Textos na Categoria 'Corpo e Alma'

Onde As Pessoas Que Cruzaram O Machsom Existem?

962.3Pergunta: Quantas pessoas ao longo da história cruzaram o Machsom? Existem apenas algumas, dezenas ou milhares delas?

Resposta: Milhões de pessoas. No entanto, devemos entender que este é um processo. As almas não são alguns blocos separados uns dos outros, mas sim desejos que se misturam, mudam e se conectam constantemente. Ou seja, é um sistema integral complexo.

Pergunta: Onde existem esses milhões?

Resposta: Existem fora dos corpos, nos desejos. Afinal, o mais importante é o desejo. O corpo parece que existe no mesmo volume limitado do nosso mundo. Na verdade, não existe mundo material. Apenas o mundo espiritual existe. Portanto, precisamos passar para o sentimento do mundo espiritual e ter certeza de que é ele que existe e não este mundo.

Pergunta: Onde as pessoas existem depois de cruzar o Machsom, e o que fazem lá?

Resposta: Elas existem em suas qualidades. Tudo o que está fora dessas qualidades, todos os tipos de matéria inanimada, vegetal e animal (não há matéria humana em nosso mundo; é classificado como animado) são percebidos apenas em nossos sentimentos terrenos. Na realidade, tudo isso não existe.

Os sentimentos mudam e este mundo desaparece.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 06/02/20

Voltar Do Outro Mundo

627.2Pergunta: “Voltei da morte no sentido pleno da palavra: experimentei uma morte clínica após cair do oitavo andar de um edifício. Eu sobrevivi. O que vi e senti não pode ser expresso em palavras – foi uma sensação de paz e amor. O tipo de amor que não existe. Agora entendo que não é terrível morrer. É muito pior viver neste mundo.

Você pode explicar o que eu vi e por que fui trazido de volta a este mundo? E por que sofremos tanto aqui se lá é tão bom?”

Resposta: Eu também experimentei a morte clínica. Eu também senti essa inspiração e essa paz. E daí? Devemos ainda cumprir todas as condições que nos são dadas de cima, do nível mais alto da natureza. Você não deve insistir muito nisso.

Você não vai entender agora de qualquer maneira, eu também não vou explicar para você. Você deve viver de acordo com a lei, ou seja, tentar se apegar ao bem apesar de tudo que a natureza desperta em você.

Comentário: E o fato de uma pessoa viver com essa lembrança de como era bom e não ter mais medo de morrer? Ela não tem mais medo.

Minha Resposta: Isso também é dado a ela agora. É seu destino passar por tais estados.

Pergunta: Bem, você sabe, existem muitos programas de TV e livros incríveis que as pessoas não conseguem parar, eles se tornam bestsellers. Eles descrevem como uma pessoa volta do outro mundo e como era bom lá: um túnel de luz, amor e assim por diante. Isso tudo é para nos acalmar?

Resposta: Não tem nada a ver com a verdade. Sem conexão.

Comentário: Você está partindo o coração das pessoas agora. Elas estão se apegando a essa noção.

Minha Resposta: O principal é adoçar esta sua vida. Dizem que a vida aqui não é tão importante, desde que haja algo esperando por nós mais tarde.

Não haverá pirâmides egípcias, nem concubinas dançantes ou qualquer outra coisa – nada está esperando por nós mais tarde.

Pergunta: Mas você constantemente nos diz que se alcançarmos o mundo espiritual, esse é um estado de amor, um estado de doação, um estado de paz. Quando você diz isso, o que quer dizer?

Resposta: O mundo superior é um estado de autoavaliação correta. Ou seja, é mais como uma prova, uma avaliação psicológica muito profunda de seus sentimentos, seus pensamentos e suas ações do ponto de vista da verdade, que se revela quando você se afasta do corpo.

Afinal, o que é viver ou morrer? É desistir do seu ego. Só então a pessoa pode ver não através de seu ego, mas a verdadeira imagem do que está acontecendo no universo. Então, ela pode ver o que é chamado de mundo futuro, o mundo superior. Não por meio do ego. Por meio do ego, ela só vê este mundo.

Pergunta: Então você pode realmente dizer que gradualmente, se você deixar uma pessoa romper com o egoísmo, mesmo que um pouco deste corpo, ela já pode experimentar os estados que a impressionam?

