Como Renascer A Cada Momento

294.4O Poder Do Pensamento Infantil

Um dos mitos mais tenazes sobre como Einstein fez suas descobertas é que ele confiava na adoção de um modo de pensar simples e ingênuo. Esse modo autorizava Einstein a desconsiderar e ignorar todos os difíceis detalhes técnicos da literatura existente, cujas complexidades perturbadoras, devemos supor, bloqueiam o progresso. O caminho a seguir é adotar o modo de uma criança precoce fazer perguntas infantis. O próprio Einstein parece ter avançado esse mito em parte por meio de comentários autodepreciativos. Aqui está como tal observação é relatada, em terceira mão, por um dos biógrafos de Einstein: Uma das observações típicas de Einstein foi relatada a mim desde Falmouth, Massachusetts, por James Franck … 

” Quando eu me perguntei”, Einstein disse a Franck, ”como aconteceu que eu em particular descobri a teoria da relatividade, parecia estar nas seguintes circunstâncias. O adulto normal nunca se preocupa com problemas de espaço-tempo. Tudo o que há para se pensar a respeito, em sua opinião, já foi feito na primeira infância. Eu, ao contrário, me desenvolvi tão lentamente que só comecei a me perguntar sobre o espaço e o tempo quando já era adulto. Em consequência, investiguei o problema mais profundamente do que uma criança comum teria feito (John D. Norton, How Einstein Did Not Discover).

Isso está certo. Você não precisa se tornar um ignorante, você precisa ser ingênuo.

Pergunta: Como você apaga o conhecimento que já existe em você? O conhecimento existe e de alguma forma eu tenho que pegá-lo e retirá-lo neste momento, como se eu não soubesse?

Resposta: Não sei de nada. Verdade! Eu digo isso com toda a franqueza. Sinto-me vazio de novo a cada minuto.

Pergunta: Por quê? Você tem estudado a ciência da Cabalá por 40 anos.

Resposta: Essa é uma ciência que nega a si mesma. Risca tudo o que você sabia antes para que você possa dar o próximo passo. Mas o próximo passo não é depois do anterior, mas sim no lugar do anterior. Eles não se somam. No espiritual, tudo se baseia na negação.

Pergunta: Então eu vou e vou, estou em algum estágio, e de repente ele desaparece completamente?

Resposta: Eu começo tudo de novo. Tudo bem! Na verdade, isso é muito correto. É como se eu estivesse renascendo. A criança não abre ainda mais os olhos?

Não me sinto cansado. Estou pronto todos os dias, todas as lições, todas as manhãs para começar tudo de novo, para renascer.

Pergunta: E quando uma pessoa se sente cansada?

Resposta: Se ela não tem a excitação de novos desejos, novas perguntas, então, é claro, não pode mais revelar a criança em si mesma, e já é um homem velho.

Pergunta: Isso está se movendo em direção à morte?

Resposta: Sim.

Pergunta: Quando você diz que a vida eterna é possível, está falando sobre essas atualizações constantes?

Resposta: Sim.

Pergunta: Quando a atualização constante é possível, em que circunstâncias?

Resposta: Sempre. Não depende do corpo. Esse é um desejo, não depende do corpo.

Pergunta: Então você tem que começar de novo o tempo todo? Atualizando constantemente?

Resposta: Sim. E isso é ótimo!

Pergunta: O que você diria a uma pessoa comum que não estuda Cabalá?

Resposta: Nada. Encontre um hobby e continue.

Pergunta: E se alegrar com novas descobertas o tempo todo?

Resposta: Sim. Assim como o meu professor falou sobre o estádio de futebol que esse lugar deve ser respeitado, pois dá prazer a muita gente.

Ele nunca tinha estado lá, nunca tinha visto lá dentro, mas sabia que havia um jogo que 100.000 ou 200.000 pessoas assistiam ao mesmo tempo e curtiam a vida. A alegria vem do Criador, então ele se alegra por eles receberem prazer do Criador. Eles não O amaldiçoam nesse momento. Portanto, esse lugar deve ser respeitado.

Comentário: O biógrafo escreveu: “Um dos mitos mais tenazes sobre como Einstein fez suas descobertas é que ele confiava na adoção de um modo ingênuo e simples de pensar. … O caminho a seguir é adotar o modo de uma criança precoce fazer perguntas infantis”.

Minha Resposta: Uma pessoa que sente em qualquer estado que esse é um estado da pergunta, ela não para por aí, ela procura sua própria resposta para ela. E ela faz uma descoberta.

Tudo isso sozinho consiste em perguntas e respostas.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 15/03/21

Comente