Precisamos Jogar A Vida

962.4Comentário: Cientistas do Brasil, Espanha e Reino Unido observaram um grupo de bugios nas florestas do México e Costa Rica. Estes são macacos que levam um estilo de vida de baixa atividade, e o principal para eles é não se mover. São herbívoros, alimentam-se de folhas. No entanto, eles jogam ativamente.

Os cientistas pensaram: “Por que eles desperdiçariam energia e jogariam (brincariam)?” Eles realizaram experimentos e descobriram que os macacos fazem isso para reduzir a tensão e evitar disputas e conflitos. Eles os evitam com a ajuda de um jogo.

Minha Resposta: Isso é o que precisamos aprender.

Pergunta: Ou seja, eles estão em tal nível: agora vamos entrar em conflito, depois vamos nos odiar – não, é melhor jogarmos. Você acha que este é o caso?

Resposta: É assim. É muito legal e interessante! Muitos animais têm esse jogo.

Veja o quanto eles nadam, fazem alguma coisa, jogam todos os tipos de jogos – bastante sérios, perigosos e arriscados – mesmo na velhice. E tudo isso para substituir seus conflitos por ela.

Pergunta: O que é isso, se extrapolarmos isso para a humanidade? O que a humanidade deve decidir neste caso? Que jogo devemos jogar?

Resposta: O que você quiser. Desde que seja um jogo que substitua todos os conflitos reais.

Pergunta: E ainda, em que tipo de jogo você guiaria a humanidade?

Resposta: Eu faria para que a humanidade jogasse que trabalha, ganha, constrói e compete. Em geral, toda a nossa vida é apenas para que finalmente a vejamos como um jogo.

Comentário: Ou seja, eu vou trabalhar, me comunico com todo mundo.

Minha Resposta: Eu compito em tudo, verifico o que meu vizinho tem, o que eu tenho e assim por diante. Mas é um jogo.

Pergunta: O que isso nos dá?

Resposta: Para que depois eu possa resetar a conta, zerar, e como se fosse recomeçar.

Pergunta: Isso nos impediria de discussões sérias?

Resposta: Sim. Jogaríamos nossa vida. “O que é a nossa vida? Um jogo”. Assim, devemos fazer disso um jogo.

Comentário: Foi-nos dito: “Você está jogando a vida! Você deveria viver de verdade.” Agora acontece que tudo está ao contrário, temos que jogar a vida. Então eu apenas jogo todas essas brigas e discussões.

Minha Resposta: Claro. Nós as perceberíamos de maneira diferente, sentiríamos tudo de maneira diferente, construiríamos esse jogo de maneira diferente.

Pergunta: O que queremos alcançar neste jogo? Isso é algo que devemos ter em mente?

Resposta: Sim. Não o resultado do jogo em si, mas a que chegamos como resultado: ao fato de que há uma compreensão do significado da interação entre nós.

Pergunta: Qual é?

Resposta: A revelação das forças da natureza que nos torcem assim e nos levam a este jogo.

Pergunta: E se eu revelar que realmente estou dentro da lei da natureza?

Resposta: Você verá como a natureza brinca com você e realmente dirá que nossa vida é um jogo.

Pergunta: Se eu vir que estou realmente dentro do sistema – como dizem, a matriz – e tudo o que está acontecendo comigo é o que essa matriz quer, o que ela me dará?

Resposta: Ela lhe dará a oportunidade de entender o que é esse mecanismo do qual você participa e o que você pode fazer para descobrir e entendê-lo. Afinal, ele existe por algum motivo. É para alguma mente superior ou para você?

Pergunta: E o mais importante é que meus pensamentos sejam direcionados para isso?

Resposta: Sim.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 21/03/22

Comente