Textos na Categoria 'Espiritualidade Feminina'

Criação E Sua Parte Feminina

614O Livro do Zohar,Chayei Sarah” [A Vida De Sara], Capítulo 80: Por que existem todos os tipos de bruxaria e magia nas mulheres? Porque quando a serpente dominou Eva, lançou sujeira nela. Ela lançou apenas nela e não em seu marido, e os feitiços estendem-se da sujeira da serpente. É por isso que a bruxaria está nas mulheres.

Na Cabalá, as mulheres são uma parte muito importante da criação, ainda mais importante do que a parte masculina, pois tudo vem dela. E a parte masculina é apenas um elo entre a parte feminina e o Criador.

Toda a criação é a parte feminina. Portanto, o nascimento, os estágios de ascensão e todas as ações da criação são realizados em uma mulher. E os homens são necessários no mundo apenas para sustentá-la, mas a própria vida está nas mulheres.

E isso é verdade. Se os homens entendessem isso e concordassem, o mundo seria muito melhor, mais reto. Infelizmente, ainda não estamos corrigidos.

Do ponto de vista espiritual, a parte feminina na criação é chamada de desejo e a parte masculina é chamada de intenção. O Criador criou o desejo e, então, a intenção correta foi criada para ele: para o bem do Criador. Mas quando essa intenção foi corrompida pelo chamado “pecado”, ela se transformou em seu oposto. Ou seja, a intenção de dar foi substituída por receber para o benefício de si mesmo, sem qualquer amor ou compaixão pelos outros.

Por que dizemos que a mulher está corrompida, que ela tem todo o mal dentro dela, que ela tem o veneno da serpente e o homem não? Porque o mal se manifesta na parte feminina. Ao mesmo tempo, não me refiro absolutamente às mulheres. Quando digo “mulher”, associo apenas a qualidades espirituais. Portanto, você não precisa perceber minhas palavras no nível do nosso mundo.

Portanto, Eva não foi corrompida antes da mudança da propriedade egoísta de “receber” a Adão. O próprio Adão foi corrompido e, por causa disso, o mundo inteiro, incluindo Eva, foi corrompido. Ela era o elo de transferência da serpente para Adão. Quando Adão pecou, ​​os dois desceram ao nível mais baixo, ao estado de pecado permanente, e desse estado egoísta devem sair.

A saída é realizada principalmente por meio dos esforços de Adão, a parte masculina da criação, porque ela está empenhada em corrigir a intenção e deve transformá-la de receber em dar. E a parte feminina é mais passiva. Ela aceita essa intenção e trabalha com ela. E vemos isso na prática nos personagens masculinos e femininos, em sua abordagem do mundo.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # nº 4

Blitz De Dicas De Cabalá – 20/03/19

281.02Pergunta: Por que o absoluto precisa de nossa correção? Se o absoluto é completo e imutável, por que Ele precisa de nós ou de nossa correção?

Resposta: A humanidade pode não entender isso, mas o absoluto, isto é, o supremo, a força do puro bem, não se preocupa com o que pensamos dele. O objetivo de criar todos os tipos de criações é elevá-los gradualmente ao nível deste absoluto, de modo que também se tornem absolutos.

Pergunta: Costumamos falar sobre o próximo. Quem exatamente é nosso próximo?

Resposta: Na Cabalá, o próximo é determinado pela meta, pelo espírito, por seu avanço. Pode ser alguém que mora na África, mas é mais próximo de mim do que meus familiares.

Pergunta: A Cabalá é proibida para as mulheres estudarem?

Resposta: Em nossa época, chegamos a um estado em que todos são controlados por um egoísmo comum; portanto, hoje tanto homens quanto mulheres, independentemente da idade, podem estudar Cabalá e alcançar a revelação do Criador.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

A Tarefa De Uma Mulher Na Cabalá

563Pergunta: Qual é a principal tarefa de uma mulher na Cabalá hoje?

Resposta: A mesma que a dos homens: elevar-se acima de seu egoísmo, unir-se aos outros e alcançar o Criador.

Pergunta: Uma mulher deve se unir a outras mulheres que estudam Cabalá com ela?

Resposta: Sim, vale a pena. Se houver um grupo sério liderado por um professor sério, então vale a pena. É muito difícil sozinha. Ou você pode estudar pela Internet.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 31/12/18

Viva Na Compreensão Do Significado Da Existência

628.2Comentário: Se uma pessoa está presente no sistema geral, então, consequentemente, deve haver relações entre as partes do sistema que são construídas de uma certa maneira de acordo com um algoritmo correto.

