Jerusalém – A Cidade Perfeita

421.01Jerusalém, proclamada como a capital da Judéia pelo rei Davi e a moderna capital do Estado de Israel, é uma cidade com uma rica história. É reverenciada por todas as três principais religiões do mundo e, portanto, tem sido um local constante de controvérsia. Várias vezes foi destruída e ocupada por invasores, mas ainda assim sobreviveu e prevaleceu ao longo dos séculos.

Qual é a essência de Jerusalém do ponto de vista da ciência Cabalística? Jerusalém é um lugar sagrado e, de todos os outros lugares da terra, é o mais próximo do mundo espiritual. E em Jerusalém, há o Monte do Templo em que ficava o Templo, um lugar especial onde há uma conexão entre o mundo material e o espiritual.

Portanto, Jerusalém e o Monte do Templo são atraentes para todas as três religiões monoteístas do mundo, e as pessoas estão ansiosas para chegar a este lugar e de alguma forma tocá-lo. Portanto, nos milênios que se passaram desde a época do Rei Davi, houve muitas tentativas de capturar Jerusalém. O que ela não experimentou em sua história? E isso não é surpreendente porque é realmente um lugar único, o lugar mais espiritual em todo o mundo material.

Jerusalém (Yerushalayim) significa cidade perfeita (Ira Shlemah) e temor absoluto (Ira Shlema). Curiosamente, já existia uma cidade neste local antes do povo de Israel entrar na terra de Israel, que era então chamada de terra de Canaã. Mais tarde, esta cidade foi chamada de Jerusalém.

Jerusalém também significa a cidade da paz (Ir Shalom); no entanto, esta cidade nunca viveu em paz e tranquilidade. Sempre foi o centro de disputas, todos os tipos de problemas e lutas. Mas se falarmos sobre o futuro, sobre o estado ao qual esta cidade deve levar as pessoas, então Jerusalém deve se tornar a capital central do mundo. Isso será sentido e compreendido por todos, e Jerusalém receberá um status especial, que já possui parcialmente hoje.

Ainda hoje, Jerusalém é considerada o coração do mundo, o centro das três principais religiões mundiais. Por enquanto, é o centro da discórdia e de todos os tipos de problemas que são revelados no mundo entre as nações. Portanto, não é óbvio que esta cidade une as pessoas ao seu redor. Ao contrário, disputas e conflitos surgem constantemente lá.

No entanto, no futuro, quando o povo de Israel cumprir sua missão de conduzir a humanidade à paz, tranquilidade, unidade e amor, o amor ao próximo como a si mesmo se espalhará e se desenvolverá por todo o mundo, e Jerusalém receberá o status da cidade da paz.

Nesse ínterim, o oposto é verdadeiro, contanto que o povo de Israel não se corrija. Jerusalém continuará sendo uma cidade de guerra, disputas religiosas e divisão.

O povo de Israel deve se comportar de forma que a cúpula da paz desça sobre esta cidade: amor, unidade, compreensão mútua entre todas as correntes e religiões. Infelizmente, hoje é exatamente o oposto. Depende do povo de Israel, de como cumpre seu dever de ser luz para todas as nações, ou seja, mostrar a todos o que é amor e unidade. Somente assim Jerusalém se tornará uma cidade perfeita.

De KabTV, “A Paz”, 27/04/21

Comente