Uma Pequena Adição Que Abre Um Mundo Inteiro

962.2Todas as ações supostamente realizadas para o bem da humanidade são, na verdade, feitas para o próprio bem, a fim de mostrar sua justiça, força e poder.  Assim, uma pessoa trabalha e afirma que está fazendo esforços para o bem da humanidade.

Mas se eu realmente quero trabalhar pelo bem da humanidade, eu preciso do poder de doação, a força superior. Portanto, se a pessoa afirma que está disposta a trabalhar apenas em benefício da sociedade, é mentira. Ela simplesmente não entende do que está falando.

Mas a humanidade não tem mais forças para trabalhar por si mesma porque chegamos a tal limite onde todos já completaram seu desenvolvimento egoísta. E agora precisamos nos desenvolver se unindo.

Vemos que toda a natureza se desenvolve de maneira semelhante. A princípio, as amebas, os organismos mais simples, se desenvolveram até que as moléculas se combinassem em sistemas mais complexos. Como resultado, elas formaram corpos mais complexos que tinham sentimentos e uma mente, e fizeram uma divisão de papéis dentro de sua conexão.

A humanidade está começando a sentir que não temos força suficiente para continuar existindo. E quando tentamos egoisticamente receber essas forças da natureza, não podemos fazer isso e desistimos em desespero. É quando a ciência da Cabalá deve ser revelada.

Todo o nosso desenvolvimento até aqui foi no sentido de nos revelar como um zero completo, ou seja, que não temos um único objetivo correto e força para alcançar qualquer verdade. Devemos descobrir esta verdade da criação.

Uma pessoa não é capaz de trabalhar pelo bem da humanidade porque precisa se elevar acima de si mesma para isso. Eu não tenho a capacidade de sentir a humanidade.

Eu posso sentir minha família porque ela é um dos desejos básicos, que são comida, sexo e família; portanto, estou pronto para trabalhar por ela. Mas a humanidade e até mesmo uma nação são conceitos quase indiscerníveis para mim. Afinal, devo sentir egoisticamente que eles estão em mim para que eu possa trabalhar para eles. E se eu não tenho esse sentimento, não quero me esforçar.

Portanto, um componente adicional é necessário aqui: pelo bem do Criador, acima da razão, ou seja, uma conexão com a força superior devido à sua revelação. E é possível revelar a força superior apenas através da semelhança de propriedades. Esta “pequena” adição abre todo o mundo espiritual, a verdadeira realidade, diante de nós.

Mas devemos construir o Criador nós mesmos. Ele não existe fora de nós. Não podemos revelar o Criador até que alcancemos a forma da criação. E a forma da criação é a dezena, o grupo. Portanto, antes de tudo, devemos tentar nos incluir uns nos outros.

Não há Criador sem criação. Existe uma força superior comum que preenche todo o universo. Na medida em que construímos a criação, a dezena, podemos revelar uma parte dessa força superior abstrata que preenche toda a realidade de um lado e não é sentida por ninguém do outro. Ela é revelada apenas para aqueles que constroem o vaso certo, o Kli, para sua revelação.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 17/01/22, Escritos do Baal HaSulam “A Paz”

Comente