“Se A Espiritualidade É Uma Jornada Para A Vida Toda, Como Alguém Sabe Se Progrediu Ou Não?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Se A Espiritualidade É Uma Jornada Para A Vida Toda, Como Alguém Sabe Se Progrediu Ou Não?

A espiritualidade é a qualidade de amor, doação e conexão positiva que se revela em nossa conexão como uma única alma. Em contraste, a corporeidade é a qualidade de recepção e caracteriza a percepção que temos neste mundo.

Portanto, o progresso espiritual requer um método de conexão uns com os outros, onde descobrimos nossa interconexão eterna e perfeita como uma única alma acima de nosso estado corpóreo de transitoriedade e desapego neste mundo.

O progresso espiritual torna-se assim revelado depois que tentamos nos assemelhar a suas conexões puramente altruístas em conexão entre si, e descobrimos nossa oposição à espiritualidade: que somos egoístas e constantemente queremos receber a realização autoobjetiva. Sentimos tal oposição como um “crime” do qual precisamos nos desligar e nos elevar. Além disso, nossa qualidade corporal permanece conosco como uma base sobre a qual nos elevamos à espiritualidade. Como tal, repetidamente, sentimos cada vez mais esse choque de qualidades quanto mais tentamos progredir espiritualmente.

Portanto, ao nos envolvermos em um ambiente de apoio de companheiros em busca espiritual que desejam atingir a espiritualidade e aplicando o método de conexão – a sabedoria da Cabalá – que nos permite atrair as forças do amor e doação de nossa raiz espiritual como uma só alma, acabamos descobrindo como somos indiferentes uns aos outros e, depois, nos sentimos rejeitados e vemos todos os tipos de qualidades negativas nos outros.

Essas revelações são de fato sinais positivos de progresso espiritual, onde as forças espirituais de amor e doação (chamadas de “luzes”) que atraímos revelam a distância entre nós – até que ponto somos opostos e diferentes de nosso estado espiritual como uma única alma – e a partir dessa revelação de oposição, podemos começar a estabelecer uma forma espiritual de conexão uns com os outros e progredir espiritualmente.

O progresso espiritual é, portanto, sentido como uma necessidade crescente e um anseio de se conectar positivamente com os outros. E quando sabemos que precisamos de uma conexão espiritual positiva com os outros? É quando sabemos até que ponto nos rejeitamos, não queremos um ao outro e temos todos os tipos de reclamações uns dos outros. Nesta conjuntura, podemos dizer que a quebra da alma começa a se revelar, ou seja, o ponto onde originalmente nos separamos de nossa percepção e sensação como uma única alma, onde todos funcionávamos como partes de um todo maior, e assim sentíamos o eterno vida desse todo.

O desejo grosseiro que nos separou então se revela, e temos um trabalho para não cancelar ou revogar esse desejo, mas acima dele, começar a construir a conexão, para que a conexão espiritual que construímos não neutralize a rejeição entre nós, mas que eles irão existir juntos.

O progresso espiritual é, portanto, um processo de aumentar a sabedoria e o crescimento interior, onde amadurecemos em nossa compreensão e capacidade de manter dois estados opostos juntos, que recepção e doação, egoísmo e altruísmo, ódio e amor, viverão entre nós, e nos relacionamos com cada qualidade negativa que surge em nós como uma base sobre a qual podemos aplicar o desejo crescente de amor, doação e conexão positiva.

Esse é o significado de “alguém recita uma bênção para o mal que lhe sobrevém, assim como faz para o bem” (Masechet Berachot 9:3), porque todo o mal e o bem surgem apenas para que possamos revelar uma conexão cada vez mais positiva entre nós e, finalmente, descobrir nossa conexão como uma única alma em contato com a força de amor, doação e conexão (chamada de “o Criador”) que nos vitaliza. O resultado desse progresso espiritual é a sensação de eternidade, perfeição e verdade, que na sabedoria da Cabalá é chamada de “a revelação do Criador aos seres criados neste mundo” (o Cabalista Yehuda Ashlag [Baal HaSulam], “A Essência da Sabedoria da Cabalá”).

Baseado na Lição Diária de Cabalá com o Cabalista Dr. Michael Laitman em 28 de janeiro de 2021. Escrito/editado por alunos do Cabalista Dr. Michael Laitman.

Comente