Para Onde A Aquisição Contínua Nos Levou

115.06Pergunta: Por que, com a mudança das formações socioeconômicas, uma pessoa descobre cada vez mais que já está interconectada com todas as outras – primeiro dentro da família, depois dentro da cidade, depois no país e, finalmente, entre os países?

Resposta: O egoísmo está crescendo. Minha aldeia não é suficiente para mim, eu preciso de uma cidade grande, eu não preciso de uma cidade grande, eu preciso de um Estado, eu não preciso de um Estado, eu preciso do mundo inteiro.

E tudo isso porque sinto que posso estar conectado com o mundo inteiro, sentir, compreender, receber dele e dar algo em troca, mas somente quando necessário. A partir daí, em princípio, surgiram todos os nossos atuais meios de comunicação, a necessidade deles e a conexão entre todos.

O fato é que o egoísmo se baseia na expansão, absorção, aquisição e inclusão contínuas em si mesmo. É uma força física natural da natureza.

O desenvolvimento dos países capitalistas e socialistas foi construído sobre o egoísmo: para engolir tudo ao seu redor, para não desistir dos territórios antes conquistados. Veja como a Inglaterra e a França não queriam se separar de suas colônias, ou a Rússia não queria abrir mão de outras repúblicas. Este é um processo natural de absorção.

E hoje, quando esses países descobriram que o processo estava indo contra eles e que ainda tinham que prover para suas colônias, eles decidiram: “Por que precisamos prover para eles? Vamos tirar mão de obra barata de lá, fabricar produtos e vendê-los e lucrar com eles”.

Na verdade, este é um tipo diferente de exploração, só que mais moderno e mais escondido. Portanto, eles libertaram as colônias: “Vivam como quiser. Ao mesmo tempo, vocês precisarão de nossos produtos. E para isso vamos explorar vocês, bombear tudo o que for possível”. O mesmo está acontecendo hoje com o mundo inteiro.

Mas o mundo está se tornando cada vez mais interconectado e, portanto, surge um problema. Não há para onde ir mais longe, já que absorvemos tudo, dividimos o mundo inteiro. Agora, se houver uma nova divisão do mundo, não será por territórios, mas por fontes de informação, o que significa uma guerra de informação. Tudo isso é uma expansão que irrompe naturalmente do nosso egoísmo. E não há como escapar disso até que descubramos que esse é um caminho sem saída. Agora está gradualmente começando a se abrir.

De KabTV, “Close-Up”

Comente