Textos na Categoria 'Educação Integral'

Por Que Eu Sofro?

Pergunta: Por que eu sofro? Por que eu devo a todos, desde o momento em que eu nasci?

Resposta: Veja você, sofrendo leva imediatamente a questionar o sentido da vida. Caso contrário, você seria induzido a ganhar dinheiro e a divertir-se, contentando-se com pouco, e deixando a vida passar de modo que, eventualmente, você não tem mais nada.

O sofrimento empurra-o a usar esta vida para alcançar o próximo nível de totalidade e de eternidade e ascender acima da morte. Tal aspiração de alcançar o sentido da vida é um grande presente. Os sofrimentos são necessários porque, caso contrário você não iria perguntar para que serve esta vida.

Pergunta: Não poderia o Criador ter inventado uma maneira em que iríamos questionar o significado da vida sem sofrimento?

Resposta: Não, uma pessoa é apenas um desejo para receber e desfrutar, e se ela continua a receber prazer e realização, nunca iria perguntar sobre a essência de sua existência. Apenas deficiência, problemas, sofrimentos e pode fazer uma pessoa fazer perguntas sobre o sentido da vida. É assim que o mundo é organizado.

[168951]

Lição de Cabalá em russo 27/9/15

Material Relacionado:

Qual É O Significado Por Trás Do Sofrimento

Um Salto Único Para A Felicidade

Será Que Nós Desaparecemos Nos Próximos Vinte Anos?

Opinião (Ashok Gadgil, Professor de Engenharia Civil e Ambiental, Diretor Adjunto, Divisão do Laboratório de Berkeley de Tecnologias de Energia Ambiental):

“A civilização moderna está enfrentando um sério risco de desaparecer nos próximos 20 anos. A razão é que a velocidade com que estamos consumindo recursos naturais excede a sua taxa de auto-reabastecimento.

“As mudanças climáticas são os primeiros sinais deste processo. Nosso dever é exercer uma abordagem composta ao abordar os riscos globais que enfrentamos atualmente. Nova economia deve ser baseada em nossa compreensão profunda de que os recursos da Terra estão quase acabados.

Causas: Aumentos da população mundial, juntamente com uma escalada contínua de consumo. Anteriormente, a população costumava ser pequena e estável. A longevidade das pessoas era relativamente curta e havia uma alta taxa de mortalidade infantil. As inovações técnicas trouxeram à vida novos recursos, permitindo, assim, o crescimento do número de pessoas. A população mundial aumentou significativamente após o início da cloração da água. A descoberta dos antibióticos aumentou o crescimento da população ainda mais.

Quando as mulheres não participam na vida social, há sempre mais crianças na família. A melhor maneira de controlar o crescimento da população é educar as mulheres. [Leia mais →]

O Caminho Pacífico Para O Socialismo

Opinião: (Anatoly Wasserman, colunista): “Com a chegada do ano 2022, o socialismo será mais rentável do que o capitalismo. Isso significa que seria possível implementar a recomendação dada por Karl Marx em 1862 de redimir toda a economia da burguesia, dando a cada proprietário o que ele gosta mais.

“A gama de problemas que o capitalismo cria não é limitada por questões de produtividade. Suas desvantagens estão questionando a própria existência do mundo e da humanidade. Portanto, é possível que a transição para o socialismo seja justificada não economicamente, mas como uma forma de autopreservação”.

“Por isso, nos próximos anos, nós devemos falar sobre o grau de perigo que o capitalismo apresenta para a própria existência da humanidade, com uma abundância de evidências desse perigo ter sido acumulado. É preciso explicar às pessoas envolvidas no negócio que a sobrevivência é do seu próprio interesse, e que elas devem se tornar agentes do socialismo para o bem de si mesmas”.

