Textos na Categoria 'Disseminação'

De Uma Pequena Sala Para Um Mundo Enorme

laitman_944Pergunta: Por que os Cabalistas esconderam a Cabalá por muitos anos?

Resposta: Olhe para você mesmo. Você já estuda Cabalá há anos. Como seria possível revelar tudo o que ela estuda para você de uma vez? Mesmo quando você começa a estudar qualquer ciência, ela é revelada gradualmente porque você precisa coletar dados, armazená-los, adaptar-se a eles e mastigá-los dentro de si.

E a Cabalá é uma ciência que inclui simultaneamente sentimentos dentro de você. Isto é, você mesmo deve mudar e adaptar-se sensualmente ao material com o qual trabalha. Aos poucos, você se acostuma e muda de acordo com ele; você vai sentir e absorvê-lo de forma diferente. Estes são estágio muito sérios e longos de incorporação de uma pessoa na Cabalá e a Cabalá na pessoa.

Essa não é uma ciência comum que as pessoas deduziram de suas conclusões. Sob a orientação dos Cabalistas, você descobre um mundo, descobre a si mesmo e seus sentimentos, e começa a aplicar seu conhecimento ao mundo que existe ao seu redor. Você a aproxima cada vez mais de si mesmo e a sente.

Portanto, ocorre que isso leva tempo, não é possível passar por isso instantaneamente. Por exemplo, você não pode levar uma criança a um balé clássico, ao teatro ou a um experimento científico, pois ela não a entenderá. Você pode levá-la com você, mas ela não receberá nada disso. Pelo contrário, ela ficará assustada ou entenderá tudo incorretamente.

Portanto, o problema não é que os Cabalistas não querem revelar tudo imediatamente. Eles, como verdadeiros metodologistas, entendem que isso requer um caminho muito longo para o crescimento interior de uma pessoa. Esse é o problema.

Essa maturação pode demorar 20 ou 30 anos. Afinal, você se adapta ao sistema que funciona de acordo com leis diferentes do que o seu corpo animal, o nosso mundo inferior primitivo funciona.

Você é como uma criancinha que sai de sua creche, na qual todo o seu mundo foi encapsulado, no grande mundo. Existem interações completamente diferentes, existem estranhos e outras leis.

Portanto, você precisa se adaptar. Assim como em nosso mundo temos pais e professores que nos guiam e criam sistemas especiais de amadurecimento e incorporação neste mundo, é o mesmo na Cabalá.

No entanto, tudo é muito mais difícil na espiritualidade, porque no mundo corpóreo temos desejos naturais e órgãos dos sentidos, mas na Cabalá devemos desenvolvê-los. Isso significa que devemos estar unidos em dezenas, através das quais poderemos começar a sentir o mundo superior e nos adaptar a ele.

Só agora estamos começando esse processo, saindo gradualmente do nosso pequeno “berçário”, nem mesmo para o grande mundo, mas para o “quintal”. É exatamente isso que estamos começando a fazer agora.

Da Lição de Cabalá em Russo 05/02/19

A Ponto De Entrar No Mundo Espiritual

laitman_214Pergunta: O desejo pelo conhecimento foi uma vez um obstáculo para o desenvolvimento da Cabalá?

Resposta: A sede pelo conhecimento afastou o esforço para alcançar o mundo superior e as pessoas começaram a se engajar na compreensão do mundo material. Desde meados do século XVII houve interesse pela ciência e pela arte e depois ocorreu a revolução tecnológica. Isso eclipsou a luta da humanidade pelo conhecimento espiritual.

Se uma pessoa tem possibilidades interessantes de revelar os segredos da natureza deste mundo e alcançá-los, por que então se envolver em algo intangível, incompreensível? Foi assim que surgiu a primeira camada do desejo pelo conhecimento.

Mas no início do século XX, ficou claro que a ciência havia se esgotado e, no final do século, muitos cientistas já haviam dito que a era da ciência estava chegando ao fim e não havia mais lugar para desenvolvê-la. E hoje todos concordam com isso.

Isto é, não há nada no mundo que possamos descobrir que seja realmente um avanço especial. Existem até mesmo teoremas sobre a finitude do conhecimento.

A ciência da Cabalá explica que ganhar conhecimento é um método humano e procede de nossas capacidades. Nós não exploramos o que o mundo é. Nós exploramos o mundo como ele aparece em nossos sentidos.

O mundo é a matéria dada a nós em nossas sensações. Por isso, precisamos introduzir uma estrutura clara: onde está o limite da nossa realização? Acontece que é muito claro, simples e próximo. Em princípio, já sentimos isso.