Minha Resposta: O único algoritmo correto em relação às relações seria que cada parte do sistema existisse apenas para suportar todas as outras partes e para si mesma, ela receberia apenas o necessário para funcionar corretamente dessa forma.

Pergunta: Como as partes masculina e feminina do sistema, literalmente marido e mulher, se relacionam com isso?

Resposta: Marido e a mulher devem se concentrar em apoiar um ao outro, bem como no que é produzido de seu relacionamento.

Pergunta: Como uma mulher pode apoiar seu marido da maneira mais eficaz possível? De que forma esse apoio deve ser realizado em relação ao seu desenvolvimento, em termos de sua existência no mundo corporal, e talvez em termos de uma meta espiritual?

Resposta: Não acho que haja muita diferença entre homens e mulheres ou maridos e esposas. Ambos devem viver de acordo com a compreensão do significado de sua existência. A que fim eles deveriam chegar? Qual é a coisa mais importante em suas vidas?

Eles precisam continuar trabalhando nisso. Existem muitas opções aqui, mas todas elas devem ter como objetivo atingir um objetivo comum.

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 07/12/20

O Futuro Do Mundo Depende Das Mulheres

961.2Nós nascemos neste mundo, o pior de todos os mundos. Nada é pior do que ele. Portanto, você pode se acalmar – não será pior em nenhum outro lugar do que aqui. Todos os outros estados são muito melhores do que esse. Portanto, vale a pena pensar em como sair da sensação deste mundo. Para fazer isso, você não precisa morrer, você só precisa mudar a sensação, às vezes um estado de desespero de repente dá lugar à felicidade e alegria.

Vamos tentar chegar a um estado melhor. O Criador quer que nos regozijemos para que, através da conexão, alcancemos o mundo do bem absoluto, o mundo superior cheio de luz, onde não há nem mesmo uma lembrança do mal. Devemos tentar estabelecer esse espírito no grupo.

Caso contrário, o Criador não se aproximará de nós. Ele vem apenas onde tentam estabelecer alegria e felicidade no grupo e uma boa atitude mútua.

O mundo está entrando em tempos difíceis. Está gradualmente descendo mais e mais, em problemas e conflitos maiores entre todos. Apesar disso, devemos tentar estabelecer uma conexão entre nós ao redor do globo. Isso nos protegerá, nos dará confiança e alegria e aumentará nossa imunidade contra o coronavírus e todas as outras doenças.

Nenhum vírus será capaz de nos abordar porque tudo depende do nosso relacionamento. Se houver uma Klipa entre nós, um desejo egoísta, os vírus chegarão lá. E se houver um lugar de santidade entre nós, uma boa atitude mútua, nenhum vírus nocivo poderá chegar lá. Isso é contra a lei da natureza.

Se houver boas relações entre as mulheres do grupo, isso afetará o mundo todo, porque a mulher é o alicerce do mundo. Em prol de um bom futuro, em prol da sua família, em prol dos seus filhos, procurem tratar bem umas às outras. Seja a maneira como vocês ensinam seus filhos ao persuadi-los a não brigar, a não lutar, mas a brincar juntos. Isso afetará a todas, e os homens também dependem de você.

Queremos que cada coração sinta as outras pessoas como elas se sentem. Que todos entrem em meu coração, ele pode conter o mundo inteiro. Então, vou sentir que vivo no mundo do infinito.

O mundo está enfrentando um período difícil. O Criador quer nos empurrar em direção à meta e nos empurra cada vez mais. Parece-nos que tudo acontece ao nosso redor; mas, na verdade, está tudo dentro de nós. Vamos tentar manter a conexão entre nós o mais forte possível e isso certamente nos ajudará a avançar de forma rápida e fácil para a meta. Todo o mal e todo o bem que nos serão revelados, podemos usar para o desenvolvimento adequado.

Da Lição para Mulheres 24/10/20

Coração Materno

623O coração materno está localizado no ponto central de todo o universo, tanto corporal quanto espiritual. Afinal, é a partir deste ponto que ocorre o nascimento espiritual e corpóreo. Não há nada mais forte do que o coração materno; é o ponto mais sensível e mais importante de toda a realidade. O Criador criou o desejo, que é a base do coração materno.

