Uma Pessoa Sob O Controle Do Criador

961.1Pergunta: Existem grandes vilões no mundo como Hitler e Stalin. Há um sentimento de que há uma força invencível por trás deles, como se fosse o Criador, e então eles perdem esse poder. Por que as coisas acontecem assim?

Resposta: Se uma pessoa não é levada à conexão com o Criador, ela é simplesmente gerenciada pela força superior, especialmente essas grandes pessoas negativas como Hitler e Stalin, ou grandes pessoas positivas.

Uma pessoa não tem controle sobre isso. Do ponto de vista da sabedoria da Cabalá, toda a humanidade está escravizada, eles são operados pelo egoísmo animal, exceto para aqueles que alcançam o contato com o Criador ou que desejam ser direcionados a esse contato. Portanto, não podemos exigir nada deles. Afinal, eles não sabem como agir, como a providência superior os controla e por que são forçados a fazer as coisas de uma forma ou de outra.

É claro que o mal que eles podem infligir ao mundo deve ser limitado, mas não podemos condená-los por isso. Precisamos mostrar e explicar a eles como revelar corretamente a verdadeira força da natureza que nos controla para que possamos revelá-la.

Não podemos nos relacionar com eles de maneira diferente. Eu entendo que no nível corporal você pode odiá-los e estar pronto para destruí-los e não pode desejar nada de bom para eles. Mas, por outro lado, precisamos entender que uma pessoa é escravizada e controlada pelas forças que o Criador insere na pessoa, que operam nela. Uma pessoa é criação do Criador.

Somente se, além dos atributos terríveis que o Criador deu a uma pessoa, a pessoa adquire o método de corrigir esses atributos, o que significa a capacidade de corrigi-los, é possível pedir e exigir de tal pessoa: “O que você tem feito com o que recebeu? Você implementa o método de correção? Você o usa corretamente nas condições que lhe foram dadas?”

Mas se uma pessoa não tem condições de se corrigir, como você pode exigir algo dela?

Se olharmos para o mundo da perspectiva da sabedoria da Cabalá, precisamos nos relacionar com essa pessoa de maneira diferente. Precisamos ver essas pessoas como a criação do Criador. Todos nós temos os atributos básicos que não escolhemos. Não escolhemos onde nascer, como ser criados, etc. Talvez eu também gostaria de ter nascido e sido criado em uma família diferente, em uma sociedade diferente, em um país diferente, em uma época diferente.

Ninguém pode escolher isso, então por que alguém deveria vir até mim com uma reclamação: “Por que você faz as coisas de uma maneira e não de outra?” Eu faço isso porque é assim que fui criado e é assim que os atributos que o Criador me deu se desenvolveram, isso é tudo.

Esta é a razão pela qual a sabedoria da Cabalá nos guia a uma percepção totalmente diferente da realidade, de modo que não tenhamos nenhuma reclamação de ninguém, exceto de nós mesmos. Você quer corrigir o mundo? Mire no Criador e tente, exija, peça e aja por meio Dele para corrigir o mundo.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 21/07/19

Comente