Vamos Falar Sobre O Primeiro Amor

284.05Comentário: Vamos falar sobre o primeiro amor. Sabe, a primeira sensação é que você congelou, algo aconteceu com você! Algo deu um salto e você está pronto para dar tudo e toda a sua vida, apenas para não se separar. Só para ela. Esse objeto é tudo!

Lembro-me da garota Tanya. Lembro-me de minha primeira sensação quando olhei para ela assim! Eu queria que ela prestasse atenção em mim. E o tempo todo eu procurava um lugar para ficar mais perto dela. O tempo todo, só para ela prestar atenção! Ela não prestava atenção.

Minha Resposta: Isso é natural. É o mesmo para todos.

Comentário: Esse sentimento é dado a nós. É inesquecível. Nem em 20, 40 anos ou mesmo em 80 anos uma pessoa se esquece disso.

Resposta: Não, até o fim.

Pergunta: Você se lembra do seu primeiro amor?

Resposta: Eu também a encontrei aqui em Israel quando tinha cerca de 60 anos e ela tinha a mesma idade. Ela ficou muito doente e morreu. O marido dela me ligou e disse que Luda havia morrido.

Pergunta: Foi o seu amor não respondido? Na infância?

Resposta: Sim.

Pergunta: Por que o primeiro amor não é realizado? Por quê? Que sensação!

Resposta: Para que você sempre possa sonhar com ele. Sobre o próprio sentimento de amor, sobre esse sentimento. E se você se conectasse, estragaria esse sentimento. Desta forma, o Criador o coloca entre as pessoas, e é nesta forma espiritual que você se esforça, mas é inatingível.

Pergunta: Então, é como se o Criador dissesse: “Lembre-se disso o tempo todo”?

Resposta: Sim. Ele está sentado em algum lugar dentro de você.

Pergunta: Ou seja, esse sentimento de quando você está pronto para dar tudo, você se esquece de si mesmo, se dissolve no outro?

Resposta: Sim.

Pergunta: É isso que entra no coração de uma pessoa? Como uma farpa. E está aí o tempo todo?

Resposta: Sim. E todo mundo tem.

Pergunta: Quem eu amo? Eu a amo neste momento do primeiro amor?

Resposta: Não, você nem mesmo a vê de fato. Você não está olhando para ela com os olhos certos. Acabou de ser mostrado a você que existe uma centelha nela que o atrai, e isso é tudo. E você quer ver essa centelha o tempo todo.

Pergunta: É necessário que eu sempre busque esse tipo de amor?

Resposta: Você nem mesmo precisa procurar, você está apenas amarrado a ele.

Pergunta: Então, tudo isso está acontecendo para eu saber que esse amor existe?

Resposta: Sim. Para que você saiba o que significa esforço.

Pergunta: Então você se esforçaria por isso?

Resposta: Sim. Mas, via de regra, ninguém se casa com o primeiro amor.

Pergunta: Existe uma força superior por trás disso, o Criador?

Resposta: Claro, tudo isso vai de acordo com o programa superior! Isso é muito bem pensado, fomos criados dessa maneira.

Pergunta: Podemos dizer que isso significa que a próxima frase será: “O Criador é amor”, “Deus é amor”? É isso que Ele quer nos dizer?

Resposta: Está no final. Isso é depois de você ter vivido uma e talvez mais de uma vida e acumulado mais algumas dessas impressões de seus primeiros amores. Então você sentirá o que realmente é – amor verdadeiro.

Pergunta: Sentirei então que não me relacionei com ela, mas era tudo com o Criador?

Resposta: Não, claro, não para ela.

Você nem mesmo a viu. Havia uma centelha colocada nela para você, pela qual você lutou o tempo todo. Caso contrário, não há nada.

Portanto, é muito, muito raro que as pessoas se encontrem pela primeira vez (na escola ou em outro lugar), se apaixonem, se casem, tenham filhos, constituam uma família e vivam juntos o resto de suas vidas. Já vi alguns casos como este, mas … Sempre tive muito interesse em olhar para eles.

Via de regra, eles têm muitos filhos. Interessante. E eles de alguma forma se entendem muito, muito claramente.

Comentário: Esses são casais felizes.

Minha Resposta: Sim. Isso é muito raro.

O primeiro amor é dado, para que percebamos que precisamos buscar o amor eterno, superior e verdadeiro. Não uma pessoa para uma pessoa, e não uma pessoa para uma festa, e não uma pessoa para a pátria mãe. Apenas para o Criador. Por meio de outras pessoas – amor pelo Criador.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman” 01/04/21

Comente