Atitude Ambígua Em Relação À Cabalá

545Pergunta: Por que os judeus, mesmo que estejam procurando o sentido da vida, procuram por isso não na Cabalá, mas em outro lugar?

Resposta: Antigamente, no passado distante, os judeus administravam a si mesmos com a ajuda do método Cabalístico e se elevavam acima deste mundo. Eles sentiram a criação eterna e perfeita, e viveram nela com seus sentidos e mente.

Então eles caíram no estado oposto, oposto ao original. É por isso que rejeitam a Cabalá e não querem retornar a este estado. As propriedades que prevalecem neles hoje são opostas às propriedades superiores em que estavam na época do Templo porque caíram de mais para menos.

E as outras nações que saíram da Babilônia e não se levantaram espiritualmente não tinham mais nem menos. Mas agora o desenvolvimento histórico os trouxe ao ponto em que querem saber qual é o sentido da vida e são completamente leais à Cabalá. Se suas religiões não são direcionadas contra o Judaísmo (afinal, muitos consideram a Cabalá como parte do Judaísmo), eles estão interessados ​​e percebem isso como algo verdadeiro e pelo menos não repulsivo.

Embora existam muitos obstáculos aqui. Alguns pensam que a Cabalá é misticismo, uma ciência terrível que pode fazer com que forças das trevas afetem uma pessoa. Seja como for, todos esses medos vão desaparecendo aos poucos e a humanidade começa a sentir internamente que provavelmente existe alguma possibilidade de salvação, de encontrar a verdade neste método.

De KabTV, “Close-Up. Expulsão”

Comente