Graças À Conexão Com Os Amigos

938.07A resposta é que ele deseja alcançar Dvekut [adesão] com o Criador, chamada “equivalência de forma”, ou seja, não pensar em seu próprio benefício. Assim, por que subjugar é uma coisa difícil? A razão é que ele deve revogar seu próprio valor, e toda a vida que ele deseja viver será apenas com a consideração de sua capacidade de trabalhar para o benefício dos outros, começando pelo amor ao próximo, entre homem e homem, por meio do amor do Criador (Rabash, Artigo n.º 30 (1988) “O Que Procurar Na Assembleia De Amigos”).

Se eu quero alcançar a adesão com o Criador, e a adesão com Ele pode ser de acordo com a forma, eu devo anular completamente o meu “eu”, e fazer tudo o que faço na vida com a intenção de amar tudo o que me rodeia. Só assim alcançarei o amor ao Criador e gradualmente O revelarei na medida do meu amor pelos outros e poderei alcançar a adesão a Ele.

Entendemos que a substituição do nosso egoísmo pela qualidade oposta a ele é obrigatória, necessária. Portanto, nosso trabalho no grupo é a salvação para nós! Se não fosse pelo grupo, não teríamos um estado de transição – do amor dos seres criados ao amor do Criador. Eu não seria capaz de fazer nada. Eu seria totalmente oposto ao Criador sem qualquer capacidade de me aproximar Dele e começar a me mover em direção a Ele de qualquer maneira.

O grupo existe justamente para que eu possa começar a me conectar a ele, entrar nele e me anular em relação a ele. Nessa medida, eu começo a me aproximar do Criador.

Tenho todas as possibilidades de me controlar e estar ciente de como estou me aproximando e o que estou fazendo com isso. E tudo isso graças à minha conexão com os amigos.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 07/01/22, “Anulação diante dos Amigos” Lição 2

Comente