Meu Comentário: A transição acontece de uma forma muito mais simples. Essa parte da humanidade com o ponto no coração aplica esforços em sua unidade, causando a influência da Luz Circundante (Ohr Makif), que produz mudanças nelas e em todas as pessoas. Essa Ohr Makif é responsável pelo nosso progresso, e através do método de Educação e Formação Integral, nós aceleramos o seu efeito sobre nós. Com isso, ocorre uma boa transição para o próximo nível de desenvolvimento humano.

Material Relacionado:

Assimilações Incontroláveis

Pergunta: Se o povo judeu começar a implementar o método cabalístico, o que vai acontecer no mundo? Como isso afetará o anti-semitismo no mundo?

Resposta: Em vez de sentir o anti-semitismo, as pessoas começarão a tratar-nos com simpatia, respeito e amor. As nações do mundo vão levar-nos em seus braços, porque vamos dar-lhes o método para a vida eterna perfeita.

A sabedoria da Cabala explica como devemos trabalhar corretamente com o nosso ego para que ele não seja apenas uma força do mal, mas uma ajuda contra nós, uma ajuda que vem de sua oposição. Quando cumprimos esse trabalho, vamos atingir o pico de nossa evolução.

Pergunta: Há pessoas que oferecem diferentes soluções para o problema do anti-semitismo, como o que sugere que todos os judeus devem vir para Israel ou, pelo contrário, assimilar-se às nações. O que você pode dizer sobre isso?

Resposta: Absurdo. Tais planos não funcionarão. É porque a própria natureza está a gerir todo o processo. Mais cedo ou mais tarde, teremos de descobrir o potencial escondido em cada um de nós e tornaremo-nos professores para toda a humanidade. [Leia mais →]

Tire Suas Próprias Conclusões!

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como é possível informar corretamente as pessoas sobre a crise iminente?

Resposta: Em primeiro lugar, não assuste as pessoas de forma alguma. Basta transmitir tudo numa base lógica, científica, e conectar todos os fatos num único sistema, de modo que as pessoas vão entender que estamos envolvidos numa crise sistêmica da natureza humana, a oposição de uma pessoa com o mundo circundante.

É necessário colocar um sistema em suas mãos, trazer exemplos de casos particulares específicos da crise: na saúde, na educação, na informação, na cultura, na ciência, na arte, na economia, nas finanças, em todo os âmbitos sociais da sociedade.

Não falem em política, isso não é importante para nós, pois não temos a intenção de influenciá-la; nós precisamos educar o povo. A mudança de valores de uma pessoa irá transformar a sociedade. Se corrigirmos as pessoas, elas encontrarão a melhor maneira de mudar a sociedade para uma boa condição.

Portanto, precisamos mostrar a crise só através de exemplos específicos que estão perto das pessoas, sem assustá-las. A principal coisa é dar às pessoas uma imagem sistemática de que a crise é resultado da oposição do nosso ego à força geral altruísta da natureza. Quando uma pessoa entender isso, todo o mosaico vai se conectar por ela.

Mas é melhor não mencionar quaisquer fatos negativos; que eles não venham de nós. Durante os workshops nós damos às questões capitais e elas vão ensinar umas às outras, na discussão em conjunto, ao aceitar uma a outra, sobre a existência da crise e vão tirar as conclusões adequadas.

Da Discussão sobre Grupo e Disseminação 24/11/13

Produzam As Leis Integrais Juntos

Dr. Michael LaitmanPergunta: Quando nós começamos a trabalhar com pessoas na área da educação integral, será que nós enfatizamos o método em si ou no grupo de dez, no qual a força integral é revelada?

Resposta: No grupo de dez, onde as pessoas que recebem treinamento e educação integral começam a descobrir esse método. Afinal, nós sabemos o quanto ele entra e permanece em uma pessoa. Assim, a importância da transmissão conceitual e verbal desaparece.

As pessoas devem sentir tudo e alcançar essas conclusões que queremos ensinar a elas. Portanto, todas as perguntas que nós fazemos no decorrer do workshop devem ser orientadas para isto, pois isto irá produzir o resultado mais confiável.

