Textos na Categoria 'Homem e Mulher'

Nós Precisamos De Uma Família No Mundo Moderno?

laitman_543.02Pergunta do Facebook: No passado, uma família era criada por razões econômicas. Hoje, uma pessoa não precisa de uma família para viver e desfrutar da vida. Além disso, ela a atrapalha e apenas cria problemas. Então, por que começar uma família?

Resposta: Na verdade, no passado um homem precisava de uma esposa para servi-lo, as crianças para ajudá-lo na velhice, uma casa para viver, amigos, parentes – em geral, o círculo mais próximo.

Uma pessoa precisava ser apoiada nos problemas, na doença e, finalmente, contar com assistência em um funeral. Hoje ela não precisa disso; há todos os tipos de serviços sociais que lidam com isso.

Alguém precisa de uma esposa? Não, não precisa. Ele pode ter uma nova esposa todos os dias. Filhos? Por que ele precisa de filhos? Eles crescem e a partir dos dez anos ele mal os vê, só quando pedem dinheiro. Eles não têm nenhuma consideração por seus pais, e ele não vai conseguir ajuda deles na velhice também.

Hoje, uma pessoa é separada de suas raízes naturais: família, esposa, filhos, pais e lar. Mesmo o local de trabalho não é mais vinculativo. No passado, as pessoas trabalhavam em um lugar por toda a vida. Onde está tudo isso hoje?

Pergunta: Acontece que a célula principal da sociedade, a família, não existe mais?

Resposta: Infelizmente, ninguém quer nada. As mulheres não querem se casar, não querem ter filhos, embora por natureza tenham o desejo por filhos, marido, família e lar.

Pergunta: Então precisamos de uma família a longo prazo ou não?

Resposta: Se precisamos ou não depende do objetivo. Se o objetivo justifica os meios, então os meios são necessários, e se não, não há necessidade dela.

Pergunta: Você quer dizer que agora a humanidade tem tais objetivos que não precisa de uma família?

Resposta: É claro. Mas se eu sei que para alcançar o objetivo eu preciso de uma família, eu vou criá-la e tratá-la com carinho.

A humanidade deve adquirir um objetivo, e então vai entender como viver e se é necessário viver. Hoje, muitas pessoas no mundo estão questionando se vale a pena viver.

A separação dos filhos de seus pais está ocorrendo inconscientemente também porque elas são incomodadas pela pergunta: “Por que meus pais me trouxeram ao mundo? Para que eu passe um tempo na vida e sofra? Eu sou inútil; ninguém precisa de mim, nem eu nem os outros. Esperar até morrer? Por isso, eles me deram à luz? Eles desfrutaram, e fizeram isso para seu próprio deleite, mas eu não tenho prazer da vida. Então me dê algumas drogas e eu vou de alguma forma existir”.

Pergunta: Qual deve ser o objetivo na vida para que uma família seja necessária?

Resposta: O objetivo para o qual uma família é necessária é alcançar o próximo nível de existência: completo, eterno, infinito, e dar realização absoluta. Não podemos imaginar isso e nem sequer queremos imaginá-lo. Estamos cansados de tudo! É por isso que é muito difícil explicar isso às pessoas.

Nós temos que escapar da vida para o nosso próprio bem, essa é a nossa limitação. Assim que sentirmos que há outro método de existência, será muito mais fácil para nós.

Neste caso, uma família é necessária porque é um dos sistemas de similaridade com o sistema superior da natureza. Para mover-se ao objetivo superior, é preciso se casar, ter uma família e filhos, especialmente os homens.

E o objetivo é alcançar o próximo nível de existência quando substituímos a existência egoísta por uma altruísta. Isso revela profundidades completamente diferentes da natureza, a existência em outras dimensões, quando o nosso universo não é o lar para nós, mas um universo totalmente diferente.

Pergunta: Como as relações na família são ajustadas dessa forma?

Resposta: Elas são ajustadas apenas de acordo com o que uma pessoa vê como o objetivo de sua existência superior. Guiada por isso, a família é mantida e os filhos são criados. Caso contrário, nada existirá.

Pergunta: O conceito de amor existe em uma família que tem um propósito?

