Textos na Categoria 'Alma Comum de Adão'

Qual É O Programa Da Vida

962.4Pergunta: Qual é o programa real da vida?

Resposta: O programa da vida é permitir que todos os níveis se desenvolvam e alcancem um nível superior. Isso é o que acontece de um estado a outro na escada espiritual até atingirmos o nível de Adão (o nível humano) que se assemelha à força superior. O nível animado não muda em sua essência, ele permanece no nível animado, mas desenvolve uma forma que é semelhante à força superior, que é chamada de Adão.

Isso significa que uma pessoa não se torna como a força superior, como o Criador, mas com relação aos níveis de natureza inanimada, vegetal e animal, ela se torna um parceiro da força superior. Não podemos alcançar um nível acima do nível de Adão. O que acontece conosco acontece acima dos níveis inanimado, vegetal e animal, o que significa uma mudança de intenção, mas não de nossa natureza real.

Pergunta: Podemos dizer que, em nosso estado atual, nós, humanos, somos apenas robôs biológicos?

Resposta: Somos robôs biológicos. Não somos diferentes dos outros animais. Vivemos de acordo com nossos instintos, desejos e pensamentos, assim como eles. Somente se recebermos o poder de doação de cima e usá-lo, nos tornaremos semelhantes à força de doação que é totalmente externa a nós e separada de nós.

É como olhar em um espelho e ver algo semelhante a você, é por isso que somos chamados de Adão, da palavra hebraica “Edomeh” – “assemelhar-se” à força superior. Mas já é uma natureza totalmente diferente. Essa natureza pode ser revestida de nós até certo ponto e pode nos capacitar a funcionar como a força superior, acima de nossos desejos egoístas.

É apenas uma réplica, como um reflexo em um espelho, razão pela qual somos chamados de Adão, mas permanecemos como o nível animado neste mundo com a capacidade de adquirir a força superior adicional, de doar, de se conectar, de estar acima de nossa natureza, acima do nosso ego.

De KabTV, “Conversa com Jornalistas”, 21/12/21

Como O Amor Ao Próximo Pode Levar Ao Amor Ao Criador?

237Como o amor ao próximo pode levar ao amor ao Criador? Devemos sempre lembrar que viemos de uma alma, de Adam HaRishon. O Criador criou Adão, o preencheu e organizou tudo nele.

Todos os processos e estados estão embutidos neste Kli. No entanto, temos dados da quebra, que é o oposto da perfeição e da conexão, e dessa forma, de um estado imperfeito para um perfeito, precisamos atingir o objetivo pretendido.

Todos os dados dos estados anteriores já estão presentes em Adam HaRishon; não descobrimos nada de novo. Como está escrito, “Não há nada novo sob o sol”. Nossa tarefa é apenas colocar tudo em ordem, preparar-nos para aceitar todas as etapas da conexão e do mundo espiritual que nos está sendo revelado.

Depois da destruição, tornamo-nos opostos ao amor ao próximo. Isso foi feito de propósito para nos conectar com luz e escuridão, ódio e amor, conexão e separação, porque apenas dos dois opostos somos capazes de sentir o que significa ser um ser criado e um Criador. Afinal, não há Criador sem seres criados.

Não temos esse sentimento e, portanto, não notamos o Criador. Dizemos apenas que o Criador está oculto, mas na verdade não há ocultação. O Criador está em toda parte, mas simplesmente não somos capazes de revelá-Lo com nossos sentidos. A força de doação preenche toda a realidade, mas apenas revelamos um pouco da força de recepção e com ela representamos este mundo inteiro, nossos corpos, nosso universo. Não há nada real nesta foto.

A quebra e a ocultação foram organizadas para nos dar a oportunidade de abrir gradualmente os olhos e formar um órgão sensorial espiritual. Caso contrário, seria impossível estabelecer os seres criados.

O ser criado é um conceito especial. O Criador teve que preparar todas as condições: da completude à incompletude absoluta, até o ponto de separação e escuridão total, para que possamos nos levantar desta escuridão e desconexão, deste estado quase inexistente. Afinal, este estado existe apenas em um ponto que estabelece a relação do Criador com os futuros seres criados, que é chamado de ponto no coração ou uma parte da divindade de cima ou uma centelha de luz.

