A Guerra Biológica Contra O Egoísmo

584.03A pandemia deixou o mundo em desordem porque as pessoas não entendem o que está acontecendo, não sabem o que vai acontecer a seguir e não sabem como se proteger. Portanto, não há alegria nas pessoas e a vida na cidade não é mais agitada e borbulhante. Mudou para uma atmosfera sombria. Todo mundo pensa apenas em como se manter saudável e não se infectar.

Mas seria um erro presumir que este é um período temporário que vai passar. A pandemia de coronavírus veio para ficar por muito tempo porque este é um golpe muito especial. O vírus sabe afetar todas as áreas da nossa vida: família, toda a sociedade, crianças e adultos, desde os jovens aos idosos. Ele pode fazer todos os tipos de correções em todas as formas de sociedade e suas conexões.

Haverá também cepas de coronavírus que destruirão tudo o que é antigo e estabelecerão novas conexões entre nós. Este vírus é muito inteligente. É uma partícula biológica e está travando uma guerra biológica conosco contra nosso egoísmo.

Portanto, o vírus com todas as suas novas formas globais de manifestação nos acompanhará até o final da correção. O egoísmo tentará se adaptar a viver ao lado dessa besta chamada coronavírus. Mas isso não vai funcionar porque esta é uma guerra biológica que a natureza está travando contra nós. Se reagirmos a esta guerra corretamente, como a algo que está nos direcionando para a correção do egoísmo, teremos sucesso.

O Criador nos ataca com esse vírus biológico e tenta nos colocar em ordem. Mas a humanidade ainda não compreendeu a forma correta de tratar o que está acontecendo.

O vírus é um fator de nível muito alto e especial porque afeta a falta da conexão correta no nível biológico. Este não é mais o grau inanimado ou vegetativo, mas animado e que pertence ao nível espiritual. Ou seja, o vírus age como se quisesse saltar para a espiritualidade. Como não damos esse salto, o vírus nos empurra para ascendermos ao nível espiritual. E fará seu trabalho.

No final, descobriremos que não temos solução e que somente com o trabalho comum de todos nós seremos capazes de eliminar o coronavírus. Ficará claro para nós que isso só pode ser feito por meio de nossos esforços conjuntos. O vírus nos obrigará a nos conectarmos uns com os outros, e essa é a única maneira de sobrevivermos a ele.

O vírus está nos levando para a espiritualidade, mas até agora de forma negativa. Se estivéssemos corretamente conectados um com o outro, estaríamos agindo mais corretamente juntos em relação ao vírus. Ele nos direcionaria para onde deveríamos nos conectar mais e onde menos, ele nos guiaria.

Como ainda não estamos fazendo isso, e os médicos não divulgam que todas as doenças dependem do comportamento humano, do desequilíbrio entre nós, teremos que sofrer mais.

Em breve entenderemos que é necessário nos cobrirmos com máscaras não para não sermos infectados pelo vírus de outras pessoas, mas para não permitir que o seu vírus infecte outras pessoas. Esse já é um fator no nível humano porque é determinado não apenas pela máscara em meu rosto, mas por minha atitude em relação a essa proteção: estou tentando para o meu próprio bem ou para o bem dos outros. Quem eu coloco uma máscara no meu rosto?

A pandemia não vai acabar, só vai crescer. A natureza não nos deixará existir. A natureza tem milhões de vírus diferentes. Um vírus é um defeito genético que causamos no sistema genético da natureza. Todo o sistema está interconectado em todos os níveis, em todas as formas, em todos os subsistemas.

Não estabelecemos a conexão correta entre as pessoas, a lei do “ama ao próximo como a si mesmo”, mas apenas nos afastamos dela. Com isso, estimulamos a liberação de vírus, o desenvolvimento incorreto de partículas biológicas no mais alto grau do desenvolvimento da natureza, acima do qual está apenas o nível espiritual. Nós mesmos causamos esses vírus. Eles são uma consequência do nosso egoísmo não corrigido.

Portanto, a pandemia não terminará tão facilmente. Ela vai crescer e se espalhar de todas as maneiras. A natureza tem os meios para nos conter e nos guiar corretamente para o objetivo.

De KabTV, “Conversa com Jornalistas”, 28/11/21

Comente