O Ponto Central Da Crise Global

222Pergunta: Quais sinais da crise global estão passando despercebidos, mas que devemos prestar muita atenção?

Resposta: O ponto mais central, a raiz da crise global, está nas pessoas se distanciando umas das outras. Sentamo-nos atrás de nossos computadores e jogamos jogos como crianças e nada mais.

Devemos entender que apenas a aproximação uns dos outros por meio de boas forças pode nos tirar da crise geral. Ou seja, é uma crise de pessoas se distanciando umas das outras, seu desejo de que todos estejam em algum tipo de casulo, e não pensem ou se preocupem com mais nada.

Pergunta: Por que as pessoas realmente não sentem que há uma crise? Ela está sendo subestimada? Por exemplo, posso avaliar a crise de superprodução. Vou até a loja e vejo prateleiras vazias. Mas a crise nas relações mútuas está de alguma forma escondida de uma pessoa. Não entendemos o que está por trás disso ou quão sério é.

Resposta: As pessoas ficam presas nos “brinquedos” que inventaram. Seu interesse por jogos as distrai de seus problemas reais. Portanto, por um lado, a humanidade parece estar avançando e, por outro, está morrendo. Tudo está na consciência da maldade desse estado. Enquanto isso, estamos apenas enchendo os bolsos sem fundo daqueles que governam e controlam todos.

Não vejo nada de bom no futuro. Precisamos explicar às pessoas para onde tudo isso vai levar. Significará realizar uma longa e amarga jornada durante a qual trabalhamos para nossos próprios inimigos que só pensavam em enriquecer às nossas custas para lançar ao mar tudo o que acumulamos e lhes entregamos. É assim que funciona o egoísmo humano feroz.

É necessário perceber o mal do nosso egoísmo e entender que este é o único mal. Então, podemos conversar sobre como nos livrar dele.

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 19/10/21

Comente