Dessa forma, a ciência, que durou 150 anos, praticamente se esgotou. Portanto, estamos agora no limiar de entrar no mundo espiritual.

A Cabalá previu isso muitos milhares de anos atrás. Ela claramente viu que no final do ano 2000, quando a realização de todas as dez Sefirot do terceiro mundo foi completada, um sentimento de seu fim começaria a aparecer, assim como a compreensão de que deveria haver um avanço para a área superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 07/10/18

Implementando O Plano Do Criador

laitman_938.04Pergunta: A disseminação em massa que você lançou baseia-se no fato de termos alcançado a última geração?

Resposta: As palavras dos meus professores de que estamos na última geração são o meu ponto de partida; eu devo agir sobre esse fato. Portanto, eu ajo. O que sairá disso não é o meu fazer, mas o do Criador. Eu também não sei como isso funcionará, mas isso não me interessa particularmente. Eu tenho que fazer o que puder.

Não há segredos da Torá, nem segredos do universo, forças secretas, magias e outras coisas. Existe um sistema de união de todas as pessoas do mundo no mesmo sistema de Adão, no qual já estivemos. Portanto, não vejo nada de errado nisso. Não tenho nada do que me envergonhar e nada a temer.

Observação: Mas há apenas um segredo para o qual sempre voltamos: não podemos nos unir sozinhos. Só podemos fazer esforços, e tudo o mais é feito pela Luz que retorna à fonte.

Meu Comentário: Isso já é um método! Mas chamar todas as nações para realizar o plano do Criador é o nosso dever. Chegamos a este estado e não podemos ignorá-lo se quisermos estar um pouco conectados com o Criador. Portanto, estabelecer essa base é exatamente o que eu queria em minha vida.

De KabTV “A Última Geração”, 09/05/18

Comunicação De Mão Única

laitman_962.7Observação: Na época do Rabash não havia Internet. Hoje as redes sociais são altamente desenvolvidas. Ao se disseminar nas redes sociais, existe o risco de sucumbir aos prazeres corporais. Eles literalmente sugam as pessoas.

Meu Comentário: A disseminação só pode ser em que eu expresso minha opinião, a opinião da Cabalá, ou a opinião dos meus professores.

Nós temos apenas uma comunicação de mão única! Quem quiser, venha ao nosso site e estude. Quem não quiser, é livre para sair. Não nos envolvemos em nenhum diálogo ou discussão.

Pergunta: As pessoas do grupo da última geração absorvem algo dos outros ao seu redor?

Resposta: Não temos nada para absorver deles. Só podemos lamentar com o que eles gastam seu tempo e energia.

Nós podemos perceber dos outros apenas seu desejo de chegar mais perto de uma compreensão do racional, bom e eterno, mas nada mais.

De KabTV “A Última Geração”, 25/04/18

Quando Todas As Pessoas Sentirão Um Despertar Espiritual?

laitman_963.8Pergunta: Nós sabemos que leva muitos anos até que uma pessoa envolvida no trabalho espiritual comece a sentir uma resposta interna à regra “ama teu próximo como a ti mesmo”. Será que essas pessoas fora do grupo também precisarão da mesma quantidade de tempo para chegar a esse sentimento?

Resposta: Se essas pessoas não tiverem um impulso interior e a providência superior não as trouxer para o grupo a fim de realizá-las, elas não serão capazes de fazer nada.

Existem duas condições necessárias: o ponto no coração e a condição do Criador colocando a mão da pessoa na boa sorte e começando a ajudá-la nisso. Caso contrário, nada vai dar certo.

Muitas pessoas no mundo têm um ponto no coração, mas, por alguma razão, elas não são trazidas para nossas fileiras. Talvez ainda seja cedo ou haja outras circunstâncias que não conhecemos.

De Kab TV, “A Última Geração”, 18/04/18

No Início Do Experimento Espiritual

laitman_938.05Pergunta: A Cabalá é uma ciência. Podemos pegar um determinado segmento de pessoas e mostrar que elas podem ser corrigidas por esse método?

Resposta: Ciência é o que você supõe e depois confirma na prática. Uma vez que você tenha resultados claros, a hipótese se torna uma ciência.

Atualmente, não temos esses dados. Acabamos de chegar ao início do experimento. Se este experimento funcionar com sucesso, poderemos dizer que a ciência da Cabalá foi provada em nosso tempo.