Esta centelha opera em cada ser criado, avança cada vez mais perto do sentimento de realidade fora dele, ou seja, a força de doação. À medida que uma pessoa se desenvolve, ela começa pelo menos a sentir o que está acontecendo fora dela no mundo corporal e atinge a corporalidade. Embora na verdade não esteja acontecendo fora, mas sim dentro dela. Então ela chega à realização espiritual.

É assim que construímos gradualmente nossos Kelim através da conexão uns com os outros. No início, é uma conexão egoísta, para se sair bem neste mundo. Então, novos Kelim espirituais se revelam gradualmente dentro de nós.

Precisamos entender que o egoísmo nos leva a um beco sem saída e precisamos chegar à verdade que está acima de nós. Não somos nós que estabelecemos as leis do mundo, mas a força superior; não há nada além dela. Precisamos estudar essas leis e tentar fazer a correção.

Tudo começa com a submissão. Portanto, quanto mais uma pessoa e a humanidade sucumbem à sua natureza egoísta, mais recebem golpes, após os quais terão que concluir que não temos como agir de acordo com nosso egoísmo, mas precisamos estudar o que realmente corresponde às leis do mundo ou as leis da natureza superior, as leis do Criador.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 13/12/21, “O Amor pelo Criador”

A Escolha É A Favor Do Desenvolvimento Espiritual

557Pergunta: Compreendemos a unificação no nível dos elementos inanimados. Por exemplo, combinamos hidrogênio com oxigênio e obtemos outra coisa – água. E o que deve acontecer quando as pessoas se unem sensorialmente?

Resposta: Elas se complementarão até que estejam unidas em um único sistema chamado “uma alma” ou “Adão”. Nesse estado, elas irão acomodar totalmente as propriedades do Criador.

Pergunta: É neste estado que existe liberdade de escolha?

Resposta: Não. A liberdade de escolha surge logo no início, quando escolhemos que seguiremos o caminho que torna possível sentir a alma comum. A escolha é uma consequência do que escolhemos em nosso relacionamento com o Criador.

Pergunta: Praticando o método Cabalístico, podemos acelerar nosso desenvolvimento espiritual? E podemos de alguma forma influenciar o terreno, o corpóreo?

Resposta: Mudanças corporais só podem ser uma consequência do espiritual. Por meio do espiritual, eu posso influenciar nossa vida terrena tanto negativa quanto positivamente.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 26/10/21

Adão É Uma Alma Coletiva

275Existem apenas dois parâmetros para pessoas, objetos e todos os fenômenos que observamos no mundo: o Criador é a força de doação e a única criação é a alma coletiva. A humanidade é uma criação única que se desenvolve como um todo.

Portanto, dividimos tudo o que existe em duas partes. Uma parte é a força chamada Criador, que mantém tudo em si. A segunda parte é o que Ele criou, que se desenvolve e leva ao propósito da criação.

O Criador é o poder de doação, o poder do amor, emanação positiva. E a criação é o desejo de receber prazer, compreensão e realização. A correspondência mútua entre eles dá origem a todas as versões da criação existente.

A humanidade está se desenvolvendo como um todo. Ela existe dentro de um enorme sistema de controle lançado pelo Criador que está nele como uma força animadora, desenvolvedora e controladora. Por meio desse sistema, o Criador controla todas as criações: inanimada, vegetativa, animada e, principalmente, o homem, a fim de levá-los a um único estado: a conexão plena entre si e sua conexão plena com Ele mesmo.

Essa criação comum, que inclui absolutamente tudo, é chamada de desejo de receber, ou alma. A alma (a criação comum) deve chegar à conexão completa, à convergência completa, união ou fusão com o Criador na semelhança das propriedades. É para onde estamos indo.

Nosso caminho é que primeiro percebamos o mal de nossa natureza, que é oposta ao Criador, e então desejemos mudá-la, entrar no chamado período de correção e, ao nos corrigirmos gradualmente, criar uma imagem de nossa semelhança com o Criador, e nesta medida compreendê-Lo.

Assim que começarmos a nos tornar semelhantes ao Criador e ainda mais, seremos chamados de “alma”, uma vez que nosso desejo voltado à doação e amor à semelhança do Criador é chamado de alma.

