“Por Que As Sociedades Mudam” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: “Por Que As Sociedades Mudam

Em um ensaio intitulado “Crítica do Marxismo à luz da Nova Realidade e uma Solução para a Questão da Unificação de todas as Facções da Nação”, publicado em junho de 1940, enquanto o mundo estava mergulhado nas chamas da Segunda Guerra Mundial, o grande Cabalista e pensador global Baal HaSulam ofereceu esta explicação de por que as sociedades mudam. “A duração de cada fase política”, escreveu ele, “é apenas o tempo que leva para revelar suas deficiências e males. Ao descobrir suas falhas, abre-se caminho para uma nova fase, livre dessas falhas. Assim, essas deficiências, que aparecem em uma situação e a destroem, são as próprias forças da evolução humana, pois elevam a humanidade a um estado mais corrigido”.

Na sabedoria da Cabalá, o processo que Baal HaSulam descreveu é chamado de “reconhecimento do mal”. Nesse processo, as falhas de um estado se manifestam gradualmente até galvanizar indivíduos e nações para mudar suas vidas, governos ou o que quer que se torne intolerável em suas vidas. Atualmente, a humanidade está passando por esse estágio em escala global. As falhas da sociedade humana, em todas as suas formas de governança, estão se manifestando cada vez mais abertamente e as pessoas estão cada vez mais desiludidas com os sistemas existentes.

Não creio que já estejamos no ponto em que as coisas se tornaram insuportáveis, mas estamos caminhando nessa direção.

Por enquanto, parece que as pessoas ainda estão dispostas a suportar as falhas dos sistemas sociais e políticos existentes, mas quase ninguém ainda acredita que exista algum sistema que seja genuinamente bom para as pessoas, uma vez que não há líderes que genuinamente tenham em mente o benefício dos cidadãos. Em outras palavras, as pessoas estão percebendo que nenhum regime pode ser um bom regime enquanto as pessoas no topo não forem boas.

Mas governantes emergem do povo. Se as pessoas não são gentis umas com as outras, podemos esperar gentileza dos líderes? Os governadores são simplesmente aqueles que se destacam na exploração do sistema em seu benefício; eles o usam como um nível para erguê-los acima do resto das pessoas. Consequentemente, em uma sociedade de pessoas egoístas, os governantes são os mais egoístas; é por isso que eles conseguiram escalar até o topo da pilha. Por que devemos esperar que eles tenham nosso benefício em mente?

Portanto, para fazer as forças da evolução humana elevarem a humanidade a um estado mais corrigido, como o Baal HaSulam colocou, devemos corrigir as pessoas. Se estabelecermos uma sociedade de pessoas atenciosas, seus líderes serão os mais atenciosos. Se estabelecermos uma sociedade que preza pela responsabilidade social mútua, seus líderes serão aqueles que melhor promoverem a responsabilidade mútua. Portanto, antes de reclamarmos de nossos líderes, devemos nos olhar no espelho. Podemos não gostar do que vemos, mas saberemos que é a verdade, saberemos se chegamos a um reconhecimento suficiente do mal e se estamos dispostos a construir para nós mesmos uma sociedade cujos méritos criam líderes meritórios.

Comente