“Educação Para Conscientização Global” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: “Educação Para Conscientização Global

A realidade integral em que criamos nossos filhos hoje é muito diferente daquela em que crescemos. Para que prosperem em um mundo interconectado, eles devem estar cientes de como estamos conectados e, quanto mais cedo começarmos a ensiná-los, melhor.

Devemos explicar a eles que vivemos no planeta Terra e mostrar-lhes como é a Terra. Não apenas sua forma redonda, mas o solo, as plantas, os animais e as pessoas, e como estamos todos conectados em um sistema.

Posteriormente, devemos contar a eles sobre nosso sistema solar, como o sol e a lua afetam a Terra, como as estações mudam e como as forças naturais moldam nossas vidas. Devemos também mostrar a eles que, quando civilizações e nações se desconectam, tornam-se hostis e, quando se sentem próximas, ajudam umas às outras.

O ponto principal que precisamos mostrar é a união entre todas as forças da natureza em um mecanismo único e integral, e como isso nos influencia. Precisamos perceber que, mesmo que estejamos conectados por meio de um dispositivo móvel ou computador, e vivamos no reino virtual, ainda estamos conectados no mundo físico, e não apenas com outras pessoas, mas com tudo.

Como resultado, os filhos crescerão sabendo como é importante cultivar boas conexões com o ambiente – com as pessoas ao seu redor e com toda a natureza. Eles sentirão que se não cuidarem do meio ambiente, tanto social quanto natural, ele os maltratará também. Dessa forma, não terão que sofrer as consequências da ignorância, como acontece conosco hoje.

Quando pensamos em como tratamos os outros e a Terra mais em termos de relacionamento, é fácil ver que a reciprocidade é necessária. É claro que um relacionamento bem-sucedido requer consideração de todos os lados e que os benefícios de ter amigos e entes queridos superam em muito os esforços. Quando não podemos ver que estamos todos conectados, não temos ímpeto para sermos atenciosos.

Ao contrário dos animais, que não querem prejudicar os outros intencionalmente, as pessoas nascem com uma má vontade embutida, como em “A inclinação do coração de um homem é má desde a sua juventude”. Portanto, não podemos deixar os filhos crescerem sem cultivar a reciprocidade e a consideração mútua, como está acontecendo agora. Devemos educá-los e nos educar para ver a interconexão e interdependência de todas as coisas e nos conduzir de acordo com isso.

Comente