Além disso, a alma comum também é chamada de “Adão“, da palavra “como o Criador”. Todas as almas privadas da natureza inanimada, vegetal e animada e do homem devem estar unidas no sistema correto de comunicação acima de sua rejeição e separação egoísta.

Então, em sua forma reunida, eles serão chamados de Adão, a alma coletiva. Esta alma compreende o Criador e é completamente idêntica a Ele.

De KabTV, “Conversa sobre O Livro do Zohar

Os Quatro Atributos Da Governança Superior, Parte 8

632.3Obtenha A Propriedade Do Criador

Pergunta: Como podemos alcançar a propriedade do Criador na sensação e na mente?

Resposta: Apenas em um grupo.

Devemos chegar a um estado em que a misericórdia, a verdade, a justiça e a paz interajam entre nós de tal forma que sintamos que estamos criando um sistema equilibrado, que é chamado de corpo espiritual ou alma comum.

Ao começar a criá-lo, veremos o que está faltando: adicione um pouco de misericórdia, um pouco de verdade, um pouco de justiça, remova este mundo e assim por diante. Devemos entender como interagir de forma dinâmica e correta uns com os outros. A manutenção constante do equilíbrio de todas as quatro categorias é a vida espiritual.

Este é o nosso trabalho. Nisso nos sentiremos avançando no mundo espiritual e sentindo o Criador em nós e entre nós. Em geral, isso é vida.

Isso não é difícil, porque a luz superior, que atua sobre nós de acordo com nossos esforços, faz esse trabalho por si mesma. Não precisamos pensar em como reconhecemos essas categorias. Precisamos apenas lutar pela unidade e, portanto, as categorias “misericórdia”, “verdade”, “justiça” e “paz” se unirão entre nós.

Então, cada uma dessas partes é a primeira, segunda, terceira, quarta parte de nossa alma, ou seja, Hochma, Bina, Zeir Anpin e Malchut começarão a interagir corretamente entre si. E se elas atingirem pelo menos a conexão correta mínima e começarem a restaurar o equilíbrio interno, sentiremos o Criador nisso, como sentimos a vida em equilíbrio entre os órgãos do corpo.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 28/07/19

Os Quatro Atributos Da Governança Superior, Parte 7

942Construa O Criador Entre Nós

Baal HaSulam, “Paz no Mundo”: Ou seja, a verdade precisa de nós para igualar todos os indivíduos no coletivo, para receber sua parte de acordo com seu trabalho, nem mais nem menos. Esta é a única base verdadeira, da qual não se pode duvidar, pois é certo que quem deseja desfrutar do trabalho de seu amigo, seus atos vão contra a razão acima mencionada e a clara verdade.

A categoria verdade afirma que não posso receber mais do que dou ou dar mais do que recebo. Deve haver uma lei de equilíbrio universal entre todos, sem exceção. Depende das propriedades individuais de cada pessoa, da quantidade de seus esforços e do estado em que se encontra. Talvez uma pessoa tenha ficado um pouco doente ou tenha tido alguns problemas, etc.

Ou seja, a categoria da verdade não é universal. Não é algo escrito em pedra que pode ser calibrado como em algum dispositivo e usado consistentemente.

Da mesma forma, há um grande número de órgãos em nosso corpo que estão constantemente em equilíbrio dinâmico. Eles devem se equilibrar ou o corpo ficará constantemente fora de equilíbrio e a pessoa não se sentirá bem. Essa condição é chamada de doença quando os órgãos não conseguem manter o equilíbrio interno geral do corpo.

Portanto, as categorias de misericórdia, verdade, justiça e paz têm o objetivo de nos dar a compreensão de como podemos nos equilibrar para que nossa alma comece a se manifestar e a existir por conta própria. Caso contrário, simplesmente não existirá.

Devemos nos unir e nossa conexão correta nos dará o que é chamado de alma. Nela, revelaremos a vida do organismo chamado Criador, que construiremos entre nós.

Pergunta: Então, devemos nos tornar uma parte ativa do gerenciamento de todo o sistema?

