Textos na Categoria 'Eventos'

Anule O Amor Próprio

laitman_938.02Rabash, Artigo No 6, 1984, “Amor de Amigos (2)”: Todos devem pensar que vieram ao grupo para anular seu amor próprio, ou seja, não devem pensar em como podem realizar seu desejo, mas tanto quanto possível, pensar apenas no amor por seus amigos – porque somente através dele poderão adquirir o desejo e a necessidade da nova propriedade: o desejo de dar.

E pelo amor de amigos, a pessoa pode chegar ao amor do Criador, ao desejo de dar satisfação ao Criador.

Não devemos esquecer que é exatamente nisso que devemos pensar o tempo todo e direcionar todas as nossas aspirações. Não importa quanto isso seja contrário à nossa natureza, ainda temos que nos posicionar dessa maneira.

Meu objetivo é elevar-me acima do meu amor próprio pelo amor de amigos, porque através dessa atitude em relação a eles, começo a perceber o Criador, o mundo superior, a propriedade da doação, elevo-me acima da minha natureza. É a condição exata, essa alavanca, que pode me levantar.

A princípio, esses são, em geral, desejos egoístas: quero subir, quero encontrar, quero. Se eu precisar amar outro por isso, estou pronto. Boa. Não há nada a ser feito, se necessário.

Então, quando trabalhamos com isso, de repente começo a sentir que não preciso de mais nada. Eu nem preciso de mim. Se existe tal propriedade de doação, se existe um estado chamado Criador, isso é tudo, é o suficiente para mim, eu nem preciso existir.

Uma pessoa sente tanto a influência do mundo superior que nem pede para si; pelo contrário, está pronta para se anular completamente, para não existir. É assim que a próxima etapa do nosso desenvolvimento começa.

Na medida em que a equivalência com o Criador – de dar-Lhe prazer, assim como o Criador quer nos dar prazer -, obtemos a qualidade do Criador, nos fundimos com Ele e subimos ao seu nível.

Existem duas etapas aqui. Podemos adquirir uma nova propriedade, um desejo de doar, apenas trabalhando com amigos. E somente então ganhamos o desejo de dar prazer ao Criador, e assim chegamos à equivalência com Ele.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um” 06/09/19, “Dissolver-se os Amigos”, Lição 1

Conexão Baseada Em Concessões

laitman_939.01Pergunta: O que é uma conexão baseada em concessões?

Resposta: É quando estou pronto para dar lugar a meus amigos em tudo, a fim de me unir a eles, porque sem isso não teria oportunidade de influenciar meu destino, de influenciar o Criador, que é o mestre do meu destino.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um”, 06/09/19, “Dissolvendo-se nos Amigos”, Lição 1

Oração: Conversa Com O Criador

laitman_235Pergunta: Como usamos a diferença entre exaltar o Criador e a gratidão a Ele na oração?

Resposta: Existem muitos tipos de expressões na oração. É um pedido, louvar, gratidão pelo passado e até, de certo modo, minhas promessas para o futuro.

A oração é uma conversa com o Criador. Você não deve dirigir-se a Ele com nenhum clichê. Somente de você mesmo. Pode ser na forma de um diálogo interno quando cada um de vocês fala com o Criador. Pode ser na forma de um argumento em uma direção. Da forma que você quiser.

Um exemplo de oração são os Salmos do rei Davi. Ele foi um grande Cabalista que viveu no século IX a.C. Ele escreveu uma coleção de orações Salmos, que são populares em todo o mundo em todas as religiões. Leia, você se encontrará lá também, porque eles incluem absolutamente todas as condições – de zero a 100%, até a correção completa de todas as almas.

Da Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 05/05/19, Lição 0

Escapar Do Sofrimento Ou Exaltar A Espiritualidade?

laitman_276.02Pergunta: É correto que algumas vezes uma pessoa sofra tanto que queira se dissolver?

Resposta: Isso está errado. Isso significa que ela foge do sofrimento. Dissolver significa elevar a espiritualidade acima do estado atual da pessoa, a pessoa quer se dissolver na espiritualidade, isto é, existir nela.

Pergunta: Então, ao exaltar a espiritualidade em nosso trabalho, geralmente podemos evitar o sofrimento e os problemas corporais?

Resposta: Não. Você tentaria evitá-los para não sentir nenhum sofrimento corporal. Por esse motivo, você tentaria se dissolver em algum lugar.

Você quer entrar em estados espirituais porque se sente mal em seus estados terrenos egoístas. Isto é, você prefere o Criador, porque é bom com Ele. Você mudaria seu pequeno egoísmo por um maior. Obviamente, nesse caso, você irá falhar.

Você deve desenvolver a grandeza da qualidade da doação, a grandeza da capacidade de estar acima de si mesmo, com uma mente diferente e com qualidades diferentes, para que esses estados sejam importantes, majestosos e especiais para você. Não é porque é assim que você escapará dos problemas terrestres, mas porque com isso deseja dar alegria ao Criador, você prefere o mundo Dele ao seu mundinho.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um” 06/09/19, “Estar Preparado para Ser Influenciado pela Sociedade”, Lição 2

Quando Você Quer Fazer Uma Piada

Laitman_131Pergunta: Eu levo a ciência da Cabalá muito a sério e acho que não estou aqui por acaso. Mas, no processo de aprendizado, adquirindo conhecimento de mim mesmo, especialmente em grupo e entre pessoas, é muito tentador fazer uma piada engraçada e rir. É certo fazer isso?

