Textos arquivados em ''

Curso De Cabalá Autêntica – Abril 2021 (Inscrições Encerradas)

Resultado de imagem para centro de educação de CabaláUma experiência com consequências para toda a vida

fornecida pela PRÓPRIA NATUREZA

Começa Domingo, 11 de abril de 2021

AGORA É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA… SE VOCÊ PERMITIR

Neste curso, você vai descobrir uma compreensão mais profunda da natureza, do mundo, e quem você realmente é, vai receber ferramentas para desenvolver uma nova abordagem para a vida, e experimentar uma perspectiva única que o ajudará a dar sentido aos eventos no mundo de hoje. Ao contrário de uma série de equívocos sobre a Cabalá que você normalmente ouve, isso está aberto para qualquer pessoa independentemente de quaisquer diferenças que aparentemente existam entre as pessoas (raça, idade, sexo, cultura, etc.) e você está livre para avançar no seu próprio ritmo, sem pressões ou obrigações.

INSCREVA-SE AQUI

Estudaremos com base em fontes autênticas de grandes cabalistas da história, os conceitos básicos de Cabalá, tais como: o conceito de Cabalá, noção de Desejo e Prazer, Percepção da Realidade, Intenção, Liberdade, Criador, etc.

Serão 20 aulas do Módulo Fundamental, contendo estudo e sessões de perguntas e respostas, aos domingos e terças feiras, às 21 horas.

O Curso de Cabalá Outubro/2021 terá sua primeira aula no dia 11 de abril de 2021.

“Por Que A Música Cura Nossa Dor?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Por que A Música Cura Nossa Dor?

A música atua em nosso sentido de audição, que é o mais sensual dos cinco sentidos.

Quando há uma harmonia devidamente ajustada, ela nos afeta quase que instantaneamente. Algumas batidas bastam para nos atrair.

Da mesma forma, a música tem a capacidade de elevar nosso humor, nos acalmar e nos curar.

No entanto, ainda é apenas um meio terreno para fazer isso, e não devemos ser enganados de que é algo mais do que isso.

Muito de como a música nos afeta tem a ver com a forma como fomos criados. Temos que entender a música que ouvimos. Por exemplo, culturas indígenas normalmente não entendem música clássica, e aqueles criados estritamente com música clássica não entendem música contemporânea.

No entanto, apesar dos diferentes tipos de música, ela continua a ser um acompanhamento muito poderoso para a história da humanidade. De acordo com a sabedoria da Cabalá, a música está no nível de Bina, que é o sentido da audição.

Baseado no programa de TV “Notícias com o Cabalista Dr. Michael Laitman” em 18 de janeiro de 2021. Escrito/editado por alunos do Cabalista Dr. Michael Laitman.

A Torá Oral E Escrita

527.05Pergunta: O que é a Torá oral e a Torá escrita?

Resposta: A Torá oral significa que tanto o professor quanto o aluno estão juntos em um certo nível espiritual e estão se comunicando através dele. A Torá escrita é quando tudo o que eles alcançaram está sendo escrito nos textos e passado de um para o outro.

Pergunta: Isso significa que o que Moisés recebeu do Criador no Monte Sinai é a Torá oral. E quando, depois de 1.000 anos, tudo isso foi escrito, do ponto de vista da Cabalá, isso não é mais considerado oral?

Resposta: Do ponto de vista da Cabalá, a Torá oral é tudo o que uma pessoa alcança dentro de si. É praticamente impossível descrever ou transmitir isso porque depende apenas da realização da pessoa a quem você deseja transmitir.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 03/06/19

Quando As Guerras Acabarão?

212Pergunta: Em que nível o grupo deve estar para que as guerras no mundo acabem e as agressões desapareçam?

Resposta: Isso requer o reconhecimento do mal ao qual, se não todos, pelo menos os principais desejos da humanidade, os Kelim (vasos) principais, devem chegar.

Eles não precisam ser totalmente corrigidos, mas devem alcançar o reconhecimento do mal e ansiar pela conexão entre eles, de forma que a força positiva que pretendem nutrir entre si os conecte.

Então todas as guerras do mundo vão parar. Enquanto isso, elas são necessárias para forçar a humanidade a ansiar pelo bem. Se não fosse pelas guerras, as pessoas não sentiriam que precisam se conectar de forma alguma.

Na verdade, o mal não é realmente ruim. É simplesmente um bem não realizado que temos preguiça de preencher.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/12/18