Alcançando O Ponto De Ruptura

400Comentário: De acordo com algumas estatísticas que vi, cerca de 30.000 americanos, 25.000 japoneses e 70.000 russos cometem suicídio todos os anos e alguns sociólogos dizem que esses números são subestimados pela metade.

Minha Resposta: Essa é uma consequência da ruptura de nossa sociedade humana.

A essência do homem é o desejo de desfrutar. Queremos o melhor para nós mesmos, estarmos aquecidos, confortáveis, seguros, felizes, mas em vez disso enfrentamos constantemente sentimentos negativos.

Uma pessoa é levada a tal estado onde é forçada a perguntar: “Qual é o sentido da minha vida? Por que eu preciso disso? Na verdade, não há nada para esperar. Estou esperando cataclismos todos os dias e me assegurando de que não apenas eu, mas todos serão afetados, de fato não melhora”.

Uma pessoa pode ser moral e logicamente levada a um estado em que deseja tirar a própria vida aqui e agora. Por que sofrer?

Se toda a vida consiste em, de alguma forma, manter minha existência que constantemente me traz dor e sofrimento, somente o instinto de autopreservação me impede de acabar com ela. Mas esse instinto não é tão forte. Pode ser facilmente neutralizado e vemos isso acontecendo. Em grande parte, depende da sociedade.

Por exemplo, os japoneses há muito têm a morte em alta estima. Eles a transformaram quase em um culto. Os americanos têm outro problema: drogas.

Comentário: Hoje, os EUA são um dos líderes globais na taxa de crescimento da depressão.

Minha Resposta: Naturalmente, porque eles são os mais desenvolvidos. Este é o futuro de toda a humanidade. Mas há uma saída para isso e é muito simples.

A Cabalá diz que as pessoas quase chegarão a um estado de ansiedade pela morte. Neste mesmo estado ocorrerá o ponto de ruptura. Elas começarão a perceber que se desequilibraram com a natureza com suas qualidades internas e com a forma como se relacionam entre si, que devem fazer algo a respeito: “Em vez da natureza, somos culpados por isso. Não podemos esperar nenhuma mudança dela. Nós agimos de uma maneira que fez com que ela se tornasse hostil em relação a nós. Isso deve ser radicalmente mudado”.

Então elas revelarão a metodologia para mudar a si mesmas, alcançando equilíbrio, felicidade e harmonia; além disso, não apenas a harmonia em nosso nível, mas, ao mesmo tempo, e através da fusão de dois mundos, o espiritual e o nosso, as pessoas começarão a se sentir imortais.

De KabTV, “Close-Up. Inversão de Polos”, 15/05/11

Comente