Resposta: Sim, você pode dizer isso.

Pergunta: E a verdade, é um bilhão, muitos bilhões de vezes maior do que tudo isso aqui?

Resposta: Sim.

Pergunta: E você está nos dizendo que o homem pode chegar à verdade nesta vida, neste corpo, neste mundo? Mesmo em um estado muito maior do que ele sentiu e sonhou?

Resposta: Claro! Um bilhão de vezes maior.

Isso requer um estado interior especial da pessoa, de seus desejos, intenções, sua força. Caso contrário, isso a esmagará. Portanto, ela não tem permissão para experimentar isso até que adquira neste mundo a tela – a força de resistência ao egoísmo – para não trocar esses estados especiais por algo doce. Então é dado a ela.

Comentário: Você está dizendo que há um amor e uma felicidade tão grandes e incríveis reservados para nós que temos que …

Minha Resposta: … estar preparado para isso. E uma pessoa se prepara para isso neste mundo se ela quiser.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 02/02/20

O Que É A Morte Do Ponto De Vista Da Cabalá?

712.03Pergunta: O que é a morte do ponto de vista da Cabalá? É o fim da vida ou o começo de algo novo?

Resposta: A morte do corpo bestial não tem relevância para sua verdadeira vida, que, é claro, não começa nem termina com isso. Você simplesmente começa a se sentir em outro estado. Portanto, você não deve pensar na morte e na preocupação. É melhor se pensarmos em como continuaremos nossa existência.

Pergunta: Mas o próprio desejo está de alguma forma conectado ao medo da morte?

Resposta: Não. Na verdade, o desejo de viver é um desejo eterno e absoluto. É o desejo de se conectar com a fonte da vida, com o Criador, e existir em conexão com Ele.

E nosso estado bestial, que chamamos de “vida”, é em suma uma pequena condição para nossa existência, a fim de começarmos a sentir algo mais elevado, o próximo nível.

Pergunta: Existe um registro da eternidade no homem?

Resposta: Certamente, há um registro do estado eterno. Sem ele, não o desejaríamos.

De KabTV. “Fundamentos de Cabalá”, 15/12/19

O Criador É Realmente Gentil?

202.0Comentário de um espectador: “Você diz: ‘O Criador é bom.’ Meu filho morreu em um acidente de carro, ele tinha 17 anos. Isso se chama ‘O bom Criador’?! Eu nunca vou perdoá-lo!”

Minha Resposta: eu entendo você. Muitas pessoas que passaram por esse sofrimento como você pensam da mesma maneira que você. Mas nada pode ser feito. Quando você vir a perspectiva completa, então em toda a história da humanidade você não encontrará uma única pessoa que, depois que tudo for revelado, possa culpar o Criador.

Enquanto isso, nada pode ser feito.

Pergunta: O que é? Por que uma pessoa recebe uma correção?

Resposta: Por meio de tais acidentes, que o próprio Criador naturalmente expõe às pessoas, Ele as corrige.

Pergunta: Uma pessoa neste estado pode mudar de repente, lentamente, em relação ao Criador? Ou ela estará com esse ódio o tempo todo?

Resposta: Não, ela pode fazer isso, mas é claro, se for ajudada de cima.

Pergunta: O que estamos corrigindo? Quando dizemos: “Dado para correção” – o quê?

Resposta: Corrigimos nossa atitude em relação à vida, à morte, ao acaso, ao Criador. Corrigimos nossa atitude em relação a nós mesmos. A coisa mais importante que corrigimos é nossa atitude para com o universo, para com tudo. Isso inclui tudo.

Se uma pessoa relaciona tudo isso com a força superior e entende o que faz contra sua razão e desejo, mas tudo é feito de qualquer maneira na justiça e para o melhor, então ela é corrigida por isso.

Pergunta: E ela pode sair de tais estados?

Resposta: Sim, ela pode.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 26/11/20

Como Posso Verificar Se Tenho Uma Alma?

622.01Pergunta: O que é uma alma e como verificar sua existência se a pessoa trabalhou para desenvolvê-la por muitos anos? Ela a obteve? Afinal, será que, ao trabalhar nessa direção, ela não estava chegando lá, mas foi na direção oposta?