Elas, de repente, começarão a compreender: “Sim, isto deve ser assim”, e imediatamente lhes perguntamos, “E por que não de outra forma?” E elas mesmas convencerão a si mesmas e a nós com a conclusão integral a que chegaram: é definitivamente necessário concordar com o que outra pessoa diz, e eu apenas a complemento, e quem vem depois de mim me complementa e assim por diante.

Em outras palavras, todos nós devemos chegar a algum tipo de opinião comum que aceitamos, não que ela seja é imposta ou comprimida em nós durante alguns diálogos astutos ou persuações políticas; pelo contrário, torna-se a opinião de todos, sem exceção. Como é possível encontrar uma opinião como esta, em que todos a sentirão especificamente como minha solução? Não é que eu abro mão; eles não me convencem. Em vez disso, ela existe na mesma forma como eu a expresso. Então, esta será a união integral.

Depois disso, todo mundo atinge uma opinião comum de que devemos resolver tudo numa base equitativa, de acordo com aquelas características que a natureza deu a cada um. Isto é, a igualdade das pessoas só pode ser condicional. E assim por diante. Assim, os alunos devem produzir todas as leis comuns integrais por conta própria.

De Kab TV “Através do Tempo” 17/09/2013

Conexão Como Um Meio De Salvação

Dr. Michael LaitmanÀ luz da crescente crise global, o nosso objetivo principal é prover o mundo com o método de educação integral. A Luz que Reforma vai cuidar de tudo e dirigir o desenvolvimento, para que as pessoas não precisem de mais nada de nós: “Apenas nos ensinem esse caminho para que sejamos capazes de realizar a conexão entre nós”. Nosso impulso continuará a viver nelas, a “conversar” com elas, e elas vão encontrar os meios para se realizar, sentindo a conexão geral.

O mundo inteiro está se aproximando de uma nova fase onde as nações não são mais capazes de prover seus cidadãos. Mesmo se quisessem, os governos não seriam capazes disso. Falências serão generalizadas e os orçamentos não terão nenhum dinheiro sobrando para “excessos sociais”.

Se não mudarmos a tendência econômica e passarmos da economia atual para uma nova economia, só haverá um declínio gradual e uma cadeia de colapsos.

Em geral, todo mundo já concorda com isso e vê que não há como voltar para trás. Nem um único setor da sociedade, da nação, será mais capaz de receber do Estado. Pelo contrário, o “bolo” só vai ficar cada vez menor. Hoje, mesmo os países desenvolvidos estão chegando à conclusão de que precisam aumentar os impostos.

Em última análise, em face da recessão iminente só há uma solução: um sistema integral formado pelo povo, pelo povo. Não há outra maneira.

As coisas vão funcionar de modo que as pessoas vão estar internamente prontas para a educação integral, e vão criar elas mesmas os derivados. A Luz vai proporcionar-lhes uma mente e um sentimento diferente de um nível diferente, onde um único sistema opera. Então, não lhes faltará nada, pelo contrário, e elas vão sentir prosperidade e conforto. Elas vão ficar satisfeitas com um padrão normal de vida e vão desfrutá-lo tanto que a sua felicidade vai subir a novas alturas.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 15/10/13, Escritos do Rabash

Diferentes Pessoas São Necessárias, Pessoas Diferentes São Importantes

Pergunta: No que diz respeito à igualdade de salários numa empresa envolvida na divulgação do método integral, vamos pensar num instrutor e em um zelador como exemplo. Os seus trabalhos requerem esforços completamente diferentes e são diferentes no que diz respeito ao stress emocional envolvido no trabalho. Um zelador leva um esfregão e limpa o chão, enquanto o instrutor tem que estudar e ler do amanhecer ao pôr- do- sol. Ele tem de fazer constantemente cursos de formação contínua, etc Qual seria a abordagem correta?