Resposta: Por que não? Os Cabalistas gostam muito de risadas, piadas e anedotas. Eu diria que o Rabash teve muito sucesso nesse assunto.

Pergunta: A questão é: estou sendo frívolo?

Resposta: Não, não estamos falando de frivolidade, embora a leviandade às vezes enfatize algumas propriedades ou circunstâncias muito melhores do que um argumento sério. Humor não é leveza. É a apresentação de algumas circunstâncias profundas de forma leve. Portanto, a Cabalá não evita o uso do humor.

Da Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 05/09/19, Lição 0

Como Responder A Situações Agudas?

laitman_600.04Pergunta: Cada um de nós tem diferentes situações na vida corporal. Como elas podem ser examinadas corretamente, de maneira espiritual?

Resposta: Tudo o que acontece conosco desce do alto; nada é acidental.

Pergunta: Como as pessoas que estudam esse método se relacionam com situações semelhantes que ocorrem fora do grupo?

Resposta: Não realizo adivinhações. Existe a autoridade do Criador sobre todos os eventos que ocorrem e eu preciso responder a essa razão acima.

Se realmente me elevo acima disso, recebo uma resposta. Se não, como tudo em nosso mundo, existirei em várias conjecturas tolas.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um” 6/9/19 , “Estar Preparado para Ser Influenciado pela Sociedade”, Lição 2

Trazer Luz Ao Mundo

laitman_938.04Rabash, “Qual É O Grau Que A Pessoa Deve Alcançar Para Não Ter Que Reencarnar?”: O fato é que precisamos saber que todas as almas se estendem da alma de Adam HaRishon. Ele é chamado Adam HaRishon, que significa o primeiro homem. Um homem é chamado de coleção de todas as qualidades egoístas em uma única altruísta. Depois que Adão pecou, ​​isto é, caiu da qualidade de doação e amor para a qualidade de recepção, sua alma, sua estrutura, seu desejo foi dividido.

Não há corpos, existem apenas desejos. Portanto, seu desejo, que era uma grande luz comum, se fragmentou em um grande número de pequenos desejos, cada um dos quais contendo uma microdose de luz. Temos que conectar essas microdoses, direcionando nossos desejos para um grande desejo comum.

Este é o nosso trabalho de correção. Nisso, não é apenas coletar as partículas nas quais a luz se quebrou, mas também conectá-las a uma grande força. Portanto, nosso trabalho é dividido em um grande número de partes do Kli (vaso) quebrado de Adão e na sequência em que reunimos esse único desejo comum chamado “Adão“.

Esse trabalho leva muito tempo porque não podemos fazer isso em um único esforço. Portanto, devemos entender que cada um de nós exige um ambiente para avançar.

Em princípio, em todos os casos na vida, eu só consigo resolver a maioria dos meus problemas com a ajuda do ambiente. Eu já estou começando a entender a condição de que a destruição do Kli me impele a estar constantemente com minha própria espécie, que anseia por conexão. Então podemos influenciar um ao outro, agir e ajudar um ao outro tanto física quanto internamente.

Nossos desejos, as luzes que nos preenchem, embora ainda sejam minúsculos, suas microdoses se influenciam mutuamente e, assim, podemos nos apoiar e ajudar. Nosso avanço está nisso.

É por isso que a conexão é de extrema importância. Tentando o tempo todo ver nos outros um exemplo do que mais posso fazer, do que mais posso aprender de todos, de qualquer pessoa, de qualquer maneira – de seus anseios e ações de conexão. Isso é considerado como uma pessoa ajudando outra.

Quando nos reunimos, podemos aprender virtual e fisicamente, mas nada pode substituir uma reunião tão grande quanto uma convenção, porque somente nessas reuniões massivas as pessoas podem se influenciar.

Elas devem se ajudar, demonstrar o quanto anseiam por conexão. Não há necessidade de demonstrar familiaridade, abraços, tapas e tapinhas. Devemos tentar transmitir um ao outro o anseio de nossos corações. Isso é fundamental. Juntos, devemos tentar convencer o Criador de que já somos dignos de Ele nos unir.

Um pedido tão persistente de cada coração para outros corações e através de sua conexão com o Criador é mais importante. Começaremos então a sentir que realmente estamos na grande luz superior.

Isso só pode ser alcançado em grandes convenções. É claro que você pode chegar a isso em grupo e em pequenas reuniões, mas quando uma massa de pessoas chega, já familiarizadas umas com as outras, é realmente uma grande força. Não há nada igual no mundo. Além disso, o mundo está esperando, inconscientemente, mas está esperando que tragamos luz, aproximemos a força superior.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um” 06/09/19 , “Dissolvendo-se nos Amigos”, Lição 1

Dois Estágios Para A Meta

laitman_942Em princípio, todas as nossas ações e todo o nosso caminho consistem em dois estágios. O primeiro é amar o seu amigo como a si mesmo. Quando isso é alcançado, prosseguimos para o segundo estágio: ame o Criador como você ama seu amigo, seu grupo.

