Natureza É Desejo

712.03Um cientista revela tudo na ciência não com sua mente, ele revela tudo em sensações (Vladimir Vernadsky).

Meu Comentário: Sim, uma pessoa é um ser senciente. O homem é um desejo. Em geral, toda a natureza é um desejo. Estudamos relações e conexões entre diferentes desejos e, portanto, no final, devemos falar sobre sentimentos.

Não importa o quanto queremos colocá-lo em fórmulas e dependências – o início, o fim, o meio da fórmula que conecta o início e o fim, várias propriedades, estados, etc. – ainda estamos falando do que está acontecendo com matéria.

Toda matéria é o desejo de ser preenchido, de desfrutar, de se equilibrar com o meio ambiente, com seu estado interior. Como resultado, ainda falamos sobre desejo no nível inanimado, vegetativo, animado ou humano.

No entanto, é necessário compreender que o desejo é uma matéria. Não é que eu queira algo e pronto. Por exemplo, o desejo dos átomos é manter sua estrutura: você precisa fazer grandes esforços para quebrar esses desejos. A natureza é apenas um desejo.

Portanto, quando Vernadsky estava falando sobre sentimentos, sobre o fato de que toda a nossa natureza está cercada por um grande pensamento, uma ideia, um desejo e uma noosfera, naturalmente, ele estava falando sobre atingir o programa da matéria que existe ao seu redor. Esta é a predestinação do homem.

Comentário: Sobre nosso tempo, Vernadsky escreveu: “Haverá muito orgulho, estreiteza de consciência e dureza de coração até que o homem se esqueça de si mesmo em um único grande sentimento de amor”.

Minha Resposta: Sim, até que o homem se eleve acima de si mesmo na propriedade do amor. Então o universo geral, o plano geral, todo o programa da criação, todo o seu caminho, e para onde estamos indo serão revelados a ele.

De KabTV, “Close-Up. Profeta”, 23/11/11

Comente