Resposta: Não apenas para se tornar uma parte ativa do sistema, mas para criá-lo. O Criador diz: “Você me fez”. Não foi o Criador que criou o homem, mas o homem que criou o Criador!

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 28/07/19

Os Quatro Atributos Da Governança Superior, Parte 6

264.01Dificuldades Práticas Em Determinar A Verdade

Baal HaSulam, “Paz no Mundo”: “Quando discutimos bons atributos em teoria, certamente não há atributo melhor do que o atributo da verdade.

Isso ocorre porque todo o bem que definimos acima na relação entre o indivíduo e o coletivo é quando o indivíduo dá e desempenha plenamente sua parte para com o coletivo, e recebe sua parte do coletivo de forma justa e honesta. Tudo isso é apenas a verdade, mas a desvantagem é que, na verdade, o coletivo não aceita esse atributo de forma alguma. Assim, a dificuldade prática na verdade acima mencionada é provada por si mesma: há algum inconveniente e uma causa aqui que a torna inaceitável para o coletivo. Devemos examinar o que é essa desvantagem.

Quando você examinar de perto a verdade mencionada acima da perspectiva de sua viabilidade prática, necessariamente a achará vaga e complicada, e é impossível para o olho humano examiná-la, uma vez que a verdade requer que igualemos todos os indivíduos no coletivo, para que recebam sua parte de acordo com seu trabalho, nem mais nem menos”.

Se estamos falando da interação correta entre as pessoas, como podemos chegar juntos a um estado de verdade, porque isso é simplesmente impossível. Cada um tem a sua verdade e cada um a vê à sua maneira.

O fato é que todos devem doar, todos devem receber, todos devem interagir corretamente com a sociedade em todas as qualidades possíveis de conexão. Mas como podemos conectar tudo isso?

Estamos conectados por 620 fios de conexão. Como podemos ter certeza de que todos os fios de conexão entre nós estão alinhados corretamente e funcionam de forma equilibrada? É aqui que a “falha” no próprio apelo por complementação, doação e amor mútuos é revelada, que não nos permite fazer isso.

Pergunta: No mundo egoísta, todos veem misericórdia, verdade, justiça e paz à sua maneira. Uma variedade dessas categorias também existe na espiritualidade ou existe um entendimento para a alma comum?

Resposta: Existem diferentes entendimentos na espiritualidade, mas eles dependem do grau em que a pessoa se encontra. A cada grau em que estou agora, estive ou estarei, essas correlações mudam porque cada vez vejo minha atitude para com os outros e a atitude deles para comigo mais internamente, mais profundamente, e tento equilibrá-las.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 28/07/19

Os Quatro Atributos Da Governança Superior, Parte 3

283.01Para Reviver O Corpo Espiritual

Baal HaSulam, “Paz no Mundo”: Quatro atributos são fornecidos para esse propósito: misericórdia, verdade, justiça e paz. Esses atributos foram usados ​​por todos os reformadores do mundo até agora. É mais correto dizer que é com esses quatro atributos que o desenvolvimento humano avançou até agora por meio do governo do céu, em um caminho gradual, até trazer a humanidade ao seu estado atual.

O Criador nos controla por meio de quatro forças, quatro atributos, quatro qualidades: misericórdia, verdade, justiça e paz. Ele faz com que eles se manifestem em nós tanto de forma positiva quanto negativa. Como resultado, somos ajustados por esses quatro atributos ao nosso estado perfeito, no qual nos complementamos como células do corpo.

Pegue, por exemplo, o corpo humano, desmonte-o nas menores células e tente encaixá-las. Como você vai compará-las umas com as outras? Como elas podem se conectar, se complementar, interagir, se integrar? Esse é um trabalho incrível!

Mas é assim que acontece. No entanto, se pudéssemos ver nosso corpo físico operando, veríamos que não temos esse corpo espiritual, ele está quebrado.

Começamos nossa jornada com Adão sendo despedaçado, e ele deve ser montado pedaço por pedaço por meio da misericórdia, verdade, justiça e paz. Esse é o trabalho de uma pessoa em nosso mundo.

Já foi escrito que seria melhor tomarmos a lei do desenvolvimento sob nossas próprias mãos e governo, pois assim nos livraremos de qualquer tormento que a história do desenvolvimento nos reserva de agora em diante.