Resposta: O amor é o relacionamento correto que lhe permite alcançar esse objetivo final. E nada mais.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 15/05/17

Sexo, Amor, Tubos De Ensaio E Natureza

laitman_546.03Nas Notícias (Quartz): “Não demora muito para que ideias aparentemente bizarras se tornem normalizadas. Hoje, a afirmação do professor da Universidade de Stanford, Hank Greely, de que os americanos vão parar de fazer sexo para procriar soa absurdo. Mas em um par de décadas, ele prevê, que será a realidade aceita.

“Greely, diretor do Centro de Direito e Biociências da Universidade de Direito de Stanford, acredita que estamos a 20 ou 30 anos de distância de um tempo em que a maioria da procriação dos americanos começará na seleção de uma série de embriões criados com o DNA dos pais em laboratório. Isso já acontece em uma base limitada para a prevenção de doenças e, ocasionalmente, seleção de sexo, mas ele argumenta que isso vai se tornar muito mais barato e amplamente disponível graças à tecnologia de células-tronco que permitirá que casais possam gerar ovos e esperma a partir de células-tronco de sua pele”.

Meu Comentário: Devemos saudar esta opção se uma pessoa sofre de uma doença incurável, de modo a não a passar para sua prole. Além disso, a condição do pai ou da mãe pode ser testada e as mudanças necessárias podem ser feitas. Podemos fazer isso. Já temos tais “coletas” que nos permitem criar uma geração boa e saudável. A humanidade sempre aspirava a isso.

Basicamente, se cada pessoa tivesse permissão para ter filhos saudáveis, belos, fortes e bem-sucedidos, desejaria isso. Portanto, é bem possível que estejamos avançando para isso.

Pergunta: Então, qual é o significado de conceber com amor?

Resposta: O que o amor tem a ver com isso?! Quando se trata de conceber, somos como animais; só confundimos as duas coisas! Existe amor entre os animais? Eles cheiram uns aos outros e só o cheiro é suficiente para dizer-lhes se podem reproduzir. Não é sexo, mas a cultura. Para os gatos, por exemplo, é na primavera, e durante o resto do ano eles simplesmente descansam tranquilamente no sol. É assim com os animais.

E nós confundimos prazer com reprodução. O sexo é um prazer, como uma boa comida. Por que ele deveria estar ligado a ter filhos? Hoje vemos o quanto um não tem nada a ver com o outro. Dificilmente queremos conceber uma criança! Por que deveríamos fazer sexo por 50 anos?

Comentário: A humanidade vê as coisas de uma maneira totalmente diferente…

Resposta: Não, ela não vê as coisas de forma diferente. A humanidade simplesmente não entende onde já se encontra. O amor não vai junto com o sexo, e a reprodução não tem nada a ver com amor ou mesmo com sexo.

Pergunta: O que é uma família corrigida em sua opinião?

Resposta: É muito difícil para mim descrever uma família corrigida, uma vez que em tal família há, em primeiro lugar, boas relações entre seus membros acima de todos os problemas.

Nós temos que mudar nossa atitude para com as pessoas e isso vai mudar toda a nossa vida. Então vamos ver como manter uma boa vida familiar. Mas sem mudar a nossa atitude, claro, certamente será horrível.

Pergunta: Com tais relacionamentos gentis e ideais na família corrigida, qual será a atitude de ter filhos? Digamos que somos um casal que vive pela regra do amor ao próximo…

Resposta: Eu acho que se realmente nos relacionarmos com o outro dessa forma, a própria natureza vai começar a regular a humanidade e as nossas relações mútuas. Nós não vamos conectar bestialidade com ser humano, e vamos ver a vida de uma maneira totalmente diferente.

Não podemos entender isso hoje. Hoje estamos travados na vida bestial e na família bestial, na necessidade de estar juntos para existir, sobreviver, criar filhos. Na família corrigida, por outro lado, haverá uma atmosfera totalmente diferente.

Por isso, é difícil para mim dizer, mas haverá relações completamente diferentes entre sexo, família, amor e reprodução de acordo com a lei da natureza. De acordo com a regra do “Ama teu amigo como a ti mesmo”, veremos exatamente o que é melhor para nós.

Pergunta: Haverá a necessidade de pílulas ou quaisquer outros contraceptivos?

Resposta: Não. Tudo será regulado apenas pela natureza. Só temos que regular as boas relações entre nós.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 06/07/17

Sem Comentários…

laitman_272Pergunta do Facebook: Você publicou recentemente um artigo sobre o fato de que as mulheres não querem ter filhos e que seu instinto maternal está desaparecendo. Não entendi por que esse chamado é para as mulheres e sobre as mulheres. As mulheres ficam grávidas sozinhas e decidem ter um filho sozinhas?

Você verificou com os homens se eles querem filhos? Se eles querem criar filhos e investir energia, dinheiro, cuidados e a atenção que merecem? Se você não verificou, parece que existe um estado separado em que há apenas mulheres que se tornaram egoístas.

Resposta: Nem os homens nem as mulheres são responsáveis ​​por essa situação, mas toda a sociedade, que não entende o propósito da vida.

A sociedade tornou-se tão egoísta que, em breve, os robôs irão substituir todo mundo. Todos terão seu próprio apartamento totalmente equipado e automático, e sem deixá-lo, a pessoa sentirá como se estivesse no Monte Elbrus na Suíça ou em qualquer outro lugar, aproveitando o cheiro fresco de uma floresta, o oceano ou qualquer coisa que desejar.

Enquanto está deitada na cama, a pessoa poderá sentir a areia quente como se estivesse deitada na praia, ou cheirar a fogueira em torno da qual está sentada com amigos. Todos esses sentimentos serão transmitidos a ela por robôs, por grandes telas penduradas nas quatro paredes de sua casa.

Ao mesmo tempo, ela não deve nada a ninguém. A pessoa não precisará de mulheres, homens ou crianças, de ninguém …. Além disso, se um par de eletrodos estiver preso a sua cabeça, ela se sentirá feliz, mesmo que tudo o que foi dito acima não tenha acontecido. Então, para que ela deve viver? É melhor simplesmente não existir.

Em breve, veremos anúncios na Internet dizendo: “Se você não quer esse destino, se não quer existir, inscreva-se”. É para onde estamos sendo levados, e tudo isso começa com a falta de desejo ter uma família, filhos e de continuar a raça humana.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 22/06/17

Comprometimento É O Melhor Remédio Para O Divórcio

Pergunta: No nosso tempo, quando os divórcios tornaram-se tão frequentes, qual é a receita para um casamento feliz?

Resposta: Meu professor Rabash costumava dizer que comprometimento é a chave para uma vida familiar feliz. Todo mundo deveria dar lugar para o outro: em tudo! E então tornar-se-á possível viver junto, e sem isso, não. Concessões e paciência fazem uma enorme diferença.

Pergunta: O que exatamente significa uma necessidade de conceder?

Resposta: Temos que pisar em nosso próprio egoísmo e anular-nos diante de nosso parceiro: a desconsiderar o nosso orgulho e conceder. Esta é a única maneira de podermos coexistir na família.

Afinal, todo mundo tem um enorme egoísmo e não pode tolerar um ao outro, e, como resultado, a família se desfaz depois de um ano ou dois. Vemos que os jovens trocam de parceiros não a cada mês, mas quase todas as semanas e todos os dias. [Leia mais →]

Como Alcançar O Amor?

laitman_572_02Pergunta: Como podemos alcançar o amor na prática?

Resposta: Se você se esforçar e ver que não pode fazer nada, você se lembra do Criador que Ele deve ajudar. Quando você se volta a Ele, vê como Ele organiza tudo. Desta forma, o amor pelo Criador chegará até você.

Você começará a ver que Ele preparou todos os obstáculos para você, todos os problemas e dificuldades, com tanto amor, devoção e cuidado. Você começará a sentir amor pelo Criador porque “o amor cobrirá todos os pecados”. Afinal, você verá que Ele nunca fez nenhum mal.

Quando o amor é revelado e abrange todo o mal, você vê que o mal nunca existiu. Parecia-lhe que esse problema existia, e agora você vê que não. Tinha que ser assim para que você pudesse revelar o amor.

Isso também acontece em nosso mundo. Às vezes você discute com alguém – digamos, com sua esposa. Você está ardendo de raiva! Então você se recompõe, e parece-lhe que tudo o que aconteceu foi apenas uma loucura e não havia nada de importante nisso. Então você se pergunta como pode querer partir e se separar por uma coisa tão pequena.

Isso é a vida. Mas o que você alcançou? Você alcançou que tudo o que aconteceu foi como se fosse irreal e agora está desfrutando a intimidade ainda mais. Isso não lhe ensina muito para o futuro, então, às vezes, você irá argumentar novamente.

Isto é, se tratarmos o que está acontecendo conosco em nossas vidas, em nossa família e em qualquer outro lugar, de tal forma que isso vem até nós a partir do Criador para que aprendamos a cobrir tudo com amor, veremos uma vida completamente diferente.

Da Convenção No Brasil “Dia Dois”, 30/04/17Lição 9

Comece A Se Preparar Para A Vida Familiar Desde A Infância

Laitman_049_03Pergunta: A partir de que idade devemos começar a preparar os adolescentes para a vida familiar e em que consiste exatamente essa educação?

Resposta: Nós pensamos que o matrimônio é algo excepcional. Mas, na realidade, é apenas uma forma de conexão entre as pessoas. Nós devemos começar a educar os filhos sobre a arte de se conectar com outras pessoas a partir dos dois a três anos de idade.

Uma criança muito jovem não sabe como brincar com mais ninguém. Mas em torno de dois a três anos de idade, ela começa a brincar com outras crianças, e então é necessário ensiná-la a estar em contato correto com os outros. A metodologia para isso inclui mesas redondas, exercícios de conexão, doação mútua e jogos. A criança precisa entender como usar isso corretamente.

A conexão é quando eu posso me unir com outro através de todos os meus desejos, de toda a minha aspiração; eu posso me unir com uma outra pessoa, com duas, dez ou uma sociedade maior. E à medida que as crianças amadurecem, esse entendimento deve ser expandido. É preciso explicar que as conexões existem entre os sexos e que os novos desejos crescentes em nós também precisam ser usados ​​para uma conexão apropriada com os outros.

Quando de repente os interesses sexuais aparecem – que dividem todas as pessoas em homens e mulheres, naqueles que estão próximos e naqueles que estão distantes, naqueles que ela ama e naqueles que não ama – ela deve saber como usar esses interesses para o tipo certo de conexão com a sociedade. A ciência da Cabalá ensina como alcançar esse tipo de conexão correta e aprecia a importância de várias formas de rejeição e atração.

Isso precisa ser estudado, e eu tornaria essa educação obrigatória a todos, porque é óbvio que, sem isso, perdemos muito na vida.

De KabTV “Tempo De Cabalá”, 20/06/17

Mulher-Maravilha, Parte 4

laitman_629_3Pergunta: Geralmente, os filmes feitos por mulheres diretoras não são tão populares quanto os dirigidos por homens. No entanto, o filme Mulher-Maravilha, com uma diretora e uma mulher como personagem principal, recebeu grande aclamação.

Isso reflete um espírito particular do nosso tempo, que se espera que uma mulher seja o herói e salvador?

Resposta: Houve muitas mulheres ao longo da história que desempenharam papéis principais. O primeiro exemplo: Adão e Eva, por causa de quem toda a história da humanidade começou a se desenrolar. Depois, a esposa de Abraão, Sara, e as profetisas descritas na Torá: Raquel, Léia, Yael, Miriam, Debora, Hulda e até mesmo a filha do Faraó, Batia. Nós vemos que as mulheres na Torá atuam de maneira não menos enfática que os homens.

Pergunta: Quais são as qualidades de uma “supermulher”?

Resposta: Uma supermulher é aquela que dirige seus filhos e seu marido para a correção do mundo, para a boa conexão. É por isso que disseram a Abraão: “Ouça o que Sara lhe diz”.

Essa mulher tem o poder de doação e amor por um amigo. Ela entende que essa é a única maneira do mundo poder existir. Ela tem uma capacidade ainda maior de se superar do que o homem, porque tem o poder de dar à luz.

Um homem frequentemente continua sendo uma criança que só quer brincar. Uma mulher tem por natureza uma tomada muito mais séria sobre a vida porque está conectada com os princípios da natureza, com o sistema que produz a vida. É por isso que as mulheres que vêm estudar Cabalá apresentam uma atitude muito séria e um desejo de correção.

Uma supermulher é aquela que possui a força interna para superar a natureza interna de uma pessoa (dirigida a usar os outros para se beneficiar), e começa a tratá-los como se fossem seus filhos, como membros de sua família. Ela está pronta para dar e ajudar em tudo, como na família, em vez de receber egoisticamente.

O heroísmo está em sair das fronteiras de sua família, pela qual ela sente um amor natural, e se relacionar com o mundo inteiro como se todos fossem seus filhos.

Pergunta: Digamos que uma mulher começa a se relacionar desse jeito com o mundo. Como ela pode influenciar os outros e avançar para a correção?

Resposta: Uma mulher tem uma grande influência no mundo. Assim que ela começa a se comportar como uma heroína, suas habilidades se tornam infinitas. Ela pode fazer com que todos à sua volta recorram ao amor e doação.

De KabTV “Nova Vida” 08/06/17

“Não Tomarás Em Penhor A Roupa Da Viúva”

Dr. Michael LaitmanTorá, Deuteronômio, 24:17-24:18: Não perverterás o direito do estrangeiro e do órfão; nem tomarás em penhor a roupa da viúva. Mas lembrar-te-ás de que foste servo no Egito…

A roupa da viúva permanece com ela de seu marido anterior. Ela está apegada a isso, embora já tenha saído dessa alma, do Partzuf, a que ela pertencia como a parte feminina em relação à parte masculina. Isso significa que a roupa que foi deixada para ela é parte da tela (Masach) que fora seu marido.

Afinal, a alma consiste em parte masculina e feminina. A parte feminina é o desejo e a parte masculina é a intenção de doar. Se essa intenção de doar desaparece ou morre, apenas a parte feminina permanece que é chamada de viúva.

No entanto, visto que ela costumava pertencer à parte masculina, há uma determinada tela residual nela e, portanto, ninguém tem o direito de tomá-la. Só se um próximo marido vier, ele vai mudar a roupa dela. Esse é todo o sistema de interações entre a velha e nova intenção sobre o velho e novo desejo. Tudo isso é o ciclo das almas.

Comentário: Você disse uma vez que se uma mulher tivesse vários homens, os genes dos homens anteriores seriam incorporados em seu filho.

Minha Resposta: Na verdade, se uma mulher tivesse vários homens, os genes de todos os homens anteriores são manifestados em seu filho. Portanto, é tão importante que ela seja virgem.

Isso era valorizado em todos os momentos, mas hoje o seu valor já diminuiu, não por causa da libertinagem e do grande egoísmo, mas porque o mundo inteiro chega desta forma à sua convergência e arredondamento.

Não é que o egoísmo interno nos force a sermos tão frouxos, mas por causa do propósito da criação. Uma das razões para isso é que temos que nos tornar plenamente incluídos entre nós e nos unir.

De Kab Tv “Segredos do Livro Eterno” 31/10/16

Cabalá E As Relações Familiares

Laitman_725.jpgPergunta: Dizem que os Cabalistas podem trazer a presença divina entre o marido e a esposa. Como a sabedoria da Cabalá pode ajudar na construção de relações familiares hoje e na resolução de conflitos?

Resposta: A Cabalá dá conselhos sobre como tratar adequadamente um ao outro, o que se refere a toda a humanidade, incluindo um marido e uma esposa. Se um casal interagir adequadamente entre si, poderão revelar o Criador entre eles.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Quem Deve Liderar O País?

Dr. Michael LaitmanPergunta: Seria bom que uma mulher estivesse em um papel de liderança, digamos como líder da nação?

Resposta: Qualquer posição de liderança requer a interface correta entre as partes femininas e masculinas, e só juntas elas podem liderar. Um homem vê metade e uma mulher vê metade. Portanto, a liderança deve ser realizada em pares.

Pergunta: Então, devem ser dois a servir como primeiro-ministro, um homem e uma mulher?

Resposta: Um primeiro-ministro é um fantoche que tem muitos assessores. Eles relatam algo para ele e ele supostamente toma uma decisão baseada nisso. Mas, basicamente, ele não decide nada.

Para ver o mundo corretamente, é necessário olhá-lo através de dois elementos ajustados: a parte masculina e a parte feminina, porque uma mulher olha para o mundo de uma maneira completamente diferente e vê o que um homem não vê.

Depois de tomar uma decisão conjunta, um homem pode dizer: “eu decidi”, como geralmente acontece em uma família.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/12/16