Os Quatro Estados De Uma Sociedade Egoísta

631.1Comentário: A Torá examina quatro relacionamentos entre as pessoas. Um deles: “O que é meu é meu e o que é seu é seu” é considerado o pior e é chamado de “Sodoma”. E em nosso mundo isso é considerado normal.

Minha Resposta: Não. Este é um estado anormal porque corta todas as conexões entre as pessoas. Não tenho o direito de dar algo a você ou de receber algo de você. Portanto, todos na sociedade estão totalmente isolados uns dos outros. Além disso, eles até espionam uns aos outros para cumprir essa condição.

Pergunta: É contra a unidade, contra a tendência da natureza de nos levar a um todo comum?

Resposta: Isso é completamente contra a natureza porque a natureza é construída sobre a interconexão entre átomos, partículas, células e pessoas, pelo menos em algo, pelo menos de alguma forma. E aqui tudo se baseia no isolamento.

O segundo estado: “O que é meu é seu, e o que é seu é meu”. Esta é a essência da natureza de uma sociedade primitiva onde tudo é propriedade comum: esposas, filhos, moradias e animais. Este estado é característico do egoísmo subdesenvolvido, em particular, de um sistema comunal primitivo.

O terceiro estado: “O que é meu é seu, e o que é seu é seu”. Na Torá, é chamado de Chesed.

Este é um estado bom, mas incompleto, no qual estou praticamente preso em dar a outra pessoa e pensar nos outros.

Isso é bom para pequenos grupos de pessoas, para crianças, para sociedades fracas, para os enfermos e idosos, quando eu dou e transfiro tudo para eles. Mas este é um estado imperfeito no qual não há fluxo de informações e forças, nem troca. Tudo vai em uma direção, e a natureza não é construída dessa forma.

A natureza se baseia no fato de que todas as suas partes estão integralmente encerradas em um sistema comum e, entre elas, há uma troca de energia, informações e forças vitais para apoiar todo o sistema em sua interação integral e correta.

O quarto estado: “O que é meu é meu e o que é seu é meu” é chamado de “criminoso” – quando recebo da sociedade mais do que deveria.

Basicamente, todos esses quatro tipos de interação entre as pessoas existem no egoísmo. Nenhum é perfeito. A Cabalá nos eleva acima deles.

Um estado perfeito é quando estamos em completa interação uns com os outros, em inclusão um no outro. Este não é o caso em nenhum dos quatro estados.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 13/05/19

Comente