O Germe Da Doação

945A revelação do Criador em nós começa com um estado chamado de “embrião”. Essa é a primeira ação espiritual que deve ser realizada preparando um lugar dentro de nós para o embrião da doação, a sensação da primeira revelação do Criador.

Para isso, é necessário alcançar a inclusão mútua com os amigos para que a nossa união não seja em prol de nós, mas em prol dos outros.

Ainda não podemos agir em prol do Criador e, portanto, por enquanto devemos amar apenas as criaturas a fim de vir a amar o Criador através do amor pelas criaturas. A conexão deve ser tal que ninguém fique com o seu egoísmo, mas queira se juntar aos outros, se perder aí, se afogar nos amigos. Se todos perderem seu “eu”, a força do egoísmo, então um lugar será formado entre nós para a revelação do Criador.

Essa é a preparação para o embrião espiritual:

  1. Anulação por cada um de si mesmo.
  2. Sair de si mesmo e alcançar a inclusão nos outros além de seu egoísmo.
  3. Conectar todas essas inclusões mútuas.

Quando alcançamos essa conexão mínima, um lugar é formado em nós para a revelação do Criador que pode colocar essa autoabolição e unificação e começar a crescer como um embrião dentro de nós, a propriedade de doação, como uma forma dentro de outra.

Cada vez devemos abrir um espaço em nós mesmos para que este embrião da força de doação cresça e se desenvolva mais e mais. Cancelamos nosso egoísmo em todos os tipos de propriedades, desejos, pensamentos, em diferentes níveis, permitindo a cada vez que a força de doação se manifeste em nós em vez da força de recepção. Quanto mais reduzimos a força de recepção, mais a força de doação é revestida em nós, ou seja, o Criador.

A cada passo, o Criador se revela com maior força, amplitude e profundidade interior, até que reine sobre todos os nossos desejos, sobre toda a terra. O Criador e Seu nome se tornarão um, como um desejo e uma luz, todas as pessoas em unidade comum.

E isso começa com o fato de que cada dezena cria condições dentro de si para a revelação do Criador, a fim de começar a crescer dentro de si o embrião da força superior. Nossa Malchut se corrige e pode começar a sentir o Criador nela. Devido ao fato dela fazer uma redução em suas propriedades, não querer usá-las de forma egoísta, elas gradualmente se transformam em propriedades de doação.

Assim, o Criador coloca uma forma dentro da outra, dentro de nossa forma egoísta, uma forma altruísta começa a emergir e se desenvolver.

Tudo isso é revelado de acordo com nossos esforços, conhecimento e compreensão para que nos sintamos parceiros do Criador neste trabalho; nós começamos a senti-Lo, entendê-Lo e dar-Lhe prazer.

Da Convenção Mundial de Cabalá, “Descobrindo a Vida na Dezena” 27/02/21, “Ibur na Dezena”, Lição 5

Comente