Por Que Ocorre A Depressão Na Infância?

543.02Comentário: Nos últimos 15 a 20 anos, a depressão infantil tornou-se muito comum. Os médicos não sabem o que fazer a respeito. Eles não conseguem encontrar o motivo. Pode haver algumas explicações razoáveis ​​para a depressão em adultos.

Minha Resposta: Não é só isso. Podemos conter a depressão adulta. Você pode forçar uma pessoa a ser inferior, mais limitada. Mas precisamos desenvolver nossos filhos.

Uma pessoa que está deprimida recebe sedativos, tranquilizantes e até algumas drogas apenas para “colocá-la para dormir”. Como podemos fazer isso com as crianças? Fazendo isso, nós as separamos de seu crescimento natural. A manifestação de depressão em crianças é oposta à tendência de que devem se desenvolver, superar e crescer. Encontramos um fenômeno aqui que não podemos conquistar.

Pergunta: O fato é que os pacientes são crianças de cinco a seis anos. Por que uma criança de seis anos fica deprimida e acha que nada a agrada?

Resposta: A pergunta sobre o sentido da vida! Muitos grandes Cabalistas escreveram sobre isso e em particular Rav Kook e Baal HaSulam.

Desde que me lembro, quando criança, eu tinha essa pergunta. Não explicitamente, mas era: “Por quê? Pelo que? O que é tudo isso?” Esta pergunta não me permitiu viver, não me permitiu regozijar. Era preciso achar um pretexto para se divertir: sair para uma farra, se deixar levar por alguma coisa para fugir dessa pergunta. E tudo isso foi durante a infância.

Mas vamos supor que a alma não tem idade. Então será mais fácil para nós. Não vamos olhar para a geração jovem como sendo crianças.

Uma alma é uma alma. Nós a recebemos de nossa encarnação passada, na qual vivemos até nossa velhice. E hoje, em nosso novo corpo jovem vive uma velha alma que viveu nesta terra por muitas gerações e passou por muita coisa.

O fato é que você avalia uma criança pelo seu corpo pequeno, mas deve olhar para sua alma. Já é velha, sábia e entende que tudo isso é inútil. Já viveu por tanto tempo que você não pode confundi-la. O que você vai fazer com isso?

Então, por meio da depressão, ela dá a você seu vazio externo e falta de satisfação. E daí se isso se manifestar em uma criança pequena? E se estivesse na casa dos trinta, na casa dos quarenta, seria diferente?

A depressão não vem da vida. Absolutamente não! A gente vê que existe muita depressão e suicídio entre as pessoas que têm tudo na vida.

Comentário: Normalmente eles dizem sobre essas pessoas: “Elas ficam loucas de gordura” [insatisfeitas com a prosperidade.]

Resposta: Não, não de gordura. A pessoa simplesmente precisa saber para que vive. E quando ela tem tudo e seu pão de cada dia não está em questão, ela realmente não vê para que viver.

Enquanto você for forçado a cuidar de seu corpo, não terá oportunidade de se libertar para outros assuntos. E assim que você fornecer tudo de que precisa, a pergunta sobre o sentido da vida surge imediatamente.

Essa pergunta também aparece nas crianças. Por que não? Não vejo muita diferença. O fato de ocorrer em crianças sugere que, depois de muitas reencarnações neste mundo, nossas almas chegaram a um estado em que realmente precisam da resposta para: “Por que existimos?”

Pergunta: Você quer dizer que abordamos incorretamente uma pessoa desde o início, focalizando-a como o corpo biológico?

Resposta: Claro! Afinal, não se trata de uma pessoa, mas de seu corpo animal. Um animal! E como ela difere de outros animais?

Mas sua parte interna, nosso “eu”, não tem nada a ver com este corpo. Ela passa por muitas melhorias diferentes, mergulhando no corpo, saindo dele, acompanhando-o. Como resultado, essas metamorfoses a levam a tal desenvolvimento, quando – é isso! Já vivemos em uma geração em que devemos necessariamente responder à pergunta: “Para quê?”

De KabTV, “Close-up”

Comente