma mulher podem ir acima do nível animal no início de um relacionamento, isto é, acima dos hormônios que prevalecem em nós, e considerar a pessoa mais profundamente do que satisfazer nossas necessidades egoístas?

Resposta: Não acho que vocês estejam em um nível em que faça qualquer conexão uns com os outros com base em algum objetivo espiritual. Ainda não existe tal estado. Esperamos que algum dia comece a aparecer entre nós.

Pelo menos, é desejável que surja uma conexão material baseada em uma conexão espiritual, para que haja alguma paixão comum, um objetivo comum na vida, e vocês se entendam melhor. É necessário.

Se as pessoas não se entendem, é muito difícil para elas. Sabemos pelas famílias em que o marido ou a esposa estudam a sabedoria da Cabalá, como é difícil para eles viverem juntos. Mas eles definitivamente devem salvar a família, custe o que custar!

É por isso que acredito que o mais importante para vocês é fazer amizades em nossa sociedade particular.

De KabTV, “Videoconferência”

O Que Fazer Se O Amor Acabou?

627.2Comentário: Uma carta foi enviada a você: “Vivemos juntos há quase 30 anos – muito tempo. Temos dois filhos, o nosso dia-a-dia está bem resolvido, temos emprego, temos dinheiro suficiente, está tudo bem. Mas o amor se foi, tudo é muito comum, sem escândalos, sem o amor que costumava queimar.

“Já fomos até um psicólogo, fizemos todos os tipos de exercícios que ele aconselhou, mas continuamos com frio e calados; estamos mortos. O que deveríamos fazer? Por favor, diga-nos. Estamos escrevendo para você juntos. Podemos trazer de volta o antigo relacionamento ou pelo menos nos aproximar dele?” – Alexander e Nadezhda

Minha Resposta: É muito difícil, mas é possível, se levarmos um ao outro a sério e fizermos algum tipo de contrato, que cuidaremos constantemente um do outro, mostraremos o quanto nos amamos e valorizaremos nossa cooperação mútua.

É impossível, claro, ter os mesmos sentimentos, os mesmos estados que tínhamos quando éramos jovens, quando tudo era novo e assim por diante. No entanto, eles não devem desaparecer.

Eles deveriam crescer justamente pelo fato de que tentamos constantemente mostrar um ao outro o nosso cuidado. O amor dá lugar à preocupação mútua.

Pergunta: É isso o que acontece ao longo dos anos?

Resposta: Claro. Então você não precisa estar em chamas, você deve de alguma forma tentar agradar o outro.

Pergunta: Isso é um jogo? Isso nem é real.

Resposta: É um jogo. E daí? Toda nossa vida é um jogo.

Pergunta: Isso levará a sentimentos?

Resposta: Não precisa levar a lugar nenhum. O relacionamento correto é quando conscientemente, acima do nosso egoísmo, tratamos uns aos outros com cuidado e consideração.

Pergunta: Eu sei que estou jogando?

Resposta: Eu sei especificamente, e é por isso que posso fazer isso lindamente e bem, e adoro esse estado. É porque, em primeiro lugar, faço isso contra o meu egoísmo. Em segundo lugar, constantemente mostro a meu parceiro que estou fazendo isso por ele, que estou até mesmo contra meu desejo egoísta e que estou satisfeito por estar fazendo isso contra meu egoísmo.

Este ponto é muito preciso. Portanto, não preciso mentir. Afinal, é claro que, quando volto para casa, não nos olhamos mais. Ele olha para a geladeira, para a TV, para a cama e pronto! E aqui…

Comentário: Você já está se preparando em frente à porta que agora vai entrar com um sorriso e dizer: “Olá, meu amor”.

Minha Resposta: Sim. Assim é como deve ser. Além disso, durante o dia, você deve soar e falar dessa maneira. Preencha sua vida com esse jogo. Mas não exagere. Deve ser simplesmente uma atitude equilibrada, pela qual você mostra ao outro que se preocupa com ele.

Pergunta: O que acontece então? Você diz que o amor é assim!

Resposta: Isso não é amor. É um cuidado mútuo quando você quer que o outro se sinta bem ao seu lado.