Resposta: A fim de desenvolver a alma em você, você precisa praticar a Cabalá  em um determinado ambiente, em um grupo, e então em alguns anos, ao invés de sentir a si mesmo, você começará a sentir o espaço circundante, seus amigos.

Mais tarde, por meio de seus amigos, você começará a sentir a força superior, que preenche o espaço ao nosso redor, mas que você não sentia antes. Através da conexão com seus amigos, você desenvolverá um sensor que pode sentir o Criador. Esse sentimento será chamado de “sua alma”.

É impossível fazer isso sem praticar a Cabalá em grupo. Se você quiser economizar tempo, nem tente abordar isso de outras maneiras.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

Como Manter Os Ganhos?

294.4Tudo vai passar – e o grão de esperança não vai crescer,
Tudo o que você economizou será perdido por nada
Se você não compartilhar com um amigo a tempo –
Todos os seus bens irão para o seu inimigo.
Omar Khayyam

É assim que vai ser. Se deixarmos este mundo sem dar tudo o que temos, tanto os ganhos internos quanto os externos, iremos todos para as Klipot.

Pergunta: O que significa doar, dar a um amigo? Não apenas dar, mas para um amigo.

Resposta: Para alguém que possa usar isso corretamente. Isso significa que ele continuará com você, o seguirá, se moverá para mais perto do Criador para que encontre constantemente a imagem do Criador na conexão com outros.

Não existe Criador. Quando nos aproximamos um do outro, começamos a sentir que essa força existe.

Pergunta: Sua declaração “Não há Criador” mata a todos. Está tudo na Internet. Você confundiu completamente as pessoas. O que você quer dizer?

Resposta: Na imagem em que as pessoas imaginam o Criador, Ele não existe nela. Essa é uma ideia totalmente falsa sobre a vida e a morte, sobre o Criador, sobre a questão do castigo. É tudo muito inventado e distorcido. E as pessoas vivem por meio dessas falsas impressões, constroem suas vidas em torno disso.

Pergunta: Quando se pode dizer que existe um Criador?

Resposta: Quando a pessoa descobre, apesar de seu próprio egoísmo e do egoísmo dos outros, a existência de uma força que está acima dela: uma força bondosa e amorosa. Então a pessoa entende que este é o Criador.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 21/09/20

Conheça O Segredo Da Alma

250O Novo Zohar, “Cântico dos Cânticos”, Item 483: Para conhecer e observar o segredo da alma. O que é a alma dentro dele? De onde vem e por que vem para este corpo, que é uma gota asquerosa que está aqui hoje e amanhã na sepultura? Para conhecer o mundo em que se está e para que o mundo será corrigido, para contemplar os segredos sublimes do Mundo Superior e para conhecer o seu Mestre. E a pessoa observa tudo isso de dentro dos segredos da Torá.

Uma pessoa deve conhecer absolutamente todo o universo, do início ao fim, em todas as suas metamorfoses, consequências, causas e correntes de todas as ações. Devo entender como esse sistema funciona e, o mais importante, o que posso fazer.

Se não posso fazer nada, que diferença faz para mim se eu entendo o Livro do Zohar mais ou menos, se estou à mercê da sorte e do destino. No entanto, se posso mudar algo, como posso fazer isso? Isto é muito importante.

Pergunta: Está escrito “Para conhecer e observar o segredo da alma. O que é a alma dentro dele? De onde vem?” O que significa “De onde vem?”

Resposta: Se eu entender como o sistema do universo foi criado, saberei por que e por que razão, qual é o meio para minha correção, minha influência sobre ele e a inclusão correta neste sistema. Na verdade, preciso saber tudo.

Somente o conhecimento completo tanto do geral quanto do particular, tanto a análise quanto a síntese disso dentro de mim, me levarão a ações corretas e racionais porque estou incluído no sistema eterno.

Em nosso mundo, de alguma forma sobreviveremos por tantos anos quanto deveríamos, e então partiremos. E essa é a entrada para o sistema eterno. Além disso, você é incluído em forças enormes, na influência sobre você mesmo e sobre os outros.

