Por Que Fomos Colocados Em Nossas Casas?

551Comentário: Recentemente, vi na Internet a fotografia de uma receita dada a uma senhora idosa por um médico. No ano passado, ela manteve uma distância de quase dois metros dos outros, mesmo com membros da família, conforme recomendado. Ela foi vacinada e ainda continuou a seguir essas regras. Ela nem mesmo se aproximou de sua querida neta, que nasceu doente e de quem ela cuidou. Foi muito difícil para ela, mas ela tinha mais medo por seus entes queridos, não por si mesma.

Esta mulher começou a ficar muito doente. Eles estavam se preparando para se despedir dela. O remédio não ajudou, nada ajudou, e então o médico em desespero prescreveu-lhe uma receita: “Você pode abraçar sua neta”. Ela a abraçou e começou a se recuperar.

Minha Resposta: Naturalmente. Essa pessoa se privou de sensações poderosas. É impossível viver assim. Ela já estava se matando com esse relacionamento com os outros.

Pergunta: O que é um abraço? O que é essa revitalização?

Resposta: Este é um grande poder. Se uma pessoa é privada do sentimento de amor, mesmo os animais – sabemos isso dos animais; eles percebem isso muito claramente – isso vira toda a sua vida de cabeça para baixo. Nada pode ser feito, devemos nos amar.

Comentário: Em geral, essa mulher conseguia se comunicar com a neta à distância, mas isso não era suficiente para ela. Ela precisava apenas de contato físico – abraçar sua neta.

Minha Resposta: Claro. Nada mais.

Pergunta: Agora que estamos separados assim, e de repente, talvez, seremos reunidos, seremos capazes de compreender o que é o amor afinal. Entenderemos que, se formos privados disso, isso não é vida. Foi por isso que nos separamos para que abordássemos esse abraço de maneira diferente?

Resposta: Sim. Eu concordo. A distância foi criada para nós de propósito para que tivéssemos um desejo real um pelo outro.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 01/04/21

Comente