“Quando O Ego Apodrece” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: “Quando O Ego Apodrece

Desde que conseguimos nos lembrar, o ego tem sido nosso aliado. Ele nos rendeu grandes conquistas: saímos das cavernas, desenvolvemos a agricultura e aprendemos a produzir nossa própria comida, nos tornamos senhores da terra e do céu, derrotamos pragas e permitimos que cada pessoa na terra tivesse potencialmente uma vida quem, apenas séculos atrás, eram dignos de reis.

Nas últimas décadas, o ego assumiu tudo o que fazemos, e nossos relacionamentos com os outros agora são baseados não apenas no desejo de construir a nós mesmos, mas em grande medida, senão principalmente, na aspiração de machucar, humilhar, e até mesmo destruir outros. Uma vez que o ego começa a se concentrar na destruição, ele estraga tudo. Quando isso acontece, é hora de nos despedirmos antes que ele nos arraste para outra guerra mundial.

Mas não chegamos a esse ponto. Enquanto alguns de nós desfrutam de uma riqueza inimaginável, outros estão em situação pior do que seus ancestrais jamais estiveram; eles morrem como moscas sem comida, água ou dignidade. Poderíamos ter derrotado as pragas, mas parece que nós mesmos nos tornamos uma praga que está infestando o mundo com bile e repulsa por nossos semelhantes, por toda a vida e por nosso planeta. O ego, que nos deu tudo o que temos, parece ter apodrecido e agora está destruindo tudo o que conquistamos por meio dele.

Enquanto usamos o ego para crescer e se desenvolver, ele funcionou a nosso favor. Sempre usamos o ego não apenas para o desenvolvimento, mas também para derrotar inimigos e rivais, mas não o deixamos assumir o controle. Nas últimas décadas, o ego assumiu tudo o que fazemos, e nossos relacionamentos com os outros agora são baseados não apenas no desejo de construir a nós mesmos, mas em grande medida, senão principalmente, na aspiração de machucar, humilhar, e até mesmo destruir outros. Uma vez que o ego começa a se concentrar na destruição, ele estraga tudo. Quando isso acontecer, é hora de nos despedirmos antes que ele nos arraste para outra guerra mundial.

Ainda não vemos isso; ainda pensamos que o ego é nosso amigo, mas como todos os pais dizem aos filhos: “Fiquem longe de más companhias!” O ego agora é uma má companhia porque não procura nada além de problemas, para lutar com todos e destruir todos, então devemos nos afastar dele ou ele nos arrastará junto com ele.

Existe uma alternativa: o caminho a seguir é juntar as mãos e unir forças. O ego pode não ficar satisfeito dessa maneira porque não destruiremos ninguém, mas nós, ao contrário de nossos egos, ganharemos segurança, alegria e confiança em nosso futuro. Hoje, apenas uma sociedade unida pode prosperar. Somente quando pessoas de diferentes origens, crenças e ideologias se unem, elas podem criar uma sociedade vital e flexível que pode se ajustar às circunstâncias em mudança no mundo. Quando reina apenas uma ideologia, ela rapidamente se torna rígida e frágil e logo entra em colapso. Basta olhar para o que aconteceu na Alemanha nazista, na Itália fascista e na União Soviética Comunista para perceber que, para ter sucesso, a diversidade é um requisito, e a diversidade não pode prosperar onde o ego reina. É hora de destronar o ego.

Comente