Somente na medida em que você entende o sistema espiritual, somente na medida em que existe em você a inclinação para as ações corretas e você não comete erros, você ganha acesso a este sistema e pode fazer algo nele.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 2

Inferno, Purgatório E Paraíso Nos Esperam

294.1Pergunta: Os psicólogos acreditam que uma pessoa sempre olha para trás, sofre com seu passado e não consegue se livrar dele. As pessoas pensam em seus erros e no que deveriam ter feito de maneira diferente. Elas sentem a dor repetidamente e são incapazes de se libertar desse ciclo vicioso.

Recebemos uma carta de uma mulher idosa solitária que escreve sobre como é assustador e solitário viver especialmente nesta pandemia. Ela está sozinha em casa, incapaz de escapar dos pensamentos de seu passado: seu divórcio e dois abortos, um por causa de sua carreira e outro quando ela decidiu que estava velha demais para dar à luz. Ela escreve: “E aqui estou sozinha; está frio do lado de fora da minha janela, frio por dentro, e sinto um frio terrível em meu coração, e os pensamentos sobre meus pecados e erros, não há como escapar deles”.

O que podemos dizer a ela, afinal ela está constantemente olhando para o passado e vive nesse passado? Por que recebemos todo esse sofrimento?

Resposta: O fato de uma pessoa sofrer com o passado também é uma correção. Não se preocupe, não havia nada de pessoal nisso.

Pergunta: Como uma pessoa pode entender isso?

Resposta: É impossível. Aqui você precisa trabalhar em si mesmo. É praticamente impossível para uma pessoa comum concordar com o Criador.

Comentário: Mas vai facilitar a minha vida se eu entender que isso não foi feito por mim, que fui conduzido para cá.

Minha Resposta: Você não pode simplesmente fazer isso, ligar algum tipo de interruptor.

Comentário: Verdade, você não pode.

Minha Resposta: Isso é dado a ela de propósito. Esses não são seus pensamentos, nem seus sentimentos. Todas essas sensações devem passar por seu sistema, por seu corpo. E nisso está sua redenção, de certa forma.

Pergunta: Isso é dado a uma pessoa para correção? É preciso passar por isso, reviver a própria vida, voltar e perceber que cometeu muitos erros. Embora não tenha sido ela quem os fez.

Resposta: Não foi ela quem os fez, nem é ela que agora está tentando condenar ou justificar tudo isso com sua consciência. Nada disso é ela! Deixa para lá. Mas tudo passa por ela, então deixe acontecer.

Pergunta: Por que é considerado proibido olhar para o passado?

Resposta: Porque não faz sentido.

Pergunta: As pessoas podem se convencer de que não faz sentido olhar para o passado e parar de fazer isso?

Resposta:  Você ainda olhará para trás até se corrigir. Até quando? Até que a pessoa concorde totalmente com o Criador! Essa é a adesão completa com o Criador, para tudo: para o passado, para o bom e o mau, para absolutamente tudo. Quando a pessoa justifica o Criador absolutamente em tudo, essa é a correção final de uma pessoa.

Pergunta: Você quer dizer que uma pessoa deve chegar a essa verdade? Justificar totalmente?

Resposta: Sim. Concordar completamente.

Pergunta: Com o que aconteceu e o que está acontecendo agora?

Resposta: Sim. Isso é chamado de “correção completa do egoísmo pessoal”.

Uma pessoa não deve olhar para trás. Ele não deve agonizar ou reprovar a si mesma por algo que fez e, ao mesmo tempo, não deve se elogiar por nada. Em outras palavras, não deve levar em consideração quando fez algo bem feito ou quando não o fez tão bem.

Pergunta:  Então minha vida foi de um herói ou de um pecador?

Resposta: Minha vida não é minha. E agora, finalmente, posso dizer que o que vivi não foi vivido por mim. Passou por mim. Mas não fui eu. É assim que fui conduzido. Minha vida, é assim que eu vi em meus sonhos. Não fui eu, tudo passou como um sonho. Portanto, temos que concordar com isso; nada mais é necessário. Apenas concordar.

E isso também não importa. Tudo o que é feito a uma pessoa está feito. E o que ela sente durante isso é o que ela sente. Não é ela quem sente, mas o que é sentido por ela, de certa forma.

Pergunta: Então me diga, por favor, para concluir: o que é nossa vida?