Se tomássemos essa lei com nossas próprias mãos, entenderíamos que cada um de nós quebrou totalmente as qualidades de misericórdia, verdade, justiça e paz. Não temos nada em comum com eles e, portanto, não podemos nos comunicar uns com os outros. Afinal, podemos nos conectar apenas com base nessas quatro categorias.

Esse é o nosso trabalho. Vamos estudá-las e tentar colocá-las juntas. Cada um de nós consiste em todas as partes, mas precisamos entender como podemos conectá-las.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 28/07/19

Como Podemos Nos Tornar Parte Do Sistema Integral

117Pergunta: Qual é a ação correta de minha parte para me tornar parte do sistema integral? Ou talvez eu não tenha nenhuma participação nisso?

Resposta: Você precisa! Essa é a ideia! Agora, quando me sinto conectado a todo o mecanismo do sistema integral, como posso agir ou qual é a sua vantagem?

Isso significa que não sou uma entidade individual, mas sou apenas uma fonte de benefício ou prejuízo para todo o mecanismo. É como todas as células do corpo, que não existem por si mesmas, mas apenas para sustentar a multifuncionalidade de todo o corpo.

Pergunta: Como faço para me integrar corretamente neste sistema?

Resposta: Precisamos sentir todas as células ao nosso redor para fazer isso, e o Criador que as preenche com Sua força de vida. Assim como existe um espírito que mantém o corpo vivo, nós também precisamos sentir todas as células do corpo e do espírito que as preenche, e trabalhar de acordo para o bem-estar do corpo e do espírito corpóreo. Isso é o que significa “do amor aos outros ao amor ao Criador”.

Pergunta: Como podemos cooperar mutuamente com essas células? Com base em que se eu não tiver esses atributos no momento?

Resposta: Esses atributos aparecerão em você. Gradualmente, você começará a sentir como coopera mutuamente com os outros e como, juntos, pela cooperação entre vocês, podem trazer todo o corpo à forma da criação.

Pergunta: Isso significa que tenho que senti-los e sentir esse atributo que nos conecta para descobrir esse desejo?

Resposta: Não é um problema. Comece a pensar nessa direção e você entenderá que é possível.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 21/07/19

A Queda De Adão: Quebrando O Desejo Comum

283.02Comentário: A quebra dos vasos, desejos, é, em princípio, um termo Cabalístico. No entanto, muitos que leram o Pentateuco (a Bíblia) entendem sua linguagem alegórica.

Minha Resposta: Na verdade, isso não é difícil de entender. Se meu desejo é direcionado para o bem de outros, para o benefício de outros, então ele é considerado completo, perfeito. Se for para meu próprio bem e, via de regra, contra os outros, é chamado de quebra.

Pergunta: A queda de Adão representa a quebra dos vasos?

Resposta: Dizem sobre isso que todos os desejos que estavam no protótipo do homem, Adão, eram praticamente um desejo que ainda não foi vestido em nossos corpos proteicos e foi direcionado apenas para doação. No entanto, como resultado de certas ações feitas nele, ele se transformou em um desejo de receber. Essa é a destruição de Adão.

Adão é um sistema que era um único desejo, quando, de repente, começou a se sentir consistindo de muitos elementos, ele se quebrou. Ou seja, todo desejo incluído no desejo geral queria receber para seu próprio bem. Essa é a queda, a destruição de Adão.

Pergunta: Podemos dizer que o termo “a queda de Adão” está na linguagem dos sentimentos e “a quebra dos vasos” é uma linguagem Cabalística e técnica?

Resposta: Claro. É a mesma coisa, apenas explicada em idiomas diferentes.

Comentário: Os Cabalistas identificaram todos os termos Cabalísticos da própria natureza apenas para que uma pessoa não tenha associações corporais. Afinal, quando imagino a queda de Adão – uma árvore, uma maçã e assim por diante – isso me afasta da verdadeira imagem: tudo está dentro do meu desejo.

Minha Resposta: Hoje, é claro, ninguém acredita e não pode acreditar nessas histórias. Isso tudo é completamente irreal.

Na verdade, com essas histórias, os Cabalistas explicam as leis e conexões mais internas e complexas da natureza.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 23/07/21