Geração De Riqueza

566.01Pergunta: A geração atual pode ser chamada de geração “Lady Gaga”. Claro que esta é uma imagem coletiva, embora muitas pessoas saibam que existe de fato uma cantora chocante que é popular entre a geração mais jovem. Os valores que Lady Gaga instila são fama, riqueza, honra, liberdade nesta vida, ser independente e simplesmente não prestar atenção aos outros.

Por que é mais fácil para os pais hoje colocar seus filhos sob a autoridade dessa programação? Eles nem percebem quais programas de TV seus filhos estão assistindo, desde que não estejam no caminho.

Resposta: Os pais preferem deixar seus filhos sob os cuidados de seu ambiente, e o que for, será. Este é o nosso egoísmo. Não queremos nos envolver com outras pessoas.

Nem mesmo sentimos nossos filhos tão próximos quanto deveríamos. A pessoa atingiu tal pico de desenvolvimento egoísta que não se importa; ela vê que a criança está mergulhando em más ações e não faz nada a respeito.

Sabemos perfeitamente o que acontece com as crianças a partir dos 12 aos 14 anos. Começam a usar drogas, participam de todos os tipos de “festas do pijama”, organizam todos os tipos de orgias. Mas tudo isso é em torno do sexo, que em geral é natural, e das drogas, que já se tornaram bastante comuns.

Como resultado, não é mais considerado algo especial. Aqui surgem relacionamentos e objetivos completamente novos. Afinal, para se destacar hoje, você tem que ser alguém especial em sua manifestação animal.

E não podemos fazer nada; não temos ninguém a quem recorrer. Em nosso desenvolvimento humano evolutivo, perdemos a geração de pais.

Portanto, os pais não são mais pais. É impossível esperar que de alguma forma sejam capazes de tratar os filhos corretamente, de criar o ambiente certo ao seu redor, de exigir que o Estado faça isso, uma vez que o cargo de Chefe de Estado é ocupado por pessoas que também foram criadas de maneira incorreta.

Portanto, todo o nosso sistema de educação não se preocupa com a formação, mas apenas com a educação. Uma pessoa vai à escola para adquirir conhecimentos gerais. Ela é avaliada apenas por seu desempenho acadêmico. É verdade que também dão uma avaliação na disciplina, mas isso não é levado em consideração por ninguém.

A principal coisa enfatizada é ter sucesso nas ciências, para se sustentar no futuro. Mas nem as escolas, nem qualquer outra instituição, nem a casa ou o que cerca a criança – o exterior, a televisão, a Internet – formam uma pessoa a partir dela.

Infelizmente, não podemos impor exigências aos filhos ou mesmo aos pais, porque eles não estão em posição de fazer absolutamente nada. Vemos isso até mesmo pelos avós, que, embora se arrependam do que está acontecendo, também são bastante passivos. Esse estado de perda foi observado pelo menos nos últimos cinquenta a sessenta anos.

De KabTV, “Close-Up. Geração”, 24/08/09

Comente