A Cabalá é uma ciência experimental prática e é assim que trabalhamos.

Pergunta: Então você não está dizendo que a Cabalá é um método de correção? Nós apenas fazemos tentativas?

Resposta: Mesmo que eu afirmasse isso, seria ridicularizado: “De onde você tirou que a Cabalá é um método de correção?”

Isto é, eu vejo como ela funciona comigo e vejo outros. Mas como funciona na escala mundial?

Nós estamos em um estado onde estamos apenas começando sua implementação. O fato de que o mundo está em declínio é claro para nós. O fato de o mundo não ter um método de correção é claro. O mundo não tem poder para se consertar, não entende como funciona – isso também está claro.

A única maneira de provar experimentalmente que eu possuo o método que realmente funciona é demonstrá-lo em mim e nos outros.

Eu tenho certeza da natureza científica do método da Cabalá porque o experimentei em primeira mão e o vi atualizado em meus professores. Eu vejo como ele é gradualmente introduzido ao longo de décadas. Estou envolvido nele há mais de quarenta anos, mas não posso mostrar esse método a mais ninguém.

Logicamente, tudo isso é verdade, mas até que se prove na prática, ninguém nos ouvirá. Se você pegar uma certa sociedade e ensinar esse método a ela, se ela o dominar e puder demonstrar isso ao resto do mundo, tudo dará certo.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/06/18

Espalhe O Conhecimento Sobre O Criador No Mundo

laitman_214Pergunta: Se eu disser a alguém sobre o Criador e sobre os mundos superiores, isso significa que eu o amo? O propósito de contar a ele sobre isso é desconhecido. Não é assim tão simples.

Resposta: Primeiro, você tem que se preparar – entender o que ele gostaria de ouvir. Você ensina os alunos da mesma maneira: você sente o que eles gostariam de ouvir de você e o que não gostariam. Você já os entende. É assim que o amor pelos seres criados e o amor pelo Criador são expressos.

Você está entre o Criador e os seres criados, transmitindo-lhes o conhecimento sobre o Criador: como se aproximar da força superior, como começar a ser preenchido, tornar-se semelhante a ela e atingir o estado de eternidade e perfeição.

Você tenta contar a todos sobre isso. O que pode ser melhor para uma pessoa do que entender que ela pode alcançar o nível do Criador e que recebe oportunidades, ferramentas e o método? Isso é o máximo que você pode fazer pelas pessoas.

Da Lição de Cabalá em Russo 17/06/18

Arrastar A Todos

laitman_750.03Pergunta: Por que você, um Cabalista, faz tantas ações na realidade imaginária quando pode transferir o escopo das ações para a verdadeira realidade espiritual?

Resposta: É para arrastar você comigo como parte da minha essência.

Pergunta: Isso significa que você é responsável pelas pessoas?

Resposta: Todas elas são minhas partes! Portanto, estou amarrado a elas. E assim é cada um de nós. Há uma inclusão mútua de todos em tudo. Portanto, cada um de nós puxa os outros e juntos nos aproximamos do mundo da eternidade, do infinito.

Ao ajudar os outros, você acaba se ajudando porque todos os outros são sua parte espiritual. Tudo isso é um Adão.

Pergunta: Eu doo a mim mesmo e não a outra pessoa?

Resposta: Sim, mas parece que você doa aos outros. O fato é que o estado chamado Adão foi dividido em muitas partes, de modo que cada parte em relação às outras possa se mover de seu egoísmo para o altruísmo e assim adquirir a qualidade do Criador, a qualidade de doação e amor.

Se este sistema não tivesse quebrado, como poderia adquirir a qualidade do Criador? Como funcionaria? No entanto, uma vez que estamos quebrados e há egoísmo entre nós, rejeição mútua, podemos superá-lo e nos conectar com os outros. Então a força da superação se tornará a força de nossa conexão e equivalência com o Criador. Precisamos alcançar esse estado.

Esta é a ideia do Criador: como resultado da quebra, o ser criado se tornaria egoísta e toda a força da luz, a força do Criador, a força de Seu amor, entraria entre nós e se transformaria em egoísmo, em ódio. Agora precisamos revertê-la de novo em conexão e amor, e assim nos tornaremos semelhantes ao Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo, 10/06/18

Gratidão A Baal HaSulam

226O Yahrzeit [aniversário da morte de Baal HaSulam] do Baal HaSulam é um dia especial de recordação e gratidão a uma alma muito especial e elevada que desceu a este mundo como mensageira do Criador para abrir um caminho para nós, uma entrada para o mundo superior, para que possamos alcançá-lo aqui, durante a nossa vida.

