Onde Devemos Ter Igualdade?

268.02Todos nós somos criados de maneira diferente por natureza; não há necessidade de neutralizar, apagar ou destruir essas diferenças ou considerá-las ruins, desnecessárias ou completamente inúteis. Pelo contrário, devemos destacar todas as diferenças entre nós tanto quanto possível e torná-las mais proeminentes.

Onde deveria estar a igualdade? Assegurando-se de que cada pessoa faça o máximo possível a cada momento para beneficiar toda a sociedade.

Comentário: Mas mesmo aqui não somos iguais. Você pode fazer mais, eu posso fazer menos.

Minha Resposta: Mas se eu faço tudo ao meu alcance e você faz tudo dentro do seu, então somos iguais em relação às nossas habilidades únicas. Você foi feito assim, eu fui feito assim. Então, eu faço o máximo que posso e você faz o máximo que pode. Um é inteligente, o outro é forte.

Pergunta: E quem pode determinar isso?

Resposta: Ninguém pode. Devemos aprender a ter uma compreensão correta da natureza. Assim, avaliaremos uma pessoa não de acordo com sua contribuição para a sociedade, porque alguns podem fazer mais e outros podem fazer menos em diferentes quantidades e qualidades, mas por quanto cada um se aplica em suas circunstâncias específicas.

Comentário: No entanto, uma pessoa deve ter oportunidades iguais. Você fala sobre educação, mas nem todos são iguais.

Minha Resposta: Isso é outro assunto. Devemos prover a todos, não a mesma, mas uma educação e formação adequadas.

Do ponto de vista da natureza, a pessoa deve ter as oportunidades ótimas de que necessita para um correto desenvolvimento na sociedade, de modo que a sociedade receba dela o máximo que se pode dar em seu benefício. Isso é o que significa uma oportunidade igual.

Pergunta: E quem determina o que é bom para a sociedade?

Resposta: A própria sociedade e o sistema educacional. Tudo depende da educação. Ela deve ser tal que a obrigue a sentir a necessidade de fazer tudo o que estiver ao seu alcance pela sociedade. Quando, idealmente, todos os membros da sociedade se sentem assim, podemos falar de sua igualdade.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 29/04/19

Comente