Portanto, se as mulheres começarem a pensar pelo menos um pouco na unidade, elas já tocarão esse ponto central de todo o universo de onde começou o nascimento de toda a humanidade, a alma comum. O mundo só será corrigido por meio de uma mulher.

A mulher tem um poder tremendo que dá à luz, desenvolve e organiza. E vice-versa, se a mulher não participa dessa correção, ela se torna um motivo de discórdia, um lugar de estranhamento e maldade. Portanto, eu realmente espero que as mulheres se unam e tragam paz, tranquilidade e unidade para a humanidade.

Da Lição para as Mulheres, 29/08/20

A Natureza Está Grávida De Uma Nova Humanidade

laitman_289A crise trazida pelo coronavírus, em essência, é o nascimento de um novo mundo. No entanto, toda a humanidade se parece com uma menina que inesperadamente engravidou, sem querer, e agora está apavorada e não sabe o que fazer.

Não vamos nos ver nesta posição. Nós entramos, como um embrião, no processo de preparação para o nascimento em um novo mundo. A natureza está grávida, o Criador, que deve nos dar à luz. E Ele vai fazer isso!

Mas devemos ajudá-Lo; devemos concordar com este processo, nos unir mais e mais e nos preparar para o nosso nascimento. Assim, podemos acelerar nosso desenvolvimento, pois essa gravidez não se limita a um determinado prazo, mas depende de como conseguimos nos unir para estarmos prontos para nascer.

A única coisa que é exigida de nós é a conexão. Temos que pensar sempre em como nos conectar cada vez mais, e então entenderemos como nos comportar durante o parto. Ainda há um longo caminho até o parto. Afinal, se nascermos antes de estarmos todos conectados, o bebê nascerá deformado, alguns órgãos ficarão faltando em seu corpo, pois não estamos totalmente conectados.

Através da nossa conexão, estamos formando o corpo da humanidade recém-nascida e, portanto, somos obrigados a nos unir para que este bebê nasça são, com todos os órgãos necessários. Um parto malsucedido deve estar fora de questão.

Se nossa união não for correta, então a natureza, o Criador, trará tais problemas, colocará tanta pressão sobre nós que teremos que nos unir. O canal de parto é muito estreito e teremos que nos reunir com muita força para sair.

Se nos conectarmos, podemos facilmente sair. Além disso, precisamos mudar nossos valores para que coisas antes importantes se tornem sem importância, e vice-versa, o que antes era sem importância torne-se importante. Isso significa que estamos virando nossas cabeças de cabeça para baixo e que todos compartilhamos a mesma opinião.

Então vêm as dores do parto, que são bem conhecidas pelas mulheres. Mas agora todos nós teremos que passar por elas em uma forma espiritual para que elas nos preparem para o nascimento em um novo mundo. Tudo isso está à nossa frente porque ainda nem nos reunimos na forma de um embrião.

O coronavírus está nos ajudando tremendamente a avançar em direção a esse nascimento, deixando-nos apenas o essencial e deixando todo o resto de lado. Portanto, pode ser considerado um medicamento e não um golpe. O oposto é verdadeiro: com o que o Criador nos bate, Ele nos cura.

Uma gota de sêmen começou a se desenvolver, um gene espiritual (Reshimo) do novo mundo, que despertou em nós com base no fato de que já exaurimos completamente nosso estado anterior. Está se desenvolvendo em cada um de nós e em todos nós juntos, e contém informações sobre o novo estado da humanidade, assim como a célula da qual o embrião começa, uma gota de sêmen.

O embrião espiritual flutua na luz de Hassadim, nas águas maternas, com as quais sai durante o nascimento correto. Se nos comportarmos corretamente e nos unirmos em um embrião saudável, sentiremos que estamos na luz de Hassadim, no oceano da misericórdia, no ventre da mãe. Nosso embrião vai crescer e se desenvolver mês após mês e aprender a ver o novo mundo no qual deve nascer.

Se não nos unirmos, nosso estado ficará cada vez pior e poderemos atingir a fome real. A natureza nos persuadirá a mudar nossos valores e a entender que não há nada além da união: o grupo ou a morte.

Afinal, ainda nem nos prendemos à parede do útero. Isso exige uma conexão acima de tudo. Devemos nos tornar um embrião dentro da mãe superior, toda a natureza, o Criador, e começar a nos desenvolver Nele a fim de sermos recompensados ​​com o nascimento.

