Cosmologia Cabalística

934A lei “Ame o seu próximo como a si mesmo” vem desde o início da criação, quando a luz superior preenchia todo o universo.

Falando em termos físicos, podemos dizer que toda a força da criação, toda a sua matéria, estava concentrada em um ponto. Então o Big Bang aconteceu como resultado do qual todo o universo, todos os mundos e todas as galáxias emergiram.

O Big Bang foi causado por um curto-circuito entre o desejo de receber criado pelo Criador e o desejo de doar, que é a natureza do Criador.

Quando a desejo de doar tocou o desejo de receber criado por ele, o desejo de receber explodiu e todos os elementos em todos os níveis do universo foram formados a partir de suas partículas: inanimado, vegetativo, animado, humano e, acima do homem corpóreo, o nível de desenvolvimento espiritual que torna o homem semelhante ao Criador e retorna toda a matéria à equivalência de forma com o Criador, com a luz. Isso é o que diz a cosmologia Cabalística.

Não importa onde comecemos a cumprir a lei de “Amar o próximo como a si mesmo”. O principal é começar, e então avançaremos cumprindo-a. Mesmo que cumpramos esta lei em um pequeno grupo, através dele, como em um laboratório, queremos representar toda a criação.

O desejo de construir uma conexão entre amigos da dezena é uma aspiração muito elevada e sutil. Significa que estamos realizando um experimento em laboratório para descobrir o que é a criação e que leis se aplicam a ela. Verificando quais leis se aplicam entre nós em nossa pequena dezena, descobriremos como podemos influenciar as leis de toda a vasta criação.

O único problema é que negligenciamos a dezena sem entender que tocamos a parte mais interna e sensível de todo o universo através dela, tanto de todo o mundo corpóreo quanto espiritual.

Se entendêssemos que ferramenta única temos à nossa disposição, trataríamos a dezena de forma diferente. É por isso que a verdadeira imagem está oculta de nós, e somos como crianças brincando com blocos no chão, sem perceber que existe um vasto mundo ao nosso redor. Não notamos nada ao nosso redor em nossa mente infantil porque estamos completamente absortos neste jogo.

Se entendêssemos que toda a lei do amor ao próximo foi implementada na dezena, nos integraríamos a ela, começaríamos a trabalhar com todas as nossas forças e, por meio dela, revelaríamos toda a realidade, corporal e espiritual, como um todo único.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 20/12/21, Baal HaSulam, “O Amor de Deus e o Amor do Homem”

Comente