O Coronavirus Está Voltando

961.2O coronavírus inevitavelmente retornará. Não tiramos as conclusões corretas da primeira onda da pandemia, e a segunda onda virá. Tudo o que entendemos com a primeira onda é que devemos ficar em casa e, se sairmos, devemos usar uma máscara e manter distância entre nós. Claro, isso não é suficiente para corrigir nosso estado.

Portanto, inicialmente, eu não esperava que o coronavírus desaparecesse rapidamente. Essa foi apenas a primeira onda e uma segunda viria depois dela, e já está acontecendo. Não apenas uma repetição da onda, mas novas mutações do vírus de uma nova origem. E mais perto do inverno, acho que haverá uma terceira onda.

É muito possível que essas ondas venham com grande frequência, vez após vez, para nos ensinar que precisamos finalmente fazer algo conosco. Caso contrário, o vírus nos desconectará da vida normal que tínhamos antes. Teremos que mudar toda a rotina de vida, a economia, a indústria, as formas de trabalho, o cuidado das crianças e as formas de comunicação e interação.

O vírus afeta tudo porque todo o nosso mundo se baseia na conexão entre as pessoas. A pandemia está atingindo precisamente essa conexão entre nós. Agora começaremos a sentir cada vez mais como esse bloqueio de conexão é uma perturbação qualitativa. A pandemia não nos permite comunicar, mesmo com máscaras.

O vírus sofrerá mutações a tal ponto que as vacinas deixarão de funcionar e começaremos a pensar como deve ser a natureza da vacinação, o que deve ser feito e como devemos nos preparar para não sofrer golpes fortes. Precisamos começar a ficar mais inteligentes!

As ondas da pandemia são como as pragas egípcias que nos empurram a superar nosso egoísmo, a sair do poder do Faraó. Esta é a direção de nossas ações, pensamentos e conversas? Percebemos que o coronavírus é a mesma praga que o povo de Israel experimentou no Egito: sangue, sapos, piolhos e tudo mais? Temos que passar por tudo isso, mas de uma forma diferente.

Você pode tentar fechar as fronteiras para que o vírus não penetre de fora, mas isso não ajudará porque o Criador ainda implementa Seu programa superior. O vírus não vai desaparecer e não vai nos deixar, porque até agora não causou nenhuma mudança em nós. E assim terá que vencer o povo de Israel e o mundo inteiro repetidas vezes.

Israel pode, por meio de sua correção interna, curar a si mesmo e a todo o mundo da pandemia, servindo como remédio para toda a sociedade humana. Se os judeus começarem a se tratar corretamente, a pandemia desaparecerá em todo o mundo e toda a humanidade será curada.

De Kab TV, “Uma Conversa com Jornalistas”, 24/06/21

Comente