Resposta: Eu não entendo porque é que um zelador deve receber menos dinheiro do que um instrutor. Vamos supor que eu queria ser um cientista, porque eu senti um desejo para isso. Afinal de contas, fui feito desta forma, pela natureza, e eu atendi a esta chamada. Da mesma forma, uma garota veio de algum lugar rural e trabalha como zeladora. Ela participa da nossa empresa e deve frequentar os nossos cursos e deve estar connosco no trabalho coletivo de um todo comum, em uma equipa saudável, como uma unidade independente. Portanto, eu não vejo nada nela para que seja menor do que eu.

Além disso, nada vai funcionar sem ela. Se ela se torna incluída na equipa, então tudo depende dela também. Se este sistema é parte integrante e analógico, em seguida, cada parte é como um todo. Portanto, não devemos quebrar esse princípio espiritual.

A partir do programa “Através do Tempo” 17/09/13

A Diferença Essencial

Pergunta: Na nossa conexão antes de sairmos para a disseminação existe algum lugar para conceitos como o ciúme e o respeito?

Resposta: Certamente. Vemos que estamos envolvidos com o ego da pessoa , entendemos a base da sua natureza. Portanto, deve haver ciúme, controlo, respeito e valorização, também um sentimento de segurança, descoberta, prazer, e assim por diante. Todas estas características devem estar a trabalhar.

A única coisa é que a pessoa deve lembrar-se de para quê está fazendo isto. A tarefa mais importante consiste em trazer o mundo para um estado integrante. Com uma forma assim, elevamo-lo a uma energia superior, a um objetivo maior; e é esta a diferença essencial entre a nossa campanha de disseminação e as outras. Estamos a realizá-la a partir deste ponto, que é o primeiro e o último. É a primeiro porque estamos a iniciar a preparação interna para ele, e é o último, porque com este nós estamos a ir ter com as pessoas e a querer plantá-lo nos corações dos nossos ouvintes. Por isso, é sempre transmitido no fluxo de nossos workshops, discussões, respostas, perguntas e canções, não importa o que estamos fazendo.

Esta é uma direção clara para transformar as massas em uma unidade completa, pois desta forma elas irão juntar-se e ficar em equilíbrio com toda a natureza. O objetivo maior é a principal tarefa que determina todo o método desde o início da ação, que é o resultado final desejado.

Além disso, isto torna-se a essencial motivação para os trabalhadores da empresa de disseminação do método integral. Ao participar na conexão integral, através deles, eles transmitem a energia superior e sentem como esta os preenche; eles vivem-na.

Do programa da Kab TV “Através do Tempo” 15/09/13

Atenção Primária

Pergunta: Quão próxima deve ser a ligação entre o professor e os participantes que estão a receber a educação integral?

Resposta: Os alunos que participam não podem avançar sem um guia. O guia precisa de se impor ao aluno, pois caso contrário a pessoa irá flutuar em torno dele, ele estará completamente ” disperso” em todos os tipos de implementações que não lhe irão trazer um resultado normal. Isso irá tornar-se numa forma de sofrimento. As pessoas estarão a fazer alguma coisa só de modo aparente, mas nada virá dessas ações.

O principal é que iremos ensiná-los no final de cada workshop a sentir o seu resultado, que é a conexão, a partir da qual todos nós juntos obtemos energia, estimulação e calor. Após o workshop tenho outro ponto de vista do mundo e por alguns dias, e até semanas, eu posso sentir-me como uma pessoa completamente diferente. Eu relaciono-me de forma diferente com as crianças, com a família e com a sociedade, com mais paciência, com mais amizade. Eu começo a sentir que estou a encontrar a harmonia não só com a sociedade humana, com os vizinhos, e assim por diante, mas também com a natureza, e eu quero que todos sintam isto.

Isto deve elevar-me e depende da frequência dos workshops. È absolutamente possível que para iniciantes precisemos de organizar workshops duas vezes por semana ou possivelmente também todos os dias. Parece que é necessário fazê-lo através da Internet. Após um único workshop presencial, realizar três ou quatro workshops virtuais até ao próximo encontro físico.

Cada pessoa precisa de atenção primária como esta.

Do programa da Kab TV “Através do Tempo” 15/09/13