É mais fácil para as mulheres entenderem esse processo porque elas passaram por ele e o sentiram dentro de si. Agora, homens e mulheres devem passar por esse processo e se sentir no útero e se desenvolver lá. Apesar do fato de que este é um lugar escuro em relação ao nosso egoísmo, em relação ao desejo de doação e unidade, este é um mundo cheio de luz, que nos dá novo desenvolvimento e nova vida.

De KabTV, “Mulheres no Novo Mundo”, 09/07/20

Cabalá E A Relação Entre Um Homem E Uma Mulher

laitman_532Pergunta: Quando um homem e uma mulher formam um casal, seu destino se une ou eles estão inicialmente em lados diferentes das barricadas?

Resposta: Não há acidentes. Você não escolhe nada, incluindo seu parceiro. Tudo está predestinado. A única opção que existe é: dê um passo à frente ou espere que todas as circunstâncias o pressionem.

Pergunta: Se uma mulher tem um relacionamento difícil com um homem, a Cabalá pode ajudá-la? Ela ainda tem escolha?

Resposta: Você verá que algo pode ser mudado: ou o homem, as circunstâncias ou você mesma. Mas isso ficará claro mais tarde.

Pergunta: Acontece que, ao estudar Cabalá, uma mulher pode entender isso?

Resposta: Claro. O conhecimento Cabalístico a muda e, portanto, ela sente que está começando a se aproximar ou se afastar cada vez mais de seu parceiro. Então a decisão nasce por si mesma.

Pergunta: Essa decisão nasce por si mesma porque já existe? Apenas surge?

Resposta: Absolutamente correto!

Comentário: Compreender, aceitar e viver isso é simples e difícil.

Minha Resposta: Mas é interessante.

De KabTV, “Juntos Sobre Importantes Coisas”, 14/07/20

Nós Damos À Luz A Nós Mesmos Em Um Novo Mundo

laitman_284.03Nós vivemos em um mundo que está mudando diante dos nossos olhos. Toda a nossa vida pode ser dividida em duas etapas: antes e depois do coronavírus.

A vida fluía de acordo com uma certa rotina, e o vírus de repente fez uma mudança drástica nela, levando toda a humanidade a um novo estado, que ainda é percebido como uma crise global.

A crise está crescendo e se aprofundando e não está claro para onde levará, mas está claro que está nos levando a um mundo novo com o qual ainda não estamos familiarizados. Esta crise é como um novo nascimento. A própria palavra “crise” (Mashber) deriva do nome da pedra sobre a qual as mulheres davam à luz filhos nos tempos antigos. Em outras palavras, a crise é o local do novo nascimento, e o estado atual, que chamamos de crise, é o nascimento de um novo mundo.

Houve muitas crises diferentes na história da humanidade, mas até agora nenhuma delas mudou o mundo de maneira tão dramática. Houve apenas algumas mudanças na sociedade humana, em sua forma. Mas a crise de hoje é a primeira real, embora ainda não pareça muito grave porque não é uma guerra, um meteorito caindo ou uma destruição em massa.

No entanto, podemos chamá-la de crise precisamente porque um novo mundo está nascendo diante dos nossos olhos. Em breve veremos como a sociedade humana, nós, nossas famílias e nossa atitude em relação ao mundo mudaram. O mundo interior de uma pessoa, sua percepção da realidade mudará, e veremos um novo mundo.

Ainda não vemos isso, como um bebê que está dentro de sua mãe e não vê o mundo. Mas mesmo quando nasce, também não vê nada a princípio. Então, ele desenvolverá a audição e a visão e começará a responder à medida que crescer e se familiarizar com o mundo.

É exatamente como nós, adultos, precisamos nascer e mudar nossa percepção e visão para ver um novo mundo. Isso vai acontecer em breve.

O parto é uma dor enorme e incomparável, uma sensação de que todo o corpo está pronto para explodir. Por um lado, essa é uma condição muito séria, crítica e com risco de vida. Mas, por outro lado, vemos que não há escolha: a natureza nos obriga a passar por ela.

No entanto, o nascimento de um filho é baseado no desejo natural de uma mulher de ter filhos. Além disso, existe a opinião pública que motiva uma mulher a dar à luz um filho, e não apenas um. A natureza deu à mulher muita força para suportar dores de parto; este é um estado difícil e perigoso.

