Entrando Na Impregnação Da Alma

947Se cumprirmos as condições que nos foram dadas pelo Criador, que não está permitindo que nos encontremos fisicamente, mas apenas virtualmente, e nos aproximarmos mais uns dos outros em nossos corações, avançaremos ainda mais em direção um ao outro e juntos avançaremos mais rumo à meta, isto é, ao sistema de Adam HaRishon. Desta forma, iremos restaurar esse sistema da alma comum, e o Criador, a Shechiná, residirá entre nós. É assim que chegaremos à correção.

Não há mais ninguém além da força superior e, portanto, todos lidam apenas com o Criador, mas apenas por meio dos amigos. Caso contrário, não temos conexão com a força superior, uma vez que o contato com ela é possível apenas na medida em que minha conexão com os amigos é forte e qualitativa, e, através deles, revelarei o Criador.

Do amor dos amigos, chegamos ao amor do Criador, por isso é necessário direcionar todos os nossos pensamentos, desejos e ações a Ele. Quanto mais complexa, qualitativa e forte for a conexão que alcançamos, mais descobriremos o Criador dentro dela e seremos capazes de aderir a Ele.

Todo o nosso trabalho é limpar a área entre nós de todos os pensamentos e confusões estranhas e sempre visar à verdadeira conexão, acima de todas as reivindicações de egoísmo e perturbações. Todos os obstáculos devem ser vistos como uma ajuda nos guiando para a conexão correta.

Ao limpar a área entre nós de todos os pensamentos estranhos, começamos a sentir o Criador nela. É necessário focar toda a nossa mente e coração neste trabalho porque já estamos no início da fecundação, e o que nos resta é apenas expandir nossa conexão e fortalecê-la para ver o embrião espiritual, ou seja, a alma de Adam HaRishon, que está começando a ressuscitar da destruição.

O embrião tem desejos de receber e doar, e gradualmente começamos a examiná-los, examinando o que podemos usar para nos conectarmos com o grupo. Nossa tarefa é reunir todas as forças e desejos que contribuem para nossa conexão e usá-los para construir a cabeça e o corpo do Partzuf espiritual. O resto dos desejos, que por enquanto deixamos de lado, serão incluídos mais tarde no final do Partzuf.

Portanto, eu classifico meus pensamentos e desejos, escolho aqueles que me permitem me conectar com os amigos do grupo, e é assim que avanço. Isso significa que dentro da gota sem forma de sêmen começa a divisão da cabeça, do corpo e do fim do futuro Partzuf da alma.

Tudo isso precisamos fazer em relação à conexão com o grupo. O que quer que contribua para a conexão com o grupo, eu escolho e mantenho; eu trabalho com esses desejos. E esses desejos com os quais ainda não consigo trabalhar, vou até o fim e deixo para depois.

Desse modo, do mais leve ao mais pesado, começamos a examinar nossos estados. Isso significa que uma gota de sêmen da força geral de doação começou a se desenvolver em nós. Um embrião espiritual, que foi formado por todas as nossas forças corretas, através de nossa preocupação comum e oração, começou a se desenvolver dentro da mãe, dentro de Bina.

Da Convenção Internacional de Cabalá 26/09/21, “Entrando em Ibur – Revelando um Novo Mundo”, Lição 3

Comente