O Criador É Revelado Na Alegria

941Está escrito no Livro do Zohar que só podemos servir ao Criador com alegria. A Shechina, o Criador, constrói o lugar para Sua revelação somente quando o homem está trabalhando neste lugar com a expectativa alegre de que isso acontecerá.

Se uma pessoa está triste e sofre quando luta com seu desejo de receber, isso significa que ela ainda depende dele e ainda não se elevou acima do egoísmo. Elevar-se acima do egoísmo traz à pessoa uma sensação de alegria, o que significa que ela está se aproximando da revelação do Criador.

Portanto, quanto mais alegria e entusiasmo sentimos pelo fato de querermos revelar a conexão entre nós em prol da doação uns aos outros e ao Criador, mais perto estamos da qualidade do Criador, para descobrir o lugar entre nós onde o Criador será revelado.

O Criador é revelado em alegria! Esta é uma condição muito importante e necessária. Não pode haver tal coisa que uma pessoa está avançando na espiritualidade enquanto está chorando amargamente. Se ela está chorando, significa que ainda não saiu de seu egoísmo.

Devemos estar felizes por termos recebido a oportunidade de participar desta Convenção. É um presente especial que o Criador nos permite de reunir um número tão grande de pessoas no atual mundo pandêmico, queimando e perdendo a perspectiva, caindo no abismo. Todas as conquistas anteriores e metas elevadas são desvalorizadas, as pessoas perdem a esperança para o futuro e não sabem o que vai acontecer amanhã. É claro para todos que isso não pode continuar.

E precisamente agora, quando as pessoas se sentem desesperadas, desamparadas, sem esperança, sem saber como sair desta pandemia, devemos seguir em frente com alegria. Nós sabemos para quê e porque tudo acontece, e quem faz isso. Desta forma, o Criador deseja fazer avançar toda a humanidade em direção à conexão.

Tudo o que acontece com a humanidade nos leva a nos conectar da maneira mais ideal, rápida e conveniente. Na espiritualidade, há apenas ascensão e nenhuma queda, especialmente em nosso tempo da última geração.

Mesmo que não estejamos nos sentindo muito alegres, devemos sempre brincar, fingindo estar alegres, tentando nos levantar do estado atual. Não importa em que estado eu esteja, pode ser bom, mas quero estar em um estado ainda melhor. Essa aspiração deve estar sempre presente! Lembre-se disso e nunca se esqueça.

Da Convenção Mundial de Cabalá, “Descobrindo a Vida na Dezena” 25/02/21, “A Alegria na Reunião”, Lição 1

Comente