Toda a humanidade está nesta crise de coronavírus, homens e mulheres. As mulheres sempre censuravam os homens por não conhecerem as dores do parto. Bem, agora as mulheres podem ficar satisfeitas: os homens passam por dores de parto reais e severas. Eles sentirão que a crise está sufocando-os, não lhes dando a oportunidade de resistir: todos vocês estão despedaçados por dentro, mas não podem fazer nada.

Ainda poderemos nascer através da oração e dos esforços para nos unir. Mas será um parto muito difícil e especial, porque estamos dando à luz a nós mesmos em um mundo novo. Atravessamos a fronteira para o mundo espiritual e nascemos em uma nova forma.

De KabTV, “Mulheres no Novo Mundo,” 09/07/20

Transformação Do Embrião Em Ser Humano

laitman_610.2Por que a natureza faz com que o processo de nascimento seja acompanhado com uma agonia tão terrível? O fato é que, posteriormente, essa dor se transforma em força. A dor sentida por uma mulher durante o parto a fortalece e lhe dá uma força tremenda mais tarde na vida, o que lhe permite cuidar do bebê e suportar as provações da vida.

O sofrimento experimentado durante o parto fortalece o corpo da mulher. Portanto, uma mulher que deu à luz é mais forte que uma mulher que não deu à luz e é mais forte e mais paciente do que um homem.

As dores de parto são muito benéficas para a saúde, pois proporcionam às mulheres paciência e resiliência na vida. Portanto, o sofrimento que a humanidade está passando agora em conexão com o coronavírus lhe dará força para o desenvolvimento no futuro.

Afinal, teremos que passar de um mundo para outro, como um bebê nascido do ventre de uma mãe que se transforma de um embrião em um ser humano. Após o nascimento, ele começa a se comportar de uma maneira completamente diferente e a familiarizar-se com uma nova realidade e um novo mundo fora do útero da mãe. O corpo de um recém-nascido começa a agir de forma independente: a criança chora, sorri, aprende a ouvir, ver e depois falar.

A criança também sofre as dores do nascimento, embora não tão fortemente quanto a mãe. Ela perde todas as sensações que teve dentro de sua mãe. Sua mãe a empurra para fora, mas ela mesma faz um esforço para sair também. Obviamente, ela não entende o que está fazendo, mas age instintivamente ao chamado da natureza.

A natureza obriga o bebê a abaixar a cabeça e lhe dá forças para sair do útero através do estreito canal do parto para nascer. O bebê também faz um ótimo trabalho no parto.

Hoje cada um de nós é um embrião, e o útero da mãe é o nosso ambiente. Precisamos nascer com a ajuda do ambiente e começar a viver em um novo ambiente, sentindo o ambiente como o Partzuf (rosto, em hebraico) de nossa alma.

Somos forçados a desistir da vida habitual no mundo antigo, onde nos sentíamos quentes, confiantes, protegidos. Agora deixamos este lugar e partimos para um novo mundo que não conhecemos. Como podemos passar por esse estado, superar essa barreira?

Ainda não é visível que o útero esteja começando a abrir. Tudo está fechado por enquanto, mesmo que as contrações já tenham começado. Mas essas contrações, a pressão sobre a humanidade dentro do útero, ainda não são direcionadas. O embrião ainda não abaixou a cabeça e levará tempo para nascer.

Virar de cabeça para baixo é uma troca de valores, de tudo o que era importante antes. De cabeça para cima significa que a coisa mais importante para mim é meu egoísmo e minha própria existência egoísta. Mas agora quero abandonar essa abordagem, cancelar, esquecer de mim mesmo e começar a me comportar de uma nova maneira, o que significa que me viro de cabeça para baixo.

Tudo o que antes era importante para mim não é mais importante, mas o que é importante agora é algo completamente diferente de antes: doação, unificação, amor ao próximo. Os velhos valores da sociedade humana, comida, sexo, família, dinheiro, poder, conhecimento, todos perdem seu valor no novo mundo onde todos nasceremos juntos. A pessoa age com princípios completamente diferentes.

O principal para nós é se unir e revelar uma nova realidade na conexão entre nós, um poder superior, unir-se a ele e fortalecer constantemente esse contato.

De KabTV, “Mulheres no Novo Mundo”, 09/07/20