Pergunta: Os dois se sentirão bem então?

Resposta: Claro. Você compra sua boa atitude com isso.

Pergunta: Então, seu conselho é transformá-lo em cuidado mútuo?

Resposta: Não há outra maneira! Ou você pode fingir artificialmente que ainda está apaixonado e como em um vôo de balé em direção ao outro! Com isso, você cria uma nuvem acolhedora ou um campo de relacionamento.

Isso é chamado de “Um homem e uma mulher, se forem recompensados, a Shechiná [Divindade] está entre eles”.

Pergunta: O que é a Shechina aqui?

Resposta: O estado que eles dão à luz e cultivam entre eles, e se manifesta como algo independente, fora deles, e começa a uni-los e elevá-los a outro grau.

Pergunta: Isso significa que eles revelam o Criador?

Resposta: Claro. Afinal, eles trabalham acima de seu egoísmo. Esse é um trabalho muito difícil e real.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman” 28/06/21

Contrato De Casamento Ou Evolução Do Egoísmo

559Pergunta: Qual é a sua atitude em relação ao fato de que agora a família se baseia nos princípios do contrato de casamento? Além disso, todos tentam vencer às custas do outro e fugir da responsabilidade, se algo acontecer a um parceiro, se ele adoecer, etc.

Resposta: Então você vem até mim com uma perna quebrada e pergunta: “Como posso pular do segundo andar?” e você não pode nem andar. Ou seja, você veio até mim com um problema e está tentando resolver outro com a ajuda dele.

O problema inicial é a educação. Hoje não podemos exigir de um casal que reúna algumas condições irrealizáveis, completamente irrealistas, quando eles não estão totalmente preparados para isso.

Ninguém os ensinou isso, ninguém os educou, ninguém os elevou ao nível exigido. Eles cresceram com programas de televisão, cerveja, cigarros e discotecas. Agora, de repente, decidem: “Vamos morar, vamos morar juntos. Ok, vamos nos casar”. E isso é tudo.

Eles agem de acordo com a maneira como foram criados. Como você pode exigir algo deles? Ou o que eles podem exigir um do outro? Claro, nada. Eles não se fazem as perguntas mais simples da vida: “Onde vamos conseguir dinheiro para viver? Como você vai sustentar a família? Que tipo de educação vai dar aos nossos filhos?” Ninguém fala sobre isso.

Portanto, o problema aqui não está no casamento, nem no contrato ou acordo de casamento, mas em educar essas pessoas, desde a infância, que então virão da maneira certa para criar uma família. No entanto, quando vão assinar um acordo entre eles ou simplesmente decidir morar juntos, é tarde demais para falar sobre isso.

Se uma pessoa foi criada para pensar apenas em si mesma, nada irá ajudá-la e você não a forçará a fazer nada. Mesmo assim, ela evitará a pensão alimentícia e você nem vai querer lidar com ela.

Não existe nenhum conceito de dever na nova geração. Meu lugar no mundo, na natureza, eu como pai, como marido, como homem, como cidadão, como soldado; não existe tal coisa! Não! E isso é natural. Nosso egoísmo estava se desenvolvendo o tempo todo e não demos a ele a estrutura adequada, um programa para seu comportamento correto.

Comentário: Estávamos constantemente tentando restringi-lo.

Minha Resposta: Isso foi tudo o que fizemos, estávamos constantemente colocando pressão no egoísmo e ele se libertou. No final, ele se soltou. “Você não pode fazer nada comigo!” Isso é o que qualquer criança pequena declara aos pais.

Na verdade, tente dar um tapa nela, ela vai à polícia (as crianças já sabem que você pode ir para a polícia). É isso. É aqui que tudo começa, com liberdade absoluta. Se você tentar parar de servi-la, ela também irá à polícia: você deve isso a ela.

Por um lado, você não tem o direito de pressioná-la com sua educação; por outro lado, você é obrigado a servi-la completamente. As crianças modernas sabem disso muito bem. Elas estão prontas para usar isso sem qualquer sentimentalismo. Você não pode comandá-las e não é uma autoridade para elas.

Isso é egoísmo. Eu não as culpo de forma alguma. É assim que nosso egoísmo cresce dentro de nós. Se eu estivesse no lugar delas, seria o mesmo.