Resposta: Nossa vida é uma forma de existência de matéria proteica.

Pergunta: Sério?

Resposta: Ainda tiramos desta vida seus Reshimot – memórias, impressões. E nós continuamos. Um grande número de pequenos grãos de egoísmo, isto é, o desejo corrompido que o Criador criou, gradualmente passa pela purificação, correção e unificação.

Pergunta: Então, esses pequenos egoísmos, os 7 a 8 bilhões que estão lá fora, eles vivem suas vidas precisamente para chegar a isso?

Resposta: Inferno, purgatório e paraíso, como o de Dante.

O inferno é um sentimento, um reconhecimento do egoísmo pessoal, de sua insignificância. E tudo o mais que podemos adicionar aqui.

Purgatório é quando a pessoa tenta corrigi-lo, purificá-lo.

E o paraíso é quando ela transforma o seu egoísmo para trabalhar a serviço dos outros.

Essas são as três etapas pelas quais temos que passar.

Pergunta: Então, com todas as nossas vidas, estamos nos aproximando deste terceiro e último estágio?

Resposta: Sim. Portanto, se as pessoas entendem quais são esses três estágios: inferno, purgatório e paraíso, ou seja, a compreensão do egoísmo, sua correção e seu uso adequado, então está tudo bem. Continuaremos tentando.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 14/12/20

Fisiologia Não É Espiritualidade

600.04Pergunta: Se o que chegou até nós de fontes escritas e orais é percebido literalmente e não na linguagem dos ramos, então percebemos o masculino e o feminino incorretamente, não como um componente de uma pessoa, mas como gênero?

Mas nascemos homens e mulheres. O egoísmo masculino e feminino existe em cada um de nós?

Resposta: Não, não existe. Qualquer pessoa espiritualmente consiste em uma parte masculina e uma feminina. Não há privilégio de um sobre o outro. É sua combinação certa que nos dá perfeição.

Existem qualidades masculinas e femininas em cada pessoa e devem ser equilibradas, independentemente do sexo. Nossa fisiologia não tem nada a ver com espiritualidade.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

Veja Um Belo Mundo Eterno

712.03O Livro do Zohar, “Cântico dos Cânticos”, Item 483: Para conhecer e observar o segredo da alma. O que é a alma dentro dele? De onde ela vem e por que vem a este corpo, que é uma gota asquerosa que está aqui hoje e amanhã no túmulo? 

Pergunta: Por que a alma precisa descer a um corpo fétido cujo lugar é, em última análise, o túmulo?

Resposta: A alma não tem nada a ver com nosso corpo. Simplesmente existimos neste pequeno desejo egoísta, como pequenos animais. E a alma não tem nada a ver com isso.

A alma desce ao corpo pútrido significa que atinge o estado egoísta mais baixo e está nele para corrigi-lo.

Quando eu corrijo meu egoísmo, não a carne, não nosso corpo animal que permanece o mesmo, mas meu corpo interior, e gradualmente, com a ajuda do poder recebido do Livro do Zohar, eu o transformo em doação e amor pelo meu próximo, então metamorfoses totalmente incríveis acontecem comigo.

Eu começo a sentir todo o universo porque não me limito, não me afasto de tudo e sinto tudo o que se passa no mundo.

Eu sinto como sou capaz de estar fora do meu corpo, fora dos limites do meu “eu”. Começo a sentir meu “eu” espalhado por todo o universo. Esse é um novo sentimento. Não é familiar para nós. E quando começamos a adquiri-lo, a pessoa se sente livre. Ela de repente deixa sua pequena jaula em que existia.

Os Cabalistas dão um exemplo muito interessante disso. Eles comparam uma pessoa a um verme que se encontra em um rabanete podre e sente que todo o seu mundo é tão amargo quanto esse rabanete. E quando ele finalmente põe a cabeça para fora e vê o sol, o ar, tudo cantando, tudo em flor, ele diz: “Eu pensei que o mundo inteiro era como o rabanete em que nasci, e agora vejo um grande, lindo e maravilhoso mundo diante de mim!”

Nós também. Quando colocamos nossa cabeça para fora do nosso egoísmo, vemos um mundo enorme, lindo e eterno.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 2