Símbolos De Yom Kippur

570Comentário: Na véspera do Yom Kippur, a cerimônia de Kaparot (expiação) é realizada. Parece um rito pagão: pegam um galo, torcem-no sobre a cabeça e depois o matam.

Minha Resposta: O fato é que os rituais de muitas religiões parecem bárbaros para nós hoje. No nível corporal, em prol da redenção, uma pessoa aparentemente sacrifica um galo em vez de si mesma, imaginando-se na forma desse galo.

Na verdade, tudo isso não deveria ser assim, porque do ponto de vista da Cabalá, tudo acontece em um nível espiritual.

Comentário: Também existe o costume de desejar que sejamos registrados no Livro da Vida— Gmar Hatima Tova (Um bom registro no Livro da Vida).

Minha Resposta: O Livro da Vida também é uma alegoria, um símbolo da luz superior, que registra todas as ações humanas. Na medida em que ele deseja usar essa luz para sua correção, sua semelhança com o Criador, suas boas ações são registradas.

Acontece que a própria pessoa, não apenas durante um ano, mas ao longo de sua vida, escreve seus atos; através da atração da luz superior, as correções são feitas e essas são boas ações; sem atrair a luz superior, são feitas más ações.

Pergunta: Acredita-se que você viverá no próximo ano da mesma forma que passa o Yom Kippur. Isso afeta de alguma forma nossa vida corporal?

Resposta: Na verdade, nada em nosso mundo afeta o mundo espiritual, exceto nossos relacionamentos uns com os outros. Portanto, é dito que Yom Kippur não os corrige. O homem deve consertá-los sozinho.

O Criador pode aparentemente perdoar todos os pecados neste dia, exceto por nossa atitude perversa para com os outros. Isso está acima de Seu mecanismo sob o qual nosso mundo, o Universo, foi criado. E quanto mais perto estamos uns dos outros em sensação, espiritualmente, mais perto estamos do Criador.

De KabTV, “Estados Espirituais. Rosh HaShana e Yom Kippur

Comente