Construindo No Centro Da Dezena

528.02Nós estamos entrando no mundo espiritual sobre o qual se diz: “Eu verei um mundo oposto”. É impossível agora imaginar este mundo de cabeça para baixo a partir do nosso mundo porque não é um simples negativo onde o preto está em vez de branco.

Mesmo se tentarmos doar e amar aqui neste mundo, não seremos capazes de refletir adequadamente o mundo espiritual. Não temos nada a relacionar com o mundo espiritual: nem compreensão, nem sentimento, nem sabor.

Portanto, temos que ir de olhos fechados. De fato, nossos olhos estão fechados e não vemos nada porque olhamos apenas para dentro de nosso desejo egoísta. Nosso olhar está voltado para dentro e cuidamos apenas do nosso estômago.

E a espiritualidade funciona exatamente na direção oposta. Não somos capazes de imaginar esse oposto. Se eu fizer o oposto, não se tornará espiritual. Esse é um equívoco muito comum.

Andar pela fé nos sábios significa seguir as instruções dos Cabalistas com os olhos fechados para que despertem a manifestação da alma dentro de nós e revelem a imagem do Criador, o atributo de doação, Bina, com a ajuda do Criador. Deve-se pelo menos começar a construir um lugar para isso, a condição para a revelação da força superior para que esta área se torne um tanto semelhante ao Criador.

Então, antes de tudo, é necessário fazer uma restrição para liberar espaço dos desejos egoístas e, em seguida, começar a construir sobre ele, andar por andar, os estágios de doação: 0-1-2-3-4.

Limpamos o lugar de nosso desejo de receber e obtemos uma plataforma vazia sobre a qual podemos construir o edifício de doação, isto é, deixar o Criador Se revelar e construí-lo. Eu devo remover meu “eu”, meu egoísmo, e deixar o Criador aparecer em seu lugar. O Criador aparece apenas no lugar puro que coloquei à Sua disposição.

E realmente precisamos da ajuda de nossos amigos para isso. Bem no centro do nosso egoísmo, no ponto central onde nós, egoístas, nos unimos, no centro da dezena, devemos abrir espaço para a revelação do Criador, para a manifestação da qualidade de doação, para que a alma comece crescer mais e mais do nível mais baixo, desde o nascimento: embrião, amamentação, amadurecimento.

A qualidade de doação se desenvolve dentro da qualidade de recepção, uma forma dentro da outra, como um embrião crescendo dentro do corpo da mãe. Embora o embrião seja um corpo estranho para a mãe, a natureza providenciou para que a mãe não o rejeitasse, mas, ao contrário, o apoiasse e criasse de todas as formas possíveis, com cuidado e amor. Todo o grande corpo da mãe funciona apenas para fazer crescer o embrião.

E com o mesmo amor de uma mãe carinhosa que espera um filho, precisamos nos unir na dezena e cultivar cuidadosamente a qualidade de doação entre nós. Nenhum de nós pode crescer por si mesmo, mas apenas juntos na conexão entre nós, podemos imaginar a qualidade de doação e fazê-la crescer mais e mais em cima de nossa qualidade de recepção.

Nosso corpo inteiro, baseado na recepção, trabalhará para desenvolver dentro dele o desejo de doação, o embrião espiritual que será chamado de homem, Adam, porque será como (Domeh) o Criador.

Você pode construir sua alma apenas por meio de um organismo espiritual completo: um grupo que se anula, liberando um lugar em seu centro onde o útero espiritual estará e a qualidade de doação será revelada. Como é dito: “Vocês Me fizeram.”

Ao libertarmos o espaço do desejo de receber e permitir que o desejo de doar cresça dentro dele, o Criador pode formar uma forma dentro de outra.

Portanto, todo o nosso trabalho é apenas um trabalho em grupo. Se eu não busco o Criador por meio de meus amigos, não é o verdadeiro Criador. O mundo inteiro quer se conectar com o Criador, se voltar a Ele. Mas podemos ver como essas tentativas são inúteis. E tudo porque as pessoas não imaginam o Criador corretamente: como uma conexão entre as pessoas.

O Criador é a qualidade de doação que construímos entre nós em um lugar que nos libertamos de nosso egoísmo. Revelamos o Criador por meio de nossas qualidades de recepção, que assumem a forma de doação.

É impossível alcançar o Criador sem amor pelas criaturas. Assim se diz: “Do amor do homem ao amor do Criador; do amor das criaturas ao amor do Criador”. Estas não são apenas belas palavras, mas uma condição necessária para alcançar a verdadeira revelação.

Extraído da Lição Diária de Cabalá 14/02/21, “A Fé Nos Sábios Como Meio Para A Fé Acima Da Razão”

Comente