Baal HaSulam fez muito para unir nosso Kli (vaso) corpóreo e o Kli espiritual, o que nos permite conectar com ele, e através dele alcançar conexão com o Criador. Ele abriu um caminho muito longo e especial, exatamente como o Baal Shem Tov e o Ari faziam em seus tempos. Nós somos incapazes de apreciar plenamente o que essa alma fez.

Em última análise, devemos ser gratos ao Criador por nos enviar tal alma, uma tremenda ajuda. Quando aprendemos com os livros do Baal HaSulam e abordamos o objetivo com sua ajuda, devemos apreciar, agradecer, honrar e amar essa pessoa extraordinária, essa ferramenta especial que cria uma conexão entre nós, aqueles que estão abaixo e aqueles que estão acima.

Devemos estar tão orgulhosos desta honra e assumir ainda mais compromissos para sermos dignos de nos conectarmos com tal alma. Nós somos incapazes de perceber sua contribuição para conosco e seu poder, mas ainda assim, devemos amá-lo, como as crianças amam seus pais. Então devemos nos aproximar e nos apegar a esta alma, que abriu a passagem para o Criador em nosso tempo. Nós não teríamos chance sem ele.

Houve muitos Cabalistas antes, mas em nosso tempo, não há outro método que permita, na prática, a revelação do Criador e tornar-se Seus parceiros, apoiadores em Sua obra com a criação. Graças ao Baal HaSulam, podemos com nossas pequenas almas facilitar sua ascensão e, junto com ele, as nossas. Ficamos honrados em receber um convite, um passe para o mundo superior e a escolha está em nossas mãos.

Apenas duzentos anos atrás era impossível conceber que pessoas completamente seculares como nós, sem qualquer preparação ou conexão com a Torá, pudessem ter qualquer chance de se aproximar da espiritualidade. Então veio a alma de Baal HaSulam e abriu uma passagem para nós, e agora podemos passar por este túnel apenas por causa de nosso desejo puro.

O mais importante é o desejo. Não importa que uma pessoa tenha afundado no sentido corpóreo, isso não tem relevância na espiritualidade. Se você olhar sobre o Machsom para o mundo espiritual, verá a pessoa como se fosse um raio X: sem carne ou gordura, apenas os ossos, que é a essência. E de acordo com essa essência, de acordo com o nosso desejo, somos aceitos na espiritualidade.

Estou tão feliz que existam tantas pessoas conosco ao redor do mundo que anseiam de acordo com sua essência interior em direção à verdade, e de acordo com seu desejo estão prontas, através do método de Baal HaSulam, para atravessar esse caminho e alcançar a perfeição.

A chave para isso é muito simples: nossa união. Nós avançamos na medida em que nos unimos; a cada movimento em direção à unidade, damos outro passo em nosso avanço. Este túnel coloca pressão constante sobre nós, nos aperta e nos força a nos conectar ainda mais firmemente ao ponto de passar pelo buraco de uma agulha. O segredo do nosso sucesso reside exclusivamente na nossa unidade.

Da Lição Diária de Cabalá, “Yahrzeit Baal Sulam”, 19/09/18

Todas As Pessoas São Partes De Um Sistema Comum

laitman_423.03Pergunta: Se outras pessoas são como animais de acordo com suas necessidades e interesses, por que eu deveria tentar me aproximar delas? E como pode ser que algo me excite e ainda não lhes interesse?

Resposta: Todas as outras pessoas são iguais a você. Todas são elementos necessários de um sistema comum. Cada um tem sua parte. Trabalhando em si mesmo, você deve se aproximar de todos, tentar passar as informações mais importantes para eles e dar-lhes a oportunidade de se conectar a ele.

Na medida em que nos conectamos no sistema do “ama o próximo como a ti mesmo”, elevamos o nosso mundo para o próximo nível.

Eu não acho que existam pessoas, organizações, religiões ou métodos no mundo que se oponham ao chamado para amar o próximo. Afinal, dia após dia, entendemos cada vez mais que o mundo é integral, interconectado e que precisamos fazer algo conosco mesmos.

Se continuarmos a ser tão fragmentados e separados, levaremos o mundo ao desastre. Além disso, se tentarmos nos conectar uns com os outros em um organismo vivo, suas células começarão a funcionar corretamente como em um único sistema, então, neste organismo saudável, sentiremos a vida superior e a nós mesmos existindo no campo espiritual.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/04/18