PSPT E O Propósito Da Vida

961.2Pergunta: Em abril deste ano, Itzik Saidyan, um soldado deficiente de 26 anos, ateou fogo a si mesmo em frente ao Departamento de Reabilitação do Ministério da Defesa de Israel. Este evento despertou o discurso público e trouxe a consciência daqueles que sofrem de PSPT (perturbação de estresse pós-traumático) e outros traumas emocionais. Muitas dessas pessoas sentem que são invisíveis porque sua deficiência não pode ser vista.

Digamos que essa mesma pessoa o encontraria alguns momentos antes de ir se incendiar. O que você diria a ela?

Resposta: Eu diria a ela que a vida humana tem um propósito muito maior do que ela pode imaginar. Mesmo quando a pessoa se encontra neste estado difícil, estados eternos, completos, perfeitos e alegres podem ser alcançados.

Pergunta: Muitas pessoas entre nós estão sofrendo de traumas em um nível ou outro. Como podemos agir, como sociedade, para fortalecê-las e dar-lhes esperança?

Resposta: Não temos outra escolha a não ser aprender como nos aproximar e alcançá-las, ouvir e explicar o processo pelo qual uma pessoa deve passar. Dessa forma, podemos ajudá-las a chegar à verdade.

Pergunta: Qual é a verdade Dr. Laitman?

Resposta: A verdade é que cada um de nós existe sob o plano geral da natureza e cada situação pela qual passamos, é tudo predeterminado dentro dela. Se chegarmos a um acordo e descobrirmos que é assim que as coisas são, isso nos dará grande satisfação.

Pergunta: A pessoa pode sair desse estado destruído, do fundo do poço?

Resposta: Sim, pois a correção geral da pessoa a leva a um estado em que ela se eleva acima de si mesma e está incluída na perfeição e harmonia da natureza.

Pergunta: O que permite que ela alcance a eternidade e a perfeição quando está no fundo do poço?

Resposta: Justamente esse cuidado e compreensão, é tudo o que resta para evitar “ser enterrada viva” para sanar essas situações traumáticas e pós-traumáticas. Em geral, todos os eventos na vida de uma pessoa podem ser mudados porque todos nós passamos por esses traumas na vida, com a razão de que todos precisam disso para nos empurrar para a mudança.

Precisamos apenas compreender que o cuidado correto é que nos elevemos acima de nossa natureza atual para aquela de doação, amor e conexão.

Pergunta: Este é o remédio para tudo?

Resposta: Não há outro remédio!

Comente