Um estágio se transforma no outro. Não pode ser de outro modo: ame seu amigo como a si mesmo, ame o Criador como você ama seu amigo. Não há outras alternativas. É disso que consiste o desenvolvimento espiritual; é completamente diferente, oposto à nossa natureza.

Quando uma pessoa encontra tal condição, deve sacudir-se bem mais de uma vez, a fim de confrontar o fato de que a conexão com os outros deve ocorrer fora e acima de si mesma. Para fazer isso, uma luz superior deve surgir e criar essas condições.

Eu posso exigir isso sendo inspirado por meus amigos. Brincando entre nós, podemos criar entre nós um desejo: ciúme, inveja, qualquer coisa. O principal é entender que eu devo conseguir isso; caso contrário, continuarei sendo um animal em nosso mundo, terminarei minha vida como todos os animais e nada mais permanecerá.

Somente inveja, ciúme e desejo de honra levam uma pessoa do seu estado animal para o próximo estado, o mais elevado.

Devemos entender que somente nossa decisão séria de dominar o estado espiritual a qualquer custo, ao custo de romper com nossa vida egoísta, com nossa atitude egoísta para com o mundo, nos dará a oportunidade de nos elevar, e amar o próximo como a nós mesmos e amar o Criador como o nosso próximo são dois estágios pelos quais devemos alcançar nossa meta.

Da Convenção na Moldóvia, “Dia Um” 06/09/19, “Dissolver-se nos Amigos”, Lição 1

Pelo Amor Dos Amigos

laitman_947Pergunta: Quando há um desejo de satisfazer um amigo, nos esquecemos de nós mesmos. Em teoria, esse desejo só por si seria suficiente para me anular de alguma forma?

Resposta: Sim, talvez, por enquanto. Provavelmente isso mudará mais tarde. O que significa satisfazer um amigo? Significa que você está preparado para sacrificar tudo, se somete ele receber o que quer.

Pergunta: O meu desejo de satisfazer o amigo é egoísta?

Resposta: Não importa que seja egoísta. No momento, não verifico se é egoísta ou não. Ainda não estou em posição de ponderar egoísmo e altruísmo. Estou preparado para satisfazer o amigo com o que ele quiser. Isso se chama amor por ele.

Então, há graus em que subirei e descobrirei que isso é amor egoísta e, de fato, nem mesmo pelo amigo, mas por mim mesmo, que satisfaço meus desejos dessa maneira.

Aprendemos que o amor pelo amigo só é possível acima do próprio ódio. É preciso sentir o  próprio ódio e, na mesma medida, sentir o amor pelos outros. Será então o amor pelo amigo e não pelo meu novo desejo, porque isso é autoengano.

Da Convenção na Moldóvia “Dia Um” 06/09/19, “Dissolver-se nos Amigos”, Lição 1

Colete As Partes Da Alma Comum

laitman_947Baal HaSulam, Carta 4: Você não tem nada a não ser sair para um campo que o Senhor abençoou e coletar todos os órgãos flácidos que caíram de sua alma e junta-los em um único corpo.

“Um campo que o Senhor abençoou” é o estado entre nós. É um campo selvagem que a pessoa cultiva, semeia e colhe gradualmente.

O mais difícil é nos convencer de que devemos coletar todos os órgãos flácidos da alma comum e conectá-los em um único corpo. Estamos preparados para estudar Cabalá, todo tipo de sabedoria, fazer perguntas complicadas e, supostamente, desenvolver nosso cérebro. Estamos até preparados para sentir não apenas os outros, mas também nossas experiências pessoais, e tudo isso não é absolutamente o que precisamos.

Precisamos pensar apenas em como nos conectar com o Criador com nossos desejos internos. Cada um de nós tem esse desejo, o Criador o deu antecipadamente, e este é um grande presente. No entanto, conectar todas as aspirações é o que precisamos fazer.

Como podemos nos convencer de que precisamos nos conectar com os amigos apenas com nossos desejos direcionados ao Criador, aos meus, aos seus, aos dele e a todos os outros? Tudo o resto, não levamos em conta, todo o resto é uma besta.

Como podemos conectar todos esses desejos, aspirações e intenções em um desejo comum? Desapontamentos, que eles sejam nossos desapontamentos, aspirações, nossas aspirações comuns e tudo isso nós precisamos direcionar ao Criador. Isto é, estamos trabalhando com Ele: é isso que podemos e isso não, pedimos, nos decepcionamos, choramos e tudo mais em relação a isso.

Isso é chamado “coletar todos os órgãos flácidos que caíram de sua alma e juntá-los em um único corpo”. Essas tentativas já atraem a influência da luz superior sobre eles e a conexão acontece.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um”, 06/09/19 , “Dissolvendo-se nos Amigos”, Lição 1