O Que É Consciência?

281.01Pergunta: É possível separar conceitos como consciência, mente e intelecto? Ou são todos um?

Resposta: A consciência só é possível quando sentimos não apenas o campo da informação, mas também sua fonte. Na medida em que sentimos essa fonte, formamos suas imagens, e isso se chama nossa consciência.

A consciência pode ser elevada e pode ser comum, inferior, inserida em nós desde a infância pela educação, pela influência do ambiente, etc. E a consciência que podemos desenvolver em nós são percepções adicionais sentidas não apenas em nosso desejo de receber natural, mas também na intenção de doar adquirida.

Então começaremos a sentir o campo da informação. Quase tudo o que exploramos e tudo o que estamos interessados ​​em saber depende do campo em que estamos, porque forma a imagem completa do mundo em nós. A foto minha e do mundo.

Eu sinto você, eu sinto o mundo ao meu redor, tudo o que existe. De onde vem isso?

É claro que está dentro de mim. É claro que agora estou falando praticamente comigo mesmo como se fosse um espelho. Se estou interessado em saber o que é consciência, então, antes de mais nada, devo descobrir com quem estou lidando e qual é esse campo? Quais são suas características, suas causas profundas de influência sobre mim, o que ele quer de mim, por que me criou assim com percepção limitada?

Por que devo passar por esses estágios de desenvolvimento para senti-lo mais? Por que também existem sentimentos além da consciência? Por que, ao me aproximar ou afastar desse campo, surgem em mim sentimentos positivos ou negativos que, talvez, atrapalhem minha pesquisa?

Se você vincular a pesquisa de um cientista no campo da química ou da física a certos sentimentos – ele adora isso, ele não ama aquilo, isso é agradável para ele, aquilo não é -, eles podem interferir nele?

Ele deve se elevar acima de seus sentidos para examinar todos esses fenômenos objetivamente.

Consciência é como eu me percebo sob a influência do campo circundante. A consciência é uma imagem do campo que me influencia. Seu desejo, sua intenção e seus planos são tudo o que estou tentando obter dele, para descobrir o que a natureza quer de mim.

Se, de alguma forma, formalizar tudo isso em mim mesmo, posso chamar isso de minha consciência.

Pergunta: Alguns pesquisadores falam do campo de informação como base, enquanto outros falam do campo da consciência. Mas se o campo de informação existe objetivamente, é impossível falar sobre consciência sem um objeto que perceba essa informação?

Resposta: Como um Cabalista, devo dizer que nada de objetivo existe. Tudo existe apenas em relação à pessoa que o percebe. E o que está fora de uma pessoa, não podemos nem dizer. Não temos instrumentos nem habilidades para sair de nós mesmos e começar a perceber o que está fora de nós. Isso não é dado a nós.

De KabTV, “Encontros com a Cabalá”, 03/01/19

Comente