Se considerássemos corretamente a evolução do egoísmo em nós, de acordo com isso, daríamos às crianças o programa de comportamento correto para que fossem felizes no final. Se realmente cuidássemos delas de maneira sensata e correta, tudo isso não teria acontecido. Porém, hoje, quando você já está com a perna quebrada e me fala: “Eu quero pular”, você tem que esperar até que ela conserte, você precisa fazer alguma coisa com ela, tratar.

De KabTV, “Close-up”, 19/08/09

Se O Marido Sair …

515.02Comentário: Irina escreveu: “Como posso explicar ao meu marido que ele não tem o direito de me deixar? Temos três filhos. Eu o perdoo por tudo, por todas as suas infidelidades, sua falta de amor e assim por diante. Eu disse a ele: ‘Faça o que quiser, só não vá embora’. Ele está indo embora. E percebo que não vou conseguir viver sem ele e nem os filhos. O que devo fazer? Diga-me. Implorar para ele ficar ou deixar assim? Não sei”.

Minha Resposta: Minha regra na vida é que tudo pode acontecer, mas se houver filhos envolvidos, a pessoa é obrigada a morar com eles e criá-los. Não pode ser de outra forma!

Comentário: O que essa mulher deve fazer?

Minha Resposta: Bem, o que você pode fazer? Você entende, você não pode mantê-lo à força. Não existem tais leis.

Pergunta: O que há sobre nós, isso é tão …?

Resposta: Estúpido egoísmo masculino, que é estragado pela atenção da mãe. Portanto, nada é bom o suficiente para ele.

Mas as mulheres também não são educadas para criar um lugar para o homem que ele queira chamar de seu ninho, sua casa, etc., para que ele não queira partir. Nem mesmo para trabalhar ou para qualquer lugar longe de sua casa. Um lugar que seja calmo e convidativo. Isso deveria ser ensinado, e não é.

Construir uma família deve ser uma matéria ensinada no ensino médio – uma aula separada e séria, ministrada algumas vezes por semana, quando tudo isso é discutido desde a infância por meninos e meninas. Deve ser discutido seriamente para que gradualmente se acostumem com os relacionamentos que construirão entre eles no futuro. Isto é muito importante! Não existe. Essa é a verdadeira administração doméstica.

É incrível o quanto avançamos em algumas coisas, mas nisso temos uma regressão absoluta. E não podemos substitui-la por nada. Não é como criar outra máquina ou uma nova tecnologia para substituir outra. Isso é simplesmente insubstituível!

Comentário: Bem, dizem que uma pessoa se tornou mais livre, ela se tornou …

Minha resposta: Torna-se mais livre! Dos deveres necessários na vida. E no final…

Acho que essa pandemia e mais algumas ondas semelhantes surgirão em nosso caminho. Isso nos forçará a criar um lar, lar doce lar, como dizem, para cada um de nós. Parece uma palavra desatualizada e repulsiva.

Mas seremos forçados por essa pandemia e por algumas outras coisas porque, no final, se descobrirá que uma pessoa terá que ficar mais em casa e terá de ser cuidada. Um homem segundo os seus caminhos e uma mulher segundo os dela. E os filhos também. A natureza nos colocará em nosso lugar, mas isso vai levar algum tempo.

Comentário: Então, devemos dizer para esse cara que está saindo para pensar muitas vezes nos filhos que está deixando para trás?

Minha Resposta: Certamente! Se ele tem tal esposa e filhos. Não há mulher melhor do que aquela com quem você vive e com quem viveu por muito tempo. Vocês têm filhos e os criaram juntos. Isso cria um vínculo, é claro.

Talvez vocês já tenham netos também, ou algo assim. Tudo isso é criado pela natureza e não há substituto para isso.

Pergunta: Isso tem que entrar no coração, certo?

Resposta: Sim. Tudo acontece na vida, mesmo coisas que são muito difíceis e vergonhosas de lembrar ou mencionar. Mas deve haver um tabu: a família não deve ser desfeita. Mesmo uma família ruim, não importa o que seja, não deve